Bem-vindo: Jun 25, 2019 1:42

Dez 28, 2016 22:14
Trade Boy Forista Assíduo
Mensagens: 1554
Petrobras - PETR3 / PETR4
Trade Boy
Registrado em:
Mai 01, 2015 19:17
 
 
Mestre_pçk escreveu:Para quem ainda não se convenceu de que o golpe parlamentar de 2016, que foi preparado pela aliança PMDB-PSDB desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, com apoio da Globo e demais meios de comunicação, quebrou a economia brasileira, os números divulgados nesta semana foram mais do que eloquentes.

Eis alguns deles:

1) O Natal registrou o fechamento de 18 mil lojas, queda de 9% nos shoppings e de 4,9% no comércio como um todo. Foi o pior resultado em mais de uma década (leia aqui).

2) A confiança do consumidor caiu novamente em dezembro, recuando ao menor patamar em seis meses, segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (leia mais aqui).

3) O rombo fiscal, pretexto para a derrubada de Dilma, foi de R$ 38,4 bilhões em novembro, no pior resultado desde o início da série histórica (leia mais aqui). Isso significa que Temer cava rombos mensais equivalentes ao que seria o de Dilma em um ano.

Os dados sobre desemprego, que deveria cair no fim de ano, serão divulgados na quinta-feira – e tudo indica que será mais um dos desastres de Temer, que está no poder há 228 dias, embora diga, em pronunciamentos oficiais, estar no comando do País há pouco mais de 100 dias.

Todos esses indicadores econômicos revelam que, se as elites que colocaram Temer no poder permitirem sua continuidade, em breve o Brasil estará discutindo moratória da dívida interna. A recessão do golpe, que começou com a política do "quanto pior, melhor", idealizada por Aécio Neves e Eduardo Cunha em 2015, e se aprofundou com a incapacidade de Michel Temer e Henrique Meirelles de apresentarem saídas para a crise neste 2016, poderá levar a dívida interna brasileira a 80% do PIB.

Quando Dilma se reelegeu, o que o Brasil discutia eram aumentos pontuais de impostos, como a CPMF. Depois do tsunami provocado pelo golpe, em breve estar-se-á discutindo a moratória da dívida interna, como alertou recentemente o presidenciavel Ciro Gomes:

Disse tudo Mestre! Fico Feliz e Esperançoso quando vejo uma meia dúzia como Você aqui neste espaço que tem senso crítico e não delega aos outros e nem à Mídia a atividade de raciocinar e o faz por si próprio!

Dez 29, 2016 10:28
SulExitForever Forista Assíduo
Mensagens: 347
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
SulExitForever
Registrado em:
Jul 16, 2016 13:08
 
 
Petrobras (PETR3; PETR4)
O conselho de administração da Petrobras aprovou na quarta-feira (28) a venda do Complexo Petroquímico de Suape, em Pernambuco, e também uma fatia de 45,9% que a Petrobras Biocombustível detinha em Guarani. O complexo será vendido por US$ 385 milhões e a participação em Guarani, por US$ 202 milhões, totalizando US$ 587 milhões nas duas operações.

O complexo petroquímico será adquirido pela mexicana Alpex, do setor petroquímico e com atuação na produção de fibras têxteis. Já a participação da Petrobras Biocombustível em Guarani vai para as mãos da Tereos Internacional, que já detinha 54,1% do negócio. As informações foram confirmadas esta noite pela estatal por meio de fatos relevantes enviados à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Com as operações anunciadas na véspera, a Petrobras alcança 90% da sua meta de desinvestimentos para o biênio de 2015 e 2016, que é de US$ 15,1 bilhões. Segundo a estatal, o não atingimento é explicado pela obrigação da Petrobras em cumprir decisão liminar da Justiça de Sergipe, impedindo a conclusão das negociações dos campos de Tartaruga Verde e Baúna, localizados, respectivamente, na Bacia de Campos e na Bacia de Santos, para as quais a estatal já estava em estágio avançado de negociação. Pelo não conclusão da meta, a estatal informou irá acrescer o montante faltante para o biênio de 2017 e 2018, totalizando o valor de US$ 21 bilhões.

A Petrobras ainda informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de 100 por cento das ações da refinaria Nansei Sekiyu para a Taiyo Oil Company, com o pagamento de 165 milhões de dólares realizado na quarta-feira. A estatal afirmou que o valor ainda está sujeito a ajustes finais. Em 17 de outubro, a Petrobras havia informado que o seu Conselho de Administração havia aprovado a venda da unidade, localizada na ilha de Okinawa, no Japão, por 129,285 milhões de dólares. A petroleira ainda convocou acionistas para AGE (Assembleia Geral Extraordinária) em 31 de janeiro.

Por fim, o Banco Safra está processando a AG Internacional e a construtora Andrade Gutierrez sob a acusação de que enganaram os investidores ao não revelarem sua participação no escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras. Em 2013, o Banco Safra investiu US$ 500 milhões em notas emitidas pela AG Internacional, de acordo com o processo em um tribunal federal de Nova York. Caso é Banco Safra SA x Andrade Gutierrez International SA, Tribunal Distrital dos EUA, Distrito Sul de Nova Iorque (Manhattan).

Eletrobras (ELET3)
A BM&FBovespa divulgou a terceira prévia da carteira do Ibovespa que irá vigorar entre janeiro e abril de 2017. Foi confirmada a entrada das ações ordinárias da Eletrobras.

Unicasa (UCAS3)
A Alaska Investimentos, do "bilionário anônimo" Luiz Alves Paes de Barros, informou à BM&FBovespa que reduziu a participação acionária para 9,29% das ações ON da Unicasa, administrando um total de 6,1379 milhões de ações.

"A gestora declara não possuir outros valores mobiliários e instrumentos financeiros derivativos referenciados em tais ações, sejam de liquidação física ou financeira, ou qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia. A redução da participação acionária dos Fundos tem por objetivo a mera realização de operações financeiras; não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia; e, por fim os Fundos não têm o objetivo de atingir qualquer participação acionária em particular. Finalmente, a Gestora declara que a participação ora reportada se refere tão somente aos Fundos por ela geridos", afirma o comunicado.

Restoque (LLIS3)
A Restoque informou que o investidor Marcelo Faria de Lima atingiu uma fatia de 78,9 milhões de ações ordinárias. "A participação acionária tem objetivo de investimento de longo prazo para obtenção de retorno financeiro e não tem objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa", informa o comunicado.

Cielo (CIEL3)
O conselho de administração da Cielo aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio de R$ 247,8 milhões, ou R$ 0,109 por ação. Os proventos são referentes ao 2º semestre de 2016, em adição à distribuição do dia 30 de setembro de 2016, referente ao 1º semestre de 2016. Segundo a empresa, o pagamento ocorrerá no dia 31 de março de 2017, com base na posição acionária do dia 3 de janeiro.

Itaú Unibanco (ITUB4)
O Itaú Unibanco concluiu na quarta-feira a compra do restante da participação que ainda não detinha na parceria em crédito consignado com o banco BMG por R$ 1,46 bilhão, em estratégia para atuar com ativos de menor risco e rentabilidade atraente.

O maior banco privado do país comprou fatia adicional de 40% no Itaú BMG Consignado, passando a deter a totalidade do capital da parceria. O acordo para a compra da participação restante tinha sido anunciado no final de setembro.
Segundo os dados apresentados pelo banco, entre o final de agosto e o fim de novembro a carteira da parceria passou de R$ 29 bilhões para R$ 28,1 bilhões.
Brasil Pharma (BPHA3)
A Brasil Pharma, terceira maior empresa de varejo farmacêutico do país, desistiu das negociações para venda da rede de drogarias Big Ben para o conglomerado industrial Ultrapar, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters.

A Extrafarma, braço de farmácias da Ultrapar, ofereceu um valor muito menor que os R$ 750 milhões pretendidos pela Brasil Pharma, disseram as fontes. A Big Ben, com sede em Belém do Pará, tem 264 lojas no Norte e Nordeste do país e é a maior rede de farmácias controlada pela Brasil Pharma.

Criada como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, a Brasil Pharma teve problemas de integração, passou por disputas entre acionistas e enfrenta problemas de dívida elevada e competição crescente. A empresa é controlada pelo braço de participações do grupo financeiro BTG Pactual e seus clientes.

A Brasil Pharma agora está buscando outras alternativas para a Big Ben, disseram as fontes.

MRV Engenharia (MRVE3)
A MRV Engenharia aprovou aumento de capital social no valor de R$ 130,09 milhões na sua controlada LOG Commercial Properties e Participações. O montante equivale a 14.918.594 ações ordinárias a serem integralizadas em até 30 dias contados da assembleia geral extraordinária da LOG, realizada em 22 de dezembro. Após o aporte, a MRV passará a deter 39,87% do capital da LOG, segundo fato relevante divulgado ao mercado.

PetroRio (PRIO3)
A PetroRio anunciou por meio de fato relevante que todas as Global Depositary Shares (GDS) emitidas e em circulação na TSX Venture Exchange (TSXV) serão deslistadas após o encerramento da sessão de negociação do dia 27 de janeiro de 2017. A deslistagem ocorrerá em conjunto com o término do acordo de depósito entre os detentores de GDS, Deutsche Bank e a companhia.

Springer (SPRI3)
A fabricante de aparelhos de ar condicionado Springer informou que vai vender sua participação na Nova Nordeplast por R$ 14,3 milhões. A Springer detém cerca de 70,35% da companhia. Do valor do negócio, R$ 8,9 milhões serão desembolsados imediatamente e R$ 5,39 serão pagos em duas parcelas anuais corrigidas pela cotação do dólar.

Petrobras - Bloomberg
(Bloomberg)
Especiais InfoMoney
Saiba quanto os brasileiros recebem do INSS quando param de trabalhar
Quer investir em Bolsa sem risco de perda? Veja como montar uma operação de capital garantido
InfoMoney passa a oferecer cotações de contratos futuros de Ibovespa e dólar; confira
Quer limitar suas perdas na Bolsa? Baixe a planilha de gerenciamento de risco
InfoMoney lança melhor página do Brasil para acompanhar cotações de opções; conheça
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
Carteira InfoMoney traz 4 novidades e uma 'venda a descoberto' em Vale para dezembro

1 COMENTÁRIOS
Links Promovidos RECOMENDADAS PARA VOCÊ
Você ganha menos de R$ 5 mil? Especialista ensina como dobrar seu salário sem precisar trabalhar...
&*#¨@%
Saiba como queimar gorduras sem dietas e sem exercícios.
Vida Orgânica
via Taboola

Analistas revelam qual é o melhor Home Broker do Brasil
Toro Radar
A Delação do Fim do Mundo pode impactar cada real que você tem guardado
Empiricus
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
InfoMoney Educação
Oi suspende dívida com BNDES por 180 dias; CSN fala de crise da Usiminas e mais 6 notícias
Entenda porque o Tesouro Direto é um dos investimentos preferidos dos brasileiros


Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam
ÚLTIMAS NOTÍCIAS



DESTAQUES DA BOLSA
Petrobras perde força, Vale cai após subir por 4 pregões e bancos avançam
29 dez, 2016 - 10h16

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016
29 dez, 2016 - 10h08

DYOGO OLIVEIRA
Ministro do Planejamento falará às 15h sobre reforma administrativa
29 dez, 2016 - 10h02

PROVENTOS
Ações de 3 empresas sofrem alteração nos preços na Bovespa após proventos de até R$ 4,00 por papel
29 dez, 2016 - 09h55

FORTE CRESCIMENTO
Cooperativismo paranaense planeja faturar R$ 100 bi nos próximos anos
29 dez, 2016 - 09h55

5 ASSUNTOS DO DIA
Atenção: as 3 ações para ficar de olho logo no início do pregão
29 dez, 2016 - 09h50

RADAR INFOMONEY
Petrobras anuncia nova venda de ativos e convoca assembleia; 3ª prévia do Ibovespa e mais 8 notícias
29 dez, 2016 - 09h41

PODCAST RIO BRAVO
Há um consenso de que o Ensino Médio precisa passar por transformação profunda, diz especialista
29 dez, 2016 - 09h32

CRISE NOS ESTADOS
Governo busca plano emergencial para estados falidos, afirmam jornais
29 dez, 2016 - 09h30

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa Futuro ensaia 5ª alta seguida no último pregão do ano
29 dez, 2016 - 09h24

APAGAR DAS LUZES
Temer deve liberar "pacote de bondades" de R$ 7 bilhões para o Congresso ainda em 2016, diz jornal
29 dez, 2016 - 09h20

COMMODITIES

Dez 29, 2016 10:30
SulExitForever Forista Assíduo
Mensagens: 347
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
SulExitForever
Registrado em:
Jul 16, 2016 13:08
 
 
SulExitForever escreveu:Segue a privataria fatiada.....



Aprovação da assinatura do contrato para venda da PetroquímicaSuape e da Citepe






Rio de Janeiro, 28 de dezembro de 2016 – Petróleo Brasileiro S.A. – Petrobras informa que seu Conselho de Administração aprovou, em reunião realizada hoje, a assinatura do contrato para venda da Companhia Petroquímica de Pernambuco (“PetroquímicaSuape”) e da Companhia Integrada Têxtil de Pernambuco (“Citepe”) para o Grupo Petrotemex S.A. de C.V. e a Dak Americas Exterior, S.L, subsidiárias da Alpek , S.A.B. de C.V. (“Alpek”).

A PetroquímicaSuape e a Citepe são subsidiárias integrais da Petrobras e fazem parte do Complexo Industrial Químico-Têxtil da companhia, localizado em Ipojuca, no estado de Pernambuco. Juntas essas empresas reúnem três unidades industriais integradas: a de PTA (ácido tereftálico purificado), a de filamentos de poliéster e a de resina PET (polietileno tereftalato).

A Alpek é uma empresa mexicana do Alfa, S.A.B. de C.V. (“Alfa”), de capital aberto, que atua no setor petroquímico e que ocupa uma posição de liderança na produção de poliéster (PTA, PET e filamentos) no mundo.

O valor total da venda é de US$ 385 milhões e será pago em reais na data do fechamento da operação. Esse valor está sujeito a ajustes de capital de giro, dívida líquida e impostos a recuperar.

Essa operação faz parte do programa de parcerias e desinvestimentos e será contabilizada para a meta do biênio 2015-2016. A venda está alinhada ao Plano Estratégico da Petrobras, que prevê a otimização do portfólio de negócios, com a saída integral das participações em petroquímica.

O projeto faz parte das cinco transações que podem ter seus contratos assinados de acordo com a decisão cautelar do Tribunal de Contas da União (TCU), conforme divulgado em fato relevante de 20/12/2016. A conclusão da operação deverá ser precedida da reestruturação das dívidas de longo prazo das duas Companhias e estará sujeita às aprovações da Assembleia Geral Extraordinária da Petrobras, do Conselho de Administração do Alfa, do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), e ao cumprimento de demais condições precedentes usuais.

Por fim, ressalte-se que, diante do posicionamento atual da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e tendo em vista que a PetroquímicaSuape e a Citepe se tornaram subsidiárias integrais da Petrobras após uma operação de compra e venda de ações, e não por meio de uma incorporação de ações, sem qualquer diluição de participação societária dos acionistas da Petrobras, é inaplicável o direito de preferência previsto no art. 253 da LSA, à operação.

Com as operações anunciadas hoje, a Petrobras informa que seu programa de parcerias e desinvestimentos totalizou US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016, ficando abaixo da meta de US$ 15,1 bilhões estabelecida para o período. O não atingimento da meta é explicado pela obrigação da Petrobras em cumprir decisão liminar da Justiça de Sergipe, impedindo a conclusão das negociações dos campos de Tartaruga Verde e Baúna, localizados, respectivamente, na Bacia de Campos e na Bacia de Santos, para as quais a Petrobras já estava em estágio avançado de negociação, com apresentação de proposta vinculante, conforme divulgado em fato relevante de 06/10/2016. A meta do programa de parcerias e desinvestimentos para o biênio 2017-2018 será automaticamente acrescida desses valores, totalizando agora US$ 21 bilhões.

Vende tudo kkkkk

Dez 29, 2016 10:56
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
Concluída a venda da Nansei Sekiyu






Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2016 – Petróleo Brasileiro S.A. – A Petrobras informa que finalizou, nesta quarta-feira (28/12), a venda de 100% das ações da Nansei Sekiyu (“NSS”) para a Taiyo Oil Company (“Taiyo”).

A operação foi concluída com o pagamento de US$ 165 milhões pela Taiyo, realizado ontem, após o cumprimento de todas as condições precedentes previstas no contrato, assinado em 17 de outubro de 2016. Este valor ainda está sujeito a ajustes finais.

A NSS é uma empresa localizada na ilha de Okinawa, no Japão, e detida integralmente pela Petrobras International Braspetro – PIB BV. Compreende uma refinaria com capacidade de processamento de 100 mil barris por dia de petróleo, 36 tanques que armazenam 9,5 milhões de barris de petróleo e derivados, além de três píeres para carga e descarga de navios e uma monobóia.

A Taiyo é uma empresa japonesa de capital fechado, de importação, exportação, refino e venda de produtos petrolíferos, com sede em Tóquio. Possui nove escritórios/filiais, incluindo uma refinaria no Japão.

A operação foi contabilizada no programa de parcerias e desinvestimentos, que atingiu US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016. A venda está alinhada ao Plano Estratégico da Petrobras que prevê a otimização do portfólio de negócios.

Dez 29, 2016 11:47
SulExitForever Forista Assíduo
Mensagens: 347
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
SulExitForever
Registrado em:
Jul 16, 2016 13:08
 
 
Fraj0la--x escreveu:Concluída a venda da Nansei Sekiyu






Rio de Janeiro, 29 de dezembro de 2016 – Petróleo Brasileiro S.A. – A Petrobras informa que finalizou, nesta quarta-feira (28/12), a venda de 100% das ações da Nansei Sekiyu (“NSS”) para a Taiyo Oil Company (“Taiyo”).

A operação foi concluída com o pagamento de US$ 165 milhões pela Taiyo, realizado ontem, após o cumprimento de todas as condições precedentes previstas no contrato, assinado em 17 de outubro de 2016. Este valor ainda está sujeito a ajustes finais.

A NSS é uma empresa localizada na ilha de Okinawa, no Japão, e detida integralmente pela Petrobras International Braspetro – PIB BV. Compreende uma refinaria com capacidade de processamento de 100 mil barris por dia de petróleo, 36 tanques que armazenam 9,5 milhões de barris de petróleo e derivados, além de três píeres para carga e descarga de navios e uma monobóia.

A Taiyo é uma empresa japonesa de capital fechado, de importação, exportação, refino e venda de produtos petrolíferos, com sede em Tóquio. Possui nove escritórios/filiais, incluindo uma refinaria no Japão.

A operação foi contabilizada no programa de parcerias e desinvestimentos, que atingiu US$ 13,6 bilhões no biênio 2015-2016. A venda está alinhada ao Plano Estratégico da Petrobras que prevê a otimização do portfólio de negócios.

Parece que a super Petrobras atingiu meta de desinvestimentos....

Dez 29, 2016 12:09
Mestre_pçk Forista Assíduo
Mensagens: 1020
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Mestre_pçk
Registrado em:
Mai 11, 2016 18:55
 
 
Mestre_pçk escreveu:Para quem ainda não se convenceu de que o golpe parlamentar de 2016, que foi preparado pela aliança PMDB-PSDB desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, com apoio da Globo e demais meios de comunicação, quebrou a economia brasileira, os números divulgados nesta semana foram mais do que eloquentes.

Eis alguns deles:

1) O Natal registrou o fechamento de 18 mil lojas, queda de 9% nos shoppings e de 4,9% no comércio como um todo. Foi o pior resultado em mais de uma década (leia aqui).

2) A confiança do consumidor caiu novamente em dezembro, recuando ao menor patamar em seis meses, segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (leia mais aqui).

3) O rombo fiscal, pretexto para a derrubada de Dilma, foi de R$ 38,4 bilhões em novembro, no pior resultado desde o início da série histórica (leia mais aqui). Isso significa que Temer cava rombos mensais equivalentes ao que seria o de Dilma em um ano.

Os dados sobre desemprego, que deveria cair no fim de ano, serão divulgados na quinta-feira – e tudo indica que será mais um dos desastres de Temer, que está no poder há 228 dias, embora diga, em pronunciamentos oficiais, estar no comando do País há pouco mais de 100 dias.

Todos esses indicadores econômicos revelam que, se as elites que colocaram Temer no poder permitirem sua continuidade, em breve o Brasil estará discutindo moratória da dívida interna. A recessão do golpe, que começou com a política do "quanto pior, melhor", idealizada por Aécio Neves e Eduardo Cunha em 2015, e se aprofundou com a incapacidade de Michel Temer e Henrique Meirelles de apresentarem saídas para a crise neste 2016, poderá levar a dívida interna brasileira a 80% do PIB.

Quando Dilma se reelegeu, o que o Brasil discutia eram aumentos pontuais de impostos, como a CPMF. Depois do tsunami provocado pelo golpe, em breve estar-se-á discutindo a moratória da dívida interna, como alertou recentemente o presidenciavel Ciro Gomes:

Imagem

Dez 29, 2016 14:05
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
SulExitForever escreveu:Petrobras (PETR3; PETR4)
O conselho de administração da Petrobras aprovou na quarta-feira (28) a venda do Complexo Petroquímico de Suape, em Pernambuco, e também uma fatia de 45,9% que a Petrobras Biocombustível detinha em Guarani. O complexo será vendido por US$ 385 milhões e a participação em Guarani, por US$ 202 milhões, totalizando US$ 587 milhões nas duas operações.

O complexo petroquímico será adquirido pela mexicana Alpex, do setor petroquímico e com atuação na produção de fibras têxteis. Já a participação da Petrobras Biocombustível em Guarani vai para as mãos da Tereos Internacional, que já detinha 54,1% do negócio. As informações foram confirmadas esta noite pela estatal por meio de fatos relevantes enviados à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Com as operações anunciadas na véspera, a Petrobras alcança 90% da sua meta de desinvestimentos para o biênio de 2015 e 2016, que é de US$ 15,1 bilhões. Segundo a estatal, o não atingimento é explicado pela obrigação da Petrobras em cumprir decisão liminar da Justiça de Sergipe, impedindo a conclusão das negociações dos campos de Tartaruga Verde e Baúna, localizados, respectivamente, na Bacia de Campos e na Bacia de Santos, para as quais a estatal já estava em estágio avançado de negociação. Pelo não conclusão da meta, a estatal informou irá acrescer o montante faltante para o biênio de 2017 e 2018, totalizando o valor de US$ 21 bilhões.

A Petrobras ainda informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de 100 por cento das ações da refinaria Nansei Sekiyu para a Taiyo Oil Company, com o pagamento de 165 milhões de dólares realizado na quarta-feira. A estatal afirmou que o valor ainda está sujeito a ajustes finais. Em 17 de outubro, a Petrobras havia informado que o seu Conselho de Administração havia aprovado a venda da unidade, localizada na ilha de Okinawa, no Japão, por 129,285 milhões de dólares. A petroleira ainda convocou acionistas para AGE (Assembleia Geral Extraordinária) em 31 de janeiro.

Por fim, o Banco Safra está processando a AG Internacional e a construtora Andrade Gutierrez sob a acusação de que enganaram os investidores ao não revelarem sua participação no escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras. Em 2013, o Banco Safra investiu US$ 500 milhões em notas emitidas pela AG Internacional, de acordo com o processo em um tribunal federal de Nova York. Caso é Banco Safra SA x Andrade Gutierrez International SA, Tribunal Distrital dos EUA, Distrito Sul de Nova Iorque (Manhattan).

Eletrobras (ELET3)
A BM&FBovespa divulgou a terceira prévia da carteira do Ibovespa que irá vigorar entre janeiro e abril de 2017. Foi confirmada a entrada das ações ordinárias da Eletrobras.

Unicasa (UCAS3)
A Alaska Investimentos, do "bilionário anônimo" Luiz Alves Paes de Barros, informou à BM&FBovespa que reduziu a participação acionária para 9,29% das ações ON da Unicasa, administrando um total de 6,1379 milhões de ações.

"A gestora declara não possuir outros valores mobiliários e instrumentos financeiros derivativos referenciados em tais ações, sejam de liquidação física ou financeira, ou qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia. A redução da participação acionária dos Fundos tem por objetivo a mera realização de operações financeiras; não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia; e, por fim os Fundos não têm o objetivo de atingir qualquer participação acionária em particular. Finalmente, a Gestora declara que a participação ora reportada se refere tão somente aos Fundos por ela geridos", afirma o comunicado.

Restoque (LLIS3)
A Restoque informou que o investidor Marcelo Faria de Lima atingiu uma fatia de 78,9 milhões de ações ordinárias. "A participação acionária tem objetivo de investimento de longo prazo para obtenção de retorno financeiro e não tem objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa", informa o comunicado.

Cielo (CIEL3)
O conselho de administração da Cielo aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio de R$ 247,8 milhões, ou R$ 0,109 por ação. Os proventos são referentes ao 2º semestre de 2016, em adição à distribuição do dia 30 de setembro de 2016, referente ao 1º semestre de 2016. Segundo a empresa, o pagamento ocorrerá no dia 31 de março de 2017, com base na posição acionária do dia 3 de janeiro.

Itaú Unibanco (ITUB4)
O Itaú Unibanco concluiu na quarta-feira a compra do restante da participação que ainda não detinha na parceria em crédito consignado com o banco BMG por R$ 1,46 bilhão, em estratégia para atuar com ativos de menor risco e rentabilidade atraente.

O maior banco privado do país comprou fatia adicional de 40% no Itaú BMG Consignado, passando a deter a totalidade do capital da parceria. O acordo para a compra da participação restante tinha sido anunciado no final de setembro.
Segundo os dados apresentados pelo banco, entre o final de agosto e o fim de novembro a carteira da parceria passou de R$ 29 bilhões para R$ 28,1 bilhões.
Brasil Pharma (BPHA3)
A Brasil Pharma, terceira maior empresa de varejo farmacêutico do país, desistiu das negociações para venda da rede de drogarias Big Ben para o conglomerado industrial Ultrapar, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters.

A Extrafarma, braço de farmácias da Ultrapar, ofereceu um valor muito menor que os R$ 750 milhões pretendidos pela Brasil Pharma, disseram as fontes. A Big Ben, com sede em Belém do Pará, tem 264 lojas no Norte e Nordeste do país e é a maior rede de farmácias controlada pela Brasil Pharma.

Criada como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, a Brasil Pharma teve problemas de integração, passou por disputas entre acionistas e enfrenta problemas de dívida elevada e competição crescente. A empresa é controlada pelo braço de participações do grupo financeiro BTG Pactual e seus clientes.

A Brasil Pharma agora está buscando outras alternativas para a Big Ben, disseram as fontes.

MRV Engenharia (MRVE3)
A MRV Engenharia aprovou aumento de capital social no valor de R$ 130,09 milhões na sua controlada LOG Commercial Properties e Participações. O montante equivale a 14.918.594 ações ordinárias a serem integralizadas em até 30 dias contados da assembleia geral extraordinária da LOG, realizada em 22 de dezembro. Após o aporte, a MRV passará a deter 39,87% do capital da LOG, segundo fato relevante divulgado ao mercado.

PetroRio (PRIO3)
A PetroRio anunciou por meio de fato relevante que todas as Global Depositary Shares (GDS) emitidas e em circulação na TSX Venture Exchange (TSXV) serão deslistadas após o encerramento da sessão de negociação do dia 27 de janeiro de 2017. A deslistagem ocorrerá em conjunto com o término do acordo de depósito entre os detentores de GDS, Deutsche Bank e a companhia.

Springer (SPRI3)
A fabricante de aparelhos de ar condicionado Springer informou que vai vender sua participação na Nova Nordeplast por R$ 14,3 milhões. A Springer detém cerca de 70,35% da companhia. Do valor do negócio, R$ 8,9 milhões serão desembolsados imediatamente e R$ 5,39 serão pagos em duas parcelas anuais corrigidas pela cotação do dólar.

Petrobras - Bloomberg
(Bloomberg)
Especiais InfoMoney
Saiba quanto os brasileiros recebem do INSS quando param de trabalhar
Quer investir em Bolsa sem risco de perda? Veja como montar uma operação de capital garantido
InfoMoney passa a oferecer cotações de contratos futuros de Ibovespa e dólar; confira
Quer limitar suas perdas na Bolsa? Baixe a planilha de gerenciamento de risco
InfoMoney lança melhor página do Brasil para acompanhar cotações de opções; conheça
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
Carteira InfoMoney traz 4 novidades e uma 'venda a descoberto' em Vale para dezembro

1 COMENTÁRIOS
Links Promovidos RECOMENDADAS PARA VOCÊ
Você ganha menos de R$ 5 mil? Especialista ensina como dobrar seu salário sem precisar trabalhar...
&*#¨@%
Saiba como queimar gorduras sem dietas e sem exercícios.
Vida Orgânica
via Taboola

Analistas revelam qual é o melhor Home Broker do Brasil
Toro Radar
A Delação do Fim do Mundo pode impactar cada real que você tem guardado
Empiricus
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
InfoMoney Educação
Oi suspende dívida com BNDES por 180 dias; CSN fala de crise da Usiminas e mais 6 notícias
Entenda porque o Tesouro Direto é um dos investimentos preferidos dos brasileiros


Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam
ÚLTIMAS NOTÍCIAS



DESTAQUES DA BOLSA
Petrobras perde força, Vale cai após subir por 4 pregões e bancos avançam
29 dez, 2016 - 10h16

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016
29 dez, 2016 - 10h08

DYOGO OLIVEIRA
Ministro do Planejamento falará às 15h sobre reforma administrativa
29 dez, 2016 - 10h02

PROVENTOS
Ações de 3 empresas sofrem alteração nos preços na Bovespa após proventos de até R$ 4,00 por papel
29 dez, 2016 - 09h55

FORTE CRESCIMENTO
Cooperativismo paranaense planeja faturar R$ 100 bi nos próximos anos
29 dez, 2016 - 09h55

5 ASSUNTOS DO DIA
Atenção: as 3 ações para ficar de olho logo no início do pregão
29 dez, 2016 - 09h50

RADAR INFOMONEY
Petrobras anuncia nova venda de ativos e convoca assembleia; 3ª prévia do Ibovespa e mais 8 notícias
29 dez, 2016 - 09h41

PODCAST RIO BRAVO
Há um consenso de que o Ensino Médio precisa passar por transformação profunda, diz especialista
29 dez, 2016 - 09h32

CRISE NOS ESTADOS
Governo busca plano emergencial para estados falidos, afirmam jornais
29 dez, 2016 - 09h30

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa Futuro ensaia 5ª alta seguida no último pregão do ano
29 dez, 2016 - 09h24

APAGAR DAS LUZES
Temer deve liberar "pacote de bondades" de R$ 7 bilhões para o Congresso ainda em 2016, diz jornal
29 dez, 2016 - 09h20

COMMODITIES

Quiquiquiqui

Petrobras só socando vendinha

Privataria 3.0

Vqv

Dez 29, 2016 15:43
ATHAYDE Forista Assíduo
Mensagens: 547
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
ATHAYDE
Registrado em:
Jan 11, 2010 16:51
 
 
SÃO PAULO - A Santander Corretora elaborou relatório em que comenta o setor de petróleo, gás e petroquímicos e recomenda compra para os papéis de Petrobras (PETR3), elevando o seu preço-alvo de R$ 23,26 para R$ 23,60, o que totaliza um potencial de valorização de 42,60% para os papéis da companhia, em relação ao fechamento do dia 6 de dezembro de 2016. A ação já subiu 90,78% esse ano.
"Acreditamos que a empresa continua a caminho de cumprir sua importantíssima meta de redução da alavancagem, provavelmente atingindo um índice de dívida líquida/EBITDA (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) em torno de 2,5x no final de 2018 ou início de 2019", escrevem os analistas.
De acordo com a equipe de análise, a política de preços de combustíveis anunciada recentemente tem diversas implicações positivas para a companhia no médio e longo prazo, como a maior visibilidade e previsibilidade da geração de fluxo de caixa da empresa; parceiros potenciais para suas refinarias, implicando em possíveis entradas de caixa e redução dos investimentos futuros; e entrada potencial de novas empresas no segmento de refino do Brasil, o que pode, segundo a Santander Corretora, ajudar a minimizar o risco de interferência futura pelo governo na implementação da nova política de preços da PBR.
"O alinhamento cada vez maior de fatores macro e microeconômicos positivos impulsiona nossa classificação da Petrobras como nossa principal recomendação no Brasil", afirmam os analistas.

Dez 29, 2016 15:56
Hitman Forista Assíduo
Mensagens: 166
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 21, 2015 7:50
 
 
ATHAYDE escreveu:SÃO PAULO - A Santander Corretora elaborou relatório em que comenta o setor de petróleo, gás e petroquímicos e recomenda compra para os papéis de Petrobras (PETR3), elevando o seu preço-alvo de R$ 23,26 para R$ 23,60, o que totaliza um potencial de valorização de 42,60% para os papéis da companhia, em relação ao fechamento do dia 6 de dezembro de 2016. A ação já subiu 90,78% esse ano.
"Acreditamos que a empresa continua a caminho de cumprir sua importantíssima meta de redução da alavancagem, provavelmente atingindo um índice de dívida líquida/EBITDA (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) em torno de 2,5x no final de 2018 ou início de 2019", escrevem os analistas.
De acordo com a equipe de análise, a política de preços de combustíveis anunciada recentemente tem diversas implicações positivas para a companhia no médio e longo prazo, como a maior visibilidade e previsibilidade da geração de fluxo de caixa da empresa; parceiros potenciais para suas refinarias, implicando em possíveis entradas de caixa e redução dos investimentos futuros; e entrada potencial de novas empresas no segmento de refino do Brasil, o que pode, segundo a Santander Corretora, ajudar a minimizar o risco de interferência futura pelo governo na implementação da nova política de preços da PBR.
"O alinhamento cada vez maior de fatores macro e microeconômicos positivos impulsiona nossa classificação da Petrobras como nossa principal recomendação no Brasil", afirmam os analistas.




dificil isso acontecer

Dez 29, 2016 16:23
Trade Boy Forista Assíduo
Mensagens: 1554
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Trade Boy
Registrado em:
Mai 01, 2015 19:17
 
 
Olhem a BPHA3.

Dez 29, 2016 16:40
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
Trade Boy escreveu:Olhem a BPHA3.

Olhem
PETR4
PETR3
+
OPICINHAS

::))

Dez 29, 2016 16:41
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
ATHAYDE escreveu:SÃO PAULO - A Santander Corretora elaborou relatório em que comenta o setor de petróleo, gás e petroquímicos e recomenda compra para os papéis de Petrobras (PETR3), elevando o seu preço-alvo de R$ 23,26 para R$ 23,60, o que totaliza um potencial de valorização de 42,60% para os papéis da companhia, em relação ao fechamento do dia 6 de dezembro de 2016. A ação já subiu 90,78% esse ano.
"Acreditamos que a empresa continua a caminho de cumprir sua importantíssima meta de redução da alavancagem, provavelmente atingindo um índice de dívida líquida/EBITDA (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) em torno de 2,5x no final de 2018 ou início de 2019", escrevem os analistas.
De acordo com a equipe de análise, a política de preços de combustíveis anunciada recentemente tem diversas implicações positivas para a companhia no médio e longo prazo, como a maior visibilidade e previsibilidade da geração de fluxo de caixa da empresa; parceiros potenciais para suas refinarias, implicando em possíveis entradas de caixa e redução dos investimentos futuros; e entrada potencial de novas empresas no segmento de refino do Brasil, o que pode, segundo a Santander Corretora, ajudar a minimizar o risco de interferência futura pelo governo na implementação da nova política de preços da PBR.
"O alinhamento cada vez maior de fatores macro e microeconômicos positivos impulsiona nossa classificação da Petrobras como nossa principal recomendação no Brasil", afirmam os analistas.

Clap Clap Clap

Dez 29, 2016 16:45
Hitman Forista Assíduo
Mensagens: 166
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 21, 2015 7:50
 
 
Fraj0la--x escreveu:
ATHAYDE escreveu:SÃO PAULO - A Santander Corretora elaborou relatório em que comenta o setor de petróleo, gás e petroquímicos e recomenda compra para os papéis de Petrobras (PETR3), elevando o seu preço-alvo de R$ 23,26 para R$ 23,60, o que totaliza um potencial de valorização de 42,60% para os papéis da companhia, em relação ao fechamento do dia 6 de dezembro de 2016. A ação já subiu 90,78% esse ano.
"Acreditamos que a empresa continua a caminho de cumprir sua importantíssima meta de redução da alavancagem, provavelmente atingindo um índice de dívida líquida/EBITDA (Lucros Antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, na sigla em inglês) em torno de 2,5x no final de 2018 ou início de 2019", escrevem os analistas.
De acordo com a equipe de análise, a política de preços de combustíveis anunciada recentemente tem diversas implicações positivas para a companhia no médio e longo prazo, como a maior visibilidade e previsibilidade da geração de fluxo de caixa da empresa; parceiros potenciais para suas refinarias, implicando em possíveis entradas de caixa e redução dos investimentos futuros; e entrada potencial de novas empresas no segmento de refino do Brasil, o que pode, segundo a Santander Corretora, ajudar a minimizar o risco de interferência futura pelo governo na implementação da nova política de preços da PBR.
"O alinhamento cada vez maior de fatores macro e microeconômicos positivos impulsiona nossa classificação da Petrobras como nossa principal recomendação no Brasil", afirmam os analistas.

Clap Clap Clap



conversando sozinho frajolla ?

Dez 29, 2016 16:47
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
SulExitForever escreveu:Petrobras (PETR3; PETR4)
O conselho de administração da Petrobras aprovou na quarta-feira (28) a venda do Complexo Petroquímico de Suape, em Pernambuco, e também uma fatia de 45,9% que a Petrobras Biocombustível detinha em Guarani. O complexo será vendido por US$ 385 milhões e a participação em Guarani, por US$ 202 milhões, totalizando US$ 587 milhões nas duas operações.

O complexo petroquímico será adquirido pela mexicana Alpex, do setor petroquímico e com atuação na produção de fibras têxteis. Já a participação da Petrobras Biocombustível em Guarani vai para as mãos da Tereos Internacional, que já detinha 54,1% do negócio. As informações foram confirmadas esta noite pela estatal por meio de fatos relevantes enviados à CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

Com as operações anunciadas na véspera, a Petrobras alcança 90% da sua meta de desinvestimentos para o biênio de 2015 e 2016, que é de US$ 15,1 bilhões. Segundo a estatal, o não atingimento é explicado pela obrigação da Petrobras em cumprir decisão liminar da Justiça de Sergipe, impedindo a conclusão das negociações dos campos de Tartaruga Verde e Baúna, localizados, respectivamente, na Bacia de Campos e na Bacia de Santos, para as quais a estatal já estava em estágio avançado de negociação. Pelo não conclusão da meta, a estatal informou irá acrescer o montante faltante para o biênio de 2017 e 2018, totalizando o valor de US$ 21 bilhões.

A Petrobras ainda informou nesta quinta-feira que concluiu a venda de 100 por cento das ações da refinaria Nansei Sekiyu para a Taiyo Oil Company, com o pagamento de 165 milhões de dólares realizado na quarta-feira. A estatal afirmou que o valor ainda está sujeito a ajustes finais. Em 17 de outubro, a Petrobras havia informado que o seu Conselho de Administração havia aprovado a venda da unidade, localizada na ilha de Okinawa, no Japão, por 129,285 milhões de dólares. A petroleira ainda convocou acionistas para AGE (Assembleia Geral Extraordinária) em 31 de janeiro.

Por fim, o Banco Safra está processando a AG Internacional e a construtora Andrade Gutierrez sob a acusação de que enganaram os investidores ao não revelarem sua participação no escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras. Em 2013, o Banco Safra investiu US$ 500 milhões em notas emitidas pela AG Internacional, de acordo com o processo em um tribunal federal de Nova York. Caso é Banco Safra SA x Andrade Gutierrez International SA, Tribunal Distrital dos EUA, Distrito Sul de Nova Iorque (Manhattan).

Eletrobras (ELET3)
A BM&FBovespa divulgou a terceira prévia da carteira do Ibovespa que irá vigorar entre janeiro e abril de 2017. Foi confirmada a entrada das ações ordinárias da Eletrobras.

Unicasa (UCAS3)
A Alaska Investimentos, do "bilionário anônimo" Luiz Alves Paes de Barros, informou à BM&FBovespa que reduziu a participação acionária para 9,29% das ações ON da Unicasa, administrando um total de 6,1379 milhões de ações.

"A gestora declara não possuir outros valores mobiliários e instrumentos financeiros derivativos referenciados em tais ações, sejam de liquidação física ou financeira, ou qualquer acordo ou contrato regulando o exercício do direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia. A redução da participação acionária dos Fundos tem por objetivo a mera realização de operações financeiras; não objetiva alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia; e, por fim os Fundos não têm o objetivo de atingir qualquer participação acionária em particular. Finalmente, a Gestora declara que a participação ora reportada se refere tão somente aos Fundos por ela geridos", afirma o comunicado.

Restoque (LLIS3)
A Restoque informou que o investidor Marcelo Faria de Lima atingiu uma fatia de 78,9 milhões de ações ordinárias. "A participação acionária tem objetivo de investimento de longo prazo para obtenção de retorno financeiro e não tem objetivo de alterar a composição do controle ou a estrutura administrativa", informa o comunicado.

Cielo (CIEL3)
O conselho de administração da Cielo aprovou a distribuição de juros sobre capital próprio de R$ 247,8 milhões, ou R$ 0,109 por ação. Os proventos são referentes ao 2º semestre de 2016, em adição à distribuição do dia 30 de setembro de 2016, referente ao 1º semestre de 2016. Segundo a empresa, o pagamento ocorrerá no dia 31 de março de 2017, com base na posição acionária do dia 3 de janeiro.

Itaú Unibanco (ITUB4)
O Itaú Unibanco concluiu na quarta-feira a compra do restante da participação que ainda não detinha na parceria em crédito consignado com o banco BMG por R$ 1,46 bilhão, em estratégia para atuar com ativos de menor risco e rentabilidade atraente.

O maior banco privado do país comprou fatia adicional de 40% no Itaú BMG Consignado, passando a deter a totalidade do capital da parceria. O acordo para a compra da participação restante tinha sido anunciado no final de setembro.
Segundo os dados apresentados pelo banco, entre o final de agosto e o fim de novembro a carteira da parceria passou de R$ 29 bilhões para R$ 28,1 bilhões.
Brasil Pharma (BPHA3)
A Brasil Pharma, terceira maior empresa de varejo farmacêutico do país, desistiu das negociações para venda da rede de drogarias Big Ben para o conglomerado industrial Ultrapar, disseram duas fontes com conhecimento do assunto à Reuters.

A Extrafarma, braço de farmácias da Ultrapar, ofereceu um valor muito menor que os R$ 750 milhões pretendidos pela Brasil Pharma, disseram as fontes. A Big Ben, com sede em Belém do Pará, tem 264 lojas no Norte e Nordeste do país e é a maior rede de farmácias controlada pela Brasil Pharma.

Criada como um veículo para consolidar compras de redes de drogarias regionais, a Brasil Pharma teve problemas de integração, passou por disputas entre acionistas e enfrenta problemas de dívida elevada e competição crescente. A empresa é controlada pelo braço de participações do grupo financeiro BTG Pactual e seus clientes.

A Brasil Pharma agora está buscando outras alternativas para a Big Ben, disseram as fontes.

MRV Engenharia (MRVE3)
A MRV Engenharia aprovou aumento de capital social no valor de R$ 130,09 milhões na sua controlada LOG Commercial Properties e Participações. O montante equivale a 14.918.594 ações ordinárias a serem integralizadas em até 30 dias contados da assembleia geral extraordinária da LOG, realizada em 22 de dezembro. Após o aporte, a MRV passará a deter 39,87% do capital da LOG, segundo fato relevante divulgado ao mercado.

PetroRio (PRIO3)
A PetroRio anunciou por meio de fato relevante que todas as Global Depositary Shares (GDS) emitidas e em circulação na TSX Venture Exchange (TSXV) serão deslistadas após o encerramento da sessão de negociação do dia 27 de janeiro de 2017. A deslistagem ocorrerá em conjunto com o término do acordo de depósito entre os detentores de GDS, Deutsche Bank e a companhia.

Springer (SPRI3)
A fabricante de aparelhos de ar condicionado Springer informou que vai vender sua participação na Nova Nordeplast por R$ 14,3 milhões. A Springer detém cerca de 70,35% da companhia. Do valor do negócio, R$ 8,9 milhões serão desembolsados imediatamente e R$ 5,39 serão pagos em duas parcelas anuais corrigidas pela cotação do dólar.

Petrobras - Bloomberg
(Bloomberg)
Especiais InfoMoney
Saiba quanto os brasileiros recebem do INSS quando param de trabalhar
Quer investir em Bolsa sem risco de perda? Veja como montar uma operação de capital garantido
InfoMoney passa a oferecer cotações de contratos futuros de Ibovespa e dólar; confira
Quer limitar suas perdas na Bolsa? Baixe a planilha de gerenciamento de risco
InfoMoney lança melhor página do Brasil para acompanhar cotações de opções; conheça
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
Carteira InfoMoney traz 4 novidades e uma 'venda a descoberto' em Vale para dezembro

1 COMENTÁRIOS
Links Promovidos RECOMENDADAS PARA VOCÊ
Você ganha menos de R$ 5 mil? Especialista ensina como dobrar seu salário sem precisar trabalhar...
&*#¨@%
Saiba como queimar gorduras sem dietas e sem exercícios.
Vida Orgânica
via Taboola

Analistas revelam qual é o melhor Home Broker do Brasil
Toro Radar
A Delação do Fim do Mundo pode impactar cada real que você tem guardado
Empiricus
Opções permitem ganhos astronômicos; conheça a estratégia mais simples
InfoMoney Educação
Oi suspende dívida com BNDES por 180 dias; CSN fala de crise da Usiminas e mais 6 notícias
Entenda porque o Tesouro Direto é um dos investimentos preferidos dos brasileiros


Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016 Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam Petrobras "ignora" petróleo e sobe após nova venda de ativos; Vale e bancos avançam
ÚLTIMAS NOTÍCIAS



DESTAQUES DA BOLSA
Petrobras perde força, Vale cai após subir por 4 pregões e bancos avançam
29 dez, 2016 - 10h16

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa ensaia 5ª alta seguida e recupera 60 mil pontos no último pregão de 2016
29 dez, 2016 - 10h08

DYOGO OLIVEIRA
Ministro do Planejamento falará às 15h sobre reforma administrativa
29 dez, 2016 - 10h02

PROVENTOS
Ações de 3 empresas sofrem alteração nos preços na Bovespa após proventos de até R$ 4,00 por papel
29 dez, 2016 - 09h55

FORTE CRESCIMENTO
Cooperativismo paranaense planeja faturar R$ 100 bi nos próximos anos
29 dez, 2016 - 09h55

5 ASSUNTOS DO DIA
Atenção: as 3 ações para ficar de olho logo no início do pregão
29 dez, 2016 - 09h50

RADAR INFOMONEY
Petrobras anuncia nova venda de ativos e convoca assembleia; 3ª prévia do Ibovespa e mais 8 notícias
29 dez, 2016 - 09h41

PODCAST RIO BRAVO
Há um consenso de que o Ensino Médio precisa passar por transformação profunda, diz especialista
29 dez, 2016 - 09h32

CRISE NOS ESTADOS
Governo busca plano emergencial para estados falidos, afirmam jornais
29 dez, 2016 - 09h30

COMENTÁRIO DIÁRIO
Ibovespa Futuro ensaia 5ª alta seguida no último pregão do ano
29 dez, 2016 - 09h24

APAGAR DAS LUZES
Temer deve liberar "pacote de bondades" de R$ 7 bilhões para o Congresso ainda em 2016, diz jornal
29 dez, 2016 - 09h20

COMMODITIES

Obrigado
Petrobras é foguetão privado
Quiquiquiqui

Dez 29, 2016 17:17
Fake150K Estreante
Mensagens: 47
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Fake150K
Registrado em:
Dez 29, 2016 17:13
 
 
Trade Boy escreveu:
Mestre_pçk escreveu:Para quem ainda não se convenceu de que o golpe parlamentar de 2016, que foi preparado pela aliança PMDB-PSDB desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, com apoio da Globo e demais meios de comunicação, quebrou a economia brasileira, os números divulgados nesta semana foram mais do que eloquentes.

Eis alguns deles:

1) O Natal registrou o fechamento de 18 mil lojas, queda de 9% nos shoppings e de 4,9% no comércio como um todo. Foi o pior resultado em mais de uma década (leia aqui).

2) A confiança do consumidor caiu novamente em dezembro, recuando ao menor patamar em seis meses, segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (leia mais aqui).

3) O rombo fiscal, pretexto para a derrubada de Dilma, foi de R$ 38,4 bilhões em novembro, no pior resultado desde o início da série histórica (leia mais aqui). Isso significa que Temer cava rombos mensais equivalentes ao que seria o de Dilma em um ano.

Os dados sobre desemprego, que deveria cair no fim de ano, serão divulgados na quinta-feira – e tudo indica que será mais um dos desastres de Temer, que está no poder há 228 dias, embora diga, em pronunciamentos oficiais, estar no comando do País há pouco mais de 100 dias.

Todos esses indicadores econômicos revelam que, se as elites que colocaram Temer no poder permitirem sua continuidade, em breve o Brasil estará discutindo moratória da dívida interna. A recessão do golpe, que começou com a política do "quanto pior, melhor", idealizada por Aécio Neves e Eduardo Cunha em 2015, e se aprofundou com a incapacidade de Michel Temer e Henrique Meirelles de apresentarem saídas para a crise neste 2016, poderá levar a dívida interna brasileira a 80% do PIB.

Quando Dilma se reelegeu, o que o Brasil discutia eram aumentos pontuais de impostos, como a CPMF. Depois do tsunami provocado pelo golpe, em breve estar-se-á discutindo a moratória da dívida interna, como alertou recentemente o presidenciavel Ciro Gomes:

Disse tudo Mestre! Fico Feliz e Esperançoso quando vejo uma meia dúzia como Você aqui neste espaço que tem senso crítico e não delega aos outros e nem à Mídia a atividade de raciocinar e o faz por si próprio!

Kkkk esquerdista mentiroso
Dilma e PT que roubaram e quebraram o país
Os golpistas são estão tentando consertar

Inflação já caiu

Cortes no governo já teve

Privatizações tão rolando

Em seis meses fez mais do que a anta em 6.5 anos

Viva Presidento golpistas 2018

Dez 29, 2016 17:19
Trade Boy Forista Assíduo
Mensagens: 1554
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Trade Boy
Registrado em:
Mai 01, 2015 19:17
 
 
Maqueada básica para fechamento do ano! Segunda é lenha!

Dez 29, 2016 17:26
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
Trade Boy escreveu:Maqueada básica para fechamento do ano! Segunda é lenha!

15 pra fechar com chave de ouro!!


Imagem

Dez 29, 2016 17:46
eremita do hb Forista Assíduo
Mensagens: 117
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 26, 2016 22:33
 
 
CONTINUA ESCULHAMBANDO O FORUM VAI...JÁ TE ESCURRAÇAMOS DE LÁ IGUAL UMA BARATA, E SE CONTINUAR ASSIM EM OUTROS TOPICOS, NA VOLTA DO FERIADO SUA BATATA VAI ASSAR LEGAL LÁ NA PRODAM, FIOTE...CONTINUA ASSIM E VOCE VERÁ

Dez 29, 2016 22:31
Fraj0la--x Forista Assíduo
Mensagens: 246
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 27, 2014 11:39
 
 
Fake150K escreveu:
Trade Boy escreveu:
Mestre_pçk escreveu:Para quem ainda não se convenceu de que o golpe parlamentar de 2016, que foi preparado pela aliança PMDB-PSDB desde a reeleição da presidente Dilma Rousseff, com apoio da Globo e demais meios de comunicação, quebrou a economia brasileira, os números divulgados nesta semana foram mais do que eloquentes.

Eis alguns deles:

1) O Natal registrou o fechamento de 18 mil lojas, queda de 9% nos shoppings e de 4,9% no comércio como um todo. Foi o pior resultado em mais de uma década (leia aqui).

2) A confiança do consumidor caiu novamente em dezembro, recuando ao menor patamar em seis meses, segundo dados divulgados pela Fundação Getúlio Vargas (leia mais aqui).

3) O rombo fiscal, pretexto para a derrubada de Dilma, foi de R$ 38,4 bilhões em novembro, no pior resultado desde o início da série histórica (leia mais aqui). Isso significa que Temer cava rombos mensais equivalentes ao que seria o de Dilma em um ano.

Os dados sobre desemprego, que deveria cair no fim de ano, serão divulgados na quinta-feira – e tudo indica que será mais um dos desastres de Temer, que está no poder há 228 dias, embora diga, em pronunciamentos oficiais, estar no comando do País há pouco mais de 100 dias.

Todos esses indicadores econômicos revelam que, se as elites que colocaram Temer no poder permitirem sua continuidade, em breve o Brasil estará discutindo moratória da dívida interna. A recessão do golpe, que começou com a política do "quanto pior, melhor", idealizada por Aécio Neves e Eduardo Cunha em 2015, e se aprofundou com a incapacidade de Michel Temer e Henrique Meirelles de apresentarem saídas para a crise neste 2016, poderá levar a dívida interna brasileira a 80% do PIB.

Quando Dilma se reelegeu, o que o Brasil discutia eram aumentos pontuais de impostos, como a CPMF. Depois do tsunami provocado pelo golpe, em breve estar-se-á discutindo a moratória da dívida interna, como alertou recentemente o presidenciavel Ciro Gomes:

Disse tudo Mestre! Fico Feliz e Esperançoso quando vejo uma meia dúzia como Você aqui neste espaço que tem senso crítico e não delega aos outros e nem à Mídia a atividade de raciocinar e o faz por si próprio!

Kkkk esquerdista mentiroso
Dilma e PT que roubaram e quebraram o país
Os golpistas são estão tentando consertar

Inflação já caiu

Cortes no governo já teve

Privatizações tão rolando

Em seis meses fez mais do que a anta em 6.5 anos

Viva Presidento golpistas 2018

Exato
Tchau paçoca vou me já eremita bixonna makonheeira kkkk rei da boossta

Jan 01, 2017 14:28
Fake150K Estreante
Mensagens: 47
Re: Petrobras - PETR3 / PETR4
Fake150K
Registrado em:
Dez 29, 2016 17:13
 
 
Imagem

AnteriorPróximo

Voltar para Ações Ibovespa

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante