Bem-vindo: Dez 18, 2017 3:09

Dez 14, 2013 14:52
Sjose Forista Assíduo
Mensagens: 344
Light - LIGT3
Sjose
Registrado em:
Mar 31, 2011 19:59
 
 
LIGHT S.A.
CNPJ nº 03.378.521/0001-75
NIRE nº 33.300.263.16-1
CAPITAL ABERTO

AVISO AOS ACIONISTAS

A administração da Light S.A. (“Companhia”), em cumprimento à Instrução CVM 358/02, vem a público informar que o Conselho de Administração, em reunião realizada em 13 de dezembro de 2013, aprovou:
I – a distribuição de juros sobre capital próprio no valor de R$107.473.249,62 (cento e sete milhões, quatrocentos e setenta e três mil, duzentos e quarenta e nove reais e sessenta e dois centavos), o que representa R$ 0,527 por ação. O pagamento será realizado no dia 27 de dezembro de 2013, pelo valor líquido de R$ 0,448 por ação, já deduzido o Imposto de Renda na Fonte de 15% (quinze por cento), exceto para os acionistas que estiverem dispensados de tal tributação, os quais receberão o valor declarado;
II – farão jus ao recebimento do valor correspondente, todos os detentores de ações da Companhia na data base de 13 de dezembro de 2013, sendo que as transferências de ações a partir de 16 de dezembro de 2013 serão efetuadas ex juros;
III – os juros, líquidos de Imposto de Renda na Fonte, serão imputados aos dividendos obrigatórios do exercício, conforme previsto na Política de Dividendos aprovada pelo Conselho de Administração da Companhia;
A Companhia informa ainda, que os dividendos aprovados na Assembléia Geral Ordinária, realizada em 26 de abril de 2013, no valor de R$ 91.770.327,00 (noventa e um milhões, setecentos e setenta mil, trezentos e vinte e sete reais), que representam R$ 0,45 (quarenta e cinco centavos) por ação, serão pagos no dia 27 de dezembro de 2013.
Com relação ao pagamento: (a) os acionistas que estiverem com cadastro atualizado junto ao Banco Bradesco S.A. terão os valores dos dividendos e dos juros sobre capital próprio disponíveis, sem atualização monetária, em seus domicílios bancários, tais como fornecidos à instituição depositária; (b) os acionistas usuários das custódias fiduciárias terão seus proventos creditados conforme procedimentos adotados pelas Bolsas de Valores; (c) os acionistas que mantiverem suas ações em custódia na CBLC serão pagos por meio das respectivas corretoras depositantes; e (d) os acionistas que não estiverem com cadastro atualizado deverão comparecer a uma das agências do Banco Bradesco S.A. para regularizar seus cadastros, e receber o valor a que fizerem jus.
De acordo com o parágrafo 6º do artigo 25 do Estatuto Social da Companhia, os dividendos e os juros sobre o capital próprio não reclamados dentro de 3 (três) anos, a contar da data de início do pagamento, serão revertidos a favor da Companhia.


Rio de Janeiro, 13 de Dezembro de 2013

João Batista Zolini Carneiro
Diretor de Finanças e Relações com Investidores

Fev 07, 2014 17:22
ARNALDO WIL Forista Assíduo
Mensagens: 1219
Re: Light - LIGT3
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 29, 2009 11:36
 
 
07/02/14 - Fitch aponta que distribuidoras podem ter ratings rebaixados sem suporte do governo

Para agência de risco, baixo índice pluviométrico exigiria suporte adicional às concessionárias para evitar queda nos ratings

As distribuidoras de energia estão sob o risco de terem seus ratings rebaixados. Para a Fitch, o atual cenário de baixo índice de chuvas, associado ao elevado consumo energético, implica um desequilíbrio no abastecimento de energia, preços no curto prazo elevados e queima de caixa por parte das distribuidoras para suportar os custos não esperados do PLD. A agência avalia que em uma escala de risco classificada como baixa, mediana, razoável e provável, o risco de se ter um evento de racionamento é razoável.

Caso um cenário de racionamento se apresente, sem medidas concretas por parte do regulador para evitar o enfraquecimento da capacidade financeira das distribuidoras, ações de rating negativas nas empresas do setor elétrico brasileiro poderão ocorrer. A Fitch acredita que é bastante provável que o suporte do governo esteja em linha com a liberação de recursos não onerosos de um fundo governamental para suportar financeiramente as distribuidoras, a exemplo do que aconteceu em 2013, mas a continuidade de um cenário de baixo índice pluviométrico exigiria suporte adicional, a fim de evitar o rebaixamento dos ratings nas empresas do setor.

O orçamento do governo para 2014 prevê o repasse de R$ 9 bilhões do Tesouro Nacional para a Conta de Desenvolvimento Energético e, muito provavelmente, de acordo com a Fitch, o governo se utilizará novamente destes recursos para dar suporte às distribuidoras. Ela comenta ainda que as empresas com datas de reajustes anuais até abril ou maio conseguiriam recuperar sua capacidade de geração de caixa operacional. Já as distribuidoras com datas de reajuste nos meses subsequentes permaneceriam com a liquidez fortemente pressionada por períodos maiores, elevando o risco de default no sistema. Dentre essas empresas estariam a AES Eletropaulo, Celpa, Cemar, CPFL Piratininga e Light.

Mar 11, 2014 11:09
Sjose Forista Assíduo
Mensagens: 344
Re: Light - LIGT3
Sjose
Registrado em:
Mar 31, 2011 19:59
 
 
http://www.jb.com.br/economia/noticias/ ... o-em-2013/

A Light teve um lucro liquido de R$ 587,3 milhões no ano passado, o que representou um aumento de 38,5% em relação ao resultado alcançado em 2012. No quarto trimestre de 2013, o lucro líquido foi de R$ 129 milhões, uma redução de 19,4% se comparado ao mesmo período do ano anterior, em função do registro de receita por mudança de estimativa contábil no quarto trimestre de 2012.

O consumo total de energia da distribuidora em 2013 somou 25.717 GWh e cresceu 2,9% em comparação com 2012. Somente no quarto trimestre do ano passado (4T13), aumentou 1,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, alcançando 6.531 GWh, influenciado pelo aumento do consumo nos segmentos residencial e comercial, que subiram 3,3% e 2,2%, respectivamente.

O EBITDA (lucro antes de impostos, depreciação e amortização) consolidado de 2013 foi de R$ 1,6 bilhão, o que significou um aumento de 17,9% acima do realizado em 2012. No quarto trimestre do ano passado, chegou a R$ 341,7 milhões, 28% inferior ao alcançado no mesmo período do ano anterior, devido à mesma mudança de estimativa contábil.

Em 2013, a taxa de arrecadação foi de 100,6%, 2,6 pontos percentuais acima da registrada em 2012, apresentando tendência consistente de crescimento ao longo dos últimos anos. De acordo com nota da Light, o programa de combate à inadimplência com o progressivo processo de instalação de medidores eletrônicos, as cobranças mais eficazes, a implementação do Projeto Light Legal e o aumento no volume de corte de energia resultaram em um bom desempenho da taxa de arrecadação ao longo do ano. No trimestre, segundo a empresa, o índice atingiu 99,3% do total faturado, 3,8 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período de 2012.

As perdas não-técnicas, (consumo ilícito), segundo a empresa, seguem importante trajetória de queda. O acumulado dos últimos 12 meses apresentou redução de 0,4 pontos percentuais, representando 5.738 GWh e chegando a 15,7% da energia distribuída. Já no mercado de baixa tensão, houve queda de 3,2 pontos percentuais em relação a dezembro de 2012, significando 42,2% da energia faturada.

Para potencializar a redução, a Light vem investindo continuamente em ações como processos convencionais de inspeções de fraudes, modernização de rede e sistemas de medição e projetos de áreas de perda zero (Light Legal). As atividades proporcionaram, em todo o ano de 2013, um montante de aproximadamente 160 GWh em energia recuperada e de cerca de 250 GWh em energia incorporada.

Foram feitas 57 mil normalizações de clientes, 7% a mais do que o realizado em 2012, e o numero total de medidores eletrônicos instalados chegou a 432 mil, um incremento de 26,7% relativo ao fechamento do ano anterior. Já dentro do Projeto Light Legal, que consiste em selecionar pequenas áreas de 10 a 20 mil clientes onde atuam microempresas voltadas exclusivamente para a melhoria dos indicadores de perdas e inadimplência, a companhia de energia chegou a 26 áreas atendidas, abrangendo 416 mil clientes.

Investimentos

No ano de 2013, o total investido pela Light somou R$ 845,0 milhões, 6,1% acima do investido no ano de 2012. O segmento de distribuição concentrou o maior volume, R$ 712,6 milhões (representando 84,3% do investimento total), apresentando um crescimento de 2,7% frente ao valor investido em 2012.

Dentre os investimentos realizados, se destacam o desenvolvimento de redes de distribuição e expansão, no valor de R$ 349,8 milhões, o projeto de combate às perdas de energia, com R$ 192,1 milhões e as ações destinadas à Copa do Mundo e aos Jogos Olímpicos de 2016, no total de R$ 148,7 milhões.

Os investimentos em comercialização e eficiência energética passaram de R$ 26,1 milhões em 2012 para R$ 61,0 milhões em 2013. Esse aumento é explicado pelo projeto de cogeração que está sendo realizado junto a uma grande indústria de bebidas.

Comunidades

O programa de melhoria da qualidade no fornecimento de energia para comunidades continua como um dos focos da Light e vem mostrando bons resultados. Desde o início, já soma 101 mil clientes atendidos com a nova rede e medidores.

Das 34 comunidades que já contam com Unidade de Polícia Pacificadora, a Light está presente em 17 delas e já concluiu a reforma de rede elétrica em 9, registrando uma redução média das perdas de energia de 53 p.p. (de 64,1% para 11,1%) e aumento médio da adimplência de 88,9 p.p. (de 9,6% para 98,5%).

Pessimismo

Analistas de mercado estavam prevendo um resultado nada animador para o balanço da Light devido à situação das distribuidoras com as térmicas ligadas. O preço da energia gerada por essas usinas é bem maior do que gerada pelas hidrelétricas. As térmicas, no entanto, tiveram que ser acionadas pelo Operador Nacional do Sistema (ONS) devido à falta de chuvas neste ano.

As ações da empresa na Bovespa nesta segunda-feira (10) passaram boa parte do pregão em queda e fecharam a -1,07% o que demonstrava uma expectativa negativa os investidores em relação ao balanço da empresa. Desde de janeiro as ações da Light já tiveram uma perda de cerca de 30% por conta, principalmente, das condições climáticas que estão impactando nos custos da geração de energia.

Para a XP Investimentos, as quedas das ações das distribuidoras de energia é reflexo da possibilidade do risco crescente de racionamento de energia. Já para a consultoria Empiricus Research, haverá uma enorme dificuldade para as distribuidoras fecharem suas contas devido ao custo da energia com as térmicas ligadas por tanto tempo.

Mar 11, 2014 18:47
Paitax Forista VIP
Mensagens: 2555
Re: Light - LIGT3
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 21, 2013 17:46
 
 
Resultado muito bom, apesar que alguns dados do ano apagaram um pouco as conquistas do 4T13, como FEC e DEC.
Algumas despesas subiram numa escala bem maior que 2012.

O EBITDA Ajustado de 2013 é menor que 2012, porém leva em conta as oscilações que o setor tem passado.

Apenas ficar de olho na dívida, mas não parece ser algo preocupante.

Mar 11, 2014 20:00
Paitax Forista VIP
Mensagens: 2555
Re: Light - LIGT3
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 21, 2013 17:46
 
 
Fraja, não vi onde eles falaram para ficar ex.

Mar 12, 2014 6:16
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
dividendos
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
SÃO PAULO - As ações da Light (LIGT3) registraram fortes ganhos nesta terça-feira (11), em meio ao anúncio dos resultados deste ano e o pagamento de dividendo milionário aos acionistas. Os papéis da companhia fecharam com alta de 2,36%, cotados a R$ 16,70, depois de terem subido 5,10% na máxima do dia, a R$ 16,50. O volume movimentado pelos papéis superou sua média de 21 dias, atingindo R$ 30,26 milhões, ante média de R$ 22,65 milhões.
Após a divulgação do balanço, o conselho de administração da companhia de energia aprovou uma proposta para distribuir R$ 364,83 milhões em dividendos aos acionistas, montante que equivale a R$ 1,789 por cada ação LIGT3. A data da AGO (Assembleia Geral Ordinária) para os acionistas aprovarem o dividendo ainda não foi definida.
Levando-se em conta que a ação fechou o último pregão a R$ 15,70, o "dividend yield" (dividendo pago/preço da ação) equivale a 11,3%. Ou seja, para cada 100 ações que um investidor tiver da Light, ele poderá comprar 11 novos papéis caso reinvista o dividendo recebido pela empresa.
O anúncio veio logo após a empresa mostrar seu balanço referente ao 4º trimestre de 2013, no qual obteve um lucro de líquido de R$ 129 milhões, resultado um pouco aquém do esperado pelo mercado. No acumulado do ano, o lucro chegou a R$ 587 milhões. Somado os proventos já pagos, ela distribuirá 84,6% do lucro aos acionistas.

Mai 16, 2014 2:16
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
Re: Light - LIGT3
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
SÃO PAULO - A concessionária de energia Light teve alta de 129,5% no lucro líquido do primeiro trimestre, influenciado por fortes vendas de energia de curto prazo do negócio de geração e aumento no consumo na área atendida pela distribuidora.
A companhia teve lucro líquido de R$ 181 milhões no período, superando a estimativa média de analistas, que esperavam lucro de R$ 147 milhões. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) subiu 27,5%, para R$ 453 milhões no primeiro trimestre.
O crescimento de 7,8% no consumo de energia na área da distribuidora foi influenciado principalmente pelo aumento de 13,6% no segmento residencial e de 8,3% no comercial. O aumento do consumo é explicado pela alta de 1,3º C na média de temperatura do trimestre ante mesmo período de 2013.
A distribuidora Light, que enfrenta problemas de furto de energia, conseguiu manter as perdas comerciais de energia em patamar praticamente estável em relação ao mesmo trimestre do ano passado, com ligeiro aumento de 0,2 pontos percentuais. As perdas comerciais de energia estão em 42,4% atualmente. No segmento de geração, a Light teve aumento de 45,4% na receita líquida, a R$ 211,2 milhões.
"Esse resultado pode ser explicado pela disponibilidade de energia vendida no mercado spot no trimestre, a um preço médio de 658,3 reais por megawatt-hora", informou a empresa nesta quinta-feira.
Também houve forte aumento de 87,1% na receita líquida de Comercialização e Serviços, para R$ 294 milhões, efeito decorrente do aumento no volume de energia comercializada combinado com o maior preço praticado neste trimestre.
"O preço médio de venda, líquido de impostos, foi de 213,5 reais por MWh no trimestre, em comparação com 155 reais por MWh no mesmo período do ano passado, representando um aumento de 37,7%".

Set 25, 2014 18:25
Garimpeiro2014 Forista Assíduo
Mensagens: 142
Re: Light - LIGT3
Garimpeiro2014
Registrado em:
Ago 07, 2014 16:35
 
 
Rumo 23, xx SÓ alegria agora é só esperar o leilão e light bater o martelo e arrematar .kkkkkk

Set 25, 2014 18:59
Garimpeiro2014 Forista Assíduo
Mensagens: 142
Re: Light - LIGT3
Garimpeiro2014
Registrado em:
Ago 07, 2014 16:35
 
 
Ninguém querendo vender abaixo de 21,30 isso é muito bom a tendência é subir galera esperando chegar nós 25xx .

Set 26, 2014 16:12
Garimpeiro2014 Forista Assíduo
Mensagens: 142
Re: Light - LIGT3
Garimpeiro2014
Registrado em:
Ago 07, 2014 16:35
 
 
RUMO 25 xx ninguém quer vender isso é muito bom.

Fev 05, 2015 12:14
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
Re: Light - LIGT3
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
Tô aumentando aqui a 13,77. O setor anda instável, mas vamos ver.

Mar 20, 2015 15:00
Yuri Cunha Forista Assíduo
Mensagens: 249
Re: Light - LIGT3
Yuri Cunha
Registrado em:
Fev 05, 2015 14:52
 
 
De fato, analisando historicamente os balanços financeiros da companhia, um de seus maiores problemas eram os "gatos". Isso sempre foi público e notório. Tropa de Elite 2 apenas mostrou em imagens. Hehe.

Agora, em termos de fundamentos, a empresa está relativamente barata e, via de regra, a distribuição de dividendos costuma ser generosa. Não sou fã incondicional da empresa, mas é de se admitir que sempre foi lucrativa (em alguns anos, pouco lucrativa; em outros, muito lucrativa), além do que as concessões são bastantes longas. Atualmente, a um preço abaixo dos R$14,00, acho muito seguro e rentável o investimento aqui.

Mar 31, 2015 13:58
IGFX Forista Assíduo
Mensagens: 347
Re: Light - LIGT3
IGFX
Registrado em:
Jul 23, 2014 15:53
 
 

Abr 10, 2015 13:19
Tranquilo. Forista Assíduo
Mensagens: 685
Re: Light - LIGT3
Tranquilo.
Registrado em:
Set 10, 2014 22:20
 
 
Fica ex na segunfa-feira (13/04/2015), 0,77 por ação.

Maravilha!!

Abr 10, 2015 14:51
Echeneis Naucrates Forista VIP
Mensagens: 4370
Re: Light - LIGT3
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 30, 2013 15:10
 
 
Yuri Cunha escreveu:De fato, analisando historicamente os balanços financeiros da companhia, um de seus maiores problemas eram os "gatos". Isso sempre foi público e notório. Tropa de Elite 2 apenas mostrou em imagens. Hehe.

Agora, em termos de fundamentos, a empresa está relativamente barata e, via de regra, a distribuição de dividendos costuma ser generosa. Não sou fã incondicional da empresa, mas é de se admitir que sempre foi lucrativa (em alguns anos, pouco lucrativa; em outros, muito lucrativa), além do que as concessões são bastantes longas. Atualmente, a um preço abaixo dos R$14,00, acho muito seguro e rentável o investimento aqui.


Conforme o último balanço publicado (integral 2014), dívida bruta está em BRL6,5B e o caixa em BRL0,5B. Achei o caixa muito baixo para uma dívida de 180% sobre o PL. Fora isso, as margens são boas mesmo e a empresa vem sendo negociada com um "pequeno" desconto sobre o VPA. Realmente, uma empresa interessante para acompanhar mais de perto.

[s]

Abr 11, 2015 18:42
Yuri Cunha Forista Assíduo
Mensagens: 249
Re: Light - LIGT3
Yuri Cunha
Registrado em:
Fev 05, 2015 14:52
 
 
Echeneis Naucrates escreveu:
Yuri Cunha escreveu:De fato, analisando historicamente os balanços financeiros da companhia, um de seus maiores problemas eram os "gatos". Isso sempre foi público e notório. Tropa de Elite 2 apenas mostrou em imagens. Hehe.

Agora, em termos de fundamentos, a empresa está relativamente barata e, via de regra, a distribuição de dividendos costuma ser generosa. Não sou fã incondicional da empresa, mas é de se admitir que sempre foi lucrativa (em alguns anos, pouco lucrativa; em outros, muito lucrativa), além do que as concessões são bastantes longas. Atualmente, a um preço abaixo dos R$14,00, acho muito seguro e rentável o investimento aqui.


Conforme o último balanço publicado (integral 2014), dívida bruta está em BRL6,5B e o caixa em BRL0,5B. Achei o caixa muito baixo para uma dívida de 180% sobre o PL. Fora isso, as margens são boas mesmo e a empresa vem sendo negociada com um "pequeno" desconto sobre o VPA. Realmente, uma empresa interessante para acompanhar mais de perto.

[s]



Sim, no final das contas, é um papel interessante.
Este ano, infelizmente, os proventos serão mais pobres (5% do preço). Ano passado, contrariamente, foi de quase 10% (a cotação estava em R$17,00 e seriam distribuídos R$1,60). Acho que a idéia é justamente essa: segurar um pouco o caixa, já que tudo indica mais um ano complicado para o setor elétrico em geral.

Abr 12, 2015 18:12
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
Re: Light - LIGT3
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
Light é um bom papel, e melhor ainda se comprado na faixa de 14,XX. Eu comprei a 23,XX, mas não saio. O setor elétrico vai ter outro ano difícil, mas mesmo no ano passado, a maiortia das emresas (como a Eletropaulo, p.ex.) chegou a pagar alguma coisa, e recuperou um pouco as cotações. Essa recuperação lenta pode continuar, a menos que a recessão pegue pesado, e o grau de investimento seja perdido. Outra que ainda está a preço interessante é Transmissão Paulista, embora já tenha estado melhor.

Abr 12, 2015 20:00
Yuri Cunha Forista Assíduo
Mensagens: 249
Re: Light - LIGT3
Yuri Cunha
Registrado em:
Fev 05, 2015 14:52
 
 
Palhares escreveu:Light é um bom papel, e melhor ainda se comprado na faixa de 14,XX. Eu comprei a 23,XX, mas não saio. O setor elétrico vai ter outro ano difícil, mas mesmo no ano passado, a maiortia das emresas (como a Eletropaulo, p.ex.) chegou a pagar alguma coisa, e recuperou um pouco as cotações. Essa recuperação lenta pode continuar, a menos que a recessão pegue pesado, e o grau de investimento seja perdido. Outra que ainda está a preço interessante é Transmissão Paulista, embora já tenha estado melhor.


Já considerou montar um preço médio? R$23,xx está altíssimo para o cenário elétrico atual. Realmente não vejo condições de o papel beliscar esse patamar nos próximos meses. Da próxima vez que rondar a casa dos R$15,00, sugeriria que comprasse mais, sem medo. É um ativo muito seguro. Digo isso porque o seu preço de compra está eliminando praticamente todo o potencial de retorno da ação e, além disso, tornando o DY insignificante.

Abr 13, 2015 4:14
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
Re: Light - LIGT3
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
Yuri Cunha escreveu:
Palhares escreveu:Light é um bom papel, e melhor ainda se comprado na faixa de 14,XX. Eu comprei a 23,XX, mas não saio. O setor elétrico vai ter outro ano difícil, mas mesmo no ano passado, a maioria das empresas (como a Eletropaulo, p.ex.) chegou a pagar alguma coisa, e recuperou um pouco as cotações. Essa recuperação lenta pode continuar, a menos que a recessão pegue pesado, e o grau de investimento seja perdido. Outra que ainda está a preço interessante é Transmissão Paulista, embora já tenha estado melhor.


Já considerou montar um preço médio? R$23,xx está altíssimo para o cenário elétrico atual. Realmente não vejo condições de o papel beliscar esse patamar nos próximos meses. Da próxima vez que rondar a casa dos R$15,00, sugeriria que comprasse mais, sem medo. É um ativo muito seguro. Digo isso porque o seu preço de compra está eliminando praticamente todo o potencial de retorno da ação e, além disso, tornando o DY insignificante.




Valeu o toque. Mas eu sou um investidor pouco eficiente, e pouco ousado. Tenho outras ações com preços de entrada até indecentes, mas as correções são lentas. Claro que, no geral, o resultado tem que ser positivo, senão a coisa não funcionava. De fato, a Light não deve bater acima de 21,xx antes de um ano. E depois, a ver. Mas se ela está pagando dividendos (bem razoáveis) esses anos todos, e lá adiante ainda vou conseguir vender a mais de 23,xx, acho que a operação vale à pena. Só que é de longo prazo.

Abr 13, 2015 11:45
elisa197 Estreante
Mensagens: 91
Re: Light - LIGT3
elisa197
Registrado em:
Nov 16, 2014 17:04
 
 
a ligt3, saiu da primeira prévia ibov, fiquem atento os grandes fundos sai, correndo se ela sair o índice

AnteriorPróximo

Voltar para Ações Ibovespa

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 3 visitantes

cron