Bem-vindo: Jun 18, 2019 16:57

Mar 01, 2012 23:01
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
E a escalada continua, firme e ininterrupta. :P
Volume hoje foi bom, 1,4M. 8)

Mar 12, 2012 21:36
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Pena que o resultado financeiro altamente negativo por causa da valorização do dólar escondeu um pouco do espetacular ano da Heringer. 8)

Em vista disso, o EBITDA de 2011 foi de R$ 352,5 milhões :shock: , representando uma margem de 7,5%, enquanto em 2010
atingiu R$ 212,3 milhões com margem de 6,0%. No segmento de distribuição de fertilizantes, o EBITDA foi de R$ 372,1
milhões, representando uma margem de 7,9%.

http://www.mzweb.com.br/heringer/web/arquivos/Release_4T11.pdf

Obs. O valor de mercado da empresa é de 586M. :shock:

Ago 05, 2012 13:26
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
E continua, devagar e sempre. :P

Prestem atenção nesta ação. Com a quebra da safra americna, principalmente do milho (só a quebra representa 2/3 da produção brasileira), e a consequente alta nos preços dos grãos, isso aqui vai ficar muito interessante. Não se admirem se atingir o topo histórico no ano que vem. :roll:

Ago 05, 2012 14:51
StefanL Forista Assíduo
Mensagens: 572
StefanL
Registrado em:
Mar 15, 2012 21:02
 
 
Coloquei na minha agenda para ver os resultados do 2T2012 em 9 de agosto, nesta quinta-feira:
http://www.heringer.com.br/heringer/web ... &id=156448

Vou dar uma estudada no ativo pois a valorização nos ultimos 12 meses impressiona.
Realmente apesar das margens baixissimas e dívida considerável, o PSR esta muito atraente a 0,16

Na VEJA de hoje tem reportagem sobre a safra do milho nos EUA.

Ago 05, 2012 17:07
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Os resultados vêm no 3 e 4T. 8)

Ago 31, 2012 9:16
qqhum Forista Assíduo
Mensagens: 914
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 11, 2011 17:26
 
 
Com margens "gordas", BofA reitera compra para Fertilizantes Heringer

Analistas veem ações da companhia como bastante atrativas; gestores da empresa acreditam que ela não será afetada com greve em portos Por Lara Rizério |8h05 | 31-08-2012

http://www.infomoney.com.br/ultimas-not ... om/margens

Set 18, 2012 18:38
Day Truco Forista Assíduo
Mensagens: 141
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2012 11:05
 
 
Uma reportagem da Reuters UK me deixou bastante intrigado, e gostaria da opinião dos colegas no sentido de que forma esta notícia poderia impactar nas ações deste papel.

Segue reportagem traduzida e link original:

By Rod Nickel
Tue Sep 18, 2012 9:19pm BST

(Reuters) - Algumas das empresas maiores do mundo de fertilizantes estão apostando que o resultado da pior seca dos EUA em 56 anos irá impulsionar as vendas, pois os agricultores norte-americanos buscam lucrar com os preços elevados da colheita.
Chicago Board of Trade milho e futuros de soja atingiu todos os tempos preços elevados neste verão, como a seca reduziu as estimativas de colheita dos EUA para o menor em 6 e 9 anos, respectivamente.
Estes preços elevados podem levar para temporada de primavera do próximo plantio norte-americano, dependendo de como os sul-americanos saem culturas, entretanto, deixando os agricultores com um forte incentivo para maximizar a produção de culturas de rendimento, aplicando-impulsionando fertilizantes, segundo as empresas.
"Este é um grande momento para estar no negócio de fertilizantes da América do Norte", disse Stephen Wilson, executivo-chefe de Illinois baseado CF Industries Holdings Inc, o segundo maior produtor mundial de fertilizantes nitrogenados e também um grande produtor de fosfato, na terça-feira.
O nitrogênio, um nutriente essencial para cultivo de milho e de trigo, deve ser aplicada a cada ano, porque não é retido no solo, disse Wilson na Agricultura Scotiabank, fertilizantes e produtos químicos de conferência em Toronto, onde várias empresas de fertilizantes superiores discutido ramificações a seca dos EUA .
Potash tem mais poder de permanência do que o nitrogênio, no entanto, e menor produção de safra no Centro-Oeste este ano poderia deixar o suficiente do nutriente no solo colheita que os agricultores possam cercear em aplicativos para o próximo ano.
Saskatoon, Saskatchewan baseada Potash Corporation of Saskatchewan, o maior produtor de potássio global, espera que os agricultores norte-americanos não correrá o risco de perder uma chance de totalmente lucrar com os preços dos grãos elevados.
Em vez disso, eles podem tomar conhecimento de aplicações reduzidas dos EUA de cloreto de potássio sobre a última década em relação à quantidade que sai do solo através das culturas, disse Wayne Brownlee, diretor financeiro da Potash Corp
"Não há uma almofada grande lá para confiar. Nós não estamos vendo sinais particulares de cautela (dos agricultores)."
Os Estados Unidos, o maior produtor de milho e segundo maior produtor de soja este ano, é um consumidor chave de potássio, juntamente com a China, Índia e Brasil.
OAO Uralkali da Rússia, o segundo maior produtor de potássio pela capacidade, também espera que os preços elevados para motivar os agricultores, mas não é de afastar a possibilidade de que haverá potássio ampla deixado no chão.
"É difícil concluir se isso é verdade ou não", Chief Executive Vladislav Baumgertner disse na conferência. "Cientificamente, o que é possível, é claro."
Ao contrário de empresas de fertilizantes norte-americanos, Uralkali depende de vendas nos Estados Unidos por apenas 10 por cento de suas vendas totais.
CF Industries está esperando pela chuva para amolecer a terra seca o suficiente para permitir que os agricultores para aplicar facilmente nitrogênio amoniacal neste outono, disse Wilson. Mas ele vê os agricultores acabam chegando por aí.
"Se, por razões de tempo temos movimento um pouco menos na queda, vamos compensar isso com amônia ou produtos nitrogenados outros na primavera."
Mas a indústria analista David Asbridge, presidente do fertilizante NPK Advisory Services, disse que as empresas estão muito otimistas, porque os agricultores simplesmente não vai precisar adicionar nutrientes tanto a solo como em outros anos.
Ele espera que EUA o uso de culturas de potássio e fosfato para mergulhar por cento 5-7 em 2013, enquanto a demanda de nitrogênio facilita a 1 por cento.
"A teoria tradicional é o preço do milho alto significa mais área plantada de milho, o que significa mais demanda de fertilizantes, o que significa que os preços dos fertilizantes. Acho que este vai ser um ano em que vemos que a teoria é um tiro", disse Asbridge em uma entrevista.
O analista Robert Winslow, que cobre Potash Corp e Agrium Inc para a National Bank Financial, vê a seca como positivo para as empresas de fertilizantes para os próximos dois a três quartos, graças à alta dos preços dos grãos, estimulando a semeadura de uma área plantada de grãos robusta global.
Mas os preços recordes dos grãos provavelmente insustentável.
"O risco agora é para o lado negativo para as ações (adubo)", disse Winslow.
O que não pode ser esquecido é que a linha os agricultores dos EUA "de baixo continua atraente, com seguro de proteção muitos afetadas pela seca os produtores de grãos e preços altos aumentando a renda para os outros, disse Mike Wilson, diretor executivo da Agrium.
A empresa Calgary, Alberta baseada produz potássio, nitrogênio e fosfato, e também possui a maior rede de abastecimento agrícola dos EUA de varejo.
"O produtor está fazendo muito bem, o dinheiro-sábio", disse Wilson. "Quando o produtor está fazendo esse tipo de dinheiro ... você quer maximizar a produção e que, quando eles vêm até nós."

http://uk.reuters.com/article/2012/09/18/us-fertilizer-usa-drought-idUKBRE88H18Q20120918

Out 09, 2012 12:18
Day Truco Forista Assíduo
Mensagens: 141
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2012 11:05
 
 
Duas notícias que impactam neste papel.

Primeira:

Safra 2012/2013 deverá ser recorde, mostra previsão da Conab

Produção poderá ser até 10% maior em relação à safra passada

09 de outubro de 2012 | 9h 37

Venilson Ferreira e Daniela Amorim, da Agência Estado


BRASÍLIA - A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) em seu primeiro levantamento de intenção de plantio prevê recordes na área cultivada e na produção de grãos na safra 2012/13.

A previsão é de aumento entre 80,1 mil (+0,2%) a 1,36 milhão de hectares (+2,7%) na área plantada, estimada no intervalo entre 50,93 milhões e 52,21 milhões de hectares.

Segundo a Conab, a produção também deve alcançar recorde entre 177,68 milhões e 182,27 milhões de toneladas, o que corresponde a uma variação entre 11,96 milhões (+7,2%) e 16,55 milhões (+10%) de toneladas em relação à safra passada, que foi de 165,7 milhões de toneladas.

O levantamento de intenção de plantio da Conab foi realizado em campo por cerca de 50 técnicos, que percorreram as principais regiões produtoras do País entre 17 a 28 de setembro.

Projeção do IBGE

O Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de setembro projeta uma safra de 163,7 milhões de toneladas em 2012, com queda de 0,5% ante o levantamento de agosto, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Se confirmada, a safra será 2,2% superior à do ano passado, quando foi de 160,1 milhões de toneladas.

A revisão para baixo da estimativa para a safra deste ano na passagem de agosto para setembro foi causada por uma expectativa de colheita menor de soja, milho 1ª safra, sorgo e algodão em caroço.

A área de grãos a ser colhida em 2012 deve totalizar 49,2 milhões de hectares, um aumento de 1,1% em relação a 2011.

As três principais culturas - arroz, milho e soja -, que representam 91,1% do volume da produção de cereais, leguminosas e oleaginosas, respondem por 85,0% da área a ser colhida este ano. O resultado representa uma redução de 13,3% para a área colhida de arroz, mas houve aumento de 9,9% para o milho e de 3,4% para a soja.

A produção de milho deve crescer 28,5% este ano, enquanto a de arroz recuará 15% e a de soja terá queda de 12,8% na comparação com 2011.


http://economia.estadao.com.br/noticias/economia%20agronegocio,safra-20122013-devera-ser-recorde-mostra-previsao-da-conab-,129961,0.htm

Out 09, 2012 12:20
Day Truco Forista Assíduo
Mensagens: 141
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2012 11:05
 
 
Segunda notícia:


Negociações | 09/10/2012 08:59


Yara quer acordo em fertilizantes com Vale e Petrobras

A Yara, sediada em Oslo, quer se unir às duas maiores empresas brasileiras por meio da oferta de tecnologia e redes de distribuição para projetos no setor


Juan Pablo Spinetto, da


Yara também estuda fazer aquisições ou construir novos projetos no país, disse ele


Rio de Janeiro - A Yara International ASA, maior fabricante mundial de fertilizantes nitrogenados com ações negociadas em bolsa, está em busca de parcerias com a Vale SA e com a Petróleo Brasileiro SA para aumentar a produção no Brasil.

A Yara, sediada em Oslo, quer se unir às duas maiores empresas brasileiras por meio da oferta de tecnologia e redes de distribuição para projetos no setor de fertilizantes, disse Lair Hanzen, que comanda as operações no país, em entrevista ontem. A empresa também estuda fazer aquisições ou construir novos projetos no país, disse ele.

“Pode significar que teremos uma associação com eles em uma planta de produção”, disse Hanzen, 45, em entrevista por telefone de Oslo. “Eles poderiam ainda operar a planta e nós poderíamos garantir a absorção de todos os produtos, por exemplo, e colocá-los no mercado.”

Mineradoras, da Vale à Anglo American Plc, estão investindo US$ 18,9 bilhões em projetos de fertilizantes no Brasil nos próximos cinco anos. As empresas aproveitam o interesse do governo de reduzir a dependência local das importações desses produtos. O Brasil importa mais de 90 por cento de suas necessidades de potássio e 75 por cento do fertilizante nitrogenado, segundo dados da Associação Nacional para Difusão de Adubos.

“Empresas como a Yara, Petrobras e Vale estão sempre em conversas, mas isso não significa que agora seja o melhor momento”, disse Hanzen. “Continuamos trabalhando nisso para que, quando houver uma abertura, estejamos na liderança.”

A assessoria de imprensa da Vale no Rio não quis fazer comentários. A assessoria da imprensa da Petrobras não respondeu imediatamente ao pedido de comentário.


http://exame.abril.com.br/negocios/empresas/noticias/yara-quer-acordo-em-fertilizantes-com-vale-e-petrobras

Nov 06, 2012 11:47
Warwick Forista Assíduo
Mensagens: 341
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 19, 2011 19:41
 
 
Resultados saem dia 8. Vou esperar pra ver se entro ou não.

Nov 09, 2012 9:57
nope Forista Assíduo
Mensagens: 1447
nope
Registrado em:
Jan 21, 2011 15:50
 
 
Fertilizantes Heringer perde R$ 3,26 milhões no 3º trimestre

A Fertilizantes Heringer, uma das maiores empresas do setor no Brasil, registrou prejuízo de R$ 3,26 milhões no terceiro trimestre do ano ante um lucro líquido de R$ 9,83 milhões no mesmo período de 2011.

A companhia afirma que o terceiro trimestre foi prejudicado pela maior oferta de fertilizantes no mercado doméstico, o que reduziu os preços em reais dos produtos comercializados pela Heringer.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda) totalizou R$ 40,384 milhões, queda de 75% em relação ao terceiro trimestre de 2011.

A receita líquida somou R$ 1,629 bilhão no terceiro trimestre, aumento de 12,7% sobre o mesmo intervalo do ano passado.

O volume de entregas foi de 1,5 milhão de toneladas, aumento de 1,9% na mesma base de comparação.

:arrow: http://www.valor.com.br/empresas/289759 ... lhoes-no-3

Fev 04, 2013 20:16
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Com ajuste de expectativas, ação da Heringer já sobe 29% em dois meses
Papéis subiram forte desde sexta-feira, impulsionados pelo resgate antecipado de debêntures

Com a não confirmação do cenário ruim para a Fertilizantes Heringer, avalia Cordeiro, o resgate de debêntures impulsiona os papéis. Combinado a isso, estão as expectativas bastante fortes de que a companhia divulgará um volume recorde na venda de fertilizantes no quarto trimestre de 2012. "Desta forma, os papéis passam por um momento de ajuste de expectativas", avalia o analista.


http://www.infomoney.com.br/ultimas-noticias/noticia/2672766/com-ajuste-expectativas-acao-heringer-sobe-dois-meses

Nov 07, 2013 19:31
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Aleluia, desencantou. Melhor 3T da história da Heringer.

Destaques do período:
EBITDA de R$ 99,2 milhões no 3T13, 145,6% superior ao do 3T12, que foi de R$ 40,4 milhões;
Lucro líquido de R$ 22,5 milhões no 3T13 ante o prejuízo de R$ 3,2 milhões do 3T12.

Nov 17, 2013 19:08
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Hora de comprar.

- EBITDA de R$ 99,2 milhões no 3T13, 145,6% superior ao do 3T12, que foi de R$ 40,4 milhões e de R$
150,7 milhões nos 9M13, superior em 46,2% ao mesmo período de 2012, quando atingiu R$ 103,1
milhões;

- O lucro bruto cresceu 58,1% atingindo R$ 216,2 milhões no 3T13, contra R$ 136,7 milhões no 3T12. A margem bruta
foi de 12,2%, superior a do 3T12, de 8,4%.

- Lucro líquido de R$ 22,5 milhões no 3T13 ante o prejuízo de R$ 3,2 milhões do 3T12. Nos 9M13, o
resultado líquido foi negativo em R$ 53,2 milhões contra um resultado líquido negativo de R$ 50,2
milhões dos 9M12;

Os preços das matérias primas de fertilizantes mantiveram-se em queda durante o terceiro trimestre de 2013 em
função da maior oferta ocasionada pelo aumento da produção mundial.

A queda nos preços dos fertilizantes tende a melhorar a relação de troca fertilizantes vs. produtos agrícolas, pois eleva
a renda líquida do agricultor, o que proporciona o investimento nesses insumos para as próximas safras.

Nov 18, 2013 6:42
Palhares Forista Assíduo
Mensagens: 579
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Palhares
Registrado em:
Abr 14, 2011 12:25
 
 
Espero que volte logo à faixa dos R$ 14,00.

Nov 18, 2013 8:52
Catch22 Forista Assíduo
Mensagens: 983
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 05, 2012 18:52
 
 
Marcos escreveu:Hora de comprar.

- EBITDA de R$ 99,2 milhões no 3T13, 145,6% superior ao do 3T12, que foi de R$ 40,4 milhões e de R$
150,7 milhões nos 9M13, superior em 46,2% ao mesmo período de 2012, quando atingiu R$ 103,1
milhões;

- O lucro bruto cresceu 58,1% atingindo R$ 216,2 milhões no 3T13, contra R$ 136,7 milhões no 3T12. A margem bruta
foi de 12,2%, superior a do 3T12, de 8,4%.

- Lucro líquido de R$ 22,5 milhões no 3T13 ante o prejuízo de R$ 3,2 milhões do 3T12. Nos 9M13, o
resultado líquido foi negativo em R$ 53,2 milhões contra um resultado líquido negativo de R$ 50,2
milhões dos 9M12;

Os preços das matérias primas de fertilizantes mantiveram-se em queda durante o terceiro trimestre de 2013 em
função da maior oferta ocasionada pelo aumento da produção mundial.

A queda nos preços dos fertilizantes tende a melhorar a relação de troca fertilizantes vs. produtos agrícolas, pois eleva
a renda líquida do agricultor, o que proporciona o investimento nesses insumos para as próximas safras.


Realmente um resultado muito bom!

Entrou no radar...

Nov 18, 2013 9:50
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Obs. O prejuízo acumulado foi efeito da desvalorização cambial sobre a dívida em dólar.

Nov 18, 2013 10:04
StefanL Forista Assíduo
Mensagens: 572
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
StefanL
Registrado em:
Mar 15, 2012 21:02
 
 
Posicao pequena iniciada aqui...

Nov 18, 2013 10:46
Claudio66 Forista VIP
Mensagens: 2231
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 19, 2010 21:12
 
 
É preciso levar em consideração que o 3o trimestre é o melhor para o setor, que é altamente sazonal. (A venda de fertilizantes claramente depende do calendário de plantio.)

Também é preciso considerar que a empresa possui elevada dívida em moeda estrangeira. A dívida total está da ordem de 5xEBITDA, o que é muito alto. No longo prazo a empresa é aproximadamente neutra à variação cambial, pois sofre forte concorrência de produtos importados. (O Brasil importa cerca de 70% do consumo interno.) Ou seja, a dívida sobe com a taxa de câmbio, mas o resultado também. Porém, no curto prazo os resultados podem continuar sendo fortemente afetados pela variação cambial.

O resultado do 3T13 pode ter sido beneficiado por custos menores, com taxa de câmbio do 2T13 (boa parte dos custos está em moeda estrangeira), mas receitas maiores, com taxa de câmbio do 3T13. Isso pode não se repetir no 4T13.

Para aproveitar o impacto positivo da taxa de câmbio, acho melhor o setor têxtil (DOHL4 e CEDO4). Camo alternativa ao setor têxtil eu ficaria com ELEK4, do setor químico. O problema com essas opções é a liquidez.

Nov 18, 2013 11:21
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Re: Fertilizantes Heringer - FHER3
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
O 4T é, historicamente, mais forte que o 3T.

AnteriorPróximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante