Bem-vindo: Jun 16, 2019 14:00

Jan 09, 2015 20:17
WORKAHOLIC GIRL Forista VIP
Mensagens: 6254
Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 29, 2008 22:40
 
 
R St escreveu:
WORKAHOLIC GIRL escreveu:Não entendo isso de comprar porque o Barsi comprou.O cara tem muito dinheiro e pode fazer apostas de risco.Ele sinalizou compra há algum tempo em FJTA4.Olha a desgraça que foi.

QUEDA DE 81% nos últimos 365 dias.


1) não lembro de ninguém do tópico ter dito que iria comprar porque o Barsi comprou.
2) Saber o que insiders (no caso um membro do conselho de administração) possam estar fazendo me parece uma informação útil.
3) gostaria que demonstrasse que o Barsi em algum momento comprou Taurus (fonte oficial, por favor, não vale juntar noticia do infomoney)


Tudo bem.Entretanto não foi esse o ponto que eu quis dizer.Escrevi que grandes investidores também erram,principalmente em empresas com maior risco,no entanto se errarem o dinheiro não lhes fará falta.Pode ser o Barsi,o Soros,o Buffet ,qualquer um.Acho que o que fulano compra não deve direcionar nossos investimentos.Mesmo porque além de estarem sujeitos a erro,eles não precisam avisar o porquê da venda,bem como só são obrigados a relatar a data da venda quando a quantia for superior a 5% das ações existentes.
Apenas minha opinião pessoal

Jan 10, 2015 8:45
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
R St escreveu:3) gostaria que demonstrasse que o Barsi em algum momento comprou Taurus (fonte oficial, por favor, não vale juntar noticia do infomoney)

WG
O tópico é de unipar, por isso postarei no tópico específico da taurus.
Lá estou reconhecendo a partir de um documento oficial que o Barsi realmente comprou ações da FJTA.

Jan 12, 2015 13:00
evrocha Forista Assíduo
Mensagens: 224
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
evrocha
Registrado em:
Abr 15, 2011 19:46
 
 
Houve agrupamento nas ações da unip5?Meu HB da rico tá indicando 5,40 no preço do fechamento anterior.

Jan 12, 2015 19:57
mvgreco Estreante
Mensagens: 15
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
mvgreco
Registrado em:
Mar 23, 2011 13:13
 
 
rolou grupamento de todas ações, proporção de 10 para 1

Jan 15, 2015 13:39
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
R St escreveu:
Lincoln Falcao escreveu:O barsi tem posição em UNIP5 ou UNIP6?

Ele tem posição relevante em ON (11% do capital total) e PN (13,5% do capital total), então é certeza que ele tem Unip3 e Unip6, e provável que tenha ainda Unip5


Segundo relatório de posição consolidada, a atual participação do barsi em cada classe de ação é a seguinte:
ON 11,17%
PNA 2,45%
PNB 14,32%
Fonte: http://www.bmfbovespa.com.br/empresas/c ... zar&site=B

Jan 15, 2015 13:47
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
quem também andou comprando no final do ano passado foram o Frank Abubakir e a Maria Geyer, mas no caso deles não foi uma negociação em bolsa, e sim a compra da participação do Alberto Geyer:
http://www.bmfbovespa.com.br/empresas/c ... zar&site=B

Jan 20, 2015 16:36
WORKAHOLIC GIRL Forista VIP
Mensagens: 6254
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 29, 2008 22:40
 
 
R St escreveu:
R St escreveu:3) gostaria que demonstrasse que o Barsi em algum momento comprou Taurus (fonte oficial, por favor, não vale juntar noticia do infomoney)

WG
O tópico é de unipar, por isso postarei no tópico específico da taurus.
Lá estou reconhecendo a partir de um documento oficial que o Barsi realmente comprou ações da FJTA.


Muito legal sua postura.Obrigada

Jan 30, 2015 20:44
Xuxa Forista VIP
Mensagens: 8827
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 24, 2008 22:04
 
 
Pergunta idiota:

A "Carbocloro" produz "cloro" (ou outra coisa!) ou utiliza "cloro" como insumo para produzir outra coisa?

Alguém pode explicar isso para um cego de guia?

É isso aí.

Jan 30, 2015 20:49
Claudio66 Forista VIP
Mensagens: 2231
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 19, 2010 21:12
 
 
Xuxa escreveu:Pergunta idiota:

A "Carbocloro" produz "cloro" (ou outra coisa!) ou utiliza "cloro" como insumo para produzir outra coisa?

Alguém pode explicar isso para um cego de guia?

É isso aí.


Produz cloro (Cl2) e soda cáustica (NaOH) a partir de sal marinho (NaCl).

Jan 30, 2015 21:42
Xuxa Forista VIP
Mensagens: 8827
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 24, 2008 22:04
 
 
Claudio66 escreveu:
Xuxa escreveu:Pergunta idiota:

A "Carbocloro" produz "cloro" (ou outra coisa!) ou utiliza "cloro" como insumo para produzir outra coisa?

Alguém pode explicar isso para um cego de guia?

É isso aí.


Produz cloro (Cl2) e soda cáustica (NaOH) a partir de sal marinho (NaCl).


Entendi. Valeu.

É isso aí.

Jan 30, 2015 22:47
bochan Forista Assíduo
Mensagens: 1152
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 28, 2009 3:26
 
 
Xuxa escreveu:
Claudio66 escreveu:
Xuxa escreveu:Pergunta idiota:

A "Carbocloro" produz "cloro" (ou outra coisa!) ou utiliza "cloro" como insumo para produzir outra coisa?

Alguém pode explicar isso para um cego de guia?

É isso aí.


Produz cloro (Cl2) e soda cáustica (NaOH) a partir de sal marinho (NaCl).


Entendi. Valeu.

É isso aí.


Aproveitando vossos posts, e para quem se interessa, sugiro dar uma olhada no site da abiclor, onde tem duas "árvores" indicando onde são usados o cloro e a soda.
http://www.abiclor.com.br/pop.htm
Muitos vão se surpreender ao ver a quantidade de produtos que dependem do cloro e da soda.

abs.

Jan 30, 2015 22:50
Xuxa Forista VIP
Mensagens: 8827
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 24, 2008 22:04
 
 
Muito bom bochan.

É isso aí.

Fev 04, 2015 13:51
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
Fato Relevante: Operação de reestruturação de capital da Tecsis

São Paulo, 04 de Fevereiro de 2015 - A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6), em cumprimento ao disposto no Art. 157, §4º, da Lei nº 6.404, de 15 de dezembro de 1976, conforme alterada, e na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários ("CVM") nº 358, de 3 de janeiro de 2002, conforme alterada, vem a público, informar que foi aprovada, em 03 de fevereiro de 2015, por meio de Assembleia Geral Extraordinária de Acionistas da Tecsis Tecnologia e Sistemas Avançados S.A. ("Tecsis"), sociedade cujas ações ordinárias nominativas são detidas pela Companhia no montante correspondente a 25,17% (vinte e cinco inteiros e dezessete centésimos) do capital social total da Tecsis, operação de reestruturação de capital da Tecsis nos termos abaixo descritos ("Operação").

I. Descrição da Operação: A Operação compreenderá precipuamente (i) a contratação de empréstimo pela Tecsis junto a instituição(ões) financeira(s) a ser(em) definida(s) posteriormente pela administração da Tecsis no valor de R$33.500.000,00 (trinta e três milhões e quinhentos mil reais), dos quais R$18.500.000,00 (dezoito milhões e quinhentos mil reais) contarão com garantia da acionista Estáter Gestão de Investimentos Ltda. ("Estáter" e "Empréstimo"); (ii) a repactuação de certas condições das debêntures da 3ª (terceira) emissão, conversíveis em ações, da espécie quirografária, em duas séries, emitidas pela Tecsis ("Debêntures da Terceira Emissão") com o fim de prorrogar o prazo de pagamento dos juros remuneratórios, atualização monetária e valor correspondente ao principal das Debêntures da Terceira Emissão, passando o vencimento de 31 de janeiro de 2015 para de 10 de junho de 2015; (iii) a emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em série única, para colocação privada, da 4ª (quarta) emissão da Tecsis ("Debêntures da 4ª Emissão") no valor de até R$38.000.000,00 (trinta e oito milhões reais), sendo sua remuneração atualizada pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE ("IPCA"), com juros remuneratórios de 8% (oito por cento) ao ano. As Debêntures da 4ª Emissão da Tecsis poderão ser integralizadas mediante entrega de Debêntures da Terceira Emissão e serão liquidadas em 24 meses contados a partir de 10 de junho de 2015; (iv) o aumento do capital social da Tecsis no valor de até R$110.000.000,00 (cento e dez milhões de reais) mediante a emissão de ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, a serem subscritas e integralizadas com créditos de principal, juros remuneratórios e atualização monetária devidos pela Tecsis aos titulares de Debêntures da Terceira Emissão.

Neste sentido, com referência à Companhia, essa somente utilizará para subscrever e integralizar o referido aumento de capital os créditos decorrentes dos juros remuneratórios e atualização monetária das Debêntures da Terceira Emissão de sua titularidade; (v) o cancelamento do Bônus de Subscrição nº 3 - Quarta Série, emitido pela Tecsis em 22 de março de 2013 de titularidade da Companhia; e (vi) a emissão, em substituição do bônus cancelado, de um novo bônus de subscrição à Companhia e de um novo bônus de subscrição à Estáter, nos mesmos termos e condições dos bônus detidos pela Companhia e cancelados, mas em quantidade de ações passíveis de subscrição distintas para cada acionista.

II. Venda de Debêntures: por meio da celebração do "Instrumento Particular de Compromisso de Compra e Venda de Debêntures e Outras Avenças" entre a Companhia e a Estáter ("Compromisso de Compra e Venda") e demais instrumentos acessórios aos negócios objeto do Compromisso de Compra e Venda, a Estáter compromete-se a adquirir (A) Debêntures da Terceira Emissão de titularidade da Companhia, no valor total de R$18.500.000,00 (dezoito milhões e quinhentos mil reais); e (B) direitos de subscrição de até 461.792 (quatrocentos e sessenta e uma mil, setecentos e noventa e duas) ações ordinárias, nominativas e sem valor nominal, de emissão da Tecsis correspondentes à parte dos direitos de subscrição conferidos pelo Bônus de Subscrição nº 3 - Quarta Série. A aquisição das Debêntures da Terceira Emissão da Companhia pela Estáter terá como condições suspensivas: (i) a liberação das garantias prestadas pela Estáter como garantia das obrigações assumidas pela Tecsis no Empréstimo no prazo de 125 (cento e vinte e cinco) dias a contar de 1º de fevereiro de 2015 ("Data Limite"); e (ii) o não exercício do direito de preferência dos demais acionistas da Tecsis, nos termos do "Acordo de Acionistas da Tecsis", datado de 30 de maio de 2011, conforme aditado (em conjunto, "Condições Suspensivas"). No âmbito do Compromisso de Compra e Venda, a Companhia e a Estáter celebrarão "Contrato de Lock-up e Outras Avenças" ("Contrato de Lock-up"), nos termos do qual a Companhia obrigar-se-á, pelo prazo de 4 (quatro) anos a contar da data de assinatura do Contrato de Lock-up, a não dispor de 2.000.000 (duas milhões) de ações de emissão da Tecsis de que é titular ("Lock-up"). Em contrapartida ao Lock-up, e condicionado à ocorrência de determinados eventos de precificação previstos no Contrato de Lock-up, a Companhia poderá fazer jus a uma remuneração adicional calculada nos termos do Contrato de Lock-up.

III. Preço de Venda das Debêntures da Terceira Emissão: Verificadas as Condições Suspensivas e observados os termos e condições do Compromisso de Compra e Venda, o pagamento do preço de aquisição das Debêntures da Terceira Emissão pela Estáter para a Companhia será realizado em até 24 meses a contar da Data Limite, atualizado pelo IPCA e acrescido de juros de 7% (sete por cento) ao ano a contar da verificação das Condições Suspensivas.

IV. Participação na Tecsis: Em virtude da Operação e da celebração do Compromisso de Compra e Venda, caso as Condições Suspensivas sejam implementadas até a Data Limite, das 38.000.000 (trinta e oito milhões) de Debêntures da Terceira Emissão originalmente detidas, a Companhia passará a deter 19.500.000 (dezenove milhões e quinhentas mil) Debêntures da Terceira Emissão, cujo valor de principal será utilizado na subscrição e integralização de Debêntures da 4ª Emissão, no montante de R$19.500.000,00 (dezenove milhões e quinhentos mil reais). Caso as Condições Suspenvivas não sejam implementadas, a Companhia utilizará o valor de principal das 38.000.000 (trinta e oito milhões) de Debêntures da Terceira Emissão de sua titularidade na subscrição e integralização de Debêntures da 4ª Emissão, no montante de R$38.000.000,00 (trinta e oito milhões de reais). Independentemente da verificação das Condições Suspensivas, considerando-se a subscrição e integralização do capital social da Tecsis pelos demais acionistas e pela Companhia (essa última, por meio da utilização de créditos equivalentes decorrentes dos juros remuneratórios e atualização monetária das Debêntures da Terceira Emissão de que é titular, conforme descrito no item I acima), espera-se que, considerando-se as atuais condições de mercado, a Companhia passe a deter ações ordinárias representativas de aproximadamente 17% (dezessete por cento) do capital social total da Tecsis.

V. Acordos de Acionistas: Em 3 de fevereiro de 2015 a Companhia celebrou (i) um aditamento ao acordo de acionistas celebrado em 30 de maio de 2011 entre BNDES Participações S.A., Estáter, fundadores da Tecsis e credores, esses últimos por meio de um fundo de investimento em participações, conforme aditado, de forma a refletir as condições da Operação, conforme aplicável; e (ii) um novo acordo de acionistas com a Estáter que regerá a orientação de voto das partes envolvidas.

VI. Motivação: A redução da participação da Companhia na Tecsis por meio da venda das Debêntures da Terceira Emissão, nos termos do Compromisso de Compra e Venda, e da subscrição parcial de novas ações ordinárias nominativas de emissão da Tecsis pela Companhia nos termos acima descritos, têm como objetivo precípuo concentrar os esforços e os investimentos da Companhia na sua atividade principal.


Clique aqui para acessar o Fato Relevante.

Para mais informações, favor entrar em contato com a equipe de Relações com Investidores.

Equipe RI
André Pinheiro Veloso - Diretor Financeiro e de Relações com Investidores
Carlos José de Oliveira - Gerente de Relações com Investidores e de Tesouraria
Tel.: (11) 3704-4234
Fax: (11) 3704-4281
E-mail: ri@uniparcarbocloro.com.br
www.uniparcarbocloro.com.br

Fev 09, 2015 7:37
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
A reportagem tem cara de jabá, mas ainda assim tem informações interessantes sobre a tecsis
http://www.valor.com.br/empresas/389958 ... -da-tecsis

Mar 12, 2015 9:59
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
http://www.mzweb.com.br/uniparcarboclor ... 021575EE7E

DESTAQUES DO 4T14 E DE 2014
Unipar Carbocloro
 Receita operacional líquida de R$ 190,0 milhões no trimestre e R$
776,5 milhões no ano.
 Lucro bruto de R$ 92,6 milhões no trimestre e R$ 353,9 no ano.
 Lucro líquido de R$ 18,5 milhões no trimestre e R$ 65,6 milhões no
ano.
 Taxa de média de utilização da capacidade instalada de 81% no
trimestre e 85% no ano.
 EBITDA de R$ 47,8 milhões no trimestre e R$ 183,2 milhões no ano.
Coligada Tecsis
 Receita operacional líquida de R$ 1.268 milhões no ano.
 Lucro bruto de R$ 255,8 milhões no ano.
 Prejuízo líquido de R$ 15,9 milhões no ano.

Mar 12, 2015 10:01
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
Comunicado ao Mercado

São Paulo, 11 de março de 2015 - A UNIPAR CARBOCLORO S.A. (BM&FBOVESPA: UNIP3, UNIP5 e UNIP6), empresa brasileira líder de mercado na Região Sudeste na fabricação de soda, cloro e derivados, com participação na Empresa TECSIS Tecnologia e Sistemas Avançados S.A., comunica que, nesta data, o Sr. Frank Geyer Abubakir apresentou sua renúncia aos cargos de Diretor Presidente e de membro do Conselho de Administração da Companhia, com efeitos a partir de 15 de abril de 2015.

O Sr. Frank Geyer Abubakir, que é também acionista controlador da Companhia, informou que sua decisão decorre de questões relacionadas ao seu estado de saúde, cujo restabelecimento exige seu afastamento de suas funções de administrador da Companhia nesse momento, conforme recomendações médicas.

O Conselho de Administração, em reunião realizada também nesta data, decidiu eleger para o cargo de Diretor Presidente, em substituição ao Sr. Frank Geyer Abubakir, o atual Diretor Vice-Presidente de Operações da Companhia, Sr. Aníbal do Vale, o qual deverá tomar posse no referido cargo em 15 de abril de 2015.

O Sr. Aníbal do Vale atua há mais de 30 anos no setor químico. Ingressou na Carbocloro Indústrias Químicas S.A ("Carbocloro") no ano de 1992, onde ocupou a Diretoria Comercial a partir do ano 2000, tendo passado a posição de Diretor Presidente em 2011, posição que ocupou até a incorporação da Carbocloro pela Companhia em setembro de 2013.

O Sr. Aníbal do Vale é formado em engenharia química pela Escola de Engenharia Química do Instituto Mauá de Tecnologia, com mestrado em Administração e Marketing pela FIA - USP (MBA Executivo Internacional).

Além das qualificações profissionais e acadêmicas, o Sr. Aníbal do Vale ocupa a presidência da Associação Brasileira da Indústria de Cloro, Álcalis e Derivados (ABICLOR), da Associação Latino Americana da Indústria de Cloro Álcalis e Derivados (CLOROSUR) e do World Chlorine Council. É membro do Conselho Diretor da Associação Brasileira da Indústria Química (ABIQUIM), da Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (ABRACE) e do Chlorine Institute, US.

O Sr. Aníbal do Vale deverá acumular o cargo de Diretor Presidente com o cargo de Diretor Vice-Presidente de Operações da Companhia

Mar 12, 2015 10:37
lavila Estreante
Mensagens: 60
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
lavila
Registrado em:
Mai 22, 2014 9:33
 
 
Resultado além das minhas expectativas, bastante sólido. Garante os dividendos estatutários para a UNIP5, mantem a redução da alavancagem da empresa e mostra a resiliência nesse mau momento econômico. A queda de receita anual já era prevista e as justificativas plausíveis (parada programada, baixa atividade econômica).

A Tecsis infelizmente não consegue produzir resultados para os acionistas, apesar do expressivo aumento da receita (+51%).

Mar 12, 2015 11:32
R St Forista Assíduo
Mensagens: 1649
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
R St
Registrado em:
Jul 29, 2011 0:23
 
 
lavila escreveu:Resultado além das minhas expectativas, bastante sólido. Garante os dividendos estatutários para a UNIP5, mantem a redução da alavancagem da empresa e mostra a resiliência nesse mau momento econômico. A queda de receita anual já era prevista e as justificativas plausíveis (parada programada, baixa atividade econômica).

A Tecsis infelizmente não consegue produzir resultados para os acionistas, apesar do expressivo aumento da receita (+51%).


Exatamente a minha visão.
Acrescento ainda:
- aproveitaram a parada programada para vender parte da energia contratada, uma decisão bastante inteligente, ainda que simples.
- Tecsis parece não ter futuro, mas pelo menos a empresa demonstrou reconhecer isso ao corretamente não participar de mais um aumento de capital.

Mar 12, 2015 13:35
doidao Estreante
Mensagens: 84
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
doidao
Registrado em:
Set 28, 2012 17:00
 
 
lindaaa

Mar 13, 2015 15:28
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re: Unipar - UNIP3 / UNIP5 / UNIP6
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Me permita discordar de você, R St. Os resultados da Tecsis têm melhorado incrivelmente. Só que a desvalorização cambial afeta o LL.

R St escreveu:
lavila escreveu:Resultado além das minhas expectativas, bastante sólido. Garante os dividendos estatutários para a UNIP5, mantem a redução da alavancagem da empresa e mostra a resiliência nesse mau momento econômico. A queda de receita anual já era prevista e as justificativas plausíveis (parada programada, baixa atividade econômica).

A Tecsis infelizmente não consegue produzir resultados para os acionistas, apesar do expressivo aumento da receita (+51%).


Exatamente a minha visão.
Acrescento ainda:
- aproveitaram a parada programada para vender parte da energia contratada, uma decisão bastante inteligente, ainda que simples.
- Tecsis parece não ter futuro, mas pelo menos a empresa demonstrou reconhecer isso ao corretamente não participar de mais um aumento de capital.

AnteriorPróximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron