Bem-vindo: Out 15, 2018 11:33

Fev 22, 2010 9:05
Cadu_28 Forista VIP
Mensagens: 13655
Parâmetros de atratividade de ações
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 10, 2008 18:40
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
Cadu_28 escreveu:
Cadu_28 escreveu:Estamos montando criterios para selecionarmos empresas classificadas como MICO, ou seja, com fundamentos ruins.
Podemos partir do principio destes indicadores:
Empresas que tiverem com dois ou mais dos seguintes indicadores anuais: PL <= 0, Div Br/ PL > 2 (menos para bancos), Liq Corrente < 1 e não apresentar balanço.
Podemos discutir agora sobre quais seriam os criterios, qtos destes teriam que ter a empresa para ser indicado como mico, e se tem mais algum indicador para ser adicionado.
Lista com empresas que apresentam dois ou mais destes indicadores acima anuais:

AMPI3 | DOCA3/4 | LIPR3 | RENT3
BAHI3 | DTCY3 | MAPT4 | SCLO4
BGIP3/4 | EALT4 | MERC3/4 | SJOS3/4
BIOM3/4 | ESTR3/4 | MILK11 | SNSY5
BMIN3/4 | FIGE3/4 | MMXM3 | STRP4
BOBR4 | FTRX3/4 | MNPR3 | TEFC11
CAFE3/4 | GAZO3/4 | MWET3/4 | TEKA3/4
CALI4 | GPCP3 | NAFG4 | TELB3/4
CAMB4 | HAGA3/4 | NORD3 | TENE3/4
CBMA3/4 | HETA4 | PMET6 | TMAR3/5
CCHI3/4 | HOOT4 | PTBL3 | TNLP3/4
CCRO3 | IMBI3/4 | RANI3 | TOYB3/4
CORR4 | INEP3/4 | RANI3/4 | TROR4
CSAB3/4 | INET3 | RANI4 | TXRX3/4
CTPC3 | JBDU3/4 | RCSL4 | VAGV4
DHBI4 | LCSA3/4 | REEM4 | VPSC3/4
WISA3/4

Nesta listagem, me surpreendeu TNLP4, TNLP3, CCRO3, TMAR5, TMAR3, RENT3, ambas por conta de liquidez corrente em torno de 0,90, e div br/pl em torno de 3,00. Teriamos que ver como poderiamos excluir estas da listagem.
Tb não consegui fazer ainda um filtro para o setor bancario.

:arrow: Não fazer parte de nenhum índice da Bovespa (retirando as empresas do Eike e outras mais populares p/ não gerar muita polêmica);
:arrow: Fazer parte de uma das listas abaixo;
:arrow: Liquidez Corrente + Geral < 1;


E sobre o setor bancario Domingos, teria que ter indicadores diferenciados de seleção. Quais seriam?

Sobre empresas da Bovespa, realmente ia diminuir a polemica, mas ao meu ver, as empresas X são um micão...

Fev 22, 2010 21:42
Zuzu RJ Forista Assíduo
Mensagens: 1005
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 12, 2009 12:03
 
 
TOYB mico?
Mas e o estrondoso sucesso do Zeebo??? rsrsrs

Brincadeiras a parte, concordo com o Cadu quando aos micos X. Mas o cara faz tanta propaganda e estardalhaço de tudo o que faz que o pessoal compra só por causa dele. Afinal, alguns não o chamam de Midas? rs

No mais o nível dessa parte fundamentalista é brincadeira, muito alto! Parabéns aos moderadores e demais foristas pelo alto nível.

Fev 23, 2010 1:28
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
Cadu_28 escreveu:E sobre o setor bancario Domingos, teria que ter indicadores diferenciados de seleção. Quais seriam?
Sobre empresas da Bovespa, realmente ia diminuir a polemica, mas ao meu ver, as empresas X são um micão...

São uma grande bolha, mas ia ser uma discussão sem fim classificar de mico uma empresa no IBOV, identificando as q estão fora já é um grande serviço.
Bancos: dois ou mais desses indicadores, DB / PL > 8; LC + LG < 1; PL negativo. Praticamente igual as demais empresas.

Fev 23, 2010 9:56
Zuzu RJ Forista Assíduo
Mensagens: 1005
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 12, 2009 12:03
 
 
frajolla escreveu:
Domingos Junqueira escreveu:
Cadu_28 escreveu:E sobre o setor bancario Domingos, teria que ter indicadores diferenciados de seleção. Quais seriam?
Sobre empresas da Bovespa, realmente ia diminuir a polemica, mas ao meu ver, as empresas X são um micão...

São uma grande bolha, mas ia ser uma discussão sem fim classificar de mico uma empresa no IBOV, identificando as q estão fora já é um grande serviço.
Bancos: dois ou mais desses indicadores, DB / PL > 8; LC + LG < 1; PL negativo. Praticamente igual as demais empresas.

Concordo com vcs, neste classificação de "micos" , não poderíamos ter estes "micos" por ser empresa não produtiva com expectativa de quebradeira no futuro sem nunca chegar a ser lucrativa de fato, enfim, muito exercício de previsão.
Na prática, elas são do IBOV, e num interessa se são produtivas ou não, para entrar no IBOV elas já passaram por diversos critérios, e todos "micos" técnicos, conforme outros critérios apontados por vocês, estes sim, deveriam estar numa seção "Outros", "4ª linha", "Micos" ou qualquer outras descrição de comum acordo com a direção do site.
Abç


O problema é uma empresa que não produz nada valer mais de 10% da Petro. Eu considero mico, pois apostam muito alto no sucesso da empresa, isso sim um exercício de previsão.

Desculpe se tiver errado, mas o IBOV considera apenas liquidez das ações não é? Isso para mim não significa nada, não é um grande critério de seleção. Micos bem falados todos sabem que movimentam muita grana, vide TELB ultimamente.

Mas não quero criar mais polêmica, só colocar minha visão. No mais, também acho que seria um pouco de audácia colocar uma empresa do Ibov como mico.

Fev 23, 2010 11:33
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
Zuzu RJ escreveu:
frajolla escreveu:Concordo com vcs, neste classificação de "micos" , não poderíamos ter estes "micos" por ser empresa não produtiva com expectativa de quebradeira no futuro sem nunca chegar a ser lucrativa de fato, enfim, muito exercício de previsão.
Na prática, elas são do IBOV, e num interessa se são produtivas ou não, para entrar no IBOV elas já passaram por diversos critérios, e todos "micos" técnicos, conforme outros critérios apontados por vocês, estes sim, deveriam estar numa seção "Outros", "4ª linha", "Micos" ou qualquer outras descrição de comum acordo com a direção do site.
Abç
O problema é uma empresa que não produz nada valer mais de 10% da Petro. Eu considero mico, pois apostam muito alto no sucesso da empresa, isso sim um exercício de previsão.

Tecnicamente OGXP3 ainda não micou, tem 9,1 bilhões no PL e dessa forma pode se tornar uma empresa produtiva. Outra tecnicalidade, OGXP3 está valendo 17,2% da PETR demonstrando ser uma bolha enorme, boa comparação seria com a CSAN3 q tem 5 bilhões no PL, Valor de Mercado 10 bilhões x 55,6 bilhões da OGXP3, lucro 9M de 678 milhões x -33 milhões da OGXP3, produz, refina e distribui seu próprio combustível renovável e menos poluente agora em associação com a Shell enquanto q a OGXP3 não tem receita operacional.
Zuzu RJ escreveu:Desculpe se tiver errado, mas o IBOV considera apenas liquidez das ações não é? Isso para mim não significa nada, não é um grande critério de seleção. Micos bem falados todos sabem que movimentam muita grana, vide TELB ultimamente.
Mas não quero criar mais polêmica, só colocar minha visão. No mais, também acho que seria um pouco de audácia colocar uma empresa do Ibov como mico.

Empresa q poderia ser considerada mico seria a MMXM3 (OGXP3 é uma grande bolha), mas com um novo aporte de capital irá melhorar seus números.
Não é falta de audácia, é apenas uma questão de não ficar perdendo tempo e energia com empresas tão polêmicas, veja só q nem criamos a lista definitiva ainda e já estamos falando nelas. A Bovespa ainda tem muito lixo de empresa, mesmo com a limpa feita nesse início de ano, a ideia é orientar o pessoal p/ evitar as de maior potencial de perda.
(risco = volatilidade; perda = fim do capital)

Fev 23, 2010 11:54
Cadu_28 Forista VIP
Mensagens: 13655
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 10, 2008 18:40
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
Zuzu RJ escreveu:
frajolla escreveu:Concordo com vcs, neste classificação de "micos" , não poderíamos ter estes "micos" por ser empresa não produtiva com expectativa de quebradeira no futuro sem nunca chegar a ser lucrativa de fato, enfim, muito exercício de previsão.
Na prática, elas são do IBOV, e num interessa se são produtivas ou não, para entrar no IBOV elas já passaram por diversos critérios, e todos "micos" técnicos, conforme outros critérios apontados por vocês, estes sim, deveriam estar numa seção "Outros", "4ª linha", "Micos" ou qualquer outras descrição de comum acordo com a direção do site.
Abç
O problema é uma empresa que não produz nada valer mais de 10% da Petro. Eu considero mico, pois apostam muito alto no sucesso da empresa, isso sim um exercício de previsão.

Tecnicamente OGXP3 ainda não micou, tem 9,1 bilhões no PL e dessa forma pode se tornar uma empresa produtiva. Outra tecnicalidade, OGXP3 está valendo 17,2% da PETR demonstrando ser uma bolha enorme, boa comparação seria com a CSAN3 q tem 5 bilhões no PL, Valor de Mercado 10 bilhões x 55,6 bilhões da OGXP3, lucro 9M de 678 milhões x -33 milhões da OGXP3, produz, refina e distribui seu próprio combustível renovável e menos poluente agora em associação com a Shell enquanto q a OGXP3 não tem receita operacional.
Zuzu RJ escreveu:Desculpe se tiver errado, mas o IBOV considera apenas liquidez das ações não é? Isso para mim não significa nada, não é um grande critério de seleção. Micos bem falados todos sabem que movimentam muita grana, vide TELB ultimamente.
Mas não quero criar mais polêmica, só colocar minha visão. No mais, também acho que seria um pouco de audácia colocar uma empresa do Ibov como mico.

Empresa q poderia ser considerada mico seria a MMXM3 (OGXP3 é uma grande bolha), mas com um novo aporte de capital irá melhorar seus números.
Não é falta de audácia, é apenas uma questão de não ficar perdendo tempo e energia com empresas tão polêmicas, veja só q nem criamos a lista definitiva ainda e já estamos falando nelas. A Bovespa ainda tem muito lixo de empresa, mesmo com a limpa feita nesse início de ano, a ideia é orientar o pessoal p/ evitar as de maior potencial de perda.
(risco = volatilidade; perda = fim do capital)


Tem razão Domingos, embora tb concorde nos ptos citados pelo Zuzu, vai acabar criando muita polemica mesmo...

Fev 23, 2010 15:22
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
10 ações com os maiores volumes financeiros negociados em 22/2/10.
Volume financeiro | Código de negociação
686.616.629 | PETR4
547.645.426 | VALE5
263.742.012 | TELB4
259.597.842 | OGXP3 - grande bolha
192.249.096 | PETR3
130.291.497 | ITUB4
118.286.505 | USIM5
115.941.008 | CSNA3
115.740.765 | MILK11
115.490.512 | BVMF3

Mico é coisa séria e opera valores significativos

Fev 23, 2010 16:47
Cadu_28 Forista VIP
Mensagens: 13655
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 10, 2008 18:40
 
 
Domingos Junqueira escreveu:10 ações com os maiores volumes financeiros negociados em 22/2/10.
Volume financeiro | Código de negociação
686.616.629 | PETR4
547.645.426 | VALE5
263.742.012 | TELB4
259.597.842 | OGXP3 - grande bolha
192.249.096 | PETR3
130.291.497 | ITUB4
118.286.505 | USIM5
115.941.008 | CSNA3
115.740.765 | MILK11
115.490.512 | BVMF3

Mico é coisa séria e opera valores significativos


CVM tem que ficar de olho nisso..., tem muita especulação e manipulação em cima de informações privilegiadas. Absurdo mesmo...

Fev 23, 2010 18:32
karnagge Estreante
Mensagens: 21
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 24, 2009 19:34
 
 
Senhores, vendo a discurssão sobre a classificação de micos que aqui acontecia, resolvi aproveitar a compilação de conhecimento e criar uma lista automatizada para isso, baseando-me nos critérios já falados aqui.

essa lista encontra-se no endereço
http://www.hostingfsa.com/micos.php

gostaria que olhassem e confirmassem, se é válida ou não, foram classificadas hoje, 109 empresas :O

Obrigado e aguardo.

Fev 23, 2010 18:58
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
karnagge escreveu:Senhores, vendo a discurssão sobre a classificação de micos que aqui acontecia, resolvi aproveitar a compilação de conhecimento e criar uma lista automatizada para isso, baseando-me nos critérios já falados aqui.
essa lista encontra-se no endereço
http://www.hostingfsa.com/micos.php
gostaria que olhassem e confirmassem, se é válida ou não, foram classificadas hoje, 109 empresas :O
Obrigado e aguardo.

Bem legal a sua planilha karnage, mas o PL (patrimônio líquido) q eu estou falando não é o P/L (preço/lucro) q vc selecionou, dessa forma a TMAR não estaria na lista, ARCZ tb já não é mais negociada, portanto a inclusão é desnecessária.
Mas como sua planilha ficou bem legal, se vc puder reconfigurar vai ajudar na nossa discussão.

Fev 23, 2010 21:38
karnagge Estreante
Mensagens: 21
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 24, 2009 19:34
 
 
Grande Domingos,

Desculpe a minha falha de atenção :D Achei realmente que estavam falando do (Preço/Lucro) mas já alterei, a planilha agora leva em consideração o Patrimonio Liquido da empresa.

Espero que gostem, Abraços.

http://www.hostingfsa.com/micos.php

Fev 23, 2010 22:19
WORKAHOLIC GIRL Forista VIP
Mensagens: 6254
Avatar do usuário
Registrado em:
Mar 29, 2008 22:40
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
karnagge escreveu:Senhores, vendo a discurssão sobre a classificação de micos que aqui acontecia, resolvi aproveitar a compilação de conhecimento e criar uma lista automatizada para isso, baseando-me nos critérios já falados aqui.
essa lista encontra-se no endereço
http://www.hostingfsa.com/micos.php
gostaria que olhassem e confirmassem, se é válida ou não, foram classificadas hoje, 109 empresas :O
Obrigado e aguardo.

Bem legal a sua planilha karnage, mas o PL (patrimônio líquido) q eu estou falando não é o P/L (preço/lucro) q vc selecionou, dessa forma a TMAR não estaria na lista, ARCZ tb já não é mais negociada, portanto a inclusão é desnecessária.
Mas como sua planilha ficou bem legal, se vc puder reconfigurar vai ajudar na nossa discussão.





mestre apesar de estudar analise fundamentalista,mas nao ter 1/100 do vosso conhecimento, o q pretendo fazer um dia qdo trocar de profissao e saber como a propria bovespa que tenta lançar mao de uma serie de mecanismos para amenizar grandes aberraçoes do mercado, quer em momentos de panico com circuit break,ou em momentos de especulação sem nenhum fundamento em papeis ja mencionados,colocando-os em leilão permite a entrada no indice principal das empresas do grupo do EIKE, com fundamentos tao ruins?apenas utilizando o critério de liquidez em termos de negociação em determinado numero de pregões?parece provocação o que direi a seguir,mas em mantendo-se toda essa indefiniçao e volumes enormes em continuos pregões Telb 3 e Telb 4 num futuro próximo entrariam na carteira teorica que compoe o indice BOVESPA.A grande questãoa qual tenho argumentado com amigos, e que estamos a mais ou menos 15% de valorização para chegar ao TH de 74500, e comparativamente,o que vcs naturalmente tb ja perceberam e que com essa pontuação muitas BLUE CHIPS,se não todas estao valendo bem menos do que valiam pouco antes do IG da S&P. A GRANDE QUESTÃO E:COMO A BOVESPA TENTANDO SER UM ORGÃO REGULADOR SERIO, PERMITE A ENTRADA NO INDÍCE DAS EMPRESAS DO GRUPO X, se como ja foi dito antes por ter caráter meramente especulativo tem um BETA(MEDIDOR DE VOLATILIDADE) MUITO ELEVADO, OU SEJA, A CVM não percebeu que estas empresas "inflaram" o índice, de modo que se as excluissemos do índice, deixado apenas as ações de costume que costituem o benchmark(exceção feita a BVMF3,que é um papel novo), a pontuação do índice estaria em 66.000 pts? espero que tenha sido clara, e muito obrigada pela atenção :D

Fev 24, 2010 4:55
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
karnagge escreveu:Grande Domingos,
Desculpe a minha falha de atenção :D Achei realmente que estavam falando do (Preço/Lucro) mas já alterei, a planilha agora leva em consideração o Patrimonio Liquido da empresa.
Espero que gostem, Abraços.
http://www.hostingfsa.com/micos.php

Domingos Junqueira escreveu:
Cadu_28 escreveu:E sobre o setor bancario Domingos, teria que ter indicadores diferenciados de seleção. Quais seriam?
Sobre empresas da Bovespa, realmente ia diminuir a polemica, mas ao meu ver, as empresas X são um micão...

São uma grande bolha, mas ia ser uma discussão sem fim classificar de mico uma empresa no IBOV, identificando as q estão fora já é um grande serviço.
Bancos: dois ou mais desses indicadores, DB / PL > 8; LC + LG < 1; PL negativo. Praticamente igual as demais empresas.

Continuo gostando karnagge, mas...
Liquidez Corrente + Liquidez Geral < 1

Fev 24, 2010 4:59
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
WORKAHOLIC GIRL escreveu:mestre apesar de estudar analise fundamentalista,mas nao ter 1/100 do vosso conhecimento, o q pretendo fazer um dia qdo trocar de profissao e saber como a propria bovespa que tenta lançar mao de uma serie de mecanismos para amenizar grandes aberraçoes do mercado, quer em momentos de panico com circuit break,ou em momentos de especulação sem nenhum fundamento em papeis ja mencionados,colocando-os em leilão permite a entrada no indice principal das empresas do grupo do EIKE, com fundamentos tao ruins?apenas utilizando o critério de liquidez em termos de negociação em determinado numero de pregões?parece provocação o que direi a seguir,mas em mantendo-se toda essa indefiniçao e volumes enormes em continuos pregões Telb 3 e Telb 4 num futuro próximo entrariam na carteira teorica que compoe o indice BOVESPA.A grande questãoa qual tenho argumentado com amigos, e que estamos a mais ou menos 15% de valorização para chegar ao TH de 74500, e comparativamente,o que vcs naturalmente tb ja perceberam e que com essa pontuação muitas BLUE CHIPS,se não todas estao valendo bem menos do que valiam pouco antes do IG da S&P. A GRANDE QUESTÃO E:COMO A BOVESPA TENTANDO SER UM ORGÃO REGULADOR SERIO, PERMITE A ENTRADA NO INDÍCE DAS EMPRESAS DO GRUPO X, se como ja foi dito antes por ter caráter meramente especulativo tem um BETA(MEDIDOR DE VOLATILIDADE) MUITO ELEVADO, OU SEJA, A CVM não percebeu que estas empresas "inflaram" o índice, de modo que se as excluissemos do índice, deixado apenas as ações de costume que costituem o benchmark(exceção feita a BVMF3,que é um papel novo), a pontuação do índice estaria em 66.000 pts? espero que tenha sido clara, e muito obrigada pela atenção :D

Como diz o Arnaldo Cezar Coelho, "a regra é clara", e se satisfez as regras vai entrar.
Na realidade não é o índice q está errado, é o país q deixa esse esculhambação ocorrer q está errado.

Fev 24, 2010 12:24
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
WORKAHOLIC GIRL escreveu:mestre apesar de estudar analise fundamentalista,mas nao ter 1/100 do vosso conhecimento, o q pretendo fazer um dia qdo trocar de profissao e saber como a propria bovespa que tenta lançar mao de uma serie de mecanismos para amenizar grandes aberraçoes do mercado, quer em momentos de panico com circuit break,ou em momentos de especulação sem nenhum fundamento em papeis ja mencionados,colocando-os em leilão permite a entrada no indice principal das empresas do grupo do EIKE, com fundamentos tao ruins?apenas utilizando o critério de liquidez em termos de negociação em determinado numero de pregões?parece provocação o que direi a seguir,mas em mantendo-se toda essa indefiniçao e volumes enormes em continuos pregões Telb 3 e Telb 4 num futuro próximo entrariam na carteira teorica que compoe o indice BOVESPA.A grande questãoa qual tenho argumentado com amigos, e que estamos a mais ou menos 15% de valorização para chegar ao TH de 74500, e comparativamente,o que vcs naturalmente tb ja perceberam e que com essa pontuação muitas BLUE CHIPS,se não todas estao valendo bem menos do que valiam pouco antes do IG da S&P. A GRANDE QUESTÃO E:COMO A BOVESPA TENTANDO SER UM ORGÃO REGULADOR SERIO, PERMITE A ENTRADA NO INDÍCE DAS EMPRESAS DO GRUPO X, se como ja foi dito antes por ter caráter meramente especulativo tem um BETA(MEDIDOR DE VOLATILIDADE) MUITO ELEVADO, OU SEJA, A CVM não percebeu que estas empresas "inflaram" o índice, de modo que se as excluissemos do índice, deixado apenas as ações de costume que costituem o benchmark(exceção feita a BVMF3,que é um papel novo), a pontuação do índice estaria em 66.000 pts? espero que tenha sido clara, e muito obrigada pela atenção :D
Como diz o Arnaldo Cezar Coelho, "a regra é clara", e se satisfez as regras vai entrar.
Na realidade não é o índice q está errado, é o país q deixa esse esculhambação ocorrer q está errado.

Outra questão de fundo muito importante p/ explicar o q estamos passando hj está relacionada ao uso de programas de computador p/ a realização de negociações, q ao invés de reduzir distorções pode amplia-las. Essa distorção já está sendo objeto de questionamento nos EUA, conforme pode ser constatado no artigo abaixo:

"Pois bem: o mercado financeiro, com investimentos anuais em tecnologia em torno de US$ 41,8 bilhões, segundo o Aite Group, uma empresa de consultoria de Massachusetts, com crescimento médio de 9,8% ao ano, continua a acreditar na capacidade de transformar, como Midas, computadores e algoritmos em máquinas produtoras de ouro. Reguladores, por sua vez, assustados com a enorme capilaridade de tais sistemas (nos Estados Unidos, já representam cerca de 75% do mercado, considerando os negociantes proprietários que atuam em nome próprio), começam uma secreta, mas intensa, batalha contra o algo-trading, alegando certas vantagens pouco concorrenciais e privilegiadas e, talvez, mais acertadamente, apontando a capacidade de amplificar tendências de mercado (a melhor explicação de overshooting, ou seja, reações exageradas não se devem ao humor do mercado, mas aos algo-traders).

O que poucos reguladores percebem (e, no Brasil, o assunto começou a ser discutido muito recentemente com alguns players fazendo investimentos pesados em sistemas, depois que a BM&F acabou com o pregão viva-voz) é que esse impacto inverte um princípio básico, muito explorado por investidores experientes como Warren Buffet: em vez de explorar ineficiências para maiores ganhos, o algo-trading pode gerá-las. O conceito é mais ou menos o seguinte: compre ações cujo preço oferece um desconto relativo aos negócios subjacentes e ao valor patrimonial da empresa aberta. Venda quando a valorização de mercado superar em muito (daí o conceito de múltiplos) o valor real da empresa. Ora, estudos acadêmicos (vide, por exemplo, Huddart, Steven J., Lang, Mark H. e Yetman, Michelle, Volume and Price Patterns Around a Stock´s 52-Week Highs and Lows: Theory and Evidence) provam que quando há certas tendências de alta ou baixa, o algo-trading "estica" a decisão de comprar ou vender.
"
Íntegra do artigo:
http://www.valoronline.com.br/?impresso/opiniao/96/6116127/regulacao,-inovacao-financeira-e-algoritmos&scrollX=0&scrollY=627&tamFonte=

Fev 24, 2010 12:32
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Totalmente off-topic, mas bem interessante...
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
No início do artigo acima o autor comenta s/ as origens do termo 'algoritmo', numa viajem ao passado muito interessante chegamos as origens dos numerais arábicos utilizados por nós hj em dia (q na realidade são hindus).
P/ ampliar um pouco nossos conhecimentos gerais vale uma visita no endereço abaixo:
http://en.wikipedia.org/wiki/Hindu%E2%80%93Arabic_numeral_system

Fev 24, 2010 16:21
karnagge Estreante
Mensagens: 21
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 24, 2009 19:34
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
karnagge escreveu:Grande Domingos,
Desculpe a minha falha de atenção :D Achei realmente que estavam falando do (Preço/Lucro) mas já alterei, a planilha agora leva em consideração o Patrimonio Liquido da empresa.
Espero que gostem, Abraços.
http://www.hostingfsa.com/micos.php

Domingos Junqueira escreveu:
Cadu_28 escreveu:E sobre o setor bancario Domingos, teria que ter indicadores diferenciados de seleção. Quais seriam?
Sobre empresas da Bovespa, realmente ia diminuir a polemica, mas ao meu ver, as empresas X são um micão...

São uma grande bolha, mas ia ser uma discussão sem fim classificar de mico uma empresa no IBOV, identificando as q estão fora já é um grande serviço.
Bancos: dois ou mais desses indicadores, DB / PL > 8; LC + LG < 1; PL negativo. Praticamente igual as demais empresas.

Continuo gostando karnagge, mas...
Liquidez Corrente + Liquidez Geral < 1


Domingos,

Agora vc me pegou, como utilizo os dados do site f.u.n.d.a.m.e.n.t... não encontro lá as informacoes de ELP e RLP para calcular a LG.

Vou ficar devendo essa por enquanto infelizmente.

Fev 24, 2010 19:12
Domingos Junqueira Forista VIP
Mensagens: 3753
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 19, 2009 4:21
 
 
karnagge escreveu:Domingos,
Agora vc me pegou, como utilizo os dados do site f.u.n.d.a.m.e.n.t... não encontro lá as informacoes de ELP e RLP para calcular a LG.
Vou ficar devendo essa por enquanto infelizmente.

Hehe...
Liquidez Geral = (AC + Ativo Realizavel LP) / (PC + Passivo Exigível LP)

AC + Ativo Realizavel LP = Ativo total - Ativo Permanente

PC + Passivo Exigível LP = Passivo = Ativo total - PL

Obs.:
Vc pode ter uma pequena diferença no cálculo do Passivo por conta da Part. de Acionistas Não Controladores, mas nada q não seja contornável.
Editado pela última vez por Domingos Junqueira em Fev 24, 2010 19:16, em um total de 1 vez.

Fev 24, 2010 20:13
karnagge Estreante
Mensagens: 21
Avatar do usuário
Registrado em:
Dez 24, 2009 19:34
 
 
Domingos Junqueira escreveu:
karnagge escreveu:Domingos,
Agora vc me pegou, como utilizo os dados do site f.u.n.d.a.m.e.n.t... não encontro lá as informacoes de ELP e RLP para calcular a LG.
Vou ficar devendo essa por enquanto infelizmente.

Hehe...
Liquidez Geral = (AC + Ativo Realizavel LP) / (PC + Passivo Exigível LP)

AC + Ativo Realizavel LP = Ativo total - Ativo Permanente

PC + Passivo Exigível LP = Passivo = Ativo total - PL

Obs.:
Vc pode ter uma pequena diferença no cálculo do Passivo por conta da Part. de Acionistas Não Controladores, mas nada q não seja contornável.


Opa, obrigado pela ajuda, mas verificando novamente o site, tenho a informação de "Ativo Total" que no site é somente "Ativo" e tenho a informação do PL que no site é o "Patrimonio Liquido" mas não consegui identificar a informação "Ativo Permanente" para apartir disso calcular a LG. :?: :cry:

Fev 27, 2010 1:26
bochan Forista Assíduo
Mensagens: 1152
Avatar do usuário
Registrado em:
Jul 28, 2009 3:26
 
 
Nada a ver com AF, mas um critério (maluco) de atratividade.
abç :lol:

Investindo em tickers: a influência do código no comportamento dos papéis

Por: Equipe InfoMoney
26/02/10 - 20h15
InfoMoney


SÃO PAULO – Como determinar se uma nova ação terá um bom desempenho em sua estreia na bolsa? A tarefa está longe de ser fácil ou simples. Para ajudar, ou complicar, psicólogos da Universidade de Princeton podem ter adicionado mais um novo componente – um tanto quanto curioso – à empreitada: o quão fácil de ler é o código de negociação do papel.

Após diversos estudos conduzidos, Adam Alter e Danny Oppenheimer concluíram que a facilidade da pronunciação de um ticker ao ser lido influencia positivamente o comportamento da ação no curto prazo – sendo o inverso igualmente válido -, de acordo com um conceito batizado na psicologia comportamental de “fluência cognitiva”.

Fluência cognitiva é, em poucas palavras, quão fácil algo é de ser pensado ou projetado. Um conceito básico, mas que lastreia as mais variadas decisões das pessoas em seus dia-a-dias, desde tarefas pouco importantes como a escolha de um livro por seu título até outras de grande peso, como a montagem de portfólios de investimento.

Pesquisa inicial
A princípio, o objetivo dos acadêmicos era demonstrar a receptividade de pessoas comuns, investidores ou não, a processos de assimilação de informação. A escolha pelo mercado financeiro foi, desta forma, inicialmente aleatória. Para tal, um grupo extenso de estudantes, desprovido de quaisquer informações adicionais, foi selecionado para responder a tal pergunta: “qual você acha que será o desempenho desta ação em sua estreia na bolsa?”.

O resultado logo saltou à vista: papéis com tickers mais legíveis recebiam respostas muito mais positivas do que ações com códigos mais complicados. A relação era tão forte que os psicólogos decidiram estender o estudo para além das paredes da universidade. Surpreendentemente, a bolsa nova-iorquina apresentou o mesmo padrão de comportamento.

De Princeton às bolsas
Alter e Oppenheimer analisaram o comportamento de papéis estreantes na New York Stock Exhcange e na American Stock Exchange de 1990 a 2004, em períodos de um dia, uma semana, seis meses e um ano. O efeito constatado mostrou-se particularmente maior nos horizontes a curto prazo, embora também seja válido para os períodos de um semestre e um ano.

Para ilustrar o caso, os psicólogos montaram uma cesta dos dez tickers mais bem pronunciáveis e dos dez tickers mais difíceis de serem lidos. A primeira carteira rendeu mais em todos os períodos analisados: US$ 85 no pregão de estreia, US$ 42 a mais após uma semana, US$ 37 discorridos seis meses e US$ 20 a mais passado um ano.

“A pesquisa mostra que as pessoas tomam atalhos mentais, até mesmo no que concerne à escolha de seus investimentos, uma decisão que, a princípio, deveria inspirar uma postura mais racional”, disse Oppenheimer no paper de seu estudo.

Quebra-cabeça
Todavia, é claro que a performance de um papel não será exclusivamente ditada pela facilidade de leitura de seu código de negociação. Ainda que as conclusões tiradas dos estudos sejam relevantes, elas não são indicativos confiáveis por si só para determinar a trajetória de qualquer papel no mercado.

“Você não deveria fazer mudanças em seu portfólio baseado apenas em nossos estudos. A principal contribuição desta pesquisa é adicionar uma peça a mais no gigante quebra-cabeça que é tentar compreender como os mercados operam”, enfatiza Oppenheimer

AnteriorPróximo

Voltar para Análise Fundamentalista

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante