Bem-vindo: Jun 28, 2017 0:00

Fev 09, 2010 8:38
Kondratieff Forista VIP
Mensagens: 5031
BrasilAgro - AGRO3
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 13, 2008 16:07
 
 
frajolla escreveu:Fechamento de ontem:

AGRO3 BrasilAgro ON NM R$ 10,39 -0,38%
Setor Outros 05/02/2010 14h32


E hoje saem os resultados do 4T09, quem tiver acesso primeiro, favor postar.

Mas, e aí, quem gosta de empresas ligadas ao agronegócio, num saberia me dizer se BrasilAgro seria uma boa pedida ou uma boa roubada ou nem lá e nem cá :roll: ????

A ação está sendo negociada um pouco acima do seu VPA (9,89) , P/VP = 1,05, num paga dividendos (Div. Yield 0,0%) :oops: , está com P/L altíssimo (71,64) e está com ROIC negativo (-3,8%).

Esta empresa é mesmo um "king kong" ?? :roll: ......

Os negócios dela teriam alguma coisa haver com os negócios a SLC Agrícola (SLCE3) ???

Grato.


entao, essa brasilagro é de sertãozinho, SP, é cnavieira e mexe até com querosene (será que é dela o famoso querosene jacaré, que iluminava tantos candieiros aqui por estas bandas, e que tem tanta utilidade hoje quanto um zepelim?). só que é fraquinha, devo ter ouvido falar dela uma ou duas vezes apenas, ao contrário da SLC
pelos dados que vc expos ali, isso é um gorila assassino!

Fev 09, 2010 9:36
Alpha Omega 1:1 Estreante
Mensagens: 74
Alpha Omega 1:1
Registrado em:
Jan 11, 2009 21:26
 
 
Os investidores que criaram a BrasilAgro acreditavam que haveria uma grande especulacao imobiliaria no Brasil e criaram uma empresa com o intuito de adquirir grande propriedades rurais e revende-las no futuro com grande lucro. No IPO da empresa, era isto o que estava mais ressaltado. Devido a GFC, o crescimento do PIB mundial desacelerou, China nao teve crescimento continuo na casa dos dois digitos e as commodities agricolas perderam valor. Entao, consequentemente, nao houve a grande corrida especulativa que se previa na epoca, dado tambem a escalada da substituicao de terras ferteis para a producao de combustiveis renovaveis, que estava ocorrendo (vide aumento do preco do milho nos EUA que encarecia a comida dos mexicanos em 2007/8 ) e continua a ocorrer. Entao ela nunca teve a pretensao de ser uma SLC, tanto que arrenda mais suas terras do que produz. Caso o ciclo de expansao da economia mundial retome os patamares pre-crise, com as commodities voltando a estar em alta, dai a BrasilAgro podera ser uma boa oportunidade de investimento. Ate lah, muitas outras oportunidades melhores no curto prazo.

Fev 09, 2010 10:15
Cadu_28 Forista VIP
Mensagens: 13655
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 10, 2008 18:40
 
 
frajolla escreveu:Kondratieff e Alpha Omega 1:1, obrigado pelas explicações.
Quem tiver outra opinião, favor postar.
Abç

Kondratieff escreveu:entao, essa brasilagro é de sertãozinho, SP, é cnavieira e mexe até com querosene (será que é dela o famoso querosene jacaré, que iluminava tantos candieiros aqui por estas bandas, e que tem tanta utilidade hoje quanto um zepelim?). só que é fraquinha, devo ter ouvido falar dela uma ou duas vezes apenas, ao contrário da SLC
pelos dados que vc expos ali, isso é um gorila assassino!


Alpha Omega 1:1 escreveu:Os investidores que criaram a BrasilAgro acreditavam que haveria uma grande especulacao imobiliaria no Brasil e criaram uma empresa com o intuito de adquirir grande propriedades rurais e revende-las no futuro com grande lucro. No IPO da empresa, era isto o que estava mais ressaltado. Devido a GFC, o crescimento do PIB mundial desacelerou, China nao teve crescimento continuo na casa dos dois digitos e as commodities agricolas perderam valor. Entao, consequentemente, nao houve a grande corrida especulativa que se previa na epoca, dado tambem a escalada da substituicao de terras ferteis para a producao de combustiveis renovaveis, que estava ocorrendo (vide aumento do preco do milho nos EUA que encarecia a comida dos mexicanos em 2007/8 ) e continua a ocorrer. Entao ela nunca teve a pretensao de ser uma SLC, tanto que arrenda mais suas terras do que produz. Caso o ciclo de expansao da economia mundial retome os patamares pre-crise, com as commodities voltando a estar em alta, dai a BrasilAgro podera ser uma boa oportunidade de investimento. Ate lah, muitas outras oportunidades melhores no curto prazo.


Ao meu ver, ja esta proximo do seu preço alvo.

VM de 607M para um VE PSBe de 724M, dando preço alvo em 12,40, com potencial de valorz de 19,34%.

Meu preço alvo esta proximo do estipulado pelo HSBC.

HSBC revê estimativas para BrasilAgro em vista de seu plano de expansão

Por: Equipe InfoMoney
17/12/09 - 18h29
InfoMoney

SÃO PAULO - Revendo as suas estimativas para a BrasilAgro (AGRO3) para o próximo ano, a HSBC Corretora ressaltou os planos de aquisição de terras da empresa e perspectiva de alta nos preços internacionais da soja.

Com recomendação overweight - desempenho superior à média do mercado - os analistas calcularam um preço-alvo em 12 meses de R$ 13,00 para os papéis da companhia, um avanço de R$ 1,20 frente a meta anterior.

Expansão
"A empresa espera anunciar novas aquisições de terras no curto prazo e converter a cada ano cerca de 15 mil hectares de terras improdutivas no futuro" revela a corretora, para quem estas possíveis aquisições representam um "catalisador positivo para a avaliação".

O relatório da HSBC também indica que a liquidez no mercado brasileiro de áreas agrícolas melhorou, e está motivando aumentos nas operações de terras, principalmente por empresas estrangeiras, à medida que a economia global se recupera e começam a surgir mais linhas de financiamento. "Apesar dos preços relativamente estáveis dos grãos nos últimos meses, esperamos valorização positiva das terras no médio e no longo prazo".

Soja
Principal produto produzido pela companhia, os preços da soja deverão se manter relativamente estáveis ao longo de 2010, com possibilidade de ligeira valorização por conta da forte demanda chinesa. Além disso, as apertadas margens registradas pelos produtores da região centro-oeste brasileira também deverão se traduzir em pressão de alta sobre os preços, argumenta a corretora.

"Considerando a importância global desses produtores (estimamos que o Mato Grosso represente cerca de 10% do comércio global), a BrasilAgro argumenta que os preços terão que subir, de forma que os produtores desta região tenham o incentivo de continuar a produzir soja, evitando um déficit".

Fev 09, 2010 13:04
Sun Tzu Forista VIP
Mensagens: 3588
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 05, 2007 11:19
 
 
Alpha Omega 1:1 escreveu:Os investidores que criaram a BrasilAgro acreditavam que haveria uma grande especulacao imobiliaria no Brasil e criaram uma empresa com o intuito de adquirir grande propriedades rurais e revende-las no futuro com grande lucro. No IPO da empresa, era isto o que estava mais ressaltado. Devido a GFC, o crescimento do PIB mundial desacelerou, China nao teve crescimento continuo na casa dos dois digitos e as commodities agricolas perderam valor. Entao, consequentemente, nao houve a grande corrida especulativa que se previa na epoca, dado tambem a escalada da substituicao de terras ferteis para a producao de combustiveis renovaveis, que estava ocorrendo (vide aumento do preco do milho nos EUA que encarecia a comida dos mexicanos em 2007/8 ) e continua a ocorrer. Entao ela nunca teve a pretensao de ser uma SLC, tanto que arrenda mais suas terras do que produz. Caso o ciclo de expansao da economia mundial retome os patamares pre-crise, com as commodities voltando a estar em alta, dai a BrasilAgro podera ser uma boa oportunidade de investimento. Ate lah, muitas outras oportunidades melhores no curto prazo.


Concordo com quase tudo.

Mas ouço comentários que a empresa "começa" a buscar uma melhor utilização de suas terras, produzindo e vendendo commodities.

Tanto que começaram a se interessar mais por Hedge na CBOT e NY, para fixar as margens de suas operações.

Mas, no momento, apostaria mais em SLCE3.

Abr 05, 2010 23:28
sr. fouquet Forista Assíduo
Mensagens: 1414
Avatar do usuário
Registrado em:
Jun 22, 2008 19:47
 
 
A idéia deste negócio é muito interessante e possui um significado especial para o Brasil, já que boa parte de nossas terras disponíveis para agricultura é subaproveitada com pastagens. A empresa não poderia ser especificamente avaliada pelos resultados de safra, apesar de estar diretamente atrelada ao preço da soja, que é a principal produção das fazendas da empresa. O negócio deles, na verdade, se resume ao ganho com a transformação das fazendas em áreas produtivas e a posterior venda. Você compra uma terra por 500 ou 1000, recupera o solo, constrói, produz e ao final de alguns anos vende tudo por algo em torno de 2000 a 3500 reais. Embolsa as margens e parte para novos investimentos. O risco do negócio está no preço que se pagará pelas áreas compradas e na liquidez para a venda dessas mesmas áreas, aliás, essa liquidez é algo que me deixa um pouco cabreiro, afinal, não se trata de um apartamento de 200 mil reais, mas uma fazenda de mais de 50, às vezes 100 milhões de reais. É fácil vender algo assim? A longuíssimo prazo, essa empresa parece bem interessante, já que não dá nem para considerar o exercício de um único ano. É um negócio que evolui de três em três ou talvez até de cinco em cinco anos.

Abr 03, 2012 18:14
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Entrei de leve no papel: 7,70. A ideia do negócio parece muito promissora para o LP (comprar fazendas degradadas, recuperar e plantar até revender). O valor de mercado já está bem abaixo do VP. Isso que, no somatório do VP, os preços das fazendas não estão atualizados, conforme explica o proprio relatorio da companhia.

Além disso, no CP pode dar uma corrigida porque caiu bastante esse ano. :roll:

Abr 03, 2012 21:36
Neomalthusiano Forista Assíduo
Mensagens: 739
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 01, 2012 2:40
 
 
Disgraceira, agora que o barco afunda de vez, hehehehehe. Leva a mal não, mas você é muito pé frio, Marcos. Essa ação é a minha maior posição e estava até tranquilo em relação a essas quedas, mas sabendo da sua entrada, agora gelei. Huahuahuahua.

Abr 03, 2012 21:45
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Pé-frio? Por que :?:

Abr 03, 2012 22:06
Neomalthusiano Forista Assíduo
Mensagens: 739
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 01, 2012 2:40
 
 
Marcos escreveu:Pé-frio? Por que :?:
Você entrou na HRT a 60 mil, depois disso foi só pauleira. Perdeu uns 35% do valor de mercado.

Você postou no tópico da Haga que ela ia cair e dentro de uns dias foi lona. Perdeu uns 35 % também.

Você entrou na Gafisa, pensando que já era o fundo do poço, e agora veio essa notícia do prejuízo de 1 bi. Ah, vai ser pé frio assim lá na MILK11! Ih, peraí, você também está lá. Huahuahuahua.

Mas é claro que eu também estou de brincadeira, só pra descontrair mesmo. Nenhuma intenção ruim na mensagem.

Abr 03, 2012 22:20
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Milk nem fala. Sei lá porque comprei umas ações daquela porcaria. :x
VOcê fala de HRTP e GFSA; mas, em ambas estou no zero a zero. Onde tenho que recuperar é na INEP e na BDLL. :? Mas o dia chegará (ou não :lol: ). Abraços

Abr 03, 2012 22:36
Neomalthusiano Forista Assíduo
Mensagens: 739
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 01, 2012 2:40
 
 
É que essas duas (inepar e baedella) eu não acompanhei quando você entrou, as que eu vi foram só a gafisa e a hrt mesmo. E como as duas passaram por turbulências depois, daí que eu tirei para zuar. Mas como você investe bem, dinheiro perdido só na laep mesmo, o resto é questão de tempo para recuperar. Um abraço.

Abr 04, 2012 8:51
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Neomalthusiano escreveu:É que essas duas (inepar e baedella) eu não acompanhei quando você entrou, as que eu vi foram só a gafisa e a hrt mesmo. E como as duas passaram por turbulências depois, daí que eu tirei para zuar. Mas como você investe bem, dinheiro perdido só na laep mesmo, o resto é questão de tempo para recuperar. Um abraço.
Tem dois drivers que estão puxando o papel para baixo: a empresa tentará um novo follow on em breve; a empresa se sujeita aquelas restrições de compra de terra no Brasil, pois, embora seja sediada no Brasil e se submeta as regras brasileiras, possui capital maioritariamente estrangeiro.
Para maiores detalhes, recomendo assistirem o video de dois executivos no canal xp.
Abs

Abr 04, 2012 11:47
Neomalthusiano Forista Assíduo
Mensagens: 739
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 01, 2012 2:40
 
 
Eu acho que devem haver dois vídeos, pois já havia visto um e eles falaram bem superficialmente sobre a questão da lei de terras. Disseram que a empresa é brasileira e até então estaria sendo considerada como brasileira para a lei e que eles iriam estudar alternativas caso a lei fosse aprovada de forma que não prejudicasse muito a operacionalidade da companhia. A questão do follow on é bem lembrada. Ano passado falhou duas vezes, não estava acreditando muito que voltasse esse ano, mas agora eu também não descarto. Pode acontecer também que nem aconteceu com a Magnesita, cujas ações caíram tanto com o anúncio de follow on que a companhia desistiu de captar dinheiro no mercado de capitais e procurou um financiamento bancário. Eu inclusive enviei um e-mail para o RI há um tempo, mas resposta até agora nada. Da forma que estão despejando ações a mercado, pode estar acontecendo a liquidação da posição de alguém com posição forte na empresa, mas até agora nada de FR. Vamos aguardar para ver.

Abr 06, 2012 20:29
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Reportagem antiga, mas interessante para quem quiser conhecer o modelo do negócio. :wink:

http://www.terra.com.br/revistadinheirorural/edicoes/39/artigo72750-1.htm

Mai 14, 2012 13:25
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Sacrificada pelo preço de entrada para aproveitar outras oportunidades.

Out 11, 2012 9:02
qqhum Forista Assíduo
Mensagens: 914
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 11, 2011 17:26
 
 
VENDA DA FAZENDA HORIZONTINA

(...)

O valor da venda foi de R$75,0 milhões. O comprador realizou pagamento inicial no valor de R$1,0 milhão e o saldo remanescente será pago por meio de duas parcelas, sendo a primeira em outubro de 2012 no valor de R$26,0 milhões e a, segunda, contra a outorga da escritura, em janeiro de 2013 no valor de R$48,0 milhões. Como parte do negócio a Companhia continuará operando a fazenda até julho de 2013.

(...)

http://siteempresas.bovespa.com.br/cons ... olo=353853

Nov 14, 2012 16:41
ARNALDO WIL Forista Assíduo
Mensagens: 1219
agro3
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 29, 2009 11:36
 
 
alguém sabe dizer o que esta acontecendo com este ativo agro3, movimento forte, não é muito comum?

Nov 14, 2012 17:28
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Divulga resultados hoje e listou seus ADR em Nova York nesta semana.

Set 04, 2013 12:28
$ Forista Assíduo
Mensagens: 1247
Re: BrasilAgro - AGRO3
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2011 15:23
Localização:
Rio de Janeiro
 
 
Estava aguardando o resultado e gostei.
Voltei hoje para a empresa através do leilão de abertura do pregão.

Relatório da administração:
http://www.rad.cvm.gov.br/ENETCONSULTA/ ... tituicao=2

Em destaque:
"As vendas realizadas durante esse exercício marcaram o encerramento do primeiro grande ciclo da Companhia, onde todas as etapas de um projeto – aquisição, desenvolvimento, produção e desinvestimento – foram executadas. A venda de 19.647 hectares das fazendas Araucária, Cremaq e Horizontina gerou Taxa Interna de Retorno (imobiliária + produtiva) superior a 20% e uma valorização de 90% em relação ao preço de aquisição mais investimentos realizados.
...
O crescimento das atividades operacionais contribuiu para o forte desempenho financeiro, onde fechamos o ano com Receita Líquida de R$308,4 milhões, EBITDA Ajustado de R$23,7milhões e Lucro Líquido de R$28,7 milhões, o que permitirá o pagamento de dividendos aos nossos acionistas.
Em 30 de junho de 2013, avaliamos o valor de mercado do nosso portfolio e nossas propriedades mais as vendas realizadas no período estavam avaliadas a R$1,1 bilhão, valorização de 23% em relação ao ano passado."

Também vale destacar:
- O valor patrimonial da empresa é R$569 milhões, "vis a vis" o valor estimado de R$1,1 BI, que representa uma diferença (potencial valorização) de 93%.
- A empresa, em função de iniciar a geração de lucros, começará a distribuir dividendos.
- Programa de recompra de ações (fato relevante de 04/09/13).

Nov 02, 2014 14:45
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re:
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Bochan, como vai você? Já existe um tópico para este papel (AGRO3), sim. Eu mesmo, há uns anos atrás, andei dando uma comprada nele (aí está meu post antigo). A ideia é até boa: comprar áreas degradas, recuperar e revender. Acho que pode ser útil para comprar e vender usando uma margem curta de lucro) (ele fica oscilando entre 7 e 9). Mas, é o tipo de papel que tem que ter paciência. No momento, acho que tem muito melhores opções em liquidação.

Marcos escreveu:Entrei de leve no papel: 7,70. A ideia do negócio parece muito promissora para o LP (comprar fazendas degradadas, recuperar e plantar até revender). O valor de mercado já está bem abaixo do VP. Isso que, no somatório do VP, os preços das fazendas não estão atualizados, conforme explica o proprio relatorio da companhia.

Além disso, no CP pode dar uma corrigida porque caiu bastante esse ano. :roll:

Próximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante