Bem-vindo: Dez 11, 2018 9:02

Abr 30, 2009 19:29
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
GPC Participações - GPCP3 (5ª linha)
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Sugiro uma discussão, sensata, a respeito dos boatos sobre o aumento da proporção de biodiesel no diesel. Segundo estes boatos, passaríamos do B3 p/ o B4 em questão de dias e, já a partir de 2010 (não mais 2013), para o B5.

Eu acho que foi esse o motivo dos papéis da ECOD3 haver se mexido esta semana.

Mas, produzir biodiesel não dá lucro. Agora, e quem vende a matéria-prima para a produção do biodiesel???

Aí é que se enquadra a GPCP3, cuja grande maioria do faturamento é a venda de metanol usado nas reações de transesterificação dos óleos vegetais para a produção de biodiesel. Isso sim dá lucro. Vejam que o P/EBIT está em assombrosos 0,94 (o prejuízo no 4T se deve aos efeitos da variação cambial sobre a dívida).

A pergunta: será que essa empresa não será a grande beneficiada por este aumento da proporção de biodiesel no diesel??? :roll:

Além do mais, o p/VP está em 0,66 e a cotação não subiu muito com as últimas altas. Acho que é uma empresa que vale a pena avaliarmos.

Aguardo comentários (oportunos).

Mai 01, 2009 18:09
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Unidade Metanol

O produto fabricado é vendido a fabricantes de resinas (que usam o metanol para fazer formol), produtores de solventes, biodiesel, celulose, além de outros produtos químicos. O principal insumo do metanol produzido pela GPC Química é o gás natural, cujo fornecimento é realizado pela CEG e pela Petrobras.

A demanda de metanol no Brasil é crescente. Com seu amplo espectro de aplicações, seu crescimento acompanha o ritmo da produção industrial brasileira. Entre os mercados de aplicação do metanol, destaca-se o mercado de biodiesel. Para os próximos anos, com o aumento do volume de biodiesel no diesel, espera-se também um aumento significativo na demanda do metanol.


Unidade Resinas

A unidade Resinas e Vernizes da GPC Química possui três plantas industriais: Gravataí (RS), Araucária (PR) e Uberaba (MG), com capacidade total de produção de 350 mil toneladas por ano de resinas e de 250 mil toneladas por ano de formol.

As plantas produzem resinas para painéis de madeiras e vernizes, utilizados para tratamentos de pisos. O portfólio de produtos da empresa é amplo, atendendo às diversas necessidades dos seus mercados consumidores: são resinas para a indústria de aglomerados, compensados, MDF e OSB. Com investimentos relevantes em Pesquisa e Desenvolvimento, a GPC Química desenvolve resinas específicas para cada cliente, de acordo com suas necessidades.

A GPC Química é líder no mercado de tratamento de pisos de madeira através da marca Synteko, que é considerada sinônimo da categoria de produtos. A empresa produz diferentes tipos de vernizes, tanto à base de uréia-formol quanto à base água. O mercado de resinas para painéis de madeira vem crescendo de forma consistente nos últimos anos, em função da aceleração dos mercados de construção civil e imobiliário.

As unidades produtivas de resinas também produzem o formol que é utilizado na fabricação de alguns produtos. Dessa forma, a GPC Química pode ser considerada uma empresa integrada, fabricante do metanol, formol e resinas. Com três plantas produtivas, localizadas estrategicamente em regiões próximas aos seus clientes, a GPC Química oferece também importante vantagem logística.

Mai 01, 2009 18:13
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Investimentos

Wanderlei Passarella, diretor presidente da GPC Química, esteve em Curitiba na semana passada (dia 13). A empresa é a maior produtora de resinas, formol e metanol do país e tem uma de suas unidades em Araucária (PR). Durante o encontro com empresários do setor, o empresário apresentou o resultado da fusão de duas grandes empresas do setor químico nacional: a Synteko, maior fabricante de resinas termofixas e vernizes do país e a Prosint, maior produtora de metanol. A GPC Química surge como o braço químico do Grupo Peixoto de Castro, que atua em outros setores como siderurgia, finanças e imobiliário. Foram anunciados investimentos de mais de R$ 20 milhões para as três fábricas de resinas até 2010. Além da planta no Paraná, a empresa possui unidades em Gravataí (RS) e Uberaba (MG).

Obs. Esta notícia é o final do ano passado

Mai 02, 2009 21:39
Jean Marcel Forista Assíduo
Mensagens: 122
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 23, 2007 16:23
 
 
Faz todo sentido mesmo!

Esse tipo de efeito ocorreu com as distribuidoras de remedios genericos, que faturaram muito quando o governo começou com os incentivos e propagandas.

As empresas menores foram as que mais se beneficiaram com o aumento de demanda.

Mai 03, 2009 20:49
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Apesar das poucas opiniões que consegui aqui, dei uma boa avaliada no papel neste fim de semana e estou cada vez mais empolgado com ele. Não só pela questão do metanol, mas também porque os outros dois produtos da empresa são resinas e vernizes, ou seja, ligados ao setor imobiliário (é provável que a GPCP3 pegue uma carona com o setor imobiliário).
Vou tentar entrar na abertura do mercado.


PRODUTOS DA GPC QUÍMICA

Metanol
O metanol é utilizado em larga escala como solvente industrial, na indústria de plásticos, como solvente em reações de importância farmacológica, etc. A relação do metanol com os combustíveis é que ele é usado no processo de transesterificação da gordura, na produção do biodiesel. Também pode ser usado como combustível em algumas categorias de postos nos EUA.

O metanol fabricado é vendido a fabricantes de resinas (que usam o produto para fazer forno), produtores de softwares, biodiesel, celulose, além de outros produtos químicos. O principal insumo do metanol produzido pela GPC Química é o gás natural, cujo fornecimento é realizado pela CEG e pela Petrobras.


Vernizes
A GPC Química é a única empresa do Brasil que produz todos os tipos de vernizes para assoalho, com produtos à base de uréia-formol, poliuretano ou base água, com um portfólio de mais de 20 produtos. A Linha Synteko Tradicional foi a primeira a conquistar os consumidores. Protege e dá brilho a pisos de madeira, com grande economia.

Resinas
- Produtos para Aglomerados, MDP, MDF e OSB
Para a indústria de Aglomerados, MDP, MDF, e OSB, são desenvolvidas resinas de acordo com as necessidades específicas de cada cliente. Essas resinas, chamadas de "especialidades químicas", são produzidas a partir de estudos de fórmulas, testes e simulações, realizadas no laboratório da empresa. Sendo, ainda, validadas por suporte tecnológico de parceria internacional, pois a GPC Química firmou uma aliança tecnológica com a empresa européia Chimar_Hellas_S.A., que está revolucionando a performance de seus produtos e também dos produtos de seus clientes.

- Produtos para Compensados
Para a indústria de compensados, são desenvolvidas quatro tipos de resinas: Resinova, Resimed, Resiflex e Residur, especialidades diferenciadas quanto à emissão de formol e à aplicação.

Mai 04, 2009 5:07
Bugrão Forista Assíduo
Mensagens: 806
Re: GPCP3 - metanol - biodiesel
Avatar do usuário
Registrado em:
Jun 20, 2008 12:03
 
 
Marcos escreveu:Sugiro uma discussão, sensata, a respeito dos boatos sobre o aumento da proporção de biodiesel no diesel. Segundo estes boatos, passaríamos do B3 p/ o B4 em questão de dias e, já a partir de 2010 (não mais 2013), para o B5.

Eu acho que foi esse o motivo dos papéis da ECOD3 haver se mexido esta semana.

Mas, produzir biodiesel não dá lucro. Agora, e quem vende a matéria-prima para a produção do biodiesel???

Aí é que se enquadra a GPCP3, cuja grande maioria do faturamento é a venda de metanol usado nas reações de transesterificação dos óleos vegetais para a produção de biodiesel. Isso sim dá lucro. Vejam que o P/EBIT está em assombrosos 0,94 (o prejuízo no 4T se deve aos efeitos da variação cambial sobre a dívida).

A pergunta: será que essa empresa não será a grande beneficiada por este aumento da proporção de biodiesel no diesel??? :roll:

Além do mais, o p/VP está em 0,66 e a cotação não subiu muito com as últimas altas. Acho que é uma empresa que vale a pena avaliarmos.

Aguardo comentários (oportunos).




Beleza ai Marcos.


Vou dar uma analisada em GCPC3, pois é um ativo que eu não conhecia.

A propósito, como você chegou até ele?

Bugrão.

Mai 04, 2009 11:00
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Com estas últimas altas, eu realizei muita coisa e revirei os papéis atrás de ações que ainda não tivessem reagido e que teriam potencial para isso. Essa me parece uma opção que, pelas circunstâncias, pode gerar muitos ganhos.

Mai 06, 2009 18:28
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Entrei. Agora é só ter paciência. :roll:

Mai 08, 2009 23:13
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
+5,88%

Falei hoje com o RI e ele afirmou que os resultados do 1T serão bons, sem os efeitos da variação cambial e com grande redução de preço de sua principal matéria-prima, o gás natural para produção do metanol. Além disso, a alta do dólar contribuiu para a cotação do metanol no mercado internacional.

Mai 09, 2009 1:29
Gigio MG Forista Assíduo
Mensagens: 1103
Gigio MG
Registrado em:
Dez 12, 2008 10:37
 
 
Marcos escreveu:+5,88%

Falei hoje com o RI e ele afirmou que os resultados do 1T serão bons, sem os efeitos da variação cambial e com grande redução de preço de sua principal matéria-prima, o gás natural para produção do metanol. Além disso, a alta do dólar contribuiu para a cotação do metanol no mercado internacional.


Marcos, sempre acompanho seus posts...
Em algumas das "investidas", me dei bem, em outras me ferrei....
talvez seja pq o meu perfil seja diferente do seu, eu estou mais para o CP, e vc para o MP/LP...
Respeito bastante suas opinioes, mas, esta ação eu não conhecia, dei uma estudada nela e não vi nada de mais...
a não ser que eu não tenha pegado o "timing" do raciocinio....
somente o resultado do 1T acho, sinceramente, que não alavanca ela não....
espero estar errado, e bons negocios.

Mai 09, 2009 1:32
Gigio MG Forista Assíduo
Mensagens: 1103
Gigio MG
Registrado em:
Dez 12, 2008 10:37
 
 
Marcos escreveu:+5,88%

Falei hoje com o RI e ele afirmou que os resultados do 1T serão bons, sem os efeitos da variação cambial e com grande redução de preço de sua principal matéria-prima, o gás natural para produção do metanol. Além disso, a alta do dólar contribuiu para a cotação do metanol no mercado internacional.


Marcos, sempre acompanho seus posts...
Em algumas das "investidas", me dei bem, em outras me ferrei....
talvez seja pq o meu perfil seja diferente do seu, eu estou mais para o CP, e vc para o MP/LP...
Respeito bastante suas opinioes, mas, esta ação eu não conhecia, dei uma estudada nela e não vi nada de mais...
a não ser que eu não tenha pegado o "timing" do raciocinio....
somente o resultado do 1T acho, sinceramente, que não alavanca ela não....
espero estar errado, e bons negocios.

Mai 28, 2009 15:28
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
O mercado pode demorar um pouco, mas se tem fundamento, sempre chega a hora. Olha aí, parece que começu a subida. +15% E na minha opinião tem muuuuiiiito pela frente, principalmente pelo aumento do biodielel na mistura com o diesel e pelo pacote imobiliário.

Mai 28, 2009 15:31
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Fala Gigio! Em qual investida você se ferrou. Há meses que meus papéis estão apenas subindo. No máximo demoram algumas semanas para isso acontecer. Só se você entrou na Kepler, por exemplo, na hora errada.



Gigio MG escreveu:
Marcos escreveu:+5,88%

Falei hoje com o RI e ele afirmou que os resultados do 1T serão bons, sem os efeitos da variação cambial e com grande redução de preço de sua principal matéria-prima, o gás natural para produção do metanol. Além disso, a alta do dólar contribuiu para a cotação do metanol no mercado internacional.


Marcos, sempre acompanho seus posts...
Em algumas das "investidas", me dei bem, em outras me ferrei....
talvez seja pq o meu perfil seja diferente do seu, eu estou mais para o CP, e vc para o MP/LP...
Respeito bastante suas opinioes, mas, esta ação eu não conhecia, dei uma estudada nela e não vi nada de mais...
a não ser que eu não tenha pegado o "timing" do raciocinio....
somente o resultado do 1T acho, sinceramente, que não alavanca ela não....
espero estar errado, e bons negocios.

Mai 28, 2009 16:56
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
+21% :o

Mai 28, 2009 16:56
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Tem alguém comprando forte, porque acho que só hoje movimentou mais do que nas 2 ou 3 semanas que estou com esse papel.

Mai 29, 2009 13:07
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Já estamos passando dos 10% de novo. Falei que esta história do aumento do percentual de biodiesel iria alavancar este papel. :D

Mai 29, 2009 19:26
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Bom fechamento, +6,67% :D , principalmente se levarmos em conta a alta de 15% de ontem. Será que só eu que ganharei dinheiro com esse papel ou alguém mais entrou?

Mai 29, 2009 22:05
TUBARÃO MARTELO Forista Assíduo
Mensagens: 261
TUBARÃO MARTELO
Registrado em:
Mai 05, 2009 10:22
 
 
Marcos escreveu:Bom fechamento, +6,67% :D , principalmente se levarmos em conta a alta de 15% de ontem. Será que só eu que ganharei dinheiro com esse papel ou alguém mais entrou?

SÓ VI AGORA SEU FORUM. ESTOU DISPOSTO A PROCURAR EMPRESAS UE NÃO AGRIDAM O MEIO AMBIETNE E FIQUEI INTERESSADO. V UESTUDAR O PAPEL E VER SE AINDA DA PRA MIM ABRAÇO

Jun 04, 2009 20:39
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
E aí, entrou? Se sim, agora é ter um pouco de paciência e você vai ver.

Tubarão_Martelo escreveu:
Marcos escreveu:Bom fechamento, +6,67% :D , principalmente se levarmos em conta a alta de 15% de ontem. Será que só eu que ganharei dinheiro com esse papel ou alguém mais entrou?

SÓ VI AGORA SEU FORUM. ESTOU DISPOSTO A PROCURAR EMPRESAS UE NÃO AGRIDAM O MEIO AMBIETNE E FIQUEI INTERESSADO. V UESTUDAR O PAPEL E VER SE AINDA DA PRA MIM ABRAÇO

Jun 04, 2009 21:17
$oUL </> Forista Assíduo
Mensagens: 221
Avatar do usuário
Registrado em:
Abr 25, 2009 9:55
 
 
Marcos escreveu:E aí, entrou? Se sim, agora é ter um pouco de paciência e você vai ver.

Tubarão_Martelo escreveu:
Marcos escreveu:Bom fechamento, +6,67% :D , principalmente se levarmos em conta a alta de 15% de ontem. Será que só eu que ganharei dinheiro com esse papel ou alguém mais entrou?

SÓ VI AGORA SEU FORUM. ESTOU DISPOSTO A PROCURAR EMPRESAS UE NÃO AGRIDAM O MEIO AMBIETNE E FIQUEI INTERESSADO. V UESTUDAR O PAPEL E VER SE AINDA DA PRA MIM ABRAÇO


Parece que irá se formar a terceira onda!!!

Amanha pode ser uma entrada dependendo como abrir!

Próximo

Voltar para Small Caps & Micos

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante

cron