Bem-vindo: Jun 18, 2018 1:49

Fev 18, 2011 11:49
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Excelsior - BAUH3 / BAUH4
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Empresa de alimentos controlada pela Sadia, com valor de mercado de apenas R$ 12mi e, talvez, uma das únicas, nesse patamar, com Patrimônio Líquido positivo. Foram feitos investimentos para expansão das atividades, com vistas a consolidar expansão pelos estados do PR e SC (além de RS).

Hoje houve aumento do volume de negociação.

Fev 22, 2011 21:51
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Com a queda de hoje (6,25% no dia, 20% no ano), somado à queda de 30% no ano passado, temos uma rara oportunidade de comprar uma ação na bolsa de valores que, hoje, é negociada a preço muito próximo daquele do auge da crise de 2008, quando o IBOV estava em 30.000.
Se o segredo do investimento em ações é comprar na baixa e vender na alta, continuo a cada dia mais comprado nessa empresa. Acredito ser um dos poucos ativos com valor de mercado na faixa dos R$ 10mi que ainda não deu aquela "esticada" do tipo 500% em um ano. Podemos relembrar alguns "cases" históricos: DHB, HAGA, SCLO, AGEN11, RPMG, TELB, SANSUY, RECRUSUL, MINUPAR.

Aliás, a Minupar atua no mesmo mercado da Excelsior, subiu mais de 1000% num ano e hoje vale mais de 10x BAUH4, isso com Patrimônio negativo em algumas dezenas de milhões de reais.

BAUH4 é um ativo de risco, com baixa liquidez, mas continuo confiante como turnaround e por isso possuo aproximadamente 10% da minha carteira nessa posição. E ao preço de hoje continuo comprado.

Mar 18, 2011 10:19
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Algum analista técnico de plantão poderia me ajudar a entender o gráfico de BAUH4, qual seria um bom ponto de entrada, o que indica o gráfico etc. Grato.

Abr 26, 2011 17:37
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Alta de 69% no dia!

Abr 26, 2011 18:21
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Me desculpe Kersten, mas essa alta com volume de R$ 338,00 não significa absolutamente nada. Se foi você quem comprou 100 ações a 2 e pouco e conseguiu vender a 3 e pouco, mal deu para pagar as corretagens. :roll:

Abr 26, 2011 19:45
milionario30 Forista Assíduo
Mensagens: 150
milionario30
Registrado em:
Jul 14, 2010 0:52
 
 
Esse Karsten ta bem preso nesse papel e não tendo como sair ta querendo arrumar alguém para comprar!

Abr 26, 2011 19:50
Xuxa Forista VIP
Mensagens: 8827
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 24, 2008 22:04
 
 
Se o kersten tiver umas 10.000 para vender, é só avisar que compro todas a R$ 1,00.

É só me avisar.

É isso aí.

Abr 26, 2011 20:15
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Por óbvio que o volume foi insignificante e não quer dizer nada... só criei uma mensagem porque, querendo ou não querendo, o ativo voltou ao preço que tinha antes de um vendedor desovar quase 20.000 ações (levando o preço para casa dos R$ 2,00); como criei o tópico, me senti na obrigação de postar a mensagem, só isso.

Quanto a minha posição, fiquem tranquilos porque não é relevante, não estou querendo vendê-la; não preciso do dinheiro no médio prazo e, portanto, não irei vendê-las a R$ 1,00.

De todo o modo, encerro aqui minha participação nesse tópico, ante as críticas, descabidas, que me foram dirigidas.

Jul 15, 2011 11:54
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Parece que o mercado está acordando para o fato de que essa empresa pode ser uma das mais favorecidas com o acordo BRFOODS -CADE.

A marca da Excelsior é uma das mais fortes do sul do Brasil e a BRFOODS já afirmou que terá de fortalecer as marcas existentes para recuperar a fatia de mercado perdida pela venda das outras marcas.

Como a Excelsior não fez parte do acordo, acho que pode fazer sentido fortalecer a marca EXCELSIOR.

Ontem comprei mais a R$ 2,30, mas hoje parece que não vou conseguir...

Jul 17, 2011 10:22
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Órfãos” de Perdigão e Batavo terão de eleger outras marcas

Para aprovar o negócio que deu origem à Brasil Foods, o Cade obrigou a empresa a retirar do mercado alguns campeões de vendas

Publicado em 17/07/2011 | Gazeta do Povo - Paraná


A aprovação com restrições da fusão entre Perdigão e Sadia forçará uma porção de consumidores a mudar seus hábitos de consumo. Clientes fiéis de determinadas marcas, eles terão de lidar com o sumiço do presunto Perdigão, da pizza Batavo e de uma série de outros produtos das prateleiras dos supermercados.

Já há quem pense em começar a fazer estoque do seu produto. Mas, ao menos por enquanto, não há razões para preencher desesperadamente a despensa e a geladeira com os produtos marcados para sumir. A BRF - Brasil Foods, empresa resultante da fusão, informa que as restrições determinadas pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) serão colocadas em prática somente no ano que vem.

Saiba mais
Veja alista de produtos que não estarão mais disponíveis após a venda dos ativos
Chocomilk está entre os “sobreviventes”
BRF surgiu depois que Sadia teve maior prejuízo da história
As imposições do Cade envolvem a venda de algumas marcas e a suspensão de alguns produtos (veja quadro nesta página). De acordo com a BRF, os produtos só sumirão das prateleiras depois da venda de marcas e ativos como fábricas e centros de distribuição, que juntos representam uma capacidade de produção de 730 mil toneladas.

Desconhecidas por grande parte dos consumidores, as medidas já pegam de surpresa muita gente nos supermercados. Na última quinta-feira, a terapeuta ocupacional Camila Facchiano ficou surpresa ao saber que sua lasanha predileta, da Batavo, sumirá do mercado por pelo menos quatro anos. “Nossa, por quê? É a marca de que eu mais gostava. Tem o melhor custo-benefício, é a mais gostosa e barata. Vou ter de encontrar outra, mas não vai ser tão boa”, lamentou.

O acordo fechado com o Cade prevê que a marca Batavo fique restrita apenas a produtos lácteos, não atuando mais em alimentos processados e carnes. Um alento para quem é apaixonado pela bebida láctea Chocomilk, mas uma notícia ruim para quem gostava de outros produtos da marca – caso da secretária Lídia Banachek, que carregava duas pizzas congeladas da Batavo em seu cesto de compras. “Será por isso que não tem mais pizzas da Batavo nos frezeers? Já estão começando a fazer estoque? Se outra marca comprasse a Batavo, eu experimentaria, mas só voltaria a comprar se fosse igual à de hoje. Na hora de escolher presunto e pizza, sempre busco a marca mais famosa e depois a que vem em segundo lugar”, explica.

O comerciante Jorge Luiz Espena reclama que, com a retirada de algumas marcas, o consumidor terá menos alternativas, inclusive de preço, na hora de fazer as compras. “No geral, as marcas de presunto são muito parecidas, e por isso acabo optando pelo melhor preço. Por isso, prefiro o presunto com capa da Sadia e o sem capa da Perdigão. Mas agora terei menos opções, né? Vou acabar levando o que tiver”, diz.
Mas, para o policial civil Francisco Rocha, os produtos não são todos iguais. Enquanto escolhia presunto, ele disse preferir o da Sadia ao da Perdigão. “Mas pizza e a lasanha, eu prefiro Perdigão; as da Sadia ficam muito moles”, conta. “Quando não tiver mais pizza Perdigão, eles [a Brasil Foods] vão perder um cliente, porque já experimentei algumas outras marcas e não gostei. Vou acabar pedindo para o disk-pizza, porque aí terei certeza de que vai ser gostosa, mesmo pagando mais.”

A solução, diz a empregada doméstica Ivanir Martins da Silva Santos, é se adaptar. “Sempre procuro presunto da Batavo ou da Perdigão. É uma pena [a retirada das marcas], porque já estamos acostumados. Mas sabendo que não vai mais ter, vou ter de procurar outra marca. Fazer o quê, né?”

Jul 21, 2011 11:51
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Ativo em leilão com alta de 10%!!


Economia
Sadia deve firmar venda da Excelsior até março de 2012
Por Equipe AE

São Paulo - A Excelsior Alimentos informou em fato relevante que a Sadia irá vendê-la e deverá apresentar ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), até 13 de março de 2012, documento vinculativo da venda da Excelsior, que será celebrado com o futuro comprador da companhia. A obrigação está prevista no Termo de Compromisso e Desempenho (TCD) firmado em 13/07/2011, com o Cade, que aprovou a fusão de Sadia e Perdigão, resultante na BRF - Brasil Foods S.A..

Segundo o acordo, a Excelsior é uma das empresas que deve ser vendida pela BRF. No comunicado, a Excelsior diz que a Sadia deverá promover a alienação integral da participação detida, direta ou indiretamente, no capital social da Excelsior Alimentos com a consequente transferência para o futuro comprador de todo o patrimônio tangível e intangível.

Jul 21, 2011 12:15
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Deve abrir em 25% de alta!! E com volume!!!

Jul 21, 2011 14:52
Neto-rs Estreante
Mensagens: 3
Neto-rs
Registrado em:
Jul 12, 2011 13:25
 
 
Eu acredito que esse papel vai ser bom também!!!

Tentando comprar!!!

Ago 03, 2011 8:20
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Confira a nota:

Assunto: Venda Excelsior Alimentos S.A.

Em virtude da fusão entre Sadia S.A. e BRF (Brasil Foods S.A.), o CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) determinou que estas empresas se desfizessem de um conjunto de ativos com atuação do Mercado Interno para evitar a concentração de mercado em alguns segmentos específicos, sendo que as condições desta definição estão firmadas entre as partes no TCD (Termo de Compromisso de Desempenho) de 13/07/11.

Um conjunto de quarenta ativos (dez fábricas de alimentos processados, dois abatedouros de suínos, dois abatedouros de aves, quatro fábricas de ração, doze granjas de matrizes de frango, dois incubatórios de aves, oito centros de distribuição) e outras doze marcas no Mercado Interno pertencentes à Sadia e BRF será alienado (vendido) obrigatoriamente a um único grupo econômico, conforme estabelecido pelo TCD, o que irá ocorrer somente a partir de 2012.

A escolha em vender a Excelsior Alimentos S.A., em conjunto como os outros ativos, deu-se em virtude da participação de mercado que estes detém em determinados segmentos. Fazem parte dos ativos definidos três Unidades Fabris localizadas no RS: Santa Cruz do Sul, Três Passos e Bom Retiro do Sul.

Com a decisão serão mantidas normalmente as operações da Excelsior, sendo a Fábrica de Santa Cruz do Sul, operação logística em Esteio (RS), bem como os serviços de distribuição de nossos produtos nos do RS, SC e PR. Ainda ressaltamos que manteremos todos os postos de trabalho, bem como as contratações previstas para 2011, além dos investimentos e projetos de aperfeiçoamento e inovação que estão sendo realizados.

A Excelsior compromete-se também a manter a qualidade dos produtos oferecidos pela empresa aos seus consumidores, bem como o fornecimento regular aos pontos de venda.


Santa Cruz do Sul, 28 de Julho de 2011.

João Pereira Filho
Diretor-Presidente

Ago 18, 2011 9:22
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Neto-rs escreveu:Eu acredito que esse papel vai ser bom também!!!

Tentando comprar!!!



Neto, continua no papel??

Vc viu os resultados do 2° tri?


Nome de Pregao EXCELSIOR (1)
Periodo 6M
Data de Encerramento 30/06/2011

Dados da Companhia
Patrimonio Liquido 3.094
Receita de Venda 32.084
Resutado Bruto 10.211
Resultado de Equivalencia Patrimonial 0
Resultado Financeiro (935)
Resultado Liquido das Operacoes Continuadas 1.123
Lucro (Prejuizo) do Periodo 1.123
Numero de Acoes, Ex-Tesouraria - (Unidade) 5.222.222


Vejam os destaques:

1) Aumento de 50% na receita líquida no 2° tri.
2) EBITDA de R$ 1,7 milhões apenas no 2° tri.
3) Lucro líquido de R$ 800 mil apenas no 2° tri.
4) ROE: 100% anualizado.

Ou seja, apenas no 2° tri a empresa bateu todos os resultados anuais anteriores

É TURN-AROUND NA VEIA!!

Ao que indica, a Marfrig deverá ser a nova dona da Empresa e a Sadia não vai vendê-la barato, sobretudo após esse novo patamar de rentabilidade!

Para um cálculo de 10x EBITDA, podemos pensar num valor próximo a R$ 11,50 por ação, o que dá um upside de 300%.


"Apontada como candidata natural à compra dos ativos da Brasil Foods colocados à venda por determinação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), a Marfrig Alimentos confirmou ontem que estuda o negócio, informa reportagem do jornal Folha de S. Paulo. "Estou pensando ainda. Não posso falar a posição da empresa, mas estudamos as unidades", disse Marcos Molina, presidente da Marfrig, dona da marca Seara.

Set 12, 2011 8:24
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Troca de ativos no exterior é opção para BRF

Por Alda do Amaral Rocha e Cesar Felício | De São Paulo e Buenos Aires

A BRF Brasil Foods poderá trocar ativos com outro grupo para cumprir as determinações do acordo fechado em julho com o Cade por causa da fusão entre Sadia e Perdigão, que resultou na nova companhia. "Podemos trocar ativos com qualquer empresa que tenha ativos fora do Brasil. Não posso trocar aqui dentro porque o Cade não iria deixar", explicou ao Valor o presidente da BRF, José Antônio do Prado Fay.

Uma troca de ativos nesses moldes se encaixa na estratégia de internacionalização da BRF. Segundo Fay, a empresa poderá repor, com aquisições fora do Brasil, o que perderá em receita com a venda de ativos e marcas. "São R$ 2,9 bilhões que sairão do faturamento no ano que vem".

Na Argentina, o crescimento exponencial da avicultura atrai a atenção de empresas brasileiras. A BRF estaria interessada na aquisição de uma companhia local ou em fazer uma sociedade com um grupo local.

Dez 08, 2011 13:07
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Excelsior agora é marfrig!!!!!!!
Vamos esperar a reação do papel!

Dez 08, 2011 13:14
Banzai10 Forista Assíduo
Mensagens: 154
Banzai10
Registrado em:
Nov 08, 2010 17:49
 
 
Kersten escreveu:Excelsior agora é marfrig!!!!!!!
Vamos esperar a reação do papel!


Os ativos não podiam ter sido vendidos para um pretendente pior.

Dez 08, 2011 18:04
Kersten Forista Assíduo
Mensagens: 604
Kersten
Registrado em:
Fev 10, 2011 9:26
 
 
Pó, nenhum negocio no dia em q houve mudança de seu controle!!
Acho que os trades não gostam de operar esse papel.
Sem volume vai ficar difícil uma alta substancial.
Engraçado porque todos os micos não tem os fundamentos da Excelsior e mesmo assim o volume e grande.
Acho q só um desdobramento para movimentar o papel.
Espero que o marfrig desdobre as acoes, feche o capital ou a incorpore a seara, pois aí o bicho vai pegar.

Dez 09, 2011 12:35
Marcos Forista VIP
Mensagens: 4193
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 27, 2007 10:12
 
 
Eu não consigo ver de que maneira essa troca de controle possa beneficiar a empresa a ponto de provocar um up nas ações. :?: Além do mais, há muito tempo se sabe que isso aconteceria.

Próximo

Voltar para Small Caps & Micos

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante