Bem-vindo: Jun 24, 2017 6:40

Jun 23, 2011 15:23
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Brasil Brokers - BBRK3
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Mogli escreveu:
GST4 escreveu:11 razões para o preço dos imóveis seguir em alta.
http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/ ... ir-em-alta


Matéria muito positiva para o setor mas os ativos da Empresa estão só recuando. Com esta queda desta terça-feira o ativo perdeu força compradora. Não entendi porque essa recuada. Vc tem alguma informação sobre algum problema na Empresa?
Forte abraço.


Mogli, a queda não tem qualquer relação com o desempenho da Brasil Brokers. Pelo contrário. O mercado no mundo todo está em fase de TPM, mas isso passa. A BBRK3 continua uma ótima empresa, vendendo bastante, cada vez com melhores perspectivas.

Jun 23, 2011 16:49
Mogli Forista Assíduo
Mensagens: 1019
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 12, 2009 21:44
 
 
GST4 escreveu:
Mogli escreveu:
GST4 escreveu:11 razões para o preço dos imóveis seguir em alta.
http://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/ ... ir-em-alta


Matéria muito positiva para o setor mas os ativos da Empresa estão só recuando. Com esta queda desta terça-feira o ativo perdeu força compradora. Não entendi porque essa recuada. Vc tem alguma informação sobre algum problema na Empresa?
Forte abraço.


Mogli, a queda não tem qualquer relação com o desempenho da Brasil Brokers. Pelo contrário. O mercado no mundo todo está em fase de TPM, mas isso passa. A BBRK3 continua uma ótima empresa, vendendo bastante, cada vez com melhores perspectivas.


Ok GST4. Tb acredito na Empresa. Na verdade ela já meu deu bons lucros esse ano em 3 trades. Comprando na baixa e vendendo na alta. Estou posicionado novamente em 8,20 e assustou um pouco essa queda mas não vendo esse papel no prejuízo não. Esse papel é para postion sim, acredito nisso. Sds.

Jul 01, 2011 18:15
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Ações | 01/07/2011 14:59

Corretora de imóveis Brasil Brokers dribla pressão de custos do setor, diz banco. Bons fundamentos e expectativa de novas aquisições no curto prazo, a múltiplos atrativos, devem impulsionar os papéis da companhia, sinaliza HSBC

Brasil Brokers

Companhia deve abrir até 50 novas lojas no curto prazo. Há também 40 alvos de aquisição na mira da empresa

São Paulo – As ações da Brasil Brokers Participações (BBRK3), maior grupo de venda de imóveis do Brasil, devem se beneficiar no curto prazo diante das expectativas de que a companhia abra 50 novas lojas e realize mais aquisições a múltiplos atrativos: há 40 alvos potenciais na mira da empresa, avalia a equipe de pesquisa do HSBC.

Em relatório, os analistas Carlos Nunes, Débora Agonilha e Flávia Araújo destacaram os bons fundamentos da companhia e reiteraram a recomendação overweight (alocação acima da média do mercado). O preço-alvo em 12 meses também foi mantido em 12 reais, o que representa um “alto potencial” de valorização de 58,86% frente à cotação de 7,65 reais vista no fechamento do último pregão.

A ação está bastante atrativa em termos de múltiplos e avaliação, com elevado desconto em relação ao seu preço-alvo. Possíveis aquisições no curto prazo, a múltiplos atrativos, também são catalisadores importantes para o papel”, afirmam os analistas.

“Esperamos que a Brasil Brokers possa captar sinergias decorrentes da integração de suas aquisições até o final de 2011”, inclusive por meio da consolidação de diversas operações internas, trazendo diluição significativa às despesas com vendas, gerais e administrativas, destaca a equipe de pesquisa do HSBC.

Perfil

Formada por 23 empresas imobiliárias e com 977 pontos de vendas, a Brasil Brokers possui um catálogo de imóveis cujo preço varia entre 150 mil reais a 650 mil reais em sua maioria, com cerca de 80% dos negócios derivados do mercado primário. O HSBC aposta em um crescimento do mercado secundário ao longo dos próximos trimestres, “o que também é favorável à empresa”.

“A alta diversificação regional somada também à diluição de riscos entre as construtoras é parte da estratégia da empresa para se tornar menos dependente dos mercados mais competitivos”, opinam os analistas.

Corretoras de imóveis, assim como a Brasil Brokers, não têm sofrido com a pressão de custos que afeta a rentabilidade de construtoras e incorporadoras. Diante disso, a equipe de pesquisa do HSBC prevê que a companhia “continuará sendo beneficiada pela forte demanda de imóveis”.

http://exame.abril.com.br/mercados/noti ... -diz-banco

Jul 01, 2011 23:03
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
BBRK3 na carteira mensal do HSBC:

A HSBC Global Research mostra em seu relatório uma visão positiva com relação ao cenário interno e externo. Para a corretora, o recente recuo da inflação no Brasil e a aprovação de um pacote de austeridade fiscal pelo governo grego são fatores que contribuem para uma melhor percepção de risco dos mercados de curto prazo. Em relação ao mês de julho, a corretora optou por manter na carteira papeis da Ambev, Lojas Renner, Hering e Petrobras, trocou a VALE5 pela VALE3 e incluiu Brasil Brokers.

Empresa...........Código...Preço-alvo para dez. de 2011 (R$)
Ambev..............AMBV4......ND
Lojas Renner.......LREN3.......ND
Odontoprev.........ODPV3.......ND
Hering.............HGTX3.......ND
Brasil Brokers.....BBRK3.......ND
Petrobras..........PETR4.......ND
Vale...............VALE5.......ND

Jul 10, 2011 23:30
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Revista Valor Investe desse mês indica BBRK3, com preço-alvo de R$12. Mais de 60% de upside.
http://img39.imageshack.us/img39/6144/valorinvest2.jpg

Jul 11, 2011 0:07
Mogli Forista Assíduo
Mensagens: 1019
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 12, 2009 21:44
 
 
Boa noticia GST4!!!
Sds.

Jul 19, 2011 17:51
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Brasil Brokers tem recomendação COMPRA no BTG Pactual
Segundo relatório, as corretoras do ramo imobiliário brasileiro oferecem “exposição única ao atrativo mercado secundário, de casas já existentes”

O BTG Pactual disse que vê essas empresas como “formas mais seguras de investir no setor imobiliário” do que construtoras.

http://exame.abril.com.br/mercados/noti ... tg-pactual

Jul 26, 2011 21:44
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Fato Relevante

Rio de Janeiro, 26 de Julho de 2011 - A Brasil Brokers (BM&FBovespa: BBRK3), sociedade anônima aberta, com ações ordinárias negociadas no Novo Mercado da Bovespa sob o código BBRK3, em atendimento às disposições da Instrução CVM nº358/2002, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que, de acordo com sua estratégia de expansão geográfica através da aquisição de participações em empresas de intermediação imobiliária, adquiriu 55% (cinqüenta e cinco por cento) das quotas representativas do capital social da sociedade que realizará as operações de intermediação imobiliária da Home Hunters, empresa que desenvolve as atividades de consultoria e intermediação imobiliária na cidade de Campinas, estado de São Paulo.

O valor estimado da aquisição é de R$ 8,8 milhões, dos quais será pago um valor inicial de R$ 3,1 milhões e o saldo restante em três parcelas anuais variáveis, calculadas com base em uma estrutura de earn-out, em função dos futuros resultados alcançados.

Ago 09, 2011 10:57
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Mais um FR. Mais uma aquisição.

Fato Relevante

Rio de Janeiro, 08 de Agosto de 2011 - A Brasil Brokers (BM&FBovespa: BBRK3), uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação e consultoria imobiliária, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que, de acordo com sua estratégia de expansão geográfica através da aquisição de participações em empresas de intermediação imobiliária, adquiriu 75% (setenta e cinco por cento) das quotas representativas do capital social da sociedade que realizará as operações de intermediação imobiliária da Vera Bernardes Assessoria Imobiliária, empresa que desenvolve as atividades de consultoria e intermediação imobiliária na cidade de Porto Alegre.

O valor estimado dos 75% adquiridos é de R$ 11,5 milhões, dos quais será pago um valor inicial de R$ 4,6 milhões e o saldo restante em três parcelas anuais variáveis, calculadas com base em uma estrutura de earn-out, em função dos resultados futuros alcançados.

Ago 09, 2011 20:42
Mogli Forista Assíduo
Mensagens: 1019
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 12, 2009 21:44
 
 
Boa GST4, agora vamos ver se o mercado dá uma trégua no pânico para os nossos papéis recuperarem o que eles realmente valem!
Sds.

Ago 10, 2011 12:00
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Ibovespa. O gráfico de longuíssimo prazo conforta os desesperados
e diz que essa é a hora de COMPRAR:
http://images.infomoney.com.br/Thiago/20110810_1.GIF

Ago 12, 2011 0:52
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Brasil Brokers anúncia a compra de três imobiliárias

A Brasil Brokers, maior grupo de vendas de imóveis da América Latina, fechou ontem a compra de 60% do capital da imobiliária M. Garzon Eugenio, com sede em Brasília e também atuante nas cidades de Campo Grande, Cuiabá e Goiania. O negócio foi estimado em R$ 35,7 milhões. Inicialmente, a companhia vai pagar R$ 12,5 milhões. O restante será dividido em três parcelas anuais calculadas a partir dos resultados futuros da empresa.

Júlio Pinã, diretor de Negócios da Brasil Brokers, explica que a aquisição faz parte da estratégia de crescimento da companhia. "Atuamos no Distrito Federal e em 15 estados. Brasília está entre os três principais mercados do país e queremos assumir a liderança na capital já no primeiro ano de operação da nova parceria", destacou. Estimativas da Área de Inteligência Competitiva da empresa mostram que o mercado do DF movimentou R$ 11,7 bilhões em 2010.

A compra do controle da Mgarzon foi a terceira operação de aquisição da Brasil Brokers em menos de um mês. Em 26 de julho, a empresa anunciou a compra de 55% da imobiliária Home Hunters, que atua em Campinas (SP), por R$ 8,8 milhões. Na segunda-feira, adquiriu 75% da empresa de consultoria e intermediação Vera Bernardes Assessoria Imobiliária, de Porto Alegre (RS), por R$ 11,5 milhões.

O diretor vice-presidente da MGarzon Eugenio, Arnaldo Frattini, disse que o negócio atende também ao projeto de consolidação e expansão da imobiliária brasiliense no Centro-Oeste, onde possui seis lojas próprias. Até julho deste ano, a empresa comercializou cerca de R$ 372 milhões em lançamentos. "Precisamos entender o que está ocorrendo nos mercados no mundo. Neste momento de crise, é muito saudável para qualquer empresa participar de um grupo que dá respaldo para atravessar a tormenta", explicou. Piña não acredita que as turbulências internacionais prejudiquem o setor. "A crise pode até diminuir o ritmo de crescimento da economia, mas o efeito prático não será tão significativo", ressaltou.(CorreioBraziliense)

http://gestor-imobiliario.blogspot.com/ ... -tres.html

Ago 15, 2011 23:06
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Bons resultados 2T 2011

Destaques do Período
A receita líquida cresceu 17% no 2T11 quando comparado ao 2T10;
O total de unidades vendidas no trimestre foi de 19.383, representando um crescimento de 7% com relação ao 2T10;
As vendas contratadas no 2T11 cresceram 20% em relação ao 2T10 alcançando R$5,0 bilhões;
O VGV Lançado no 2T11 cresceu 72% em relação ao 2T10, enquanto as unidades lançadas cresceram 49%;
O lucro líquido do 2T11 foi de R$ 31,7 milhões, representando um crescimento de 44% com relação ao 2T10, um incremento de 6pp na margem líquida, que aumentou de 26% para 32%;
O EBITDA do 2T11 foi de R$ 41,5 milhões, representando um crescimento de 20% com relação ao 2T10, um incremento de 2pps na margem EBITDA, que aumentou de 40% para 42%.

http://www.mzweb.com.br/brbrokers/web/a ... 1_port.pdf

Ago 16, 2011 15:46
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Sócios, vejam os highlights da conference realizada hoje:

- A empresa está muito otimista com as vendas do 2º semestre de 2011;
- Abrimos 8 novas lojas próprias no 1º semestre 2011;
- Expectativa de abertura de até outras 12 lojas no 2º semestre de 2011;
- Já foram gerados r$270 milhões de financiamento imobiliário até julho de 2011 (a Brasil Brokers fica com 4,5% do valor total financiado como forma de comissão). Melhor notícia da conference;
- Todas as aquisições vão entrar nos resultados a partir de setembro (1º mês de 3ºT11);
- Estamos em negociação com outras 05 imobliárias (segunda melhor notícia da conference);
- VGV lançado de 9,5 bilhões tem efeito extremamente positivo para o próximo tri. Recorde.

(colaboração: Gracco)

Ago 18, 2011 12:01
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
16/08/2011 - 20:08

Brasil Brokers lucra e acredita em semestre mais forte

A Brasil Brokers, grupo de intermediação e consultoria imobiliária, registrou lucro líquido de R$ 31,7 milhões no segundo trimestre deste ano, crescimento de 44% em relação ao mesmo período de 2010. A margem líquida do período analisado subiu de 26% para 32% na mesma base de comparação. "Acreditamos que teremos um segundo semestre forte, tanto em termos de novos lançamentos como de também em vendas contratadas", disse o diretor presidente da Brasil Brokers, Sergio Freire.

O Ebitda do segundo trimestre do ano foi de R$ 41,5 milhões, incremento de 20% em relação ao segundo trimestre. A receita líquida aumentou 17%, passando de R$ 85,2 milhões para R$ 99,9 milhões. No período, o Grupo Brasil Brokers alcançou um VGV lançado da ordem de R$ 9,4 bilhões, o que totaliza um aumento de 72% em relação ao mesmo período do ano anterior. Neste trimestre a companhia lançou 33.284 unidades, representando um crescimento de 49% em relação ao segundo trimestre de 2010.

As vendas contratadas totais tiveram crescimento de 20%, alcançando R$ 5 bilhões. As unidades contratadas passaram de 18.080 (segundo trimestre de 2010) para 19.383 no período analisado este ano, caracterizando aumento de 7%.

O mercado primário (de lançamentos), cresceu 23% nas vendas contratadas. No mercado secundário (de imóveis prontos), as vendas contratadas alcançaram a quantia de R$ 698 milhões, totalizando 2.228 unidades vendidas, crescimento de 20% nas vendas frente ao segundo trimestre de 2010.

Outro ponto positivo, de acordo com a companhia, foi o aumento na força de venda, que passou de 11.293 corretores para 15.014 profissionais na comparação entre o segundo trimestre de 2010 e o de 2011, aumento de 33%.

"Iniciando nosso processo de expansão por meio de aquisições, anunciamos recentemente a aquisição de três novas companhias e estamos em processo de negociação com outras cinco", disse Freire.

Ainda segundo o diretor-presidente, sobre o acordo de originação de financiamento com o HSBC foi aprovado, entre março e julho, aproximadamente R$ 280 milhões, dos quais já foram aprovados R$ 147,7 milhões em financiamentos imobiliários, com R$ 24,8 milhões já faturados", pela companhia e suas subsidiárias.

O número total de contratos de financiamento faturados no período é de 132, que corresponde a um valor médio de financiamento de R$188 mil. O valor do financiamento relativo ao valor total do imóvel vendido ("loan-to-value") nesse período foi de 60%. "Nos resultados iniciais de julho, podemos concluir que o mercado continua saudável, com uma maior seletividade nos imóveis por parte dos compradores", observou Freire.

Ago 26, 2011 22:22
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Flamengo anuncia Brasil Brokers como novo patrocinador para 2011.
Agora, é só gol por cobertura.


O Conselho Administrativo do Flamengo aprovou na noite desta sexta-feira a venda do ombro da camisa para a Brasil Brokers, grupo de vendas de imóveis na América Latina, no valor de R$ 1,8 milhão.

O contrato terá duração até 31 de dezembro deste ano e a logomarca já estará exposta no clássico contra o Vasco, neste domingo, às 16h, no Engenhão.

O outro patrocínio discutido com a Mobil, empresa multinacional de petróleo e gás dos Estados Unidos, para o calção ainda não foi encaminhado aos Conselhos Fiscal e Deliberativo. Um imbróglio judicial com a empresa que envolve uma dívida superior a R$ 15 milhões emperra um possível acordo.

Mesmo antes de acontecer a aprovação dos contratos com a Mobil e a Brasil Brokers, o clube já recebeu cerca de R$ 6 milhões da Procter & Gamble, dona das marcas Gillette e Duracell, outros R$ 9 milhões do Banco BMG pelo espaço ocupado na manga da camisa e mais R$ 2 milhões da TIM, que estampa a sua logomarca dentro do número.

Ago 26, 2011 22:23
Mogli Forista Assíduo
Mensagens: 1019
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 12, 2009 21:44
 
 
Valeu GST4 pelas ultimas informações.
Estamos juntos!
Sds.

Ago 29, 2011 10:53
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Fato Relevante

Rio de Janeiro, 29 de Agosto de 2011 - A Brasil Brokers (BM&FBovespa: BBRK3), uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação e consultoria imobiliária, em atendimento às disposições da Instrução CVM nº 358/2002 e consoante aos Fatos Relevantes divulgados em 5 de agosto de 2008 e em 27 de agosto de 2008, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral o que se segue:

1. Em 5 de agosto de 2008, a Companhia e a Abyara Planejamento Imobiliário S.A sociedade anônima aberta com ações negociadas no Novo Mercado da BOVESPA sob o código ABYA3 e Abyara - Assessoria, Consultoria e Intermediação Imobiliária Ltda. (em conjunto, “Abyara”), celebraram Contrato de Investimento pelo qual a Brasil Brokers adquiriu, por meio de subscrição e compra de ações, o controle acionário da Abyara Brokers Intermediação Imobiliária S.A. (“Abyara Brokers”), pessoa jurídica constituída para congregar as atividades de intermediação imobiliária (corretagem), consultoria e/ou assessoria na compra e venda de bens imóveis, até então desenvolvidas por controladas da Abyara.

2. Em 26 de agosto de 2008 a Companhia efetivou o investimento mencionado no item anterior, tendo subscrito aumento de capital no capital social da Abyara Brokers, e tendo celebrado instrumento denominado “Contrato de Opção de Compra e de Venda de Ações de Emissão da Abyara Brokers Intermediação Imobiliária S.A.” (“Contrato de Opção”), por meio do qual a Abyara outorgou à Companhia opção de compra da participação societária no capital social da Abyara Brokers, com datas de vencimento em um, dois e três anos a partir da data da assinatura do Contrato de Opção, e sendo o valor para o exercício das opções calculado em função do lucro líquido da Abyara Brokers e do múltiplo P/E da Companhia, observando-se ainda um limite em relação ao market cap da Companhia.

3. Em 26 de agosto de 2011 a Companhia exerceu a opção relativa à data de vencimento de 2011, adquirindo a totalidade das ações remanescentes da Abyara Brokers (“Ações da Opção”), representando 20,0% (vinte por cento) das ações de emissão da Abyara Brokers. Com a aquisição a Brasil Brokers passou a deter 100,0% (cem por cento) do capital social da Abyara Brokers.

4. O preço de exercício da opção em questão foi de R$ 1,00 (um real) pela totalidade das Ações da Opção.

Ago 30, 2011 22:49
GST4 Forista Assíduo
Mensagens: 1049
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 13, 2010 13:25
 
 
Sócios, boa notícia.
BBRK3 agulhou na compra. O que significa que nos próximos dias, a tendência de alta é claríssima. O volume de hoje foi 2,4x acima da média. Creio que passaremos dos R$8 logo, logo.

Set 06, 2011 16:25
contador499 Forista Assíduo
Mensagens: 1843
contador499
Registrado em:
Mai 10, 2010 12:16
 
 
Ibov a +2% e a BBRK3 no negativo ainda. Tinha que ta a uns 5% ja

AnteriorPróximo

Voltar para Mid Caps

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Bing [Bot] e 1 visitante

cron