Bem-vindo: Nov 25, 2017 9:04

Jan 22, 2012 13:40
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevista do mês - Janeiro/2012 - Pharma - Respostas
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Fraj;la escreveu:Pharma, parabéns por ter sido escolhido.
Vamos as perguntas....

Obrigado e vamos la.

1) Como não poderia deixar de ser, começando com Europa:
- Na sua opinião a UE e o Euro acabam até o fim da década?

Nao.
Se sim, o mundo já está preparado para isto, dado que é algo recente não deveria causar assim tanto impacto nas economias do mundo, e a principal economia do bloco, Alemanha, ainda sairia com a sua antiga moeda, marco alemão forte?

Embora em alguns paises grande parte da populacao passou a desgostar do Euro, esse sentimento nao existe em relacao a UE. De fato para mim nao faz sentido nenhum a Uniao Europeia acabar.
Se o euro de fato acabasse, com certeza o mundo nao estaria preparado para isso. As vezes faco algumas reflexoes sobre o que na pratica aconteceria se os paises do euro fossem retornar as suas moedas. Pense em todos os sistemas de informacoes em todas as empresas privadas e publicas dos 17 paises, e do mundo afora que mantem relacoes comercias com cada um dos paises que devem ser modificados. A implementacao do euro durou algo em torno de 10 anos. Seria um caos sem igual se a moeda morresse de repente.
Da mesma forma nao sou ingenuo o suficiente para imaginar que cada um dos paises nao esteja colocando todas as opcoes na mesa e tracando planos de contigencia para uma catastofre dessas, mas como disse acima, nao acho que nem a UE ou o Euro irao acabar porque a Europa como um bloco e muito mais forte. O Euro como moeda e interessante para o mundo em geral.
No caso da Alemanha, se ela voltasse ao Marco com certeza esse seria mais forte do que o euro. Isso prejudicaria e muito a industria exportadora Alema. Por isso acredito que a Alemanha continuara brigando pela sobrevivencia do Euro. A Alemanha por diversas vezes provou que consegue continuar exportando, mesmo com uma moeda forte (ao contrario de nos). Sendo assim um Euro mais forte do que o dollar ou o Yuan nao e um problema para eles. A ideia Alema no meu ver e de manter a supremessia economica em relacao aos demais paises europeus.
- Dado o quadro acima, o empobrecimento da Europa é uma viagem sem volta?

Nao. Muitos paises Europeus sao fora de serie. Na minha opniao, tirando a periferia (Portugal, Italy, Greece and Spain - PIGS) que tem problemas estruturais mais arraigados de falta de competitividade e grande corrupcao, o resto da Europa que esta na midia como Franca, Austria, etc tem um problema fiscal que com alguma vontade politica para reformas pode tranquilamente ser superado. Tudo vai depender das decisoes que os lideres vao tomar nos proximos meses / anos.

2) Na mesma "pegada" da pergunta acima, os BRICS mais algumas economias em desenvolvimento da Ásia, América e África estão no caminho certo para tomar o lugar deixado pelos supostos futuros países pobre do continente europeu?

Dificil dizer Fraja. Cada economia do bloco BRICS e completamente diferente uma da outra. As economias da Asia tem a competitividade como o seu grande diferencial. Mas ao mesmo tempo somente competitividade economica nao tem sido o suficiente para tornar um pais em uma potencia no longo prazo. Olhando historicamente a grande arma dos EUA e da Europa, que os fizeram tornar o que eles sao hoje (ou deveria dizer ontem?) foi o aumento e distribuicao da renda (exatamente o oposto do que estes fazem hoje em dia).
Em razao disto acredito que o Brasil no momento e o melhor pais entre os BRICS. Acredito que a India seguira o mesmo caminho do Brasil em algum momento e passe a distribuir mais a renda.
Russia so esta ali por causa da sua localizacao e seus recursos naturais (Petroleo e Gas).
Nao sou muito otimista com a China o seu crescimento tem sido puxado por exportacoes atraves de um cambio artificialmente baixo e CAPEX atraves de dividas que nao darao retorno em um prazo muito grande. Ou seja terao agora que passar por um processo de desalavancagem. Isso puxado com inflacao alta nao vai deixar o consumo interno se expandir a taxas satisfatorias. E muito dificil analisar a China pois os dados ao meu ver sao muito manipulados. Como ponto positivo estao as reservas de $3T. Por outro lado esta um fraco modelo economico que so funciona com uma moeda artificialmente desvalorizada.
Ha outros paises na Asia e America que estao vindo bem mas estao em um nivel mais afastado desses dos BRICS como o Mexico e Colombia.
Em resumo acho que ha muitos paises no caminho certo, uns mais do que outros mas devido as suas proprias falhas todos ainda estao um pouco distantes das grandes potencias.

3) Seguindo na mesma linha, o fim do Euro e UE, embora seja algo novo, e tenha economia que tenha se dado bem com isto na europa, o fim de ambos não se daria de forma pacífica, viria uma "guerrinha" por aí? Qual sua opinião a respeito?

Nao acho que isso causaria uma Guerra. Acredito que ha outros fatores correndo por fora que contribuiriam mais para uma Guerra como o fim do dolar como a moeda de reserva mundial.

4) Qual sua estratégia para filtrar boa informação de analistas profissionais, livros, portais, revistas, rádios, cursos, fóruns, blogs, twiitter,etc...?
Quanto as comunidades na internet, como você consegue filtrar informação tendo tanto perfil falso, tanto pic areta se passando por mega investidor, por ricaço, por detentor de informação privilegiada, por profissional gabaritado, etc.. sempre querendo empurrar gato por lebre e jogar areia nos olhos do pequeno investidor incauto ávido por lucro fácil na base da informação quente?
Baseado na sua estratégia de filtrar informações diversas das mais diversas fontes, qual sua sugestão para os investidores iniciantes também terem êxito em tal árdua tarefa?

Concordo com voce que ha muita picaretagem ai. O que fazem as coisas ficarem ainda mais complicadas nesse meio e o fato de muitos acreditarem no que se prega e passarem a pregar as mesmas coisas tambem. Muitas vezes nao por sacanagem ou picaretagem mas por acreditarem em boatos e estorias da carochinha acabam fazendo parte da manada.
Minha sugestao e: nao compre nada do que te recomendem sem antes estudar o ativo e ter certeza que a recomendacao faz sentido. Nunca e mesmo NUNCA. Acompanhe tudo antes, faca estudo, crie uma base de dados de ativos recomendados e de pessoas que as recomendaram. Veja se essas pessoas nao caem em contradicao nas recomendacoes. Isso sempre deu muito resultado para mim, principalmente no aqui no forum.
Outra coisa que eu recomendaria e: tente sempre dar mais atencao a analistas que invistam seu proprio dinheiro ao inves daqueles “especialistas” que investem o dinheiro dos outros atras de excelentes resultados de curto prazo em busca de bonuses. Aquele que investe seu proprio dinheiro quase sempre e mais cuidadoso do que aqueles que investe o dinheiro dos outros.
5) Se comprovadamente, a maior dos movimentos dos mercados na bolsa de valores são aleatórios, vez ou outra tem de fato correlação com economia real, por que o ser humano nunca desiste do ofício de tentar explicar estes movimentos ou procurar alguém que lhes explique?
Seria apenas uma mera tentativa de especulação, antever o futuro, para pessoa ganhar dinheiro antes do outro?

Sim, com certeza. A matematica nesse caso e simples. Se voce entrar cedo em ativo que esta prestes a entrar ou acabou de entrar em um bull market secular, voce vai ganhar bastante dinheiro.
Estas contínuas tentativas de explicação/adivinhação, não importando a estratégia usada, após uma sequência de erros, não implicariam na falência do apostador?

Nao necessariamente. Na minha opniao depende de diversos fatores como porcentagem do patrimonio posto na aposta, prazo e logica do investimento, etc.
Gosto de analisar cenarios e quando acredito que minha analise faz sentido e o ativo chega no preco que me de uma margem de seguranca, eu invisto.
Todo investidor eh tambem um especulador. Compramos um ativo porque especulamos que o preco desse ativo ira subir. O que diferencia os casos eh a analise bem feita e o acompanhamento / monitoracao do case (e nao as dicas quentes). Por ultimo vem aquela pitadinha de sorte, para que o cenario vislumbrado de forma racional venha realmente a se concretizar.
E importante ter a conscienca tambem que mesmo que voce tenha feito tudo certo, e as coisas tivessem comecado muito bem, pode haver algum fator inesperado que mude a situacao 360 graus fazendo com que voce perca grande parte do seu investimento. Para escapar da “quebra” eu nunca opero “all in” em ativo nenhum. Nao recomendo isso a ninguem. Outra coisa importante para evitar a falencia e deixar uma boa parte do seu patrimonio em ativos conservadores sejam eles de renda fixa ou variavel.

Enfim, agradeço desde já as respostas.

Sucesso na condução da entrevista.

Abraço


Valeu, otimas perguntas, abs

Jan 23, 2012 17:46
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: LRP
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
LRP escreveu:Olá amigo! Parabéns pela merecida entrevista!

Obrigado amigo. Em breve precisamos comecar nossas discussoes fundamentalistas para o ano de 2012. Sinto-lhe informar que ganhei a nossa aposta sobre qual empresa se sairia melhor em 2011 PETR4 ou VALE5. Estive olhando agora que PETR4 terminou com -18,30% e VALE -16,48%. Vitoria suada, apertada. Ehheheheheh. De qualquer forma acho que o mais importante foi conseguirmos enxergar que nao seria um bom ano para essas empresas e ficamos de fora mesmo com os precos parecendo estar atrativos no comeco do ano.

1. O quanto vc credita a sorte nos nossos investimentos?

Acho que sorte so pode ser levado em consideracao se adicionarmos a variavel tempo. Por exemplo, tenho um amigo que fez alguns poucos trades, sem tecnica nenhuma, somento olhando o book de compra e venda das empresas e se gaba de nunca ter perdido dinheiro na bolsa. Nesse caso em particular acredito que a sorte nos investimentos dele corresponde a 100% embora ele acredite que a sorte tenha correspondido por volta de 10% somente e o resto foi habilidade :)
Quando adicionamos a variavel tempo a questao o fator sorte diminui drasticamente.
Existe o estar no lugar certo na hora certa ou é tudo um processo racional e o mais estudioso obterá os melhores resultados, desde que com o método certo?

Acho que existe o lugar certo na hora certa. Eu mesmo em 2009 por indicacao de outros comprei Brasil ecodiesel e ganhei 20% de rentabilidade nela em um trade relativamente curto. Nao sabia absolutamente nada a respeito da empresa. 100% sorte. Pra ser sincero acredito que a GRANDE MAIORIA comeca ganhando na bolsa e eh esse um dos fatores que torna a bolsa tao popular como um jogo de cassino. O problema e que para a GRANDE maioria esse ganho imediato vira de cabeca para baixo, e esses “ganhadores habilidosos” acabam perdendo muito mais do que ganharam inicialmente.
Entao acho que a minha resposta para sua pergunta e: para o sujeito que quer estar na bolsa para o longo prazo o fator sorte e minimo. Nao acho que seja 0 pois as vezes (no meu caso raramente) acabamos acertando um fundo sem querer hehehehe. Mas realmente e muito baixo. Tem uma frase que escutei uma vez e acho completamente apropriada a pequena modificacao para o mercado financeiro. Um amigo meu estava conversando com um colega e estava lhe contando como as coisas estavam indo bem para ele no trabalho. O cara lhe diz: Po, voce e mesmo sortudo. E ele respondeu ao colega: Engracado. “Quanto mais duro eu trabalho mais sorte eu tenho”. Ate hoje nao sei se ele tirou essa frase de algum lugar, mas acho o significado dela tremendo. Acho que isso acontece comigo tambem, especialmente no mercado financeiro: Quanto mais eu estudo mais “sorte” na rentabilidade eu tenho. :lol:

2. Como vc aprendeu o que sabe? Quebrando a babeça em balanços, formação profissional na área?? Enfim, que conselho vc daria pra quem está começando no mundo da AF?

Aprendi tudo o que sei atraves de auto-didatica. Quebrando a cabeca com relatorios, google, livros, blogs,revistas, forum infomoney, importunando os com maior conhecimento aqui do forum como voce, e etc.
Nunca fiz um curso sequer sobre o mercado nem analise fundamentalista pois acredito que funciono bem com a auto-didatica. Entretanto isto pode nao se aplicar a todos. Por isso independente de seguir uma metodologia em especifico, fica o conselho da luta intensa pelo aprendizado. Esse processo e infinito. Nunca saberemos tudo. Mas quanto mais estudarmos mais facil o aprendizado ficara.

3. Vc poderia descrever seu método de compras? Como funciona normalmente, tem algum padrão ou cada case é um case?

Posso dizer que cada case e um case. Ha empresas que passo longe mesmo estas parecendo estar bem atrativas como a maioria classificado pelo infomoney como micos, empresas que fabricam armas, e algumas empresas do setor financeiro em especial bancos publicos.
Para todos os outros mercados que me interessam sejam de acoes ou outros ativos, traco o retorno que quero obter com o ativo (levando em conta o risco do mesmo e a sua rentabilidade futura esperada) e assim calculo o preco de entrada para obter esse retorno. Quando e se o ativo chegar a esse valor eu compro. Se o ativo cair mais e eu tiver capital de reserva estudo um aumento de posicao. Se nao tiver nao faco nada. Nao me alavanco nunca. O proximo passo e o “sitting”.

Pharma, vou me abster de tomar mais ainda seu tempo nesta preciosa consulta! Abraços e sucesso nas respostas!


Valeu. Foi um prazer. Abs

Jan 23, 2012 18:31
Lincoln Falcao Forista Assíduo
Mensagens: 1687
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 26, 2011 20:10
 
 
Muito boa a entrevista. Parabéns !

Jan 24, 2012 19:34
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Cadu_28
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Cadu_28 escreveu:Bom ver mais um amigo fundamentalista aqui nas entrevistas, parabens!


Obrigado pelas palavras Cadu.

Pharma, quais ações vc acha que podem se destacar nos proximos anos?

Acho que algumas das BLUES que vem se destacando nos ultimos anos como AMBV3, BVMF3 e NATU3 vao continuar se destacando devido as suas fortes vantagens competitivas embora, na minha opniao, elas se encontram com um preco nao muito atrativo para um investimento de longo prazo.
Acho que o mesmo acontecera com algumas mid / small caps que estao com os precos mais acessiveis como ALPA4, CGRA4, ETER3, FRAS4, RAPT4, POMO3 WEGE3, EZTC3, JHSF3, VLID3 etc. Uma boa aposta para quem gosta do setor de energias renovaveis pode ser UNIP6. Eu particularmente gosto.
Olhando em um prazo mais longo vejo com otimos olhos empresas com um alto nivel de “hard assets”, especialmente no setor produtivo BRFS3, MRFG3, SLCE3, CSNA3, VALE5 e etc. Essas empresas vao se beneficiar e muito de uma recuperacao mais vigorosa da economia mundial pois estao em areas onde ha escassez. Uma com grande potencial mas que precisa “aprender” a adicionar mais valor aos seus produtos e a FESA4.
Enfim ha muitas empresas solidas e com otimas perspectivas.

Quais setores considera como atrativos nos proximos anos?

Mercado interno de bens e principalmente de servicos. Olhando para um prazo mais longo, o setor de commodities, principalmente alimentos.

Quais os principais indicadores que gosta de acompanhar?

Acompanho varios Cadu e o seu uso depende da estrategia para o ativo. Para investmentos de longo prazo vou pela premissa “o ROE e rei”. O que isso quer dizer? O ROE e o que mais influencia minha analise. Se o ROE e alto (excluindo valore nao recorrentes), passo para a analise da divida. Analiso DB/PL e, mais importante ainda DL/LL (12 meses). Se a relacao for baixa passo para o P/VP. Se o P/VP for baixo e como dizem na Bloomberg: E um “screaming buy”. Bom basicamente esse e o meu tripe de ouro nos investimentos, que me levou a comprar empresas como ALPA4 e EZTC3 que tem me dado otimos retornos ultimamente, por exemplo.

Se eu for focar mais em dividendos os indicadores principais sao: ROE, P/L e DY. Estem me levaram a comprar ELPL4 e GETI3 ha alguns meses atras.

Ha tambem casos onde eu consiga identificar uma barganha mesmo onde o ROE e baixo. Mas ai na maioria dos casos o objetivo e fazer um trade com a acao. E o que eu chamo de swing trade fundamentalista :). O foco estaria mais em um ganho de “arbitragem” devido a desconexao momentanea entre os ativos liquidos da empresa e o seu valor de mercado. Neste caso olho os indicadores abaixo:

LPA/P, P/L, P/VP, P/EBIT.

Geralmente compro quando o conjunto dos indicadores acima encontra-se mais ou menos nesses patamares:

LPA/P >= 10, P/L <= 6, P/VP <=0,6 , P/EBIT <=5.

As vezes tambem incluo o EV/EBIT se acho que a divida esta muito alta.

Esta estrategia ja me deu bons resultados em ativos como LEVE4, DXTG4, HBTS5.

Bom esses sao os principais indicadores de atratividade que gosto de acompanhar. Mas acho que seria bom deixar claro para quem esta comecando e lendo esta intrevista que para um investimento seguro e preciso analisar muito mais que os acima como margens, liquidez, etc. Mesmo no caso do trade e importante analisar o porque dos indicadores de atratividade se encontrarem tao baixos para se ter certeza que a empresa nao esta indo pro brejo.

Abs

Jan 24, 2012 21:42
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Filantropic
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Filantropic escreveu:Parabés pela sua indicação, caro amigo.


Obrigado Fila. Antes de comecar gostaria de dizer que dei uma olhada no seu blog e gostei bastante. Parabens.

Como de praxe, irei te perguntar a mesma coisa que ando perguntando a outros colegas:


Vamos la.

1-Algumas bluechips de hoje foram midcaps no passado, e algumas mid ou micos de hoje foram bluechips no passado. Você poderia chutar algum mid de hoje que poderá ser bluechip daqui a uns 10 anos?


Alpargatas.

2-Você possui algum setor preferido ao investir em empresas? Por que?


Nao tenho um setor preferido mas sim um conjunto de setores onde possuam empresas que contribuem para a geracao de riqueza do pais e do mundo (ao contrario da criacao de divida). Aqueles setores que investem, produzem, agregam valor e tenham baixa alavancagem. E claro que em qualquer setor ha sempre empresas boas e ruins (geralmente mais empresas ruins que boas) mas uma empresa boa em um setor ruim nao me chama a atencao. Sendo mais especifico, gosto dos setores de alimentos, bebidas, construcao, auto-pecas, calcados, etc.

3-O que você acha da estratégia de compras mensais, independente do preço da ação?


Acho valida e interessante para o investidor que nao pode ou nao quer perder tempo fazendo analises. Para aqueles que querem e/ou gostam de se dedicar um pouquinho, recomendaria sempre esperar uma queda de no minimo 2% antes de fazer o aporte mensal.

4-O que você acha da análise técnica e da análise fundamentalista?


Acho que sao tecnicas validas para tentar se ganhar no mercado financeiro.

Referente a analise tecnica vejo em geral dois usos principais:

1- Fazer trades relativamente curtos, aproveitando-se das oscilacoes do mercado
2- Utiliza-la como uma ferramenta adicional a analise fundamentalista para determinar pontos de entrada em um ativo e acompanhar a tendencia deste.

O problema maior de se usar a analise tecnica pura e exclusivamente (na minha opniao) e que com a maior sofisticacao dos robots (high frequency trade) e o alto custo das operacoes ficaria muito dificil para o peao amador como eu bater o mercado. A prova disso e que nos ultimos anos, trades relampagos tem sido a maior fonte de lucros dos bancos estrangeiros. Logo se eles estao ganhando tem gente pagando a conta.

Referente ao 2, ja vi muita gente dizendo que as duas analises podem se complementar mas nao tenho experiencia o suficiente para concordar ou discordar. As vezes pergunto para grafistas no forum qual o suporte para um ativo que estou prestes a comprar. As vezes o preco chega la e ganho uns centavos por acao e as vezes nao chega e acabo pagando mais caro. Quero aprender mais sobre esta para ver se posso melhorar isso.

Em uma resposta curta, no meu ponto de vista hoje, daria a seguinte definicao:

Analise Tecnica: Otima para pessoas com habilidades especificas e tempo disponivel que queiram se aproveitar das oscilacoes do mercado.

Analise Fundamentalista: O jeito mais facil e racional de se ganhar no longo prazo com muito menos chances de um ataque cardiaco.

Valeu. Abs

Jan 25, 2012 9:20
LRP Forista Assíduo
Mensagens: 1083
Re: Entrevistador LRP
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 28, 2008 20:46
 
 
Pharma escreveu:Obrigado amigo. Em breve precisamos comecar nossas discussoes fundamentalistas para o ano de 2012. Sinto-lhe informar que ganhei a nossa aposta sobre qual empresa se sairia melhor em 2011 PETR4 ou VALE5. Estive olhando agora que PETR4 terminou com -18,30% e VALE -16,48%. Vitoria suada, apertada. Ehheheheheh. De qualquer forma acho que o mais importante foi conseguirmos enxergar que nao seria um bom ano para essas empresas e ficamos de fora mesmo com os precos parecendo estar atrativos no comeco do ano.


kkkkkkkkk. Pow, verdade Pharma, mas quando vc propôs a aposta em 23/01/11 eu estava com 9p.p. de desvantagem :lol: :lol: Fala sério, até que as Petro não fizeram tão feio de lá pra cá. Tá certo que foi retroativo (por isso o spread), mas se fosse 365 dias as Petro estariam dando uma coça kkkkkkkkkkk

No mais parabéns até aqui, continue com a pegada. É muito difícil conseguir um nível tão alto nas respostas, como vc está conseguindo. E qq dia desses te mando uma MP pra gente discutir alguma empresa,

Abraços

Jan 25, 2012 22:46
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Jimmy Simpsons
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Jimmy Simpsons escreveu:Meus parabéns Pharma por ter sido escolhido, merecedor é com certeza.


Obrigado pelas palavras.

Eu sou novo aqui, peço desculpas se as perguntas forem muito cruas ou de novatos, mas vamos lá!

Sem problema. Eu me sinto como se tivesse comecado ontem tambem. So reparo que nao quando olho no espelho e vejo as rugas na cara :)

1- Sendo você um fundamentalista, qual o seu estilo de investimento, dividendos, valor, crescimento? Como anda a sua estratégia ao longo do tempo?

Jimmy para ser sincero tenho uma visao um pouco diferente do demais fundamentalistas que conheco. Eu nao vejo uma distincao clara do que e valor e crescimento. Para mim os dois estao intrisicamente interligados, ou seja, uma empresa que nao cresce nao gera valor e uma empresa que nao gera valor nao cresce. Sei que isso pode ser meio controverso, mas e o que faz mais logica para mim.
Meu estilo esta em procurar empresas que estao abaixo do seu valor intrisico de longo prazo. Este valor de longo prazo e feito com base no crescimento passado e as perspectivas que vejo para a empresa, o setor e outros fatores (se aplicavel). Geralmente esse e o meu foco principal, que visa multiplicacao de capital ao inves de complementacao de renda. Prefiro empresas que possuem alto ROE e que re-invistam os lucros adquiridos nelas mesmas ao inves de pagar dividendos.
No entanto, ano passado, fiz as minhas primeiras compras com foco em dividendos (balanceando um pouco mais a carteira) devido principalmente a turbulencia externa (Europa). Devo manter essas posicoes por um tempo consideravel.

2- Sempre há casos de empresas excelentes que são bombardedas apenas com más noticias e não mostra o outro lado, parecendo que tudo está ruim. Você processa informações da mídia, ou vê apenas os "números" das empresas?

Com certeza os numeros e o principal. No entanto processo informacao da midia sim mas raramente as uso como determinante na tomada da decisao. Uma porque o foco das noticias, na minha opniao, nao e instruir mas sim se auto vender e outra porque muitas noticias carecem de contexto. Para auxiliar na tomada da decisao, quando tenho duvidas, busco mais a opniao de analistas que confio e a troca de ideias com a galera fundamentalista aqui do forum.

3- Diversificação é tudo ou apenas supervalorizado?


Eu sou a favor da diversificacao moderada. Nao so de empresas mas tambem de ativos. Acho que essa e a melhor maneira de manter a calma em periodos de turbulencia e ter liquidez para aproveitar liquidacoes que venham a ocorrer.

Mas certamente quando estiver mais perto da aposentadoria, irei diversificar mais amplamente com foco em geradores de renda.

Qual é o bom número de empresas para ter na carteira e para manter um olho de forma eficaz?

Acho que a resposta a essa pergunta depende de quanto tempo voce tem disponivel para analisar as empresas. Para alguem quem trabalha 40 horas por semana e tem a patroa no pe (meu caso) 5 a 8 empresas esta de otimo tamanho.
As vezes pode pesar tambem o volume do capital. As vezes o sujeito pode nao se sentir a vontade tendo mais de R$20.000 em uma empresa pois se decidir vender tudo de uma so vez tera que pagar IR.

Acho que o que quero dizer e que essas respostas variam muito de acordo as particularidades de cada um.

4- Muitos entram no mercado pensando em ficar rico, parar de trabalhar e curtir a vida, outros em garantir uma aposentadoria melhor. O que você quer com o Sr. Mercado?


O objetivo principal e o de ter uma aposentadoria tranquila. Mas tenho como alvo tambem bater a melhor renda fixa disponivel no longo prazo.

5- Falando no Sr. Mercado, ele anda de mau humor ou realmente estamos com grandes problemas pela frente? Você o considera eficiente

Os desafios para o mundo sao grandes, sem duvidas. O mercado com certeza esta precificando muita coisa ruim que podera acontecer mas nao acredito que ele seja eficiente. As vezes o mercado precifica bem o curto prazo mas no longo prazo ele esta quase sempre errado (seja pra mais ou pra menos).

Abracos, boa sorte nessa nova empreitada e se precisar de algo estamos ai.

Jan 28, 2012 18:28
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: MKW
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
MKW escreveu:Caro Pharma,

Parabéns pela indicação. Vc realmente é um dos foristas mais respeitados e queridos de nosso forum.


Ola amigo. Obrigado pelas palavras.

1) Vc abriu um tópico sobre estratégias de hedge. Na sua opinião, qual ou quais as melhores a serem utilizadas em épocas de crises?


Infelizmente nao acho que consigo te dar uma resposta direta a essa pergunta. A razao eh que cada crise tem a sua causa e eh preciso analisar essa(s) causas e tentar entender qual o caminho tomar.

Acho que o que ficou claro pra mim e que geralmente quando a bolsa cai forte ha uma saida de capital de estrangeiro do pais e isso eleva o dolar e outras moedas fortes como a libra esterlina, euro e Yen. Essa e a maneira mais segura de se proteger na minha opniao.

Uma segura maneira e ter um capital disponivel em cash. Com cash quero dizer poupanca ou alguma outra aplicacao de liquidez imediata em que voce nao tenha risco de perder absolutamente nada.

PS: Os titulos do tesouro publico nao se qualificam para tal.

Do mais, como estava dizendo acima vai depender muito da crise. Por exemplo, se o que estiver acontecendo for uma crise deflacionaria (recessao aguda, depressao) provalmente nada subira. Sendo assim “short selling” o indice IBOVESPA sera uma boa pedida. Mas tem que se ter cuidado para fazer isso mas pode parecer facil mas nao eh.

Se o que estiver acontecendo for uma crise de confianca, principalmente no dolar, ai o ouro sera um otimo hedge para sua carteira.

2) Quais os sites, revistas e fontes de informação que vc utiliza para se manter informado?


Aqui do Brasil leio 3 sites: Por ordem de importancia: Valor, Infomoney e Portalexame (esse ultimo acho muito fraco e partidario).

De fora do Brasil gosto muito do Bloomberg, CNBC, Financial Times, CNN, BBC, etc. A quantidade de informacoes e analises disponivel em ingles sao infinitivamente maiores que aqui. Infelizmente nao ha um pingo de comparacao.

As vezes leio algo que me enviam por e-mail ou os colegas aqui no forum sugerem mas o essencial esta ai em cima.

3) Atualmente, qual sua carteira de investimentos e qual o percentual em cada um dos papéis?


Atualmente:

45% renda fixa sendo (80% LTN, 20% NTN-B)
15% Ouro
20% acoes sendo (FRAS4 30%, ALPA4 20%, EZTC3 15%, CGRA4 7%, ELPL4 10%, GETI3 10% e MRFG3 5%). Fora isso comecei a montar posicao em ETER3 (3%). Nao comprei mais porque quero ver como esta a evolucao nos negocios no relatorio do 4T 2011.
20% cash

4) Vc acredita que um investidor pode viver de dividendos e quais os riscos que vc enumeraria para essa estratégia?


Sim acredito. O maior e talvez unico risco que eu veja e a quebra das fontes de renda o tambem chamado “morte da bezerra” :lol:
E por isso que quem quer viver de dividendos, na minha opniao, deve ter uma super diversificacao, principalmente com foco na parte produtiva.

5) Quais seus objetivos dentro do mercado de ações, tipo chegar a 1M ou ganhar um valor que dê para comprar uma casa sem financiar, etc....?


Como respondi acima para o Jimmy o meu objetivo e multiplicar o meu patrimonio visando a aposentadoria. Mas se eu chegar em um momento com capital suficiente para comprar um imovel sem financiar, e achar o preco justo, pode ser que eu o faca. A patroa quer isso mas eu desconverco. Vamos ver quando o tempo chegar :)

Abraco e por favor continue enriquecendo o forum com seus comentarios que sao de excelente qualidade. [/quote]

Jan 28, 2012 18:35
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: -PSB-
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
-PSB- escreveu:Bom dia, vamos direto ao ponto:

Ola -PSB-. Vamos que vamos.

1- O que te levou ao mercado de ações?


Confesso que o que me levou ao mercado de acoes foi a oportunidade de nadar no rio das riquezas que este proporciona ao investidor. Quando comecei achei que o caminho a esse rio fosse muito mais curto e simples. Hoje o encaro como um projeto para a vida.

2- Se vc tivesse 7K para aplicar em ações, em quais empresas vc investiria?


Com esse valor eu nao investiria em mais de 2 a 3 empresas a nao ser que voce tenha custos de aquisicao e custodia MUITO baixos. Ha diversas empresas boas e baratas na bolsa no momento mas recomendo a voce identificar setores que voce conheca pelo o menos um pouco e a partir dai comece a estudar as empresas neste. Eu ACHO que investiria em EZTC3, ALPA4 e talvez uma terceira fosse FRAS4 ou RAPT4. A razao e que acho que a economia crescera de forma um pouco mais estavel esse ano com os “incentivos” do Governo. Mas por favor nao entenda isso como uma recomendacao de compra, ate porque os dois ativos tem subido forte recentemente.

3- Vc costuma discutir suas operações com mais alguem? Por que?


So com a patroa e muito poucas vezes com o meu irmao. O motivo e simplesmente que estes sao os unicos que me escutam. A patroa para me deixar feliz e o meu irmao porque se interessa pelo o tema.

Abs.

Jan 29, 2012 22:48
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Sr. Fouquet
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
sr. fouquet escreveu:Olá, Pharma! Parabéns pela entrevista!


Ola Sr Fouquet. Obrigado pelas palavras.

1. Até que ponto você acredita que a diversificação seja interessante para o investidor? Qual é sua estratégia a este respeito?


Como respondi acima para o Jimmy sou a favor da diversificacao moderada para aqueles que estao em fase de acumulo de capital. Uma diversificao mais ampla acredito que prejudicaria na rentabilidade por principalmente 2 fatores:

1- Eh muito dificil tudo subir ao mesmo tempo

2- A partir de um certo ponto fica muito dificil acompanhar e fazer analises de qualidade

E claro que estou usando como comparacao os investidores que gostam de se empenhar no mercado. Aqueles que gostam de estudar empresas e o mercado financeiro. Para o investidor que nao quer perder tempo com isso e melhor mesmo diversificar mais amplamente.

Como havia comentado anteriormente gosto tambem da diversificacao em diferentes ativos pois ha valor nao so em acoes e uma diversificacao em outros ativos ajuda a proteger o patrimonio.

Acho que e importante ressaltar que a diversificao nao necessariamente significa ter uma porcentagem em renda fixa e outra em renda variavel. E possivel ter uma carteira diversificada somente em renda variavel. Por exemplo, quem tiver moeda estrangeira, ouro, acoes e FIIs na sua carteira podera ter 100% em renda variavel e ainda desfrutar de uma boa diversificacao de ativos e ter um hedge armado (so para deixar claro, isto nao e recomendacao).

Olhando a carteira do buffet nos ultimos anos, percebemos que o patrimonio dele tem variado com ativos como treasuries, prata, derivativos variados, acoes, cash etc.

Minha estrategia recente tem sido nesse sentido. Mas certamente quando estiver mais perto da aposentadoria, irei diversificar mais amplamente com foco em geradores de renda.

2. Diversos modelos são adotados na tentativa de se chegar ao valor justo de uma ação. Conceitualmente, o FCD é o modelo mais aceito, mas sua prática está minada por achismos já que pretende prever acontecimentos futuros. Sobre tudo isso, você acredita que seja importante valorar uma ação?


Com certeza.

O que pesa na hora de investir?


Em acoes pesa mais a valoracao do ativo. A valoracao e feita nos moldes da resposta ao Cadu e ao Jimmy. Ja usei bastante o FCD mas hoje em dia uso o ROE pois eh um pouco mais exato do que o FCD por permitir calcular a rentabilidade direta do investimento (retorno ao acionista) adicionando variaveis como o payout. Nao compraria uma acao sem saber o quanto exatamente esse investimento podera me dar no futuro ainda que julgado em premissas nao tao tangiveis. Acho que pegar um periodo abrangente (por volta de 10 anos) e fundamental para mitigar esses riscos.

Para outros ativos levo mais em conta os fundamentos do mesmo e a situacao macro.

Grande abc

Jan 30, 2012 8:34
-PSB- Estreante
Mensagens: 85
Re: Entrevistador: -PSB-
-PSB-
Registrado em:
Jun 30, 2008 14:31
 
 
Obrigado Pharma pelas respostas.

abs

Jan 30, 2012 19:29
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Wilson Junior
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Wilson Junior escreveu:Parabéns pela escolha Pharma, agora vamos à parte boa, as perguntas...rsrs:

Obrigado e vamos nessa :)
01) Qual é a sua estratégia no mercado de ações? Como uma empresa entra no seu radar e como sai do mesmo?

Tenho uma pequena base de dados de acoes que ja estudei ou investi ou alguem que confio recomendou e eu gostei. Essas empresas estao no radar. De tempos em tempos dou uma olhada no preco. Se o preco se aproxima do meu “preco alvo de compra” vou analisar o porque do papel ter caido. Se eu nao encontrar problemas com a solvencia da empresa ou algo parecido, e tiver capital disponivel, aperto o gatilho.

Uma empresa geralmente sai do meu radar quando se endivida muito, ou comeca a apresentar resultados ruins, ou faz uma aquisicao nada a ver, ou pisa na bolsa com os minoritarios, etc. Ou seja, quando sai do caminho de proporcionar um excelente retorno ao acionista.

02) Você faz hedge da sua carteira? Se sim, como é feito?

Sim. O hedge e feito de acordo com a minha resposta a primeira pergunta do forista MKW. Em resumo diria que eh feito principalmente atraves de alocacao de ativos de acordo com uma analise macro.

03) Em qual os cenários você acredita para 2012, retomada do crescimento global ou agravamento da crise? Por quê?

Nao acredito em retomada do crescimento global per se mas acredito em uma manutencao do crescimento dos ultimos 2 anos.
O motivo e que embora a Europa esteja passando por uma recessao, balanceada entre depressao no sul e baixo crescimento no nucleo, paises emergentes como Brasil, India e outros na Asia tem adotado politicas fiscais mais expansivas nos ultimos meses e provavelmente continuirao por faze-lo no decorrer do ano. A excessao e a China que esta desacelerando e talvez desacelere um pouco mais. O crescimento dos EUA nao me convence pois eh um crescimento baseado em diminuicao da poupanca da populacao + inflacao, ou seja, e um crescimento que nao gera renda, riqueza. Enquanto isso nao mudar o desemprego la vai continuar nas alturas.

Trazendo isso ao mercado acionario, como eu respondi ao forista investindoalp, acho que esse ano vai ser relativamente bom para o mercado acionario pois havera diversas eleicoes ao redor do globo incluindo nos EUA e Franca e a gastanca que antecede esses periodos geralmente se reflete no mercado de acoes. Interessante foi que dias depois de eu dizer isso, o senhor Bernanke deu uma conferencia dizendo que eh provavel que o FED embarque em outra rodada de QE. O mercado gostou e as acoes subiram. As eleicoes la sao em Novembro se nao me falhe a memoria. Como essas medidas de estimulo geralmente levam por volta de 6 meses para surtir resultado, eu imagino que em Abril / Maio havera alguma novidade vindo por parte do FED nesse sentido. Algo similar deve vir por parte da Europa tambem, ou seja esse ano deve ser OK para acoes em geral (embora a volatilidade estara presente com certeza).
04) Que ativos vc tem em carteira no momento (ações, títulos de renda fixa, FIIs, etc.)?

Como respondi ao forista MKW:
Atualmente:

45% renda fixa sendo (80% LTN, 20% NTN-B)
15% Ouro
20% acoes sendo (FRAS4 30%, ALPA4 20%, EZTC3 15%, CGRA4 7%, ELPL4 10%, GETI3 10% e MRFG3 5%). Fora isso comecei a montar posicao em ETER3 (3%). Nao comprei mais porque quero ver como esta a evolucao nos negocios no relatorio do 4T 2011.
20% cash

Valeu. Abs

Jan 30, 2012 21:39
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Dick Trade
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Dick Trade escreveu:Olá, Pharma!

Infelizmente, me passei na entrevista do Sr. Fouquet e não formulei as minhas perguntas a tempo. Desta vez, não me escapa a oportunidade. Vamos lá:

Ola Dick, vamos la.

1) Que livro recomendaria a um iniciante em análise fundamentalista? e a alguém que desejasse aprofundar seus conhecimentos no tema?

Os livros do Buffet em geral sao bons. A bola de neve se arrasta um pouco demais nas estorias mas em geral agrega um bom conhecimento. Um que achei bem interessante se voce nao conhece muito sobre balancos e o “Warren Buffet and the Interpretation of Financial Statements”. Desculpe nao sei o nome do livro em portugues. Quando li esse livro nao sabia nada de balancos e apos a leitura estava bem mais confiante para sair explorando algumas DREs :)
2) Como pesquisa seus papéis e o que determina a sua aquisição e posterior "descarte"? É possível traçar um roteiro das etapas que precedem esses movimentos de compra e venda?

Referente a pesquisa comeco olhando os numeros da empresa. Primeiro de forma rapida em algum site como o fund@mentus e depois nos proprios relatorios da empresa (ultimamente tenho usado a CBCAFI tambem). Se os numeros sao bons passo a olhar o tipo do negocio e faco comparacao setorial para ver se a empresa e a “top” do seu setor. Nao e que so invista nas tops, pois o preco tera uma grande parte nisso tudo, mas eh sempre importante saber quem serao os seus maiores competidores.

Do mais e como expliquei anteriormente. Baseado no lucro historico da empresa e nas projecoes do mercado para o seguimento, irei calcular o retorno estimado do investimento tendo como base o preco atual da cotacao. Se o retorno estimado for maior do que o retorno que eu espero para o tipo de investimento (geralmente para acoes um minimo de 15% CAGR), eu compro. Se nao, calculo o preco que teria que pagar para obter esse retorno e espero a acao chegar a esse valor para comprar (se chegar, e claro). E sempre bom incluir nisso uma margem de seguranca. Essa margem pode variar desde um desagio sobre o patrimonio da empresa ate uma porcentagem maior de crescimento quando comparado ao rendimento minimo esperado.

Referente a venda, os motivos que me levam a ela sao basicamente os mesmo motivos que fazem com que as acoes saiam do meu radar, como respondi acima ao forista Wilson Junior:

“Uma empresa geralmente sai do meu radar quando se endivida muito, ou comeca a apresentar resultados ruins, ou faz uma aquisicao nada a ver, ou pisa na bolsa com os minoritarios, etc. Ou seja, quando sai do caminho de proporcionar um excelente retorno ao acionista.”

Nesse caso me refiro mesmo a analisar o balanco e tomar uma decisao. Nunca vendi uma empresa avaliando somente um resulado ruim mas nao descarto a hipotese disso acontecer.

Ah, geralmente vendo tambem quando uma empresa valoriza muito em um espaco muito curto de tempo, que geralmente so acontece quando ha algum tipo de especulacao ou casos impares como fechamento de capital a um preco muito maior do praticado no momento pelo mercado.

3) Quanto tempo você costuma dedicar à montagem de suas posições e como tenta controlar o risco de sua carteira?

Bastante. E dificil quantificar porque cada caso e um caso. Quanto menos sei a respeito da empresa ou do setor mais tempo leva. Mas de modo geral leva algumas semanas ate porque o faco no meu tempo de folga.
Risco da carteira foi um tema de muita reflexao para mim no ano passado. Hoje acredito que a melhor maneira de controlar o risco eh por ter um hedge “macro” estabelecido com base principal na diversificacao de ativos como expliquei anteriormente.
4) Quais ações compõem seu atual portfólio e como busca informações sobre as empresas?

Minha carteira esta divulgada acima e busco informacoes sobre as empresas nos relatorios trimestrais, sites das mesmas, mandando e-mails para o RI e trocando ideias com o pessoal aqui do forum.
5) Que qualidade(s) acredita possuir que o coloca(m) em vantagem em relação a outros investidores e que defeito(s) o colocaria(m) em desvantagem?

Hmmm. Dificil esta hein! :) To me sentindo em uma entrevista de emprego! :lol:

Acho que talvez a minha maior qualidade(s) seja um conjunto de curiosidade e determinacao. Dificilmente fico satisfeito com o que me dizem. Faco muitas perguntas, questiono muito. As vezes sou ate um pouco teimoso :) Junto a isso a determinacao de estudar, correr atras das respostas, mesmo que leve tempo. No lado dos investimentos acho que isso eh muito bom pois na maioria das vezes as coisas nao sao como parecem a primeira vista.

Uma outra qualidade que percebo ser uma vantagem e a capacidade de fazer boas analises. O fato de eu trabalhar como um analista (ainda que nao tenha nada a ver com o sistema financeiro) contribue bastante para isso.
Com respeito as desvantagens, colocaria a falta de confianca junto a um pouco de conservadorismo excessivo quanto a comprar empresas com multiplos altos mas que serao diluidos no longo prazo.

A falta de confianca aparece muitas vezes quando faco uma analise mas nao tenho coragem de tomar a decisao resultante para ganhar dinheiro. As vezes vou em busca de mensagens que escrevi no forum, de anos atras onde coloquei analises que se eu tivesse seguido teria ganho bastante dindin! Doi no coracao pois na maioria das vezes perdi bastante tempo fazendo as analises mas nao tive coragem de executa-las. So para citar alguns exemplos, entre elas estava ter vendido coberto CSNA3 acima dos R$40,00 e comprado BRFS3 nos R$25,00. Mas enfim, imagino que muitos tenham estorias assim. Espero que com o passar do tempo, eu possa estar ganhando mais confianca nas minhas analises e possa melhorar mais a minha rentabilidade.

Percebeu a importancia do emocional nos investimentos? :lol: Como as grandes mentes dizem eh mesmo muito mais dificil controlar o emocional do que fazer bons negocios.

Grande abraco Dick e espero que voce se de bem com a analise fundamentalista. Boa sorte.

Jan 30, 2012 21:54
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Guga0202
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Guga0202 escreveu:1 - vc poderia dizer se já conseguiu a independência financeira?

Nao, longe disso.

2 - qual tem sido o seu rendimento anualizado?

Guga 0202 vou ficar te devendo um numero preciso porque a resposta eh simplesmente “eu nao sei.” Olhando somente a evolucao do capital da para eu ter uma ideia que fica mais ou menos em torno de 10% ao ano nos ultimos 5 anos.

3 - faz algum tipo de balanceamento entre renda fixa e renda variável? se sim, qual é o balanceamento? ou é 100% ações?

Sim minha posicao em renda fixa varia de 20% – 50% da carteira dependendo das oportunidades disponiveis no mercado.

4 - qual o seu setor predileto para investimento em ações?

Nao tenho um setor em especifico mas setores como respondi ao forista Filantropic gosto dos setores de alimentos, bebidas, construcao, auto-pecas, calcados, etc.

5 - faz lançamento coberto? investe somente em blue chips? ou também mescla com smallcaps?

Nao trabalho com opcoes porque nunca as estudei o suficiente. Invisto em Blue Chips e small caps desde que os fundamentos de longo prazo estejam atraentes.

6 - arzz3, ecor3, brfs3 ou ugpa3? qual é a sua preferência entre essas 4?

Gosto de todas essas empresas mas acredito que a BRFS3, HOJE, esta em melhores condicoes de dar um resultado melhor ao acionista no longo prazo.

Obrigado pelas perguntas, um abraco.
Editado pela última vez por Pharma em Jan 30, 2012 23:00, em um total de 2 vezes.

Jan 30, 2012 22:45
Dick Trade Forista VIP
Mensagens: 16202
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 17, 2007 14:21
 
 
Parabéns pelas respostas, Pharma, que, sem dúvida, serão de grande auxílio!
Abs,

Fev 01, 2012 16:11
Jimmy Simpsons Estreante
Mensagens: 97
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 26, 2011 12:34
 
 
Hey Pharma, que entrevista excelente!

Muito obrigado pelas respostas, elucidou muito alguns pontos que estavam vazios para mim,principalmente sobre como usar hedge. E foi muito bom conhecer um fundamentalista que gosta de crescimento de capital invés de dividendos, ahahah.

Muito sucesso em busca dos seus milhões

:wink:

P.s.: Eu só não entendi, por que uma empresa com bons fundamentos, boa pagadora de dividendos(olhando a média), com um negócio que pode se dizer vai existir para sempre, você não compraria apenas por ser de armas...

Fev 01, 2012 20:02
Guga0202 Forista Assíduo
Mensagens: 918
Re: Entrevistador: Guga0202
Guga0202
Registrado em:
Nov 09, 2007 9:50
 
 
Pharma escreveu:
Guga0202 escreveu:1 - vc poderia dizer se já conseguiu a independência financeira?

Nao, longe disso.

2 - qual tem sido o seu rendimento anualizado?

Guga 0202 vou ficar te devendo um numero preciso porque a resposta eh simplesmente “eu nao sei.” Olhando somente a evolucao do capital da para eu ter uma ideia que fica mais ou menos em torno de 10% ao ano nos ultimos 5 anos.

3 - faz algum tipo de balanceamento entre renda fixa e renda variável? se sim, qual é o balanceamento? ou é 100% ações?

Sim minha posicao em renda fixa varia de 20% – 50% da carteira dependendo das oportunidades disponiveis no mercado.

4 - qual o seu setor predileto para investimento em ações?

Nao tenho um setor em especifico mas setores como respondi ao forista Filantropic gosto dos setores de alimentos, bebidas, construcao, auto-pecas, calcados, etc.

5 - faz lançamento coberto? investe somente em blue chips? ou também mescla com smallcaps?

Nao trabalho com opcoes porque nunca as estudei o suficiente. Invisto em Blue Chips e small caps desde que os fundamentos de longo prazo estejam atraentes.

6 - arzz3, ecor3, brfs3 ou ugpa3? qual é a sua preferência entre essas 4?

Gosto de todas essas empresas mas acredito que a BRFS3, HOJE, esta em melhores condicoes de dar um resultado melhor ao acionista no longo prazo.

Obrigado pelas perguntas, um abraco.


blz, pharma. muito obrigado pelas respostas.

Fev 01, 2012 20:45
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Jimmy Simpsons escreveu:
P.s.: Eu só não entendi, por que uma empresa com bons fundamentos, boa pagadora de dividendos(olhando a média), com um negócio que pode se dizer vai existir para sempre, você não compraria apenas por ser de armas...


Sim Jimmy. Eh uma questao de principio. O mesmo ocorre com CRUZ3. To fora. Mas como disse eh questao de principios mesmo, nada contra os fundamentos das empresas, ate porque nunca as analisei.

Abs

Fev 01, 2012 21:42
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: RCM
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
RCM escreveu:Grande Pharma!!! Com todo respeito aos demais foristas, essa eu já sabia....

Ola RCM, obrigado pelas palavras.
1- Muitos análistas acreditam que o IBOVESPA baterá a renda fixa em 2012 e trará um retorno em torno de 20% contra 10% RF. Você concorda com eles? Por quê?

Acho que e preciso ter cuidado com afirmacoes dessas. Renda fixa engloba uma serie de investimentos que podem dar mais ou menos de 10%. Nas ultimas semanas (ate a semana passada) estava vendo muitos analistas recomendando titulos NTN-B dizendo que a inflacao ia acelerar. Esse semana ja vi muitos dizendo que a inflacao ira cair :) “Lendo” o preco dos titulos parece que o mercado ta mesmo apostando que a inflacao ira cair. Entao e aquela coisa: Quem quiser seguir os “analistas” eh melhor fazer o que eles fazem e nao o que eles dizem.
Enfim respondendo a sua questao de forma curta, sem entrar na proxima, acredito que a bolsa vai bater a renda fixa este ano em linha com o que respondi anteriormente para os outros foristas mas nao consigo afirmar nesse momento que a bolsa terminara o ano com +20% de ganhos. Ha muitas variaveis em jogo no cenario externo e interno e tambem minha bola de cristal nunca funcionou muito bem :lol:
2- Qual sua opnião para os Títulos Públicos em 2012?

Acho que as LTNs ainda estao atrativas. Estou olhando agora e as que vencem em 01/01/2015 tao pagando 10,57% a.a. e as que vencem em 01/01/2016 tao pagando 10,91%.
Na minha opniao elas estao atrativas por duas razoes:
1- O Governo ira baixar a Selic ate pelo o menos 10% no curto prazo o que ira favorecer esses titulos.

2- Como venho dizendo a varios meses aqui no forum, na minha visao o governo esta usando a queda dos juros para lutar a Guerra cambial. Por diversos anos o governo tem tentado diversas tecnicas (atraves da compra de dolares) para manter o real desvalorizado mas os resultados nao tem sido tao satisfatorios alem de ser enormemente inflacionario. A crise na Europa abriu oportunidade para varios governos ao redor no mundo (senao todos) de baixar os juros, acreditando nas previsoes de que esta crise causara uma pisada no freio da economia mundial desacelerando o preco das commodities em geral, reduzindo assim a inflacao. O Governo pegou carona neste coro e esta fazendo o mesmo (muito embora a nossa situacao e muito diferente dos paises desenvolvidos). A estrategia ate agora tem dado resultado visto que a Bovespa ja esta em quase 65.000 pontos e o dolar ta se segurando bem na regiao entre R$1,72 e R$1,75. Os riscos desta estrategia dar errada sao baixos pois o Brasil esta bem posicionado para crescer nos proximos anos (atraindo investimento externo), tem um balanco rasoavel e os titulos do governo produzem um retorno real. A inflacao ao consumidor, que e o que o povao realmente se importa pode e ja esta sendo controlada por diversos fatores como a propria queda nas commodities, mudancas no calculo de avaliacao da mesma e etc. Mas a jogada na minha opniao e: Enquanto os juros reais forem positivos (por volta de 2%), e o Brasil continuar crescendo, a entrada de capital deve continuar forte. Nessa linha de raciocinio os juros tem ainda bastante espaco para cair nos proximos anos. Uma taxa de 8% ou menos, e bem plausivel (salvo condicoes inesperadas, como por exemplo, uma alta nos juros dos paises desenvolvidos mais rapida do que o esperado) pois os titulos de paises desenvolvidos e ate mesmo de paises em desenvolvimento como a China produzem juros reais negativos ou seja, um aposentado europeu ou japones no momento esta perdendo poder de compra por deixar o dinheiro la paradinho.
Coloquei esse comentario no topico de hedge em Outubro, continuo com a mesma leitura:

“Tesouro Direto (renda fixa): Aqui acho que nao ha muito o que dizer. Enquanto pessoas que poupam e aposentados sofrem ao redor do mundo com retornos reias negativos em seus investimentos de renda fixa, aqui no Brasil temos investimentos que nos dao um belo retorno real. O problema e que estamos mal acostumados entao um retorno de 10% bruto (approx 4%) real hoje e tido pelo brasileiro como pifio. Particularmente acredito que isso acabara e nao demorara muito. O governo tem sinalizado com certa regularidade que quer acabar com a cultura do CDI, mudar o calculo da poupanca, acabar com titulos de divida atrelados a selic, etc. Nao vejo motivos para duvidar que eles serao capazaes de conseguir isso. Outro dia vi que no ano de 2004 o governo vendia LTN com um rendimento prefixado de 20%. Provalvemente muita gente achava que era pouco. Hoje elas pagam por volta de 11%. Acredito que nos proximos anos elas pagarao algo em torno de 6% - 8%. De qualquer forma alem do excelente dividendo pago pelos titulos do TD quando levado em contra o risco que eles oferecem ha ainda uma boa possibilidade destes subirem de preco no medio prazo.”

Quanto aos titulos indexados pelo IPCA, vai chegar a hora deles mas nao e agora. Talvez nem esse ano. Eh preciso sempre acompanhar o desenvolvimento dos dados para averiguar.

Os indexados a Selic para mim nao sao atrativos para longo prazo devido ao que eu descrevi acima.

3- Quais ações que mais vão pagar dividendos em 2012?

Dificil dizer RCM. Tem muita empresa com caixa forte que pode decidir por aumentar o payout durante o ano. Atualmente eu acompanho a ETER3 e a GRND3 que estao com um payout alto. Mas se a sua ideia sao mesmo dividendos eu ficaria com as tradicionais eletricas e saneamento como AES Tiete, Eletropaulo, Telefonica, Cemig, Equatorial, Copasa etc.

4- Qual é a sua visão "Macro" para a economia mundial em 2012?

Acho que essa pergunta ja foi respondida anteriormente para o invetindoalp e Wilson Junior.


Grande abraco

Fev 01, 2012 22:03
Pharma Forista Assíduo
Mensagens: 1901
Entrevistador: Mojo Man
Pharma
Registrado em:
Abr 17, 2010 12:20
 
 
Mojo Man escreveu:Caro amigo Pharma, mais um que quer saber: na sua opinião, para onde vai a Europa ?? Estou de férias na itália, crise aqui, fora pequenos sinais, só vejo mesmo nas manchetes de jornais... Mas a questão é que o Euro e a CEE são um belo sonho que tomou o lugar do pesadelo que foram os séculos de carnificina no continente que culminaram em duas guerras mundiais. Imaginem a complexidade das articulações políticas para que os povos abandonassem o nacionalismo chauvinista em prol da união. Conseguiram pacificamente aquilo que Napoleão e outros tiranos não conseguiram pelas armas. Será que um processo histórico tão belo pode ser comprometido por conjunturas econômicas irresponsáveis ?? abç. Mojo.

Ola Amigo. Italia e um lugar muito bonito mesmo. Espero que voce esteja aproveitando ou tenha aproveitado as ferias.

Pois eh, embora voce talvez nao tenha visto sinais de crise ai, a verdade e que a coisa esta muito ruim na Italia. Acho que foi semana passada ou retrasada, vi que a base monetaria do pais decresceu algo em torno de 20%. Nao lembro o numero correto mas o tamanho do declinio indicava depressao da economia.

Concordo com voce, a Uniao Europeia trouxe muita prosperidade ao continente e uniu muito os povos. Vivi uns anos na Europa e gostei muito. Visitei 17 paises enquanto morei la. Faria so a ressalva que, como respondi ao Frajola, nao acho que a Uniao Europeia esteja ameacada e sim o Euro.

Nao faltam teorias e explicacoes para a crise Europeia. Ja devo ter lido dezenas, sem exagero. Para mim o problema principal foi a discrepancia entre as taxas de juros aplicadas nos paises. A abundancia de credito que veio a taxas de juros artificialmente baixas para os paises do sul, considerados entao pelas agencias de classificacao, e o mercado como sendo risco 0, causou diversas disparidades nas economias desses paises, criando bolhas e matando grande parte da parte produtiva dos mesmos. Ha outros fatores tambem como a falta de organizacao, corrupcao, etc que nesses paises eh consideravelmente maior do que nos paises do nucleo e do norte que tambem contribuiu para a situacao atual.

Eh claro, para mim, que todos sabem o que eh preciso para resolver os impasses atuais: mais integracao e maior distribuicao de recursos entre paises. Tendo isto em conta, o problema eh muito mais politico do que economico. Tanto eh que hoje em dia, segundo o FED, qualquer problema economico pode ser resolvido com impressao de dinheiro :shock:
Quando a primeira bomba na Grecia estorou em Maio de 2010 e eles pediram um bail out, vi uma comparacao dos beneficios que a populacoa grega tinha em comparacao com a populacao Alema. Era impressionante. A que mais me chamou atencao era a idade para aposentadoria. Se nao me engano, enquanto na Alemanha a idade minima era de 65, na Grecia era de 50 para funcionarios publicos (grande parte da populacao), e 55 para os demais. Para um politico eh impossivel justificar para o seu eleitorado o resgate de um outro pais com beneficios muito maiores que os seus.

A leitura que eu faco da situacao eh: A Alemanha e outros paises mais fortes sabem que vao ter que pagar grande parte da conta daqui pra frente. Mas para tornar o projeto viavel politicamente, os paises do sul terao que fazer reformas estruturais muito duras, para que no longo prazo eles consigam financiar uma grande parte das suas atividades, diminuindo bastante o fardo nos paises do nucleo. Acho que se auto financiarem completamente sera impossivel. Talvez nao para Italia que possui grande “expertise” em uma serie de industrias de ponta, mas com certeza isso eh verdade nos casos de Portugal, Grecia e Espanha, por exemplo. A Irlanda tambem eh um caso a parte. Acho que ela se saira dessa muito mais rapido do que os paises do mediterraneo.

No fim das contas, acho que eles sairao dessa. Abandonar o euro seria voltar ao mesmo de sempre a estes paises.
Os maiores problemas de curto prazo para mim sao:
1- Um dos paises, como a Grecia, possa cansar das medidas de austeridade impostas e abandonar o barco (maior risco)
2- O mercado, cansado da lentidao dos paises em fazer reformas, pare completamente de re-financiar a divida desses paises.

Eu como bom capitalista teria deixado a Grecia quebrar e sair do Euro. Eles nao deixaram, agora a Grecia esta quebrada e no Euro. Acho que a quebra da Grecia e Portugal sera inevitavel em algum momento. Espero que ocorra de forma ordenada e eles continuem no Euro mas dependendo da forma como o default ocorrer isto podera nao ser possivel.

Mesmo que as coisas nao se resolvam da forma programada i.e. o euro se salve com nenhum pais abandonando o barco, acho que o que acontecera sera que o Euro se tornara a moeda de um grupo mais seleto de paises, com economias mais parecidas e competitivas.

Abs
Editado pela última vez por Pharma em Fev 05, 2012 16:04, em um total de 1 vez.

AnteriorPróximo

Voltar para Geral

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes