Bem-vindo: Jun 25, 2019 2:18

Dez 04, 2015 13:43
ALMIRANTE-X Forista VIP
Mensagens: 19858
Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Abr 12, 2013 16:05
 
 
Essa é a questão, o que esperar de uma empresa que provoca o derretimento das cotações pra comprar à preços de xepa. Eu entro se chegar nos 45.00.

Dez 04, 2015 13:55
Paulo RJ Forista Assíduo
Mensagens: 224
Re: Tereos - TERI3
Paulo RJ
Registrado em:
Abr 24, 2015 19:07
 
 
ALMIRANTE-X escreveu:Essa é a questão, o que esperar de uma empresa que provoca o derretimento das cotações pra comprar à preços de xepa. Eu entro se chegar nos 45.00.


almirante sera que a assembleia vai aprovar o valor de 65,00? a e por falar nisso sai da goau4 em 1,95 e por hora me dei bem, vou tentar recomprar na casa dos 1,6x

Dez 04, 2015 14:15
ALMIRANTE-X Forista VIP
Mensagens: 19858
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Abr 12, 2013 16:05
 
 
Paulo RJ escreveu:
ALMIRANTE-X escreveu:Essa é a questão, o que esperar de uma empresa que provoca o derretimento das cotações pra comprar à preços de xepa. Eu entro se chegar nos 45.00.


almirante sera que a assembleia vai aprovar o valor de 65,00? a e por falar nisso sai da goau4 em 1,95 e por hora me dei bem, vou tentar recomprar na casa dos 1,6x


Creio que não, pois o valor oferecido parece muito nominalmente - mas é uma fração do que valia essa empresa. E agora ela começa a se apreciar novamente por causa do açúcar e também dos combustíveis. Essa gente é muito esperta, pois se levar em conta o câmbio para o Euro - pagarão metade do que parece. Por isso ofereceram o dobro das cotações. Creio que terão que pagar uns 150.00 por ação para ser justo.

Dez 04, 2015 14:18
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Tereos anuncia OPA para fechar capital - Valor
A Tereos Internacional, companhia com operações em
cana­de­açúcar e amidos no Brasil e na Europa, informou
há pouco que sua controladora indireta, a Tereos Participations, decidiu
realizar uma oferta pública de aquisição (OPA) de ações para o cancelamento
de seu registro de companhia aberta.
A controladora ofertou R$ 65 por ação da Tereos, preço que poderá ser
ajustado por dividendos, juros sobre capital próprio, bonificações,
desdobramentos, grupamentos e conversões.
Em relação ao preço de fechamento de ontem na BM&FBovespa, a R$ 22,60, o prêmio é de 187,6% por papel.
A companhia indica ainda que, caso as condições necessárias para o
fechamento de capital não sejam atendidas, a controladora propõe a saída do
Novo Mercado, com a migração para o segmento básico de listagem da
BM&FBovespa.
Como cerca de 30% das ações em circulação (free float), a Tereos Participations deve desembolsar cerca de R$ 326,3 milhões para fechar o capital de sua controlada.
Ainda de acordo com o comunicado, o banco Itaú BBA foi contratado para atuar como instituição intermediária da OPA.

Dez 04, 2015 14:24
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
de outro forum:
"Aviso aos acionistas - muito importante!!!
A saída de uma empresa do Novo mercado estabelece que seja concedido o direito de recesso ou a realização de OPA com base no valor patrimonial - 237,00 ou econômico. Deste modo, ou o grupo francês 171 estará tentando provar no laudo de avaliação que o valor econômico é de 65,00 ou, possivelmente, desviar-se da obrigação de promover uma OPA ou o direito de recesso aos acionistas pelo VPA (+ de 200,00) em função de estar promovendo uma OPA de adesão voluntária(não obrigatória) com o propósito de ser promovido o fechamento do capital.

Pelo que tudo indica, é mais uma simulação do btg pactual deformador de mercado das ações da tereos no mesmo sentido daquela promovida com a troca voluntária das ações ON por ações PN detidas pelo controlador do banco visando caracterizar que não é mais o seu controlador, contudo, sem precisar simultaneamente promover uma OPA pela venda do controle do btg.

Mais uma vez, fica expresso que tudo que vem daquela gente do btg é golpe e lesivo aos minoritários das cias abertas envolvidas, inclusive do próprio btg lesando o direito dos seus minoritários ao não ser promovida a OPA de venda do controle. Ou seja, para o mercado, o controlador vendeu o controle do banco, porém, para os minoritários, não vendeu, mas sim o permutou com os demais sócios.
Grupo francês 171+petrobras+bndes+btg pactual Socorro! CVM, joaquim barbosa, sergio moro, MPF, PF, ..."

Dez 04, 2015 15:03
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 

Dez 04, 2015 15:37
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Tereos anuncia OPA de R$ 65 por ação @empiricus.com.br
A Tereos (TERI3) informou hoje cedo que sua controladora indireta Tereos Participations decidiu realizar oferta pública de aquisição de ações para cancelamento de registro de companhia aberta e saída da empresa do Novo Mercado da BM&F Bovespa. Chama atenção o preço ofertado de R$ 65 por ação, equivalente a um upside de 187% em relação ao fechamento da véspera.

À primeira vista pode parecer um exagero, mas vale lembrar que o mesmo papel já chegou a bater em R$ 90 há cerca de um ano, tendo perdido mais de 70% do valor desde então com os investidores cada vez mais preocupados com a difícil situação financeira da empresa - ilustrada a partir da dívida líquida de R$ 6,7 bilhões ao final de setembro, equivalente a 8,7x o ebitda ajustados dos 12 meses anteriores à data.

Esperamos forte alta da ação hoje, mas, no setor, seguimos com preferência pelos papéis de São Martinho (SMTO3) e Cosan (CSAN3) - a primeira pela reconhecida eficiência na operação e a segunda também pela possibilidade de surfar a necessária recuperação de investimentos em infraestrutura no Brasil, beneficiando-se da ampla diversificação dos negócios.

Dez 04, 2015 15:45
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Outro forum: " Se não houver a plena adesão à OPA voluntária ou a venda via mercado não poderão fechar o capital e por conseguinte não terão como sair do NM sem pagar o VPA ou VE, seja via OPA ou direito de recesso. Existem boatos que dão conta que a petrobras estaria colocando a venda suas participações no setor de biocombustíveis e a são martinho teria interesse de comprá-los, neste caso, ou comprando esta participação da petro na açúcar guarani ou promovendo alguma integração societária com a mesma. Tudo isto vem sendo arquitetado a muito tempo pelo btg pactual como preposto da petro e bndes. Abram bem os olhos e não deem as costas para essa gente 171 de minoritários."

Dez 04, 2015 15:51
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Rebordoza escreveu:
Rebordoza escreveu:Duvidas de outro forum que tb é minha:
1) O que eles querem dizer 65 reais , ajustado por dividendos, juros sobre capital proprio, bonificações? Será que vai descontar algo dos 65?
2) O que faz alguem vender agora a 54,00, se tem uma oferta de pagar 65,00 pelo controladores?

Ou a resposta de (2) tem a ver com algum eventual "desconto" mencionado em (1)?


Talvez o risco a ser melhor avaliado é que ainda não houve uma assembleia aprovando efetivamente a proposta, que por ser bem abaixo do valor patrimonial, poderá em tese, melar a proposta por parte dos minoritarios na assembleia de aprovação.
Por outro lado, os controladores poderão aumentar ainda mais a oferta...
Enfim, estou investindo parte do meu "suposto" lucro com o OPA, na compra de mais TERIvel que nessa faixa de preço atual de 53,00 e comparando aos 65,00 do OPA, daria um retorno de 22%. Nada mal, não? Valeria o risco ou não? A resposta só o tempo e o mercado dirão.
Por ora, é só mera supunhetação de um forista amador de plantão...


Analise de risco nas coxas:
- "Se muitos minoritários se recusarem a participar da OPA, os controladores podem melhorar o valor (vide CRUZ3) ou desistir de fazer (vide BRPR3)."
- "ou ficar enrolando 6 meses igual o DAYC4, quando prometeram fechar capital por 10 reais com a cota a 7,50 e desovaram em cima da sardinhada. Tem essa tb, muita OPA é anunciada com premio alto sobre a cotação só pra descarregar majoritário."
- "BIC Banco demorou quase 1 ano para sair o OPA"

Dez 04, 2015 16:09
ATHAYDE Forista Assíduo
Mensagens: 547
Re: Tereos - TERI3
ATHAYDE
Registrado em:
Jan 11, 2010 16:51
 
 
TEREOS (TERI-NM)

Manifesta-se sobre oscilacao com as acoes de sua emissao

Indagada pela BM&FBOVESPA a respeito das oscilacoes registradas com as acoes de
sua emissao, o aumento do numero de negocios e da quantidade negociada, conforme
quadro abaixo (*), a empresa enviou o seguinte comunicado:

Sao Paulo, 04 de dezembro
A
BM&FBOVESPA S.A. - BOLSA DE VALORES, MERCADORIAS E FUTUROS
Superintendencia de Acompanhamento de Emissores
Rua XV de Novembro, 275
01013-001 Sao Paulo
At.: Sr. Nelson Barroso Ortega

Com copia para:
COMISSAO DE VALORES MOBILIARIOS
Superintendencia de Relacoes com Empresas
R. Sete de Setembro, 111 RJ
20050-006 Rio de Janeiro
At. : Sr. Fernando Soares Vieira
Superintendencia de Relacoes com o Mercado e Intermediarios
R. Sete de Setembro, 111
20050-006 Rio de Janeiro RJ
At. : Sr. Waldir de Jesus Nobre

Ref.: Resposta ao Oficio BM&FBOVESPA 3601/2015
Atipica de Acoes
Prezados Senhores,


1 Tereos Internacional S.A. (Tereos Internacional S.A), vem respeitosamente a
presenca de V.Sas. apresentar os seguintes esclarecimentos (*)
2. Para um melhor entendimento apresentada pela BM&FBOVESPA, transcrevemos
abaixo o conteudo do Oficio (*):
3. Diante das oscilacoes atipicas verificadas na tarde de ontem, o signatario,
na qualidade de relacoes com investidores, inquiriu controladora Tereos U.C.A.,
sociedade francesa, com o objetivo de averiguar se estes teriam conhecimento de
informacoes que deveriam ser divulgadas ao mercado.
4. Conforme Fato Relevante divulgado pela Companhia na presente data, diante
das oscilacoes atipicas, a acionista controladora indireta da Companhia, Tereos
Participations SAS, decidiu nesta data anunciar ao mercado a realizacao de uma
oferta publica de aquisicao de acoes de emissao da Companhia ("Oferta" ), para
realizar tanto (1) o cancelamento de registro de companhia aberta da Companhia
(" Cancelamento Registro"), que resultara na saida do Novo Mercado da
BM&FBovespa S.A. Valores, Mercadorias e Futuros ("BM&FBovespa" e "Saida do Novo
Mercado" respectivamente), nos termos do artigo 4o, paragrafo 4o, da Lei
n.6.404/76, conforme alterada, da Instrucao CVM no. 361/02, conforme alterada, e
da Secao X do Regulamento do Novo Mercado da BM&FBovespa ("Regulamento do Novo
Mercado"), ou (2) a saida do Novo Mercado da BM&FBovespa, com migracao para
Segmento Basico de listagem na BM&FBOVESPA, independente da verificacao da
condicao legal para o Cancelamento de Registro.
5. A Companhia nao tem conhecimento de qualquer vazamento de informacao
referente aos estudos e discussoes preliminares que estavam em curso na data de
ontem, nem qualquer indicio de que as oscilacoes atipicas verificadas no pregao
de 2 de dezembro de 2015 tenham relacao com o fato acima. O comportamento das
acoes no pregao de 3 de dezembro de 2015, confirma esse julgamento.
Permanecemos a disposicao para os esclarecimentos adicionais que se fizerem
necessarios.

(*)Nota: encontra-se a disposicao no site da BM&FBOVESPA
(www.bmfbovespa.com.br), em Empresas Listadas / Informacoes Relevantes, a
integra do comunicado, com oficio acima mencionado.

Dez 04, 2015 16:34
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
03/12/2015 às 05h00 - Valor
Raízen está atenta a oportunidades de aquisições
, joint venture entre Shell e Cosan, está atenta a oportunidades para realizar aquisições e fortalecer sua ... Shell, que tem 50% da empresa, tem interesse no crescimento da Raízen porque acredita que o etanol é um ...


A Raízen, joint venture entre Shell e Cosan, está atenta a oportunidades para realizar aquisições e fortalecer sua liderança na produção de etanol no Brasil, sinalizou seu presidente, Vasco Dias, em entrevista ao Valor.
A empresa, que deverá faturar US$ 25 bilhões este
ano, acredita que o mercado do
biocombustível vai em algum momento
passar por uma nova etapa de
concentração no país. E confia que os
planos do governo para reduzir emissões de gases de efeito estufa poderão
estimular o segmento.
"Estamos alinhados e esperançosos com a política do governo para o futuro
do etanol", afirmou Dias após acompanhar evento sobre as metas brasileiras
para combater mudanças climáticas na CoP 21, em Paris.
"A Raízen está atenta a oportunidades que permitam seu crescimento".
O executivo vê um cenário positivo para o crescimento de biocombustíveis
em geral no Brasil, não só etanol, mas insiste que isso depende de
investimentos básicos em infraestrutura e incentivos.
Pelos planos do governo, a participação dos biocombustíveis na matriz
energética deverá aumentar de cerca de 30% para 50% até 2030, o que quase
dobrará o volume de etanol hidratado e anidro.
Dias observou que a indústria do etanol ainda é muito fragmentada no Brasil.
A Raízen, lider do segmento, tem 10% do mercado. "Acredito que, no futuro,
haverá uma concentração maior do que a existente hoje na indústria
sucroalcooleira (...) Ganha­se escala, mais eficiência e mais competitividade.
Acho que isso vai acontecer, como aconteceu nas outras indústrias".
Conforme o executivo, não só a Raízen está atenta a oportunidades, como
acredita que outros grupos também.
Ele lembra que a petroleira Shell, que tem 50% da empresa, tem interesse no crescimento da Raízen porque acredita que o etanol é um combustível extremamente viável para a redução de emissões de gases de efeito estufa.
Conforme Dias, a Raízen investiu muito nos últimos anos ­ primeiro em
capacidade de moagem, depois em cogeração e agora o foco está em
tecnologia. "É a primeira empresa do mundo a colocar em escala comercial o
etanol celulósico. Colocamos muito dinheiro nisso e vamos continuar
investindo".
A expectativa é que o processamento de cana da empresa chegue perto de 70
milhões de toneladas nesta safra. O faturamento deve atingir cerca de US$ 25
bilhões este ano, 11% mais que em 2014.
A Raízen também espera um aumento das exportações no futuro, já que o etanol brasileiro tem mercado crescente nos Estados Unidos e na Ásia.

http://www.valor.com.br/agro/4340100/raizen-esta-atenta-oportunidades-de-aquisicoes

Dez 05, 2015 14:05
Woodpecker Forista Assíduo
Mensagens: 497
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 06, 2009 4:30
 
 
Caros,

Ponto 1: Ações no mercado.

O free-float da Teri3 na realidade não é 30%. Como ela não conseguia se enquadrar nas regras do NM que exigem 25% das ações no mercado, eles fizeram uma jogada pró-forma: sacaram do bloco de controle ( cooperativas francesas ) alguns blocos de ações pertencentes a algumas cooperativas e formalmente são ações que estariam no mercado.

Nas mãos do mercado deve ter uns 12%. Outro dia, se achar, posto as matérias da época desse fato.

Ponto 2: Chance de aumento do valor da oferta.

Dependemos muito de que haja algum investidor institucional como fundo de ações ou multimercado com posição nela. Ou então, um investidor PF parrudo que lidere o grupo de sardinhas.

Há alguns anos o Fundo Cláritas tinha posição na empresa. Mas não creio que permaneça pois o Claritas perdeu o toque de Midas e seu patrimônio minguou muito.

Mas vai ser bonito de acompanhar.

Saudações!

Dez 05, 2015 14:23
Woodpecker Forista Assíduo
Mensagens: 497
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 06, 2009 4:30
 
 
Caros Terríficos,

Acabei de ler uma justifica de voto na assembléia da Tereos por parte da Claritas em julho de 2015.

http://www.claritas.com.br/wp-content/u ... 072015.pdf

Então, a Claritas tem uma posição na empresa.

Saudações!

Dez 07, 2015 9:44
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
http://www.valor.com.br/agro/4344206/tereos-apresenta-oferta-publica-de-r-65-por-acao-para-fechar-capital

O valor oferecido pela Tereos foi bem recebido por analistas. "O prêmio não nos deixa outra opção a não ser recomendar que os investidores participem
[da OPA]", afirmou o BTG Pactual.

A oferta é também muito acima do preço­alvo com o qual o Morgan Stanley trabalhava, de R$ 34,20.

Tereos apresenta oferta pública de R$ 65 por ação para fechar capital
A Tereos Internacional, empresa de origem francesa que controla a
sucroalcooleira Guarani, informou na sexta­feira que sua controladora
indireta, a Tereos Participations, decidiu fazer uma oferta pública de
aquisição (OPA) de ações para o cancelamento de seu registro de companhia
aberta, devido à baixa liquidez no mercado. Embalados pelo anúncio, os
papéis da companhia na BM&FBovespa fecharam em alta de 128,71%, a R$
51,69.
"O controlador entende que isso será benéfico à companhia e aos acionistas
minoritários, que poderão monetizar as ações a um preço que se julga
atraente", disse ao Valor Marcus Thieme, diretor de relações com
investidores da Tereos. A oferta é de R$ 65 por ação, prêmio de 187,6% sobre
os R$ 22,60 do fechamento na véspera ao anúncio.
O valor oferecido pela Tereos foi bem recebido por analistas. "O prêmio não
nos deixa outra opção a não ser recomendar que os investidores participem
[da OPA]", afirmou o BTG Pactual. O banco mencionou que a oferta veio em
um momento positivo, em que o setor parece estar se recuperando, embora
as ações enfrentem baixo volume de negócios e a empresa tenha alto nível de
alavancagem.
A oferta é também muito acima do preço­alvo com o qual o Morgan Stanley trabalhava, de R$ 34,20.
A exigência é que dois terços dos minoritários aceitem a oferta. Caso isso não
aconteça, a Tereos propôs a saída do Novo Mercado e a migração para o
segmento básico de listagem da BM&FBovespa. "Isso tudo simplifica para o
grupo, em termos de estrutura e também dos custos envolvidos", disse
Thieme.
Como há cerca de 30% de ações em circulação, a Tereos Participations pode
ter que desembolsar em torno de R$ 326 milhões para o fechamento de
capital, a depender da decisão dos minoritários e do laudo econômico que
será feito por uma empresa contratada. O banco Itaú BBA está atuando como
instituição intermediária da oferta e a expectativa de Thieme é que o processo
legal da OPA seja concluído no primeiro semestre de 2016.
Com registro de companhia aberta desde 2010, a Tereos Internacional vem
de uma recente reorganização acionária. Em 25 de novembro, a empresa
aprovou o grupamento da totalidade de suas 817.720.079 ações ordinárias na
BM&FBovespa, na proporção de 50 para 1 ação. Abatida por desafios
operacionais e financeiros, a empresa registrou um prejuízo líquido atribuível
a acionistas controladores de R$ 96 milhões no trimestre encerrado em 30 de
setembro (2º trimestre de 2015/16), ante a perda líquida de R$ 2 milhões em
igual período do ano passado.
Na última quarta­feira, uma movimentação anormal dos papéis da Tereos
(houve uma alta de 35,39%) levou a BM&FBovespa a pedir explicações. A
companhia informou não ter "conhecimento de qualquer vazamento de
informação". "Tanto que na quinta­feira as ações se comportaram dentro da
normalidade [elevação de 0,26%, a R$ 22,60]", afirmou Thieme.
(Colaborou Paula Selmi)

Dez 07, 2015 15:10
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Outro forum: "Mesmo respeitando a sua opinião, peço a sua autorização de chamar a atenção do fórum, que a classificação picareta não faz a devida justiça em classificar este pessoal, os quais promoveram uma operação criminosa contra os acionistas minoritários na entrada dos mesmos no brasil(grupo francês171 dos plantadores de beterraba da frança) e agora, no mesmo gênero e gravidade, promovem uma operação para saírem do mercado pagando ~10% do que pagaram na sua entrada, quando enganaram, descaradamente, os acionistas minoritários da então rentável açúcar guaraní, passando a operar através dela toda sorte de esquemas, roubos e vigarices, principalmente com relação as avaliações dos ativos das suas operações na oceania e áfrica, completamente bichadas e deficitárias, as quais, logo após ao golpe que promoveram de incorporarem estes ativos na açúcar guaraní para constituírem a então pomposa terios internacional(vigarice global), deram baixa em mais da metade do valor atribuído aos mesmos, em um dos golpes mais inominados aos quais eu já tive a oportunidade de ter acompanhado nestes mais de 40 anos em que acompanho e participo do mercado de capitais brasileiro.
Deste modo, com a sua permissão, peço que altere o termo de gente picareta para gente vigarista, falcatrua e ordinária, pois no mínimo, é isto que são este grupo francês 171 de plantadores de beterrabas; 65,00 de 237,00 socorro, polícia..."
....
Mesmo entendendo a indignação de muitos, acho dificil essa OPA ser barrado na assembleia de acionistas, pois como já foi dito, os controladores teriam boa parte dos 25% do free float, em mãos de seus laranjas. E uma outra boa parte tb já estaria muito feliz com a oferta de 65,00 pois se a OPA der merida, haveria o risco da ação voltar aos 20 paus... Melhor, não, Juvenal!?!

Dez 07, 2015 15:48
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Rebordoza escreveu:Outro forum: "Mesmo respeitando a sua opinião, peço a sua autorização de chamar a atenção do fórum, que a classificação picareta não faz a devida justiça em classificar este pessoal, os quais promoveram uma operação criminosa contra os acionistas minoritários na entrada dos mesmos no brasil(grupo francês171 dos plantadores de beterraba da frança) e agora, no mesmo gênero e gravidade, promovem uma operação para saírem do mercado pagando ~10% do que pagaram na sua entrada, quando enganaram, descaradamente, os acionistas minoritários da então rentável açúcar guaraní, passando a operar através dela toda sorte de esquemas, roubos e vigarices, principalmente com relação as avaliações dos ativos das suas operações na oceania e áfrica, completamente bichadas e deficitárias, as quais, logo após ao golpe que promoveram de incorporarem estes ativos na açúcar guaraní para constituírem a então pomposa terios internacional(vigarice global), deram baixa em mais da metade do valor atribuído aos mesmos, em um dos golpes mais inominados aos quais eu já tive a oportunidade de ter acompanhado nestes mais de 40 anos em que acompanho e participo do mercado de capitais brasileiro.
Deste modo, com a sua permissão, peço que altere o termo de gente picareta para gente vigarista, falcatrua e ordinária, pois no mínimo, é isto que são este grupo francês 171 de plantadores de beterrabas; 65,00 de 237,00 socorro, polícia..."
....
Mesmo entendendo a indignação de muitos, acho dificil essa OPA ser barrado na assembleia de acionistas, pois como já foi dito, os controladores teriam boa parte dos 25% do free float, em mãos de seus laranjas. E uma outra boa parte tb já estaria muito feliz com a oferta de 65,00 pois se a OPA der merida, haveria o risco da ação voltar aos 20 paus... Melhor, não, Juvenal!?!


Vejam o caso da Estrela:
"http://www.valor.com.br/empresas/4227982/grupo-de-acionistas-tenta-barrar-oferta-e-manter-estrela-na-bolsa"
Pela instrução 361 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa precisa da adesão de pelo menos dois terços dos detentores de ações em circulação para concluir a OPA, mas veja bem...

...Uma historinha para refletir
A mulher chega para o marido e diz:
- Não quero mais nada com você. Vamos nos divorciar.
Aí eu te pergunto: de que adianta o marido fazer as perguntas abaixo:
- Será que o juiz vai autorizar nossa separação?
- Mas se eu não quiser, posso continuar casado?
Não adianta nada, né?
Se o casamento é já dificil com casais que se amam, imagina quando não se querem mais, se não têm mais tesão/interesse um pelo outro?
Daí se o fim do relacionamento é inevitável, só te resta pegar o dinheiro que sobrou do divórcio e reaplicar em uma outra com fundamentos melhores (mais nova, com tesão a flor da pele, filha de pais ricos e principalmente com *&%$#@ maior).
Qualquer semelhança com fechamento de capital de uma S/A é mera coincidência.
Se os controladores decidiram fazer OPA é pq nao querem mais minoritarios
Se jah eh dificil em empresas q desejam minoritarios imagina nas q nao desejam?
Assim, vida que segue... se o estupro é inevitável, relaxa e goza. Epa! Ou seria OPA?
...
Pensando bem, um fechamento de capital se parece mais com um casamento que acaba com um estupro, para aqueles que resistirem ao fim da relação.
Afinal, a correlação de força é totalmente desproporcional entre o controlador e o mini-otario.
E aí, os que optarem por continuarem casado, irão ficar sendo tratados a pão e agua. esquecidos e amordaçados no fundo de uma gaveta do controlador, e que as vezes ainda irá lá só pra passar a mão na sua b-unda.
Mas como ainda existe ainda a tal de "mulheres de malandro", que gostam de levar p-orrada, essas nunca dirão "epa!" e sairão fora. Irão espernear no estupro do OPA, mas continuarão sofrendo sem gozar na mão do controlador, declarando com orgulho burro: "Morro teso mas não perco a pose". E seu caso, por acaso ?

Dez 07, 2015 16:02
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Outro caminho para o OPA:
O controlador ofertante pode pedir inversão do quórum estabelecido no inciso II do art. 16 da Instrução CVM 361, de forma que o cancelamento do registro esteja condicionado à não discordância de acionistas representantes de mais do que 1/3 das ações em circulação, conforme definidas no inciso III do art. 3º da Instrução CVM 361. Assim, bastaria que cerca de ¾ dos 12,36 (*) dos "Demais minoritários" aceitarem, para viabililizar o OPA com total sucesso

Dez 07, 2015 16:08
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Mais fechamento de capital:
Retorno encolhe antes de empresa sair da bolsa

http://www.valor.com.br/financas/3841770/retorno-encolhe-antes-de-empresa-sair-da-bolsa

As companhias abertas que pretendem fechar o capital em bolsa começam a se despedir dos acionistas antes de retirar suas ações do mercado e ampliam
as chances de conflitos de interesse com seus investidores.
Estudo da FGV/EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo) obtido com exclusividade pelo Valor mostra que, no ano anterior ao fechamento de
capital, as empresas que saem da bolsa já apresentam maior concentração de propriedade com controladores, oferecem menor retorno sobre ativos e
pagam menos dividendos.
Entre as hipóteses que explicam esse processo, o professor Richard Saito, um dos autores do estudo, diz que a empresa pode apresentar resultados piores
justamente para depreciar a ação e fechar o capital de uma maneira mais barata. Marco Tulio Padilha, que também assina o estudo, diz que a
tendência de investir menos fica clara. "O conflito entre o minoritário e o controlador aumenta nesse processo", diz Saito. Para investigar o fechamento
de capital, foram analisados os indicadores financeiros de 119 empresas que fecharam o capital voluntariamente entre 1999 e 2013.

Em média, no ano anterior ao fechamento os controladores possuem 66,5% do capital das empresas e, no ano do fechamento, essa participação sobe
para 71,9%, contra cerca de 48% nas empresas que permanecem na bolsa.
...
"Se o controlador já não tem intenção de se manter no mercado, é até favorável para ele ser malvisto pelo mercado, reduzindo o preço da sua ação e permitindo que ele recompre as ações por um preço menor", diz Veríssimo.

"Por que dar dinheiro para o minoritário se você pode usar esse mesmo recurso para lançar um programa de recompra de ações que vai facilitar seu futuro fechamento de capital?", questiona.
...
O-que-acontece-ao-acionista-quando-a-empresa-fecha-o-capital
http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/noticias/o-que-acontece-ao-acionista-quando-a-empresa-fecha-o-capital
De acordo com normas da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o preço justo, valor pelo qual as ações serão compradas pelo ofertante, deve ser definido por meio de um laudo de avaliação da companhia, que é feito por uma empresa com experiência comprovada na área.
O laudo que define o preço justo é feito com base em três critérios:
1) o preço médio de cotação das ações nos últimos 12 meses;
2) o valor econômico da companhia, calculado de acordo com indicadores como seu fluxo de caixa;
3) e o valor do patrimônio líquido por ação da companhia


Por que as empresas fecham o capital
O controlador pode considerar que as ações têm sido negociadas com um grande desconto e que é um bom momento para comprá-las por um preço baixo para aumentar sua participação na empresa. Em outros casos, a empresa pode querer fechar o capital porque existe algum projeto previsto que deve gerar bons resultados, e o controlador quer usufruir das sinergias sem precisar dividi-las com os minoritários.

Observar o nível de free float da empresa também pode ser uma boa estratégia para evitar prejuízos. O free float corresponde à parcela de ações da empresa que se encontra em circulação na Bolsa. "Quanto menor o free float, menos interesse o controlador terá em relação aos minoritários, já que eles terão um poder de barganha menor em um eventual fechamento de capital da empresa. Por isso é importante que os minoritários acompanhem o free float ao longo do tempo para observar o nível de concentração das ações", orienta o diretor técnico da Apogeo
...
A OPA para cancelamento de registro de companhia aberta
http://www.portaldoinvestidor.gov.br/menu/Menu_Investidor/ofertas/opas.html
Observe-se que a opção entre aderir ou não à OPA, bem como quanto a concordar ou não com o fechamento de capital, é exclusiva do acionista minoritário, não podendo o responsável pela realização da OPA obrigá-lo em qualquer caso. Assim, caso prefira, o acionista minoritário poderá continuar a integrar o capital social da companhia fechada. Não terá, porém, à sua disposição, um mercado onde as ações de emissão da companhia são negociadas, pelo que não terá assegurada a possibilidade de alienar estas ações a qualquer tempo, tal qual em uma companhia aberta.

Adicionalmente, é importante frisar que a Lei das S.A. permite que, caso remanesçam em circulação, após a realização da OPA, menos de 5% do total das ações emitidas pela companhia, a Assembleia Geral poderá deliberar o resgate destas ações detidas por acionistas minoritários. Por força do resgate, tais minoritários receberão o mesmo valor pago na OPA por suas ações, que serão retiradas definitivamente de circulação (art. 4º, §5º, da Lei das S.A.).

Pedido de revisão do Preço da Oferta

Na hipótese de um ou mais acionistas minoritários, titulares de pelo menos 10% (dez por cento) das Ações em Circulação não concordarem com o preço oferecido na OPA, tais acionistas poderão requerer a realização de Assembleia, exclusivamente de acionistas minoritários, para deliberar sobre a realização de nova avaliação.

É importante destacar que, caso o resultado da nova avaliação seja igual ou inferior ao preço por ação utilizado na OPA, os acionistas que tiverem tomado à iniciativa ou que votaram favoravelmente a requerer a realização da Assembleia deverão arcar com os custos incorridos pela companhia referentes à nova avaliação, que referem-se não somente aos custo do avaliador, mas também a publicações de convocação de assembleia, ata da assembleia, entre outros.

Se o resultado da nova avaliação for melhor que o preço utilizado na OPA, este novo valor prevalecerá, facultando-se ao ofertante desistir do processo de cancelamento de registro. [Aí que mora o perigo!!!]

A hora de dizer adeus
http://www.capitalaberto.com.br/edicoes/hora-de-dizer-adeus/#.VdHqTvlVjoZ

Vejam esse caso de questionamento de laudo de avaliação, destacado da materia do link:

"A Hedging-Griffo apontou inconsistências técnicas e jurídicas na incorporação. Dentre elas, a falta de justificativa para a utilização do critério de
valor econômico (fluxo de caixa descontado) para o cálculo da relação de troca das ações das empresas — um valor inferior ao que se chegava
pelo critério de patrimônio líquido marcado a preços de mercado (usado para efeitos de comparação e para definir o valor de recesso dos
minoritários, conforme requer o caput do artigo 264 e seu parágrafo 3º da Lei das S.As.). A corretora também reclamou da adoção de outro
método — o patrimônio líquido contábil — para o aumento de capital da incorporadora. A utilização de dois critérios distintos na mesma
operação seria uma tentativa de fraudar a lei. Além disso, questionou alguns pontos do laudo de avaliação das companhias.
Foram feitos três laudos, todos com resultados bem diferentes entre si e do valor defendido pela Hedging-Griffo. Apesar disso, a CVM
considerou que a companhia havia cumprido com as suas obrigações, já que a escolha dos critérios é uma decisão dos administradores e o
fluxo de caixa descontado é um critério previsto em lei e aceito pela CVM. A autarquia então indeferiu o pedido de interrupção do prazo de
convocação para a assembleia.
A Hedging-Griffo entrou com um pedido de reconsideração da decisão, mas a CVM o negou novamente por considerar legítimo o método
utilizado
. O relator Sergio Weguelin, no entanto, considerou que os laudos se baseiam em proposições “cuja fixação envolve alguma dose de subjetividade, de modo que é possível camuflar uma avaliação tendenciosa optando-se por premissas que, isoladamente consideradas, estão no limite extremo da legalidade, mas ainda dentro dela”
[Ou seja, mini-otario nunca tem vez...]

Dez 10, 2015 10:42
ALMIRANTE-X Forista VIP
Mensagens: 19858
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Abr 12, 2013 16:05
 
 
1 - O laudo de avaliação só ficará pronto na metade de 2016.
2 - Na assembleia do início de 2016 será votada a saída da empresa do NOVO MERCADO (será aprovado - perigoso)
3 - O valor de 65.00 certamente é sub avaliado - então a chance do controlador não bancar é grande se sair novo valor.
4 - O valor de 65.00 foi arguido pelo Banco Itaú - contratado que foi pelo controlador.
5 - Considerando que levará mais de 6 meses para uma conclusão - nesse momento paga 30% de prêmio. Mas uma aplicação em CDI rende 18%a.a. Por isso alguns preferem cair fora agora do que esperar.
6 - Um valor que valeria o risco para esperar seria na casa dos R$ 35.00 por ação - neste momento.

Dez 10, 2015 11:39
Rebordoza Forista Assíduo
Mensagens: 838
Re: Tereos - TERI3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 18, 2014 11:09
 
 
Se tiver algum fundamento a materia abaixo da Folha, a Tereos e demais usineiras substituirão a Petrobras em futuro próximo!?!
Presta atenção, se ele tiver com a razão a Petrobras acaba até 20150!?! Olho vivo que cavalo não desce escada nem refina petroleo...

http://m.folha.uol.com.br/colunas/ferna ... tml?mobile

Uma pá de cal no pré-sal
Afinal de contas, toda conversa em Paris se resume a uma questão: como e quando acabar com as emissões de gases de efeito estufa, ou como e quando acabar com a indústria do petróleo e do carvão.
Os gases de efeito estufa são cumulativos. Até hoje não existe nada que consiga trazê-los de volta a não ser o crescimento de árvores e os oceanos. Ou seja, uma vez na atmosfera lá ficarão para sempre.
Sim, entramos na era da desmontagem da indústria do petróleo e do carvão. O prazo para isso acontecer é bem apertado, 2050. Temos 35 anos para chegar a emissão zero, para passarmos por Cubatão descendo a Via Anchieta e vermos o mangue ocupando de novo a área onde um dia foi uma refinaria.Apenas emitir menos, como querem alguns, não resolve. Não há truque possível: 2/3 das reservas de petróleo terão que ser deixadas no solo. Catástrofes seria a outra opção.
Esta imagem de Cubatão sem fumaça, linda para uns, cai como uma bomba para os países e companhias produtoras de petróleo e não é difícil entendê-los. Eles ainda acreditam e lutam para que seu produto tenha mercado até o final do século. Lutam por uma sobrevida na COP21...
Aparentemente investimentos em petróleo a longo prazo já estão em cheque. Mesmo não sendo um especialista na área, vendo daqui dos corredores da COP 21 me parece que o sonho do pré-sal acabou.
Morreu. Vamos ser realistas: se já não venderam em outubro, depois desta COP e a cada ano ficará mais difícil fazê-lo. Claro que o baixo preço do barril afasta investidores, mas quero crer que o bom senso também tenha peso nesta decisão. Fichas demoram a cair mas parecem já estar caindo. Ainda bem.
Mas aí vem a pergunta: E a Petrobras como fica? Se forem sensatos eles já devem estar montando um time para planejar a data para desligar cada refinaria, tipo de coisa que funciona melhor se pensada com décadas de antecedência.
O Brasil tinha um excelente projeto de biocombustível em andamento, abortado quando o pré-sal foi confirmado em 2008. Talvez agora seja a hora de retomá-lo e a Petrobrás poderia fazê-lo. Uma nova vocação.
A rapaziada técnica da Petrobras é extremamente competente para fazer dar certo e assim o Brasil volta para a trilha da energia limpa que não deveria ter abandonado, alinhando-se com o mundo e não mais correndo na contramão.

AnteriorPróximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante