Bem-vindo: Dez 18, 2017 2:54

Nov 06, 2009 12:43
MHS Estreante
Mensagens: 16
Forja Taurus - FJTA3 / FJTA4
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
agora sim bateu numa suporte de 3 meses, só correr pro abraço.

Nov 06, 2009 13:12
Sortudo Forista VIP
Mensagens: 2188
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 18, 2007 14:45
 
 
MHS escreveu:agora sim bateu numa suporte de 3 meses, só correr pro abraço.


código?

Nov 16, 2009 15:09
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 

Nov 16, 2009 16:23
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
A geração futuro tem mais de Taurus do que vale e usiminas .... pq será?

https://www.gerafuturo.com.br/relatorio ... b6b847.pdf

Nov 16, 2009 17:13
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
e aih q q vcs acham?

Nov 17, 2009 10:32
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
Parâmetros
Exportação Brasileira
Capítulo:
93 - ARMAS E MUNICOES,SUAS PARTES E ACESSORIOS
Período 1: 01/2009 a 09/2009

Total da Consulta
Período US$ FOB Peso Líquido(Kg)
01/2009 até 09/2009 236.816.503 6.083.474

Média/mês de 26,3 milhões de dólares

Parâmetros
Exportação Brasileira
Capítulo:
93 - ARMAS E MUNICOES,SUAS PARTES E ACESSORIOS
Período 1: 10/2009 a 10/2009

Total da Consulta
Período US$ FOB Peso Líquido(Kg)
10/2009 até 10/2009 33.350.537 800.228

Parâmetros
Exportação Brasileira
Capítulo:
93 - ARMAS E MUNICOES,SUAS PARTES E ACESSORIOS
Período 1: 10/2008 a 10/2008

Total da Consulta
Período US$ FOB Peso Líquido(Kg)
10/2008 até 10/2008 23.381.578 763.677

Nov 17, 2009 11:48
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
Deixando mais didático.

A exportação de armas, entenda-se Taurus, em outubro aumentou
27% em relação a média do ano de 2009
43% em relação ao mesmo mês de 2008

Nov 17, 2009 17:01
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 

Nov 17, 2009 23:33
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 

Nov 17, 2009 23:54
starcabe Forista Assíduo
Mensagens: 602
Tô afim
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 12, 2009 8:26
 
 
Não sei nada sobre essa empresa mas me deu uma tremenda vontade de entrar nela, tu acompanha a tempo? que acha do valor que tá? Dá para entrar?

Muuuuuuuuuuuuuuito Obrigada

Starcabe

Nov 18, 2009 9:05
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
Acompanho o papel faz tempo, mas justamente agora ele está muito defasado em relação ao ibovespa, neste mes ele caiu 15% enquanto o ibov subiu 9%. Uma hora o mercado tem que corrigir
Além disso o Worst case scenario (pior das hipoteses) ela vale no mínimo 6 reais que é dividendos dela equivaleria a renda fixa.
Mas ela mostrou que tem um suporte muito forte na faixa de 6,30 ela bate e volta, uma boa oportunidade para entrar ou como eu comprar cada vez mais.

Nov 25, 2009 15:02
ETN Estreante
Mensagens: 5
ETN
Registrado em:
Nov 13, 2009 11:35
 
 
Sei que é temerário falar em padrão no comportamento da cotação de um papel, mas olhando o gráfico anual de FJTA esse movimento mais recente do papel (21/07 a 25/11), tem um desenho surpreendentemente similar ao do movimento para o período anterior (06/04 a 13/07), i.e. experimentou uma alta significativa, com um pico no intervalo desses períodos, depois caiu a um patamar para depois sofrer outra alta significativa e experimentar um pico no meio do período... só resta torcermos para que essa queda nesse movimento mais recente tenha o piso nesse suporte e o papel reaja da mesma maneira. Estou esperando pra ver se cai mais, para só então aumentar posição, pois já tenho alguns lotes em carteira.

Abs,

Dez 04, 2009 15:31
MHS Estreante
Mensagens: 16
MHS
Registrado em:
Jul 24, 2007 14:38
 
 
retiro tudo que disse....

caiam fora!

Smith & Wesson shares blasted by weaker outlook

While Smith & Wesson Holdings turned to a handy profit on brisk firearm volumes in it fiscal second quarter, shares plummeted as much as 17% in the early going on a weaker sales outlook.

Smith & Wesson (SWHC 4.40, -0.87, -16.55%) earned $13.3 million, or 21 cents a share, on the period, a turn form a loss of $76.2 million, or $1.62 a share in the same quarter a year ago. Gross profit almost doubled to $34.6 million.

Sales came in at $108.8 million, up from $73.2 million for the comparable quarter last year with firearms sales of $93.4 million exceeding the company's expectations, it said.

"We continued to capitalize in our second quarter on the strong demand for products in both our firearms and perimeter security businesses to deliver a new record level of quarterly revenue," said Michael Golden, chief executive, in the earnings report. "Our factories leveraged production volumes, and we continued to focus on cost controls to deliver solid results."

Driven largely by the election of President Barack Obama and more Democrats to Congress last November, both perceived as being more likely to impose stronger gun-control laws, sales of firearms and ammunition have been exploding for the past year, especially those of semiautomatic rifles and handguns. See earlier story.

Smith & Wesson posted strong growth in both categories but also noted that sales of hunting related equipment were flat.

In a sign that demand may be abating or finally sated, the company said its order backlog has been declining.

It sees sales growth of between 8% and 14% in the fiscal third quarter, reflecting "more normalized levels of demand and production versus the spike that we experienced beginning in the third quarter of fiscal 2009."

That sent Smith & Wesson shares down almost a dollar to $4.40, still double its 52-week low of $2.04 in February but well off a May peak of $7.52.

Mar 26, 2010 17:25
W A G A L Forista VIP
Mensagens: 2116
W A G A L
Registrado em:
Fev 25, 2010 18:00
 
 
Traduza filho!


MHS escreveu:retiro tudo que disse....

caiam fora!

Smith & Wesson shares blasted by weaker outlook

While Smith & Wesson Holdings turned to a handy profit on brisk firearm volumes in it fiscal second quarter, shares plummeted as much as 17% in the early going on a weaker sales outlook.

Smith & Wesson (SWHC 4.40, -0.87, -16.55%) earned $13.3 million, or 21 cents a share, on the period, a turn form a loss of $76.2 million, or $1.62 a share in the same quarter a year ago. Gross profit almost doubled to $34.6 million.

Sales came in at $108.8 million, up from $73.2 million for the comparable quarter last year with firearms sales of $93.4 million exceeding the company's expectations, it said.

"We continued to capitalize in our second quarter on the strong demand for products in both our firearms and perimeter security businesses to deliver a new record level of quarterly revenue," said Michael Golden, chief executive, in the earnings report. "Our factories leveraged production volumes, and we continued to focus on cost controls to deliver solid results."

Driven largely by the election of President Barack Obama and more Democrats to Congress last November, both perceived as being more likely to impose stronger gun-control laws, sales of firearms and ammunition have been exploding for the past year, especially those of semiautomatic rifles and handguns. See earlier story.

Smith & Wesson posted strong growth in both categories but also noted that sales of hunting related equipment were flat.

In a sign that demand may be abating or finally sated, the company said its order backlog has been declining.

It sees sales growth of between 8% and 14% in the fiscal third quarter, reflecting "more normalized levels of demand and production versus the spike that we experienced beginning in the third quarter of fiscal 2009."

That sent Smith & Wesson shares down almost a dollar to $4.40, still double its 52-week low of $2.04 in February but well off a May peak of $7.52.

Mar 26, 2010 17:27
W A G A L Forista VIP
Mensagens: 2116
W A G A L
Registrado em:
Fev 25, 2010 18:00
 
 
Pessoal,

A expectativa da empresa, só na linha de armas novas é de crescimento de 30% nas vendas em 2010!

vejam o site <www.taurus.com.br>

SHOT Show 2010 supera expectativas
Empresa: Forjas Taurus

A Taurus apresentou 16 novos modelos de armas longas e curtas no SHOT Show 2010. Com a grande repercussão dos produtos apresentados e as encomendas realizadas durante a feira, a empresa projeta um crescimento de 30% na produção em 2010. Todos os lançamentos serão fabricados no Rio Grande do Sul, nas unidades de Porto Alegre e São Leopoldo.

Três modelos de armas longas tiveram destaque nesta edição do SHOT Show. O “Circuit Judge”, reprojeto do já renomado revólver “The Judge”, teve adição de uma coronha em madeira e seu cano prolongado a um comprimento de 18,5”. A “Wizard” é uma carabina de concepção monotiro e mecanismo que possibilita a intercambialidade dos canos abrangendo mais de 15 calibres. As duas foram responsáveis por um interesse de vendas de mais de 40 mil unidades para o mercado norte-americano. O terceiro modelo, que também chamou a atenção no evento, foi a “Rio Grande”, carabina de repetição com ação Lever Action, em calibre .30-30 Win, nas versões aço carbono e aço inox, com coronha de madeira. Este lançamento superou o pedido de 30 mil unidades.

Entre as armas curtas, vários modelos caíram no gosto dos visitantes e também já possuem encomendas formalizadas. Foi lançada a nova série da “24/7 G2 – Generation 2”. Esta nova geração de pistolas se caracteriza por armas totalmente ambidestras, oferecendo um maior nível de ergonomia através da troca da seção traseira do punho (backstrap) e possui um novo sistema de mecanismo de disparo de concepção simples e confiável, que possibilita a configuração de vários modos de disparo com mínimo de inclusão ou remoção de peças, características responsáveis pelo grande diferencial em relação aos concorrentes. Este sistema de mecanismo de disparo Taurus (patente requerida) também contempla um conjunto de travas de segurança intrínsecas e opcional.

Em pistolas de polímero ainda foi apresentado o modelo “PT 740 Slim” em calibre .40, que chamou atenção por ser pequena e leve, sendo aplicada como uma arma back-up. Seu peso é de 538 gramas, tem capacidade de 6 + 1 sendo seis munições no carregador e um na câmara, ainda dentro da mesma família também foi apresentada a “PT 708 Slim” em calibre .380 ACP com capacidade de 7 + 1.

Os lançamentos também contemplaram acessórios a produtos existentes possibilitando ampliar suas aplicações, como foi o caso do Kit em calibre .22 para treinamento, para as renomadas pistolas Série 800 de polímero orientadas para os mercados policial, militar e civil.

A Taurus foi a primeira empresa do mundo a lançar os revólveres de polímero, os quais foram o “xodó” do SHOT Show 2010. O “Public Defender Polymer” foi apresentado em duas versões de calibre, um em .410, conhecido no Brasil como calibre .36, e o outro em duplo calibre, em .410 e .45 LC. O revólver “Protector Polymer” tem a mesma concepção, porém em menor tamanho em calibre .38 Special e .38 Special + P (maior pressão). Estes modelos foram responsáveis por uma venda de mais de 150 mil unidades.

Novas versões do já tradicional revólver “Public Defender” foram apresentadas em alumínio, versão mais leve do modelo e nova geometria do cão, o que teve uma ótima aceitação.

Ainda nos modelos de revólveres multicalibres foram apresentados: o “Raging Judge Magnun”, modelo que utiliza uma armação maior e que atira calibres .454 Casull, .45 LC e também o .410 (em 2 ½ e 3”) com capacidade de 6 tiros em aço carbono e inox. O público também conheceu o “Ranging Judge Ultra Light” que atira os calibres .45 LC e .410. Seus diferenciais são o peso reduzido, a capacidade de 7 tiros e ser ofertado em cano de 6” de comprimento.

De acordo com o vice-presidente da Taurus, Jorge Py Velloso, a expectativa da empresa foi superada nesta edição do evento, pois em 2009 houve uma diminuição natural no mercado de armas. Mesmo assim, os lançamentos encantaram os americanos, que fizeram muitas encomendas, o que garante crescimento na produção de armas Taurus neste ano.

O SHOT Show aconteceu entre os dias 19 e 22 de janeiro, em Las Vegas, nos EUA. A Taurus participa há mais de 30 anos neste evento, que conta com a presença de representantes de todo o segmento e é uma espécie de termômetro sobre as inovações na indústria de armas leves.

Jun 18, 2010 10:17
marcolino Forista Assíduo
Mensagens: 138
taurus
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 19, 2009 19:24
 
 
Vejam esta notícia!

Investimento na segurança nacional deve aumentar
Empresa: Forjas Taurus



Com a proximidade de eventos esportivos no Brasil, os investimentos na segurança nacional devem aumentar significativamente. A gaúcha Taurus já está preparada para atender essas demandas e está lançando novos produtos com foco nesses momentos, durante a 10ª Interseg. A feira, que está sendo realizada em Florianópolis até amanhã, dia 15, é a precursora das necessidades de segurança no Brasil. O investimento total da Taurus somará mais de R$ 14 milhões para esses novos produtos. A empresa está desenvolvendo uma nova plataforma para fabricação de armas semiautomáticas, que devem ser as mais procuradas pela segurança nacional


O Brasil recebe as Olimpíadas Militares (2011), a Copa das Confederações (2013), a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016). O governador de Santa Catarina, Leonel Pavan e o diretor geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, entre outras autoridades, estiveram no stand da Taurus conhecendo os lançamentos

Jun 18, 2010 19:08
W A G A L Forista VIP
Mensagens: 2116
Re: taurus
W A G A L
Registrado em:
Fev 25, 2010 18:00
 
 
Boa noite colega,


Estou mais abismado com a especulação.
quando entrei nela no ano passado em dez o socio postou: Madeiiiraaaaa....

Nínguem se manifestou e ela foi derretendo aos poucos, igual sorvete na
boca de criança. Resolvi sair em março, e agora ela repica...putz, vamos ver o volume na segunda.

P.S. nesta página ainda tem mensagem de nov de 2009.

vlw




marcolino escreveu:Vejam esta notícia!

Investimento na segurança nacional deve aumentar
Empresa: Forjas Taurus



Com a proximidade de eventos esportivos no Brasil, os investimentos na segurança nacional devem aumentar significativamente. A gaúcha Taurus já está preparada para atender essas demandas e está lançando novos produtos com foco nesses momentos, durante a 10ª Interseg. A feira, que está sendo realizada em Florianópolis até amanhã, dia 15, é a precursora das necessidades de segurança no Brasil. O investimento total da Taurus somará mais de R$ 14 milhões para esses novos produtos. A empresa está desenvolvendo uma nova plataforma para fabricação de armas semiautomáticas, que devem ser as mais procuradas pela segurança nacional


O Brasil recebe as Olimpíadas Militares (2011), a Copa das Confederações (2013), a Copa do Mundo (2014) e as Olimpíadas (2016). O governador de Santa Catarina, Leonel Pavan e o diretor geral da Polícia Federal, Luiz Fernando Corrêa, entre outras autoridades, estiveram no stand da Taurus conhecendo os lançamentos

Set 26, 2010 14:30
Aquile$ Estreante
Mensagens: 71
resposta a wagal
Aquile$
Registrado em:
Abr 25, 2010 11:39
 
 
Wagal , seguinte , o lucro projetado realmente é maior , a geração futuro tem aumentado muito sua participação no fundo , aproveintando-se do momento de baixa, pretendo realizar umas eztc3 assim que romper os doze, e entrar forte nessa aqui, o volume ta muito baixo e ngm se sente seguro em "operar" mas esta empresa realmente tem fundamentos, só teremos q aguardar um tempo indeterminado até o mercado corrigir. Entre no site da corretora geração futuro (gaucha) e verás. um abraço

Set 28, 2010 15:32
Apacche Estreante
Mensagens: 54
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 25, 2007 17:17
 
 
Tenho a algum tempo essa ação em meu acmpanhamento. Com as duas valorizações seguidas, entrei hoje, com objetivo de 4,80 para outubro. Se confirmar atingir rápido este objetivo, pode buscar as proxima resistências (4,9x e 5,1x).

Tem algum FR sobre a FJTA para alavancar este crescimento?

Bons traders!

Nov 01, 2010 17:59
Xexéu Estreante
Mensagens: 53
Xexéu
Registrado em:
Mar 05, 2010 16:33
 
 
Alguem sabe me dizer se esta açao tem tag along?

Próximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 4 visitantes

cron