Bem-vindo: Set 21, 2017 1:26

Mar 30, 2011 20:31
Thyzzy Forista Assíduo
Mensagens: 196
Carros
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 03, 2009 12:00
 
 
Muito boa a discussão!!!!

Meu marido e eu estávamos falando sobre isso outro dia: abrir concessionárias de veículos chineses no Brasil, vai dar uma grana ferrenha!!! Pode apostar!!!

Hoje os carros não agradam muito, mas o que vale hoje em dia é o preço!!!
Os coreanos tb eram um pouco rejeitados no início e vejam hoje,o Tucson é um campeão de vendas!!!

Eu mesmo tenho um (KKKK...) e disse que nunca compraria carro coreano...

Enfim, acho que é um negócio LITERALMENTE da China!!!

Quem tiver disposição, coragem e grana, acho que é uma mina de ouro!!

Mas é claro, há controvérsias!!!

BJUS!!!

Thyzzy
____________________________________________
Mulheres: cada dia mais viciadas em "BOLSA"!

Mar 30, 2011 20:50
Daniel Cba Forista Assíduo
Mensagens: 1899
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 29, 2009 6:03
 
 
Pelo que li e vi, esses carros são literalmente chineses, produtos descartaveis, estão oferecendo 7 anos de garantia, para tentar vender o mico.

De todas as revistas e analises que vi nos carros chineses, todos apresentaram problemas durante o test drive, de pedal de freio empenando até miolo da porta quebrando.


As 3 grandes VW, Fiat, Ford, Chevrolet, já fazem carros extremamentes porcos e mal acabados, agora com esses chineses não sei aonde que a criatividade para reduzir custos pode ir.

As empresas Brasileiras ao invés de criar um produto para competir com qualidade e durabilidade, cria um produto para ser descartavel.

Mar 30, 2011 21:04
Daniel Cba Forista Assíduo
Mensagens: 1899
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 29, 2009 6:03
 
 
Fraj;la escreveu:
Daniel Cba escreveu:Pelo que li e vi, esses carros são literalmente chineses, produtos descartaveis, estão oferecendo 7 anos de garantia, para tentar vender o mico.

De todas as revistas e analises que vi nos carros chineses, todos apresentaram problemas durante o test drive, de pedal de freio empenando até miolo da porta quebrando.

As 3 grandes VW, Fiat, Ford, Chevrolet, já fazem carros extremamentes porcos e mal acabados, agora com esses chineses não sei aonde que a criatividade para reduzir custos pode ir.

As empresas Brasileiras ao invés de criar um produto para competir com qualidade e durabilidade, cria um produto para ser descartavel.
Kkkkk, chutou o balde hein parceiro, huauhauhahuauhuh :lol: :lol: !
Então, no test drive citado no link http://www.noticiasautomotivas.com.br/j ... rasileiro/ até que não falaram mal não destes bichinhos .... :oops: :roll: !

E concordo, carro popular no Brasil é mesmo muito mal acabado :evil: !

abç


Quem trouxe a Jac para o Brasil, foi o mesmo empresario resposanvel por divulgar a marca Citroen.

Eles estão esbanjando tanta grana que conseguiram levar a propaganda da marca para um programa onde o apresentador é um dos mais sem educação do Brasil (Fausto Silva).

A respeito do site Noticias automotivas, de vez enquando aparece vários banners da Jac.

Abraços.

Mar 31, 2011 0:36
rgmmelo Estreante
Mensagens: 53
rgmmelo
Registrado em:
Nov 15, 2010 16:09
 
 
Fraj;la, no site do autoesporte quarentena tem um monte de matérias sobre os JAC. Com opiniões de quem comprou o carro. Ferrenhos críticos, fervorosos entusiastas, de tudo tem lá.
No comentário de até parece que todo mundo no Brasil dirige BMW e jaguar, no lugar de celtas e milles. O preconceito reina!
Eu não compraria pelo simples motivo de não ter uma montadora no país, pois ao meu ver, o importador pode deixar de importar "quando der na telha", claro que seria insano, mas é uma possibilidade. Quanto ao fato de serem chineses, não vejo problema nesse quesito.

Mar 31, 2011 1:12
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Fraj;la escreveu:Então lá um assunto para esquentar o tópico: CARROS CHINESES !
Os quais ainda são alvos de muito preconceito por parte dos brasileiros por conta do tanto de produtos ruins que vem da China para o nosso mercado.
Eles sofrem o mesmo tipo de preconceito que já sofreram no passados os carros japoneses e coreanos.

O que tem a dizer a respeito ?


Fraja,

eu tenho um PRECONCEITO MOSTRO em colocar minha familia em um carro propenso a ter um problema na suspensão, sair numa curva, bater e os air bags não funcinar.

Eu lembo da febre dos celulares Xing Ling, custavam baratinhos e aceitavam 2 chips, tinha TV, GPS, câmara com trocentos mega pixels, etc.

Eu uma semana tudo isso parava de funcionar, ficava somente a função telefone, que funcionava mais um mes.

Como eu não acredito em free lunch nunca comprei, mas eles nunca provocaram acidentes nem mataram niguem. E os carros?

Acho engraçado a comparação com os produtos Coreanos e Japoneses. Eu tenho 44 anos e nunca ouvi falar de um produto Sony, mas acabado ou que quebrava logo. Os Toyotas Bandeirantes, todos diziam ser desconfortávei e mal acabados, mas até hoje milhares deles circulam pelo campo, e muitas pessoas dizem que são os melhores off roads já disponibilizados no Brasil (nos Lençoes maranheces, os "jiperos" juram de pé juntos que são melhores de trilha que os Land Rover) e eles não quebram nunca!

E a Coreia? A Sansung já chegou aqui como o melhor munitor de PC do mercado. Quem lembra? e hoje duspultam pau a pau com as tradicionais Phillips, Toshiba (opa! pra sitar referencia de marca tem que falar em Japoneses...).

A Hyundai tem uma história interesntissima, comessou como uma Construtora (construção civil mesmo!), e topou fazer uma obra que exigia um guindastre (na verdade uma ponte rolante) maior que qualquer que existisse no mundo. Como não existia, eles produziram o tal guindastre. E depois o que fazer com ele? Entraram no ramo de construção de navios, e são os melhores do mundo pelo simples fato de conseguir dividir os navios em menos partes, pois podem usar o equipamento para a montagem final, reduzindo custos. então pensaram: se podemos construir navios por que não carros?

Talvez um dia eu venha aqui dizer que estava errado e que sou o novo proprietário de um Jet. Mas pra isso acontecer, eu tenho que esperar os corajosos esperimentar eles por um bom tempo e só assim ter certeza que são tão seguros e confiáveis que um Civic ou um Corola, ou até mesmo um Uno ou um Celta.

Caram, me empolguei.

PS.: A Revista Quatro Rodas iniciou um teste de 60.000 km com um destes carros, mas desistiu, pela primeira desde a década de 70, por concluir que os pilotos de teste estavam correndo riscos de acidentes.

Mar 31, 2011 1:14
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Daniel Cba escreveu:As 3 grandes VW, Fiat, Ford, Chevrolet,

Cara! Estas 3 são tão grandes que chegam a ser 4!!! :shock: :shock: :shock:

Desculpe Daniel, mas não resisti :?

Mar 31, 2011 1:22
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Ferrari
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Uma dica turistico-automobilistica

Quando for na Italia, alugue um carro e vá até Maranello, é pertinho de Bologna. Lá voce pode visitar um excitante museu da Ferrari, onde poderá ver dentre outras coisas os 10 ultimos modelos F1 e seus respectivos motores expostos.

Depois, gastando apartir de 60 euros voce faz um passeio dirigindo uma Ferrari.

EU PILOTEI UMA F430!!!!

FOI SHOW!!!!!


:P :P :P :P

Mar 31, 2011 1:49
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Fraj;la escreveu:Opiniões de quem comprou carro da Jac Motors e até um vídeo sobre o espaço interno, quem interessar, veja:
http://colunas.autoesporte.globo.com/quarentena/


Fraj,

não li, só dei uma passada rápida, mas obviamente são pessoas que compraram o carro este mês. Comprara um carro super equipado por um preço baixo.

Eu quero saber é daqui a 1 ano, 3 anos. O que estas pessoas mos dirão?

Mar 31, 2011 3:20
New Starter Forista Assíduo
Mensagens: 811
Re: Carros
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 17, 2010 3:13
 
 
Fraj;la escreveu:Bem, como não temos um tópico específico para falar de carros, compra, venda, troca, mercado automobilístico no geral, opiniões pessoais diversos sobre tais assuntos relacionados, estou criando este novo tópico.
Embora tenhamos um tópico de OFF-TOPIC e outro de INVESTIMENTO ALTERNATIVO, com este tópico mais específico, as discussões ficam mais centradas e não se perder nomeio de outros assuntos não pertinentes a este em específico!


Frajola,

Parabéns pela ideia desse tópico, pois "todo brasileiro é apaixonado por carros" já dizia o comercial da Ipiranga, hehe. Não acompanho tanto o setor automobilístico mas de vez em quando leio algumas matérias e vejo alguns vídeos. O bom é que quando eu encontrar algo interessante, terei um local pra compartilhar as informações.

Abraços e sorte à todos nós!

Mar 31, 2011 22:01
rgmmelo Estreante
Mensagens: 53
rgmmelo
Registrado em:
Nov 15, 2010 16:09
 
 
Caramba mosquito tens 44 anos. Acho seus comentários bem joviais, por favor, entenda como um elogio se é que é possível elogiar deste jeito.
Quanto os produtos chines, até tens razão, mas já aparecem produtos vindos de lá, que são um "negócio da china!".
Montadoras "nacionais" também tem problemas. Alguem lembra da toyota ano passado com seus aceleradores que travavam no EUA e galera batia?
Tem um Focus, no youtube em que o cara bate, estraga a frente e airbag não abre.....Tenso isso hein?!
Enfim, não digo que os jac's, cherry's e Lifans são ótimos carros, mas não dá pra dizer que são ruins somente por que são chineses.

Abr 01, 2011 3:54
New Starter Forista Assíduo
Mensagens: 811
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 17, 2010 3:13
 
 
Que tal um SUV chinês???

Abraços e sorte à todos nós!

Chery Tiggo, o rival do EcoSport que veio da China

O Ford EcoSport é um sucesso de mercado, que ficou sem concorrentes diretos até a chegada de um chinês, o Chery Tiggo, em agosto de 2009. De lá para cá, o chinês não foi exatamente um campeão de vendas, mas conseguiu emplacar 2.893 unidades no ano passado, contra as 43.044 do Ford.

Armas para brigar no mercado brasileiro ele tem. Enquanto um EcoSport XL 1.6 com ar-condicionado e direção hidráulica custa R$ 53.440, a Chery pede R$ 52.990 pelo Tiggo com motor de 2,0 litros, ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, freios ABS, airbag duplo, rodas de liga leve de 16 polegadas, faróis de neblina e CD player com porta USB.

Para entender essa diferença, além da quantidade de revendas espalhadas pelo Brasil (73 da Chery contra 513 da Ford), o iCarros avaliou um Chery Tiggo para saber se os carros chineses já podem acabar com a resistência no mercado brasileiro. O resultado, no entanto, ainda não foi animador.

Design nada original

O visual não é original e lembra um pouco as gerações antigas do Honda CR-V e do Toyota RAV-4. As linhas, embora antiquadas, no entanto, agradam pela simplicidade. Ao entrar no carro, a decepção é maior. O acabamento abusa dos plásticos de aparência frágil e peças com sensação de deja vu, como os botões dos vidros e travas, lembrando muito os usados no Volkswagen Golf. A tampa do airbag solta na unidade avaliada gera desconfiança.

Fácil é achar uma boa posição de dirigir. O volante tem ajuste de altura e o espaço para motorista e passageiro é apenas suficiente. Por ser um painel de fácil adaptação para o lado do volante, o console acaba ficando muito centralizado e fora do alcance das mãos. O painel, ao menos, tem fácil leitura e as alavancas atrás do volante são intuitivas; a da esquerda é iluminada, item bastante raro nos carros atuais.

Ao virar a chave, idêntica à da VW por sinal, nota-se que o isolamento acústico não é dos melhores. O som do escapamento invade a cabine. O motor de 2,0 litros a gasolina tem 135 cv a 5.750 rpm e torque máximo de 18,2 kgfm entre 4.300 e 4.500 giros. Apesar dos bons números, o propulsor Acteco é fraco nas saídas e exige mudanças de marcha frequentes em subidas, mesmo as mais suaves.

A estabilidade também não passa segurança, com a suspensão macia demais e carroceria que se inclina nas curvas mais acentuadas. Por outro lado, o câmbio tem engates macios e precisos. O freio exige dosagem do pé para não estancar.

Quem vai atrás tem um bom espaço para as pernas e duas pessoas viajam com conforto. No console tem um porta-copos que se abre para formar um segundo porta-objetos. O porta-malas tem 520 litros de capacidade e só peca pela porta com abertura lateral, mas para o lado da calçada.

O que esperar do futuro?

Vale lembrar que esse é o início das operações da Chery no Brasil, que ainda vai lançar novos modelos e ajustar os já existentes. Para convencer os brasileiros, no entanto, vai precisar melhorar para poder brigar com o Ford EcoSport e aguardar o Renault Duster, além de disputar as vendas com as minivans aventureiras como Fiat Idea Adventure e Citroën AirCross e os hatches Volkswagen CrossFox e Renault Sandero Stepway.

Fonte: http://www.icarros.com.br/noticias/impr ... /9710.html

Abr 01, 2011 3:57
New Starter Forista Assíduo
Mensagens: 811
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 17, 2010 3:13
 
 
Confiram abaixo a experiência de dirigir um carro híbrido e que tem potência!!!

Abraços e sorte à todos nós!

Fusion Hybrid e a experiência da nova tecnologia

Experimentar uma nova tecnologia é sempre uma situação interessante, por menos que você entenda do assunto. Foi o que aconteceu com o revisor Rodrigo Marcelino, 32 anos, que no dia a dia dirige seu Volkswagen Fox no caminho para o trabalho. Sem saber do que se tratava, topou dar uma volta no novo Ford Fusion Hybrid.

Ele não poderia saber mesmo. Por fora, apenas os logotipos nas portas e na traseira identificam o modelo. As rodas também são exclusivas, mas nada que entregue o fato de ser um sedã usando motor elétrico e a gasolina. Por dentro, nada muito especial até a chave ser acionada.

Neste momento, o painel multicolorido aciona suas duas telas de LCD de 4,3 polegadas que mostram informações como temperatura do motor, nível de combustível, carga da bateria e fluxo de distribuição entre os dois motores. Tudo pode ser configurado nas próprias telas através de botões no volante. Entre elas, o velocímetro analógico tradicional.

“Ué, mas já está ligado?”, perguntou Marcelino ao girar a chave até o final e não ouvir o barulho do motor. Sim, está, e um sinal verde no painel indica que ele já está pronto para dirigir. Basta colocar a alavanca do câmbio CVT em D e acelerar. O sedã começa a se movimentar e a única coisa que se ouve é o atrito dos pneus com o asfalto. Caso o ar condicionado esteja ligado, ele também vai gerar ruído e o equipamento funciona sem qualquer ligação com o motor a combustão.

Quando um pouco mais de desempenho começa a ser exigido ou se passa dos 75 km/h, aí entra o propulsor a gasolina de 2,5 litros com 158 cv. Se o motorista tiver mais ímpeto de acelerar, o motor elétrico joga mais 107 cv de potência e garante um desempenho superior ao Fusion só a gasolina com motor de quatro cilindros de 173 cv. Há ainda o V6 de 243 cv.

Na tomada?

“Legal, mas como recarrega a bateria? Na tomada?” Essa dúvida de Marcelino foi comum a de outras pessoas que viram o carro enquanto ele esteve com a reportagem do iCarros. E não, apenas os híbridos plug-in usam tomadas elétricas para recarregar a bateria, o que não é o caso do Fusion. Ele aproveita a energia das frenagens e da própria transmissão para gerar carga. Na condução normal, dificilmente a carga fica abaixo da metade e também não alcança a carga total.

Outra dúvida comum foi a de qual seria a vantagem de pagar R$ 133.900 na versão híbrida, sendo que a V6 sai da loja por R$ 103.360 com os mesmos equipamentos. Para começar, tem o benefício da imagem. Apesar de não chamar a atenção nas ruas, dirigir o Fusion Hybrid rendeu um “Parabéns” de um motorista de um Chevrolet Omega, um dos poucos que reconheceu a versão.

Depois tem o consumo, que em nossa avaliação com uso misto entre cidade e estrada ficou com média de 12,3 km/l. O Fusion V6 fez 7,8 km/l quando foi comparado com o Honda Accord em fevereiro de 2010. Mas, com o litro da gasolina custando, em média, R$ 2,48, segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo), o dono do híbrido deveria rodar cerca de 277 mil km para pagar os R$ 30.540 de diferença.

Se alguém ainda sentir falta de uma tomada na história, é bom saber que o híbrido tem um ponto de energia entre os bancos dianteiros, onde se pode carregar um celular ou DVD portátil entre outros equipamentos.

Híbrido bem equipado

A versão Hybrid é mais cara por natureza e a Ford optou por trazer a mais recheada de todas para justificar o valor acima da V6. Sendo assim, já vem de fábrica com sistema de som Sony com tela sensível ao toque, ar condicionado digital de duas zonas, alerta de ponto cego, teto solar elétrico, câmera de ré e rodas de 17 polegadas.

Tudo isso o V6 tem por muito menos. Uma diferença de valor que não vai compensar tão cedo, mas talvez nem seja o objetivo da marca, que já tem o mérito de ter um híbrido em seu portfólio. Ao menos nossa cobaia gostou da experiência. “A tecnologia é incrível. Dirigir um carro sem ouvir o barulho, saber que você está guiando sem gastar uma gota de gasolina, tudo isso é incrível”, finalizou Rodrigo Marcelino.

Fonte: http://www.icarros.com.br/noticias/impr ... /9578.html

Abr 01, 2011 13:51
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Legal proteger o planeta e economisar uma graninha.

Mas pagara a mais por isso R$ 50.000 ou um acrescimo de 63% no preço do carro??? haja Km rodado pra pagar esta gracinha.



New Starter escreveu:Confiram abaixo a experiência de dirigir um carro híbrido e que tem potência!!!

Abraços e sorte à todos nós!

Fusion Hybrid e a experiência da nova tecnologia

Experimentar uma nova tecnologia é sempre uma situação interessante, por menos que você entenda do assunto. Foi o que aconteceu com o revisor Rodrigo Marcelino, 32 anos, que no dia a dia dirige seu Volkswagen Fox no caminho para o trabalho. Sem saber do que se tratava, topou dar uma volta no novo Ford Fusion Hybrid.

Ele não poderia saber mesmo. Por fora, apenas os logotipos nas portas e na traseira identificam o modelo. As rodas também são exclusivas, mas nada que entregue o fato de ser um sedã usando motor elétrico e a gasolina. Por dentro, nada muito especial até a chave ser acionada.

Neste momento, o painel multicolorido aciona suas duas telas de LCD de 4,3 polegadas que mostram informações como temperatura do motor, nível de combustível, carga da bateria e fluxo de distribuição entre os dois motores. Tudo pode ser configurado nas próprias telas através de botões no volante. Entre elas, o velocímetro analógico tradicional.

“Ué, mas já está ligado?”, perguntou Marcelino ao girar a chave até o final e não ouvir o barulho do motor. Sim, está, e um sinal verde no painel indica que ele já está pronto para dirigir. Basta colocar a alavanca do câmbio CVT em D e acelerar. O sedã começa a se movimentar e a única coisa que se ouve é o atrito dos pneus com o asfalto. Caso o ar condicionado esteja ligado, ele também vai gerar ruído e o equipamento funciona sem qualquer ligação com o motor a combustão.

Quando um pouco mais de desempenho começa a ser exigido ou se passa dos 75 km/h, aí entra o propulsor a gasolina de 2,5 litros com 158 cv. Se o motorista tiver mais ímpeto de acelerar, o motor elétrico joga mais 107 cv de potência e garante um desempenho superior ao Fusion só a gasolina com motor de quatro cilindros de 173 cv. Há ainda o V6 de 243 cv.

Na tomada?

“Legal, mas como recarrega a bateria? Na tomada?” Essa dúvida de Marcelino foi comum a de outras pessoas que viram o carro enquanto ele esteve com a reportagem do iCarros. E não, apenas os híbridos plug-in usam tomadas elétricas para recarregar a bateria, o que não é o caso do Fusion. Ele aproveita a energia das frenagens e da própria transmissão para gerar carga. Na condução normal, dificilmente a carga fica abaixo da metade e também não alcança a carga total.

Outra dúvida comum foi a de qual seria a vantagem de pagar R$ 133.900 na versão híbrida, sendo que a V6 sai da loja por R$ 103.360 com os mesmos equipamentos. Para começar, tem o benefício da imagem. Apesar de não chamar a atenção nas ruas, dirigir o Fusion Hybrid rendeu um “Parabéns” de um motorista de um Chevrolet Omega, um dos poucos que reconheceu a versão.

Depois tem o consumo, que em nossa avaliação com uso misto entre cidade e estrada ficou com média de 12,3 km/l. O Fusion V6 fez 7,8 km/l quando foi comparado com o Honda Accord em fevereiro de 2010. Mas, com o litro da gasolina custando, em média, R$ 2,48, segundo a ANP (Agência Nacional de Petróleo), o dono do híbrido deveria rodar cerca de 277 mil km para pagar os R$ 30.540 de diferença.

Se alguém ainda sentir falta de uma tomada na história, é bom saber que o híbrido tem um ponto de energia entre os bancos dianteiros, onde se pode carregar um celular ou DVD portátil entre outros equipamentos.

Híbrido bem equipado

A versão Hybrid é mais cara por natureza e a Ford optou por trazer a mais recheada de todas para justificar o valor acima da V6. Sendo assim, já vem de fábrica com sistema de som Sony com tela sensível ao toque, ar condicionado digital de duas zonas, alerta de ponto cego, teto solar elétrico, câmera de ré e rodas de 17 polegadas.

Tudo isso o V6 tem por muito menos. Uma diferença de valor que não vai compensar tão cedo, mas talvez nem seja o objetivo da marca, que já tem o mérito de ter um híbrido em seu portfólio. Ao menos nossa cobaia gostou da experiência. “A tecnologia é incrível. Dirigir um carro sem ouvir o barulho, saber que você está guiando sem gastar uma gota de gasolina, tudo isso é incrível”, finalizou Rodrigo Marcelino.

Fonte: http://www.icarros.com.br/noticias/impr ... /9578.html

Abr 01, 2011 13:54
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
rgmmelo escreveu:Caramba mosquito tens 44 anos. Acho seus comentários bem joviais, por favor, entenda como um elogio se é que é possível elogiar deste jeito.


kkkkkkkkkkkkkkkk

Muito obrigado, é um elogio sim.

Mas fazer o que companheiro? O tempo passa. rss

Só me arrependo de ter demorado tanto para comessar a pensar em minha aposentadoria, e de ter pilotado somente uma Ferrari em Maranello. rss

Grande abraço.

Abr 01, 2011 14:25
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Re: Ferrari
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Fraj;la escreveu:
Mosquito escreveu:Uma dica turistico-automobilistica

Quando for na Italia, alugue um carro e vá até Maranello, é pertinho de Bologna. Lá voce pode visitar um excitante museu da Ferrari, onde poderá ver dentre outras coisas os 10 ultimos modelos F1 e seus respectivos motores expostos.

Depois, gastando apartir de 60 euros voce faz um passeio dirigindo uma Ferrari.

EU PILOTEI UMA F430!!!!

FOI SHOW!!!!!


:P :P :P :P
auhahuhua, bacana hein!
só me diga uma coisa:
para alugar uma destas no brasil, sairia por quanto, nem que se fosse apenas para dar um volta no centro de uma cidade ?? :roll:
eheheheheheh :lol:
aliás, seu rolê na ferrari foi de qto tempo?
foi mesmo uma experiência surreal, não se compara a nada que tenha pilotado antes?
dá para dar umas arrancadas, ou só 3ª marcha?
ehehh
abç


Velho aqui no Brasil só vi uma sendo alugada em Gramado-RS.

Custava R$ 80,00

Para sentar no violante e tirar uma foto! :shock:

Para dirigir era R$ 480,00 para fazer um retorno que não da nem 3 km. e com o dono no banco do carona.

Vi um cara sair com ela e não vi voltar, então foi embora, logo a frente vi la maccina parada numa patrulha da policia. rsss

Na Itália minha primeira ideia (já que ia alugar um carro), era apenas um dia alugar uma Ferrari, pesquisei e o preço é $ 3.800,00 euros por dia! :shock:

Em Maranello tinha 7 Ferraris e uma Lamborguine disponível, 10 minutos da F. California custa $ 80, todas as outras era $ 60. (tudo euro, lógico). Tinha também as opções de 20 min e 30 min. 30 min custava $ 160. Para a patroa er na carona era mais $20.

Idiota que sou me deixei levar pelas argumentos de minha amada esposa e dirigir somente 10 min na F430.

Vai um foncionário contigo e determina o trajeto, ele te leva para uma rodovia quase sem movimento. Ai meu irmão...

Ai vc encarca o pé direito no assoalho e a mágica acontece!!!

É impressionante!!! Vc faz o que quiser com o carro. Eu imaginava que fosse ruim para andar devagar, mas ela roda suave e dócil, mas quando vc pisa, a cavalaria grita alto! o ronco consegue ser ao mesmo tempo intenso e suave, não doi o ouvido, o banco cola nas costas (sabe arrancada de avião?) o conta giro (o mestrador principal no centro) pula e tudo fica pra traz!! :lol:

Um toque na borboleta a agulha do conta giro cai forte e volta imediatamente para cima e nova arrancada! Não tenho nem ideia de qual velocidade eu cheguei, não olhei :oops: mas o gostoso não é a velocidade final e a potencia a aceleração.

Quase não usei os freios, preferia sempre reduzir nas marchas, é uma delicia ver ela parar e o ronco subir nas auturas!

Comessei meio tímido, mas depois de 2 min já da pra sentir que segurança e perder o medo.

Quando vc chega de volta, é comunicado que tudo foi filmado e que o filme custa mais $ 20 euros. Quem vai deixar de pagar?


Rodei uns 2.000 km na Itália e fora de Maranello, só vi uma Ferrari (no Vaticano), mas lá em Maranello tem uma em cada esquina. Na mesma cidade tem também os museus da Lamborguine e Masserati, Mas vc tem que ir antes, depois de experiencia Ferrari, perdi o T pelas outras, nem fui lá. Até por que minha amada já estava de saco cheio de ronco de motor.

Depois de tudo, esperei 30 min para o caração voltar ao rítmo normal e peguei o outro carro que eu diriji na Itália:

Uma Van Ford Transit, com 6 m de comprimento e 3,3 m de altura, tendo dentro dela uma sala uma cozinha completa um sanitário com tudo que tem direito, uma bela cama de casal. Mas isso é outra história.

PS-1.: Tenho o vídeo, mas o arquivo é gigante, se conseguir reduzir posso enviar, se quiser.

PS-2.: Deixa de ser mão de vaca, vende uns 3 lotes de ELPL4 e vai lá pessoalmente, ainda aproveita e toma um vinho em Florença. :)

Abr 01, 2011 19:08
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Re: Ferrari
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Fraj;la escreveu:
Mosquito escreveu:Velho aqui no Brasil só vi uma sendo alugada em Gramado-RS.

........

KKKKK, vlw bro, gostei dos relatos, muito bacana ;) !
Um dia quero sim pilotar uma destas, e olha que eu gostaria de ir para Itália, mas depois da Ferrari, já me fez mudar de ideia, kkkkk.
Minha esposa já foi na Itália qdo ele estava fazendo uns cursos na europa, mas eu nunca fui.
Obrigado pela dica de viagem.
Abç


Pooo.... Frajola, né preconceito não, mas não esperava esta de vc.


kkkkkkkkkkkk

Abr 04, 2011 10:37
Mosquito Forista Assíduo
Mensagens: 606
Re: Ferrari
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 14, 2007 1:25
 
 
Fraj;la escreveu:Kkkk, era para sair ELA, menina, uhauhauhauhauhaauh :lol: :lol:

Me perdoe, mas aquela bola quicando foi irresistível.

rss

Abr 08, 2011 18:10
risada Forista Assíduo
Mensagens: 295
CARROS
risada
Registrado em:
Jul 21, 2007 17:20
 
 
FRA;OLA MINHA FILHA TEM UM JAC J3 EU DIRIGI ELE ESSA SEMANA TODA, PQ ELA ESTÁ EMBARCADA GOSTEI DO CARRO, É POTENTE E SILENCIOSO PELO PREÇO DE 36 MIL REAIS. PARA MIM O QUE PEGA É QUE É APERTADO PARA MIM, JÁ ESTOU COM MEUS 68 ANOS E ESTOU FORA DO PESO, CULPA DO CHURRASCO AQUI DO SUL. MAS EU NÃO TROCARIA PELA MINHA VELHA BANHEIRA QUE JÁ DIRIJO A 20 ANOS, EU TENHO UM DOLEREAN QUE COMPREI EM 1980, ME APAIXONEI, VI NO FILME E 1 MES DEPOIS MANDEI TRAZER 1 PARA MIM , DIRIJO ELE SEMANALMENTE O MOTOR É DE V6. E ANDA MUITO BEM. MAS PARA BATER NO DIA A DIA, É O VELHO COROLLÃO.

Abr 08, 2011 18:27
lambariminero Forista Assíduo
Mensagens: 159
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 10, 2010 22:38
 
 
pra quem gosya de pilotar e noa dirigir
e nao liga pro carro ser asiatico

impreza swr

anda MUITO

preço de um a3

4x4


fika a dica....

Abr 10, 2011 15:29
luiz carlos ferreira Estreante
Mensagens: 19
luiz carlos ferreira
Registrado em:
Mai 30, 2009 17:43
 
 

Próximo

Voltar para Geral

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 2 visitantes

cron