Bem-vindo: Jun 20, 2018 17:25

Mar 09, 2012 7:23
Davips Estreante
Mensagens: 39
Aprenda Análise Técnica
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 28, 2009 18:07
 
 
Obrigado Noer, vou procurar pelo livro "Evidence-Based Technical Analysis: Applying the Scientific Method and Statistical Inference to Trading Signals"
O título é bem interessante.

Não pretendo operar com o sistema, na verdade nem acredito que a acurácia atinja valores praticáveis.

Mar 09, 2012 7:25
Davips Estreante
Mensagens: 39
TH
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 28, 2009 18:07
 
 
Esses dias mesmo comprei COCE5 porque havia rompido o TH.
Imagino que vá seguir a lógica de CSMG3 que tb é empresa estável, rompeu o TH e foi pro céu.

Mar 09, 2012 12:46
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
GRÁFICO X NOTICIA

Bom dia, uma eterna briga, acompanhar noticias ou gráfico? Ser fundamentalista ou apenas grafista. Bom, como a aplicação em bolsa não é algo puramente matemático e nem muitas vezes racional, eu acredito que alinhar tudo isso em uma análise só vai trazer mais segurança e por conseqüência mais sucesso nos trades.

Imagem

O caso de hoje é as ondas de Elliot, este gráfico não está com a formação perfeita da figura que representa essas ondas, mas respeitam as regras. Veja bem, onda 1, depois onda de correção 2 onde o fundo desta onda não ultrapassa o fundo da onda 1, depois onda 3 (que na maioria das vezes é a maior), onda 4 de correção, que o fundo não passa do fundo deixado da onda 3 e última onda de alta do ciclo que é a onda 5. Depois vem as três ondas de correção A - B - C com as mesmas características. Logo depois tem a continuação dos ciclos. Outro dado importante, se analisarmos a base da onda 1 com o topo da onda 5, e colocarmos isso como a primeira onda, e se colocarmos o topo da onda 5 com a final da onda C, podemos formar a onda 2 de um ciclo muito maior. Gerando uma outra força de movimentos. E assim segue até isso ser quebrado! Quando? ninguém sabe e se soubesse te venderia CARO a informação.

Outro detalhe, veja que 1 - 2 - 3 é perfeitamente um PIVOT de alta, que poderia se o ponto de compra em uma tendência de alta, e que A - B - C formaram um PIVOT de baixa, que poderia ser o inicio de um trade de baixa (que seria stopado com perdas).

Aliado a isso tudo, temos a noticia publicada aqui no infomoney que Meirelles assumirá a presidência da J&F, controladora da JBS, e agora, comprar ou vender? Amigo, já está no preço, olha quanto o papel ja subiu desde o fundo - 233%. Ai vem as desculpas de quem está de fora ou a alegria de quem estava comprado, as noticias movimentam o mercado. Amigos, os grandes players já deixaram as marcas no mercado, volumes maiores, fortes movimentos altistas (deixando inclusive pivots de altas perfeitos)... Bom e agora fazer o que o gráfico manda ou esperar a noticia?

http://www.infomoney.com.br/jbsfriboi/noticia/2360312-meirelles+assumira+presidencia+controladora+jbs

Pra mim não importa, só importa ter uma estratégia fácil de executar, limpa e que não me deixe nenhuma dúvida principalmente no momento de STOPAR seja com ganho ou com perda.

Abraços,
Noer

Mar 12, 2012 13:16
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Re: TH
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Davips escreveu:Esses dias mesmo comprei COCE5 porque havia rompido o TH.
Imagino que vá seguir a lógica de CSMG3 que tb é empresa estável, rompeu o TH e foi pro céu.
Bom dia,

nesta mesma linha, temos a ELPL4 - GETI4 - LIGT3 - todas em tendência sempre muito claras, papéis fáceis de operar, a questão toda é você ter um ponto onde entrar e um ponto onde sair, caso o mercado venha contra você. Porque mesmo que o ativo tenha tendência clara de alta durante anos, isso é renda variável e a tendência pode mudar - RENTABILIDADE PASSADA NÃO GARANTE RENTABILIDADES FUTURAS - então sempre coloque um ponto de stop em suas operações, nem que seja para sair e tentar comprar a um preço mais baixo, ou em caso de indefinições, compre depois que rompe alguma resistência, mesmo pagando mais!!!

Abraços,
Noer

Mar 12, 2012 22:18
Simba Estreante
Mensagens: 7
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 08, 2011 11:41
 
 
Olá Noer

Meus parabéns pelo tópico! Tenho acompanhado bastante os posts e pretendo contribuir quando possível.

Passada essa parte introdutória de identificação de tendências, muitas pessoas pedem conselhos sobre indicadores de acompanhamento e osciladores. Eu gostaria de sugerir a você, antes disso, a identificação de pontos técnicos de saída (como vc tem feito) e estratégias de stop. Enfim, tratar essencialmente de manejo de risco.

Antes de se ganhar dinheiro na Bolsa é MUITO mais importante aprender a perder dinheiro nela.

Um abraço

Mar 13, 2012 10:38
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Simba escreveu:Olá Noer

Meus parabéns pelo tópico! Tenho acompanhado bastante os posts e pretendo contribuir quando possível.

Passada essa parte introdutória de identificação de tendências, muitas pessoas pedem conselhos sobre indicadores de acompanhamento e osciladores. Eu gostaria de sugerir a você, antes disso, a identificação de pontos técnicos de saída (como vc tem feito) e estratégias de stop. Enfim, tratar essencialmente de manejo de risco.

Antes de se ganhar dinheiro na Bolsa é MUITO mais importante aprender a perder dinheiro nela.

Um abraço


Bom dia,

perfeito Simba, eu acabo comentando sobre a ferramenta de stop mas realmente não coloquei nenhum exemplo claro sobre isso, eu vou preparar um material sobre isso e posto aqui assim que puder, vou tentar preparar hoje durante o horário de pregão!

Mas o stop realmente é o mais importante, e salientando o que você disse, acredito que antes de pensar em ganhar, é importante se conhecer e saber o quanto está disposto a perder!!! Porque ganhar, sempre é bom, nem que seja 0,1% - 0,5% - 1%, agora perder isso é sempre muito complicado.

Lembrando que:
- se perder 10% da sua carteira, você deve recuperar 11% para voltar ao que tinha
- se perder 25% da sua carteira, você deve recuperar 33% para voltar ao que tinha
- se perder 50% da sua carteira, você deve recuperar 100% para voltar a ter o que tinha
- se perder 80%, provavelmente vai para a mesma estratégia do poker, all-in, tudo ou nada... pois teria que recuperar 500% para voltar a ter o que tinha!!!

STOP - melhor ferramenta de proteção, aprenda a não perder para depois pensar em ganhar.

Abraços,
Noer

Mar 15, 2012 17:40
Simba Estreante
Mensagens: 7
Avatar do usuário
Registrado em:
Out 08, 2011 11:41
 
 
Fraj;la escreveu:
Simba escreveu:Olá Noer

Meus parabéns pelo tópico! Tenho acompanhado bastante os posts e pretendo contribuir quando possível.

Passada essa parte introdutória de identificação de tendências, muitas pessoas pedem conselhos sobre indicadores de acompanhamento e osciladores. Eu gostaria de sugerir a você, antes disso, a identificação de pontos técnicos de saída (como vc tem feito) e estratégias de stop. Enfim, tratar essencialmente de manejo de risco.

Antes de se ganhar dinheiro na Bolsa é MUITO mais importante aprender a perder dinheiro nela.

Um abraço
sobre stop, tem um bom tópico

STOP - Critérios de ajuste
http://forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?t=11291
#fikaadika
:)


Muito obrigado, Fraj;la. Sempre bom contar com a experiência da galera mais antiga. Vou dar uma boa lida no tópico.

Abr 10, 2012 14:56
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
E o mercado segue sangrando...

Engraçado como o fluxo de informações caem aqui quando o mercado desaba, será que pega todo mundo comprado e sem stop? Será que alguém stopou nos fundos perdidos? Será que alguém se alertou nos topos descendentes?

Criei o tópico justamente para surgirem perguntas e questionamentos do momento de mercado e PRINCIPALMENTE para os investidores conseguir montar uma estratégia para sair fora do mercado quando acontece isso!

Será que alguém entrou vendido em algum papel? será que alguém vendeu opções? será? será?

Por favor perguntem, e sinceramente, pode continuar sangrando... Afinal de contas quando alguém cansa de perder, ele VENDE a posição comprada e gera mais força vendedora... pensem nisso...

Abraços
Noer

Abr 11, 2012 10:26
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Fraj;la escreveu:as pessoas físicas quase sempre estão comprando e vendendo na hora errada...advinha quem comprou mais mês passado, e quem vendeu mais, pessoa física e estrangeiro, respectivamente, quase sempre estão na contra-mão, no começo do ano era o contrário, estrangeiro comprando e pessoa física vendendo, rsrsrsr, a maioria vai com a maré, e perdendo com ele, perdido no meio da manada, sem estratégia, sem manejo de risco, apenas jogando dados, tentando a sorte, vai que um dia acerta uma que compensa todas as perdas anteriores, rsrsrsr :lol:
abç


Pelo menos vai poder dizer que saiu da bolsa sem perder dinheiro!!!

Att,
Noer

Jun 03, 2012 15:16
CACTOSCURACAN Forista Assíduo
Mensagens: 183
Análise gráfica e a leitura de casca de jabotí
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 21, 2011 21:13
 
 
Análise gráfica e a leitura de casca de jabotí


Mapa da mina

A briga entre analistas fundamentalistas e grafistas é tão velha quanto a emergência de análise técnica como um campo independente de análise de ações. O problema é que o analista gráfico puro-sangue considera que é suficiente somente o gráfico do preço e do volume de uma ação para prever movimentos futuros no valor do papel.

Informações concentradas

Não pode existir nenhuma dúvida que a trajetória histórica de preços e volumes de uma ação, em forma gráfica, seja uma representação das decisões de investidores - e que essas, por sua vez, embutem todas as informações relevantes disponíveis a investidores sobre o papel. Quando tomarem suas decisões de investimento, no entanto, é claro que investidores dão pesos diferentes aos diversos fatores envolvidos no processo. Logicamente, se muitos investidores derem grande peso ao gráfico histórico da ação, isso terá uma influência forte sobre sua futura direção.

Amigo oculto

Neste sentido, até um certo ponto, quanto maior a importância dada ao gráfico histórico, quanto mais será a influência deste sobre seu próprio futuro. O inverso também seria a verdade. Mas este fenômeno só funciona "até um certo ponto" porque nenhum investidor age sozinho: se alguém vende, baseado num sinal grafista, tem que haver alguém comprando que não dê importância a este sinal.

Quem cedo madruga

A segunda dificuldade é que investidores não estão avaliando, por exemplo, as mudanças do clima; eles estão monitorando um processo no qual eles são o fator principal, e onde há um concorrência forte entre eles. Se um investidor reagir a um sinal positivo indicado no gráfico e efetuar uma compra, ele empurrará o preço da ação para cima, frustrando as oportunidades de outros investidores movidos à grafismo. Há, portanto uma constante tentativa, entre grafistas, de antecipar a tomada de uma decisão em relação à direção futura da ação.

Regras entram em colapso

Podemos ver então que no limite, quando todo mundo der o máximo de importância ao gráfico de um ação como indicador de movimentos futuros, e todo mundo, em conseqüência, tentar antecipar sua direção, as regras de análise mudariam com grande rapidez. De fato, elas provavelmente entrariam em colapso, na medida que investidores tentem reagir a indicadores intra-dia de duração cada vez mais curta.

Eficácia por descrédito

Nossa primeira conclusão, então, é que análise gráfica em estado puro pode até funcionar, mas depende para sua eficácia do seu descrédito ou desuso entre uma parte significativa dos investidores!

Imagem que vale mil números

E realmente não há como negar que, pelo menos em termos simplistas, análise gráfica funciona. Por exemplo quem não tem visto uma ação voltar a cair quando chegar a um pico anterior? Ou voltar a subir a partir de um mínimo anterior. Porque? Porque reflete certos pensamentos básicos humanos do tipo "aconteceu no passado será que não vai se repetir". E porque sinais gráficos são ignorados por muitos investidores por inatenção, ou por prioridades diferentes de prazo de retorno.

Freud explica

Formações gráficas mais complexas também podem ser interpretadas em termos da psicologia do investidor. A dificuldade é que às vezes o preço se comporta de acordo com as previsões da análise gráfica, as vezes não. Mais problemática ainda: na prática muitas formações têm múltiplas interpretações. Mas quem realmente vai dispensar uma visualização do comportamento do preço histórico antes de efetuar uma operação? No caso de operações de curtíssimo prazo isso é essencial.

Ondas misteriosas

É quando entramos no mundo de flutuações em volume e ondas de preço que as explicações ficam mais difíceis. (Aqui devemos lembrar que "volume" no Brasil, devido às distorções causadas por inflação no passado, normalmente é volume financeiro, não a quantidade de títulos negociados como nos EUA.) É impressionante como o volume possui um ciclo regular de curto prazo, e tem uma forte propensão de aumentar quando o movimento do preço está na mesma direção que a tendência "primária". E quantas vezes a terceira onda de alta no preço, postulada por Elliot, de fato se verifica.

Regras em mutação

Enquanto a ausência de uma massa crítica de praticantes deve estar contribuindo para a conservação das regras nestes casos, num caso mais conhecido no Brasil - da correspondência, num fase de baixa, de volumes mínimos com preços mínimos - parecem que as regras estão mudando, provavelmente devido a decisões intra-dia. Mesmo assim é um sinal importantíssimo em situações extremas porque indica quando o pânico dos vendedores finalmente está contrabalançado pelo reconhecimento que vendas adicionais são prejuízo na certa.

Obscuro objeto revelado

Por fim, no sentido que o gráfico de uma ação seja simplesmente, para o investidor, visualizar o objeto de seu desejo de uma outra perspectiva, não há como negar seu grande valor. Em nosso caso iríamos bem mais além: consideramos que a análise do gráfico de uma ação ajuda entender como as conclusões de análise fundamentalista podem se manifestar na prática.

Técnica pode ser letal

Devido às dificuldades de interpretação e à natureza escorregadia das regras, no entanto, acreditamos que análise gráfica, como uma técnica auto-suficiente, deve ser deixada para os profissionais (mesmo que os críticos da profissão sempre afirmem que nunca conheceram um grafista rico!). O perigo é uma pessoa supor que a posse de uma meia dúzia de regras substituam um conhecimento mais amplo do mundo de ações. Aí é melhor inspecionar as rachaduras na casca queimada do jaboti para obter orientação.

Jun 03, 2012 17:07
RnR Forista Assíduo
Mensagens: 796
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 17, 2008 11:13
 
 
Permitam-me participar do debate. São apenas minhas ideias:
CACTOSCURACAN escreveu:Eficácia por descrédito
Nossa primeira conclusão, então, é que análise gráfica em estado puro pode até funcionar, mas depende para sua eficácia do seu descrédito ou desuso entre uma parte significativa dos investidores!
Matematicamente, alguns consideram que o fato de muitos traders estarem usando o mesmo set up leva a divergências no resultado. Seria um ruído, pois quanto mais gente usa o mesmo método ele diminui sua eficácia.
A frase dita por mim acima assemelha-se muito à sua "Eficácia por descrédito". Um contra-argumento possível à "Eficácia por descrédito", porém, é que esta formulação trata o mercado de ações (ou qualquer outro organizado com cotações) como se fosse apartado do mundo real onde vivemos. Mundo no qual pessoas organizam-se com objetivos produtivos e de onde procuram obter lucros. Em outras palavras, onde há empresas transformando insumos em mercadorias e onde há consumidores. É baseado nesse mundo real que as cotações acontecem.
É impossível, portanto, que o mercado de qualquer coisa torne-se uma profecia autorrealizável pela influência da análise técnica.
As metodologias de análise (tanto técnica como fundamentalista) quando bem estudadas e aplicadas só tem a contribuir e tornar o mercado mais saudável exatamente porque trazem alguma racionalidade.
Se nem todos concordam em qual é o preço justo de algo (de empresas, de commodities, de títulos...), pelo menos fornecem métodos para debater o preço.
As bolhas se formam (das tulipas na Holanda, da Nasdaq mais recentemente, ou de crédito que é a atual) pela falta de critérios de análise. É o famoso efeito manada.
CACTOSCURACAN escreveu:Freud explica
Formações gráficas mais complexas também podem ser interpretadas em termos da psicologia do investidor. A dificuldade é que às vezes o preço se comporta de acordo com as previsões da análise gráfica, as vezes não. Mais problemática ainda: na prática muitas formações têm múltiplas interpretações. Mas quem realmente vai dispensar uma visualização do comportamento do preço histórico antes de efetuar uma operação? No caso de operações de curtíssimo prazo isso é essencial.
Bons usuários de análise gráfica e bons profissionais da área não devem usar o método como uma certeza. Muito pelo contrário, a análise deve ser uma racionalização para que se possa estabelecer parâmetros de risco. As referências psicológicas de Elliott sobre os momentos do mercado são muito interessantes e fazem todo o sentido.
Aliás, bons analistas trabalham com mais de uma hipótese e estão o tempo todo a mudar sua visão de acordo com o que o mercado realmente faz, ao invés de permanecerem iludidos em fantasias sobre os gráficos.
A premissa básica do grafismo é que o mercado oscila. Tome qualquer gráfico, de qualquer ação, de qualquer produto. Os preços oscilam. É uma constatação simples. A questão é o que fazer com ela.
CACTOSCURACAN escreveu:Técnica pode ser letal
Devido às dificuldades de interpretação e à natureza escorregadia das regras, no entanto, acreditamos que análise gráfica, como uma técnica auto-suficiente, deve ser deixada para os profissionais (mesmo que os críticos da profissão sempre afirmem que nunca conheceram um grafista rico!). O perigo é uma pessoa supor que a posse de uma meia dúzia de regras substituam um conhecimento mais amplo do mundo de ações. Aí é melhor inspecionar as rachaduras na casca queimada do jaboti para obter orientação.
Pode mesmo. Se as regras não fizerem sentido estatístico, gerando lucro, levam á perda de dinheiro do investidor.

Jun 04, 2012 23:12
Rufus Lenhador Forista Assíduo
Mensagens: 1170
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 14, 2012 12:16
 
 
Como posso visualizar o gráfico de mais de 2 anos de um ativo?
Todos os sites que conheço, incluindo minhas corretoras, só mostram de 2 anos pra cá.

Jun 05, 2012 17:52
CACTOSCURACAN Forista Assíduo
Mensagens: 183
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 21, 2011 21:13
 
 
Rufus Lenhador escreveu:Como posso visualizar o gráfico de mais de 2 anos de um ativo?
Todos os sites que conheço, incluindo minhas corretoras, só mostram de 2 anos pra cá.
Um meio é:

Em fundamentos (site) no link Histórico de Cotações você baixa o software gratuito Grafix para Análise Gráfica.

Valeu!

Jun 06, 2012 2:25
RnR Forista Assíduo
Mensagens: 796
Avatar do usuário
Registrado em:
Fev 17, 2008 11:13
 
 
Rufus Lenhador escreveu:Como posso visualizar o gráfico de mais de 2 anos de um ativo?
Todos os sites que conheço, incluindo minhas corretoras, só mostram de 2 anos pra cá.


Cara, o da Ativa Corretora (que é convênio com o Terminal Enfoque) tem pelo menos 5 anos. Do ibov vem desde 93 quando peço o semanal.

O Fausto Arruda Botelho no www.comstop.com.br fornece gráfico dolarizado do ibov desde a década de 60, com o canal de alta desenhado e tudo. Ele chama de poster eletrônico.

No finance.yahoo.com você encontra de 5 anos dos principais ativos. A sigla que você usa tem que colocar .SA no final para significar bolsa de SAO PAULO. Ex: VALE5 = VALE5.SA (Tem ativos do mundo todo lá).
Com dois anos em diante muda por default para semanal. Tem os principais ativos do ibov para mais de 5 anos. (dow desde a década de 20 - s&p desde que foi criado).

Por fim, o infomoney, na área de análise técnica do site, tem pelo menos 3 anos. Basta estar logado (faz o cadastro, é gratuito). No menu da página principal passa o mouse sobre a palavra gráfico. Brinca com o de análise técnica (meio limitado, mas quebra um galho) e depois brinca com o de desempenho relativo em percentuais (que é show!, uma bela ferramenta).

Tem muitas outras coisas por aí (stockcharts.com, ...) vai navegando que você acha os que mais gosta.

Jul 07, 2012 18:20
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Oi Rafus,

Na realidade pode pegar essas cotações no site:

http://www.fund amentus.com.br

ou mais confiável na própria Bovespa:

http://www.bmfbovespa.com.br/shared/ifr ... oricas.asp

Se desejar, me mande um mail (tem nos meus dados) solicitando que lhe encaminho o ativo que você necessita.

Se precisar de algum indicador junto, para sua análise, encaminhe que eu envio junto.

Att,
Noer

Jul 07, 2012 18:30
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Nossa como eu gostei de ver as discussões que ocorreram lá em cima sobre mercado. E para falar a verdade é exatamente isso que faz os preços no mercado!!!

Acho que agora podemos partir para um outro nível de discussão, é sobre RISCO X RETORNO, na realidade sobrevive na Bolsa quem consegue MATEMATICAMENTE proteger seu financeiro.

Um exemplo básico, você faz 4 trades com 10 mil reais. Se ganhar em 1 trade a quantia de 6% e perder nos outros todos 2% você está com o financeiro no zero a zero e é uma boa ideia melhorar sua estratégia operacional, porque acertar em apenas 25% dos trades, seu resultado está péssimo!!!

Acredito que o grande segredo do mercado seja uma estratégia protetora de longo prazo, pensando sempre em não perder e depois em ganhar. Para os iniciantes, procure estratégias como o Lançamento coberto (compra de ação e venda da opção), Long Short (spread entre ações) e depois vá evoluindo para outras.

Detalhe importante, estude antes de operar, faça cursos, leia, não faça como a maioria, coloca dinheiro na Bolsa "para testar" será o curso mais caro que vai pagar!!! Pense em quanto tempo fica estudando em uma faculdade e depois de formado quanto tempo demora para ganhar aumento, não pense que na bolsa de valores o resultado será imediato e sem custos!!!

Fico a inteira disposição para esclarecimentos.

Jul 10, 2012 10:58
tom1313 Forista Assíduo
Mensagens: 1635
tom1313
Registrado em:
Out 08, 2011 16:06
 
 
Noer ,

parabéns excelente topico , gostei bastante......

Jul 13, 2012 0:35
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
poxa, Obrigado!!! A ideia é manter o nivel e o padrão.

Apesar do pessoal achar mt complicado AT, veja o IBOV agora, congestão, sem tendência alguma, para os de longo prazo, um marasmo total, para os de curto prazo, COMPRA com stop curto!

Att,

Jul 23, 2012 0:08
Noer Forista Assíduo
Mensagens: 621
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 25, 2008 10:08
 
 
Nossa como vejo investidores que se preocupam em ganhar e nunca colocam na ponta do lápis o que é perder ou o quanto estão dispostos a isso. E o pior, operações de DT viram ST e de ST para longo prazo.

Quando os iniciantes vão aprender que é melhor comprar uma ação que fica cada vez mais cara (tendência de alta) do que uma que está cada vez mais barata (tendência de baixa).

Sério, faz um estudo simples, rápido e pense rapidamente, veja o gráficos de AMBV4, NATU3, CRUZ3 e veja se não é melhor comprar uma ação cada vez mais cara?!

Depois veja gráficos como de USIM5, CSNA3, GFSA3 e veja se é melhor comprar uma ação cada vez mais barata?!

E depois desse estudo altamente qualificado e que demorou 5 minutos, não me venha com desculpas para seu conforto pessoal como... a mas AMBV4 ta muito cara agora... a mas CIEL3 ta muito cara agora, sim está sim, MARAVILHA compra a ação, coloquei um STOP aceitável e seja feliz, pois a tendência é de alta e provavelmente ficará mais cara essa ação.

Estou no mercado a mais de 5 anos, passei pela crise de 2008 que me ensinou que nada está tão barato que não possa ficar mais e mais e mais e mais e mais e mais barato ainda!!! como também vejo essas ações que tem tendência de alta por sua ótima administração ter suas ações cada vez mais baratas.

Bom, fica a dica... rsrsrs

Abraços,
Noer

Jan 22, 2013 21:11
TSenna Estreante
Mensagens: 14
Avatar do usuário
Registrado em:
Ago 04, 2010 18:46
 
 
Achei que fosse interessante sugerir alguns livros, lembrando que a análise técnica sozinha ou mesmo fundamentalista, não leva ninguém ao sucesso nas operações de mercado ou nos investimentos. É necessário ter estudado psicologia de trade, e seria bastante interessante a elaboração de regras psicológicas próprias adequadas a cada individuo. Assim como é importante tb a gestão de risco da conta e de cada operação individual.

#Livros em português:
Aprenda a Operar no Mercado de Ações - Alexander Elder
    Esse livro é muito bom, relativamente básico, pois apresenta todos os 3 ítens para ser um operador: análise técnica, gestão de risco e psicologia.

Finanças Comportamentais - Aquiles Mosca
    Não é um livro necessariamente de trade, porém ajuda bastante na parte psicológica, já que aqui no Brasil quase não se fala nesse assunto.

#Livros em Inglês:
Technical Analysis - Power Tools For Active Investors - Gerald Appel
    Livro do desenvolvedor do indicador MACD, apenas nesse livro tomei conhecimento dos verdadeiros valores do MACD, o capítulo 8 em particular é excelente

New Concepts in Technical Trading Systems - Welles Wilder
    Desenvolveu o Sistema Direcional (ADX) e o IFR, leitura obrigatória tb, entretanto, quem se identificar com o IFR seria bom ler o capítulo 8 do livro do Gerald Appel sobre o MACD, pois eu vejo muita semelhança entre os IFR e o MACD, já sobre o ADX seria bom procurar material do Chuck LeBeau para complementar a idéia.

The Disciplined Trader - Mark Douglas
Trading In The Zone - Mark Douglas
    Li apenas o TDT, mas muita gente diz que o segundo, TITZ, é melhor, mais claro, apesar que achei o primeiro o melhor de todos livros para trader, mesmo não possuindo uma só tabela ou gráfico, ele tem um foco na psicologia de trade de uma forma extraordinária.

The Inner Voice of Trading - Michael Martin
    Excelente para fazer uma reclicagem na sua disciplina e regras psicológicas.

Trade Your Way to Financial Freedom - Van K. Tharp
    Um dos melhores a expor a gestão financeira, talvez as vezes um pouco complicado, mas vale muito a pena

Mechanical Trading Systems Pairing Trader Psychology with Technical Analysis - Richard L. Weissman
    Definiu cada método de operação de uma forma brilhante, espondo a personalidade de adequada a cada método, pega um pouco da parte psicológica, mas o forte é o trade system.

AnteriorPróximo

Voltar para Análise Técnica

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante