Bem-vindo: Dez 19, 2014 19:40

Abr 14, 2013 10:26
Jonass Forista Assíduo
Mensagens: 252
Banco do Brasil - BBAS3
Jonass
Registrado em:
Abr 12, 2009 23:05
 
 
Sou investidor de BBAS3 ha mais de 1 ano, pra longo prazo.
Mas esse IPO creio que abra a chance de uma especuladinha tb.
O racional é que assim como o BBPO11 o nome forte do BB deve atrair demanda alta. Como a oferta é 100%secundaria, vai pro caixa do BB, gerando um lucro nao-recorrente alto, que eu imagino (vejam bem os termos) pode impulsionar as cotacoes qdo o preço da oferta for anunciado lá pelo dia 22 de abril.
Acho que por isso tem subido recentemente e minha expectativa é que dê mais uma estilingada qdo fechar a oferta.

O que pensam os colegas?

Abr 14, 2013 11:25
Lincoln Falcao Forista Assíduo
Mensagens: 1198
Avatar do usuário
Registrado em:
Set 26, 2011 19:10
 
 
Jonass escreveu:Sou investidor de BBAS3 ha mais de 1 ano, pra longo prazo.
Mas esse IPO creio que abra a chance de uma especuladinha tb.
O racional é que assim como o BBPO11 o nome forte do BB deve atrair demanda alta. Como a oferta é 100%secundaria, vai pro caixa do BB, gerando um lucro nao-recorrente alto, que eu imagino (vejam bem os termos) pode impulsionar as cotacoes qdo o preço da oferta for anunciado lá pelo dia 22 de abril.
Acho que por isso tem subido recentemente e minha expectativa é que dê mais uma estilingada qdo fechar a oferta.

O que pensam os colegas?


Me ligaram lá do BB perguntando se eu queria reservar.

Como nao entro em IPO, prefiro esperar e analisar os balanços.

Abr 14, 2013 18:12
Jonass Forista Assíduo
Mensagens: 252
Jonass
Registrado em:
Abr 12, 2009 23:05
 
 
Tb nao tenho entrado em IPO.
So dei uma aumentada de posicao em BBAS

Abr 14, 2013 20:19
FRAJ0L@ Forista VIP
Mensagens: 138552
FRAJ0L@
Registrado em:
Out 30, 2007 10:44
 
 
Jonass escreveu:Tb nao tenho entrado em IPO.
So dei uma aumentada de posicao em BBAS
2m tb fora de ipo

Abr 15, 2013 14:04
FRAJ0L@ Forista VIP
Mensagens: 138552
FRAJ0L@
Registrado em:
Out 30, 2007 10:44
 
 
CVM suspende IPO da BB Seguridade por 30 dias

Suspensão ocorreu em razão da utilização de materiais publicitários irregulares na divulgação da oferta

http://www.infomoney.com.br/bancodobras ... e-por-dias



xxxiiii que chato hein =/

Abr 15, 2013 14:34
pinkfloyd Estreante
Mensagens: 32
Avatar do usuário
Registrado em:
Jun 28, 2012 21:33
 
 
FR4J0L4 escreveu:
CVM suspende IPO da BB Seguridade por 30 dias

Suspensão ocorreu em razão da utilização de materiais publicitários irregulares na divulgação da oferta

http://www.infomoney.com.br/bancodobras ... e-por-dias



xxxiiii que chato hein =/


Não tem nada de chato! => Suspensão do IPO da BB Seguridade é “mal que vem para bem”


No mercado financeiro também vale o famoso ditado que diz que “há males que vêm para bem”. Pelo menos foi assim que a maioria dos analistas viu o adiamento da oferta pública da BB Seguridade pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) anunciado hoje.
Para eles, a punição pode até ser benéfica para a operação, já que os mercados acionários brasileiro e internacional pioraram muito desde a semana passada, o que normalmente reduziria o apetite e os preços pagos pelas ações. “Que foi bom ter essa parada, ninguém discute”, diz um analista do mercado.
Para o o analista Rodolfo Amstalden, da consultoria independente Empiricus, o adiamento da oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da empresa de seguros, previdência e capitalização do Banco do Brasil, embora tenha acontecido por causa de uma irregularidade na publicidade da oferta, “ironicamente, pode ser até para o bem”. Em relatório enviado a clientes, ele afirma que o cenário atual não é dos mais animadores para a bolsa brasileira, “com a China crescendo só 7,7% e o Índice Bovespa beirando os 53 mil pontos”.
Segundo ele, até meados de maio, quando terminam os 30 dias de suspensão determinados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para a oferta, o ambiente pode estar mais regular, melhorando ainda mais a demanda pelos papéis e favorecendo o IPO.
“IPO único”
Para Amstalden, o IPO da BB Seguridade é “único, desses que aparecem a cada três ou cinco anos”. De acordo com o analista, a bolsa tem muito a ganhar com essa oferta pública, que tem dois méritos em particular.
O primeiro é que ela tem “pouco ou nada a ver com os vícios do Ibovespa”, segundo o analista. Ou seja, não faz parte dos setores que predominam no principal índice de ações da bolsa brasileira, e que, coincidentemente, enfrentam os maiores problemas atualmente.
Outro mérito é o fato de a empresa combinar margens elevadas com métricas promissoras de crescimento após a conclusão da oferta.
Essas duas características, de acordo com Amstalden, tornam a oferta da BB Seguridade parecida com outro bom IPO de 2013, o da fabricante de softwares Linx, um dos mais bem sucedidos dos últimos tempos, segundo a Empiricus.
Oferta recorde
Se confirmado, o IPO da BB Seguridade pode atingir R$ 12,125 bilhões no teto da faixa de preço para as ações, tornando-se a segunda maior oferta pública inicial do mercado de capitais brasileiro. A primeira, até agora, é a do IPO do Santander Brasil, de 2009, que levantou mais de R$ 14 bilhões.
A CVM suspendeu hoje a oferta, pelo período de 30 dias, devido ao uso irregular de material publicitário.
Em geral, a divulgação de informações para o varejo em ofertas públicas é bastante controlada pela CVM, como forma de impedir que os vendedores exagerem nos aspectos positivos da empresa e deixem de mencionar os riscos.


http://www.arenadopavini.com.br/artigos ... m-para-bem

Abr 16, 2013 16:40
FRAJ0L@ Forista VIP
Mensagens: 138552
FRAJ0L@
Registrado em:
Out 30, 2007 10:44
 
 
15h06 : BB estima debêntures de infraestrutura entre R$5 bi e R$10 bi em 2013

Por Anna Flávia Rochas

SÃO PAULO, 16 Abr (Reuters) - As emissões de debêntures de infraestrutura no mercado brasileiro em 2013 devem ficar entre 5 bilhões e 10 bilhões de reais, afirmou nesta terça-feira o gerente executivo do Banco do Brasil, Aguinaldo Barbieri.

"Se for muito maior que isso, vai ser uma grata surpresa", disse Barbieri a jornalistas ao acrescentar que a estimativa é conservadora.

O mercado de debêntures em 2012 somou cerca de 100 bilhões de reais, segundo Barbieri, após palestra em evento da Latin Finance. As debêntures de infraestrutura emitidas até agora, a partir de meados do ano passado, ocorreram por meio de seis operações, totalizando cerca de 1 bilhão de reais.

As debêntures de infraestrutura podem ser emitidas para financiar projetos desse segmento e possuem isenção tributária.

SETOR ELÉTRICO

A emissão de debêntures de infraestrutura em 2013 pelo setor elétrico pode aumentar caso saia a regulamentação desse tipo de operação para o segmento de distribuição, segundo Barbieri.

A lei permite a emissão de debêntures de infraestrutura para projetos do setor elétrico, mas as portarias do Ministério de Minas e Energia sobre o tema não abrangem investimentos em distribuição, segundo o executivo.

"Acredito que regulamentando a distribuição, a gente tenha também uma demanda grande pelo setor elétrico", disse Barbieri.

O diretor de Finanças da Cemig, Luiz Fernando Rolla, disse mais cedo que a empresa deixou de realizar uma emissão de debêntures de infraestrutura para investimentos em distribuição, por turbulências de mercado. A empresa optou por uma emissão no Novo Mercado, ao justificar que as debêntures de infraestrutura ainda são uma novidade para os investidores.

Abr 17, 2013 12:02
FRAJ0L@ Forista VIP
Mensagens: 138552
FRAJ0L@
Registrado em:
Out 30, 2007 10:44
 
 
Vai sair ipo bb seguridade



Em 17/04/2013 10:48, "Mirae Asset Securities (Brasil) CTVM LTDA." <atendimento.ctvm@miraeassetcorretora.com.br> escreveu:

No último dia de negociações dos contratos futuros com vencimento em abril, o Ibovespa Futuro opera em queda de 1,34%, a 53.180 pontos na cotação das 9h09 (horário de Brasília). O movimento acompanha as bolsas internacionais, que sofrem com os resultados piores que o esperado de empresas norte-americanas e com os temores sobre o endividamento da China. Por aqui, as atenções se voltam ainda para o segundo e último dia da reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), na qual será definida a nova taxa básica de juros. A expectativa do consenso do mercado é de que a Selic aumente entre 0,25 ponto percentual e 0,5 ponto percentual. Já na China, uma matéria do Financial Times indica que um auditor sênior tem alertado sobre o risco de endividamento do país estar fora do controle, o que pode levar a uma crise financeira maior do que aquela vivida no mercado imobiliário norte-americano.

Fonte: Infomoney

Agenda do dia (17/04) 02h00 Confiança Domética @ Japão

05h30 Desemprego @ Reino Unido

15h00 Beige Book @ EUA

18h00 Reunião do COPOM – 2° dia @ Brasil

Fonte: Moneyou

A maior parte dos mercados de ações da Ásia fechou em alta nesta quarta-feira, com algumas empresas do setor de recursos naturais recuperando-se juntamente com os preços das commodities. Ao mesmo tempo, as exportadoras japonesas avançaram, com a retomada da trajetória baixista do iene. Os mercados encontraram apoio em alguns indicadores melhores que o esperado divulgados nos Estados Unidos, como o número de obras residenciais iniciadas e a produção industrial, ambos melhores que o esperado. Os números ajudaram o dólar a avançar na comparação com o iene, o que contribuiu para que o Nikkei subisse 1,22%. Exportadoras fecharam em alta, caso de Toyota e Hitachi (1,8%). Fora do Japão, os destaques foram as companhias ligadas a commodities. Mesmo com o petróleo ainda em queda, a petroleira Cnooc fechou em baixa de apenas 0,3% em Hong Kong, após recuar 5,5% nos três pregões anteriores. Mas os ganhos foram mais modestos na China, já que os números fracos da economia divulgados na segunda-feira continuaram pesando sobre os mercados locais. A fabricante de equipamentos ferroviários Zhuzhou CSR Times Electric caiu 5,9% em Hong Kong, após anunciar uma queda de 65% de seu lucro líquido no primeiro trimestre deste ano; o desempenho, no entanto, já era esperado, porque a companhia havia divulgado um alerta de lucro no fim de março. A Bolsa de Tóquio fechou com o índice Nikkei em alta de 1,22%, aos 13.382,89 pontos. Em Hong Kong, o Hang Seng caiu 0,47%, para 21.569,67 pontos, enquanto em Seul o Kospi subiu 0,08%, para 1.923,84 pontos. Na China, o índice Xangai Composto cedeu 0,05%, para 2.193,80 pontos, enquanto o Shenzhen Composto fechou em alta de 1,09%, aos 919,87 pontos. O número de desempregados no Reino Unido cresceu em 70 mil no trimestre terminado em fevereiro, a maior alta desde a registrada no trimestre de setembro a novembro de 2011, para um total de 2,56 milhões de pessoas. A taxa de desemprego ficou em 7,9%, maior que a de 7,8% em três meses até janeiro e a mais alta desde o trimestre maio/julho de 2012. Economistas previam que a taxa se manteria em 7,8%. O número de pessoas empregadas diminuiu em 2 mil, para um total de 29,7 milhões, a primeira queda desde a registrada nos três meses terminados em outubro de 2011. O rendimento regular médio dos trabalhadores -uma categoria que exclui os bônus -cresceu 1,0% em três meses até fevereiro, a menor alta da série histórica, iniciada em janeiro de 2001. Outros dados publicados nesta quarta-feira pelo Departamento Nacional de Estatísticas (ONS) foram menos desfavoráveis. O número de pedidos de seguro-desemprego diminuiu em 7 mil em março, para uma taxa de 4,6%. A queda do número de pedidos de fevereiro, por sua vez, foi revisada para cima, de 1,5 mil para 5,3 mil. Segundo o jornal "The Guardian", os números colocam mais pressão sobre o governo do premiê David Cameron, e especificamente sobre o ministro das Finanças, George Osborne, para que tome medidas agressivas para o país crescer. O diário britânico recorda que o Fundo Monetário Internacional (FMI) sugeriu nesta semana que o país relaxasse por ora seus planos de austeridade, adotando medidas pelo crescimento econômico, em um contexto de dificuldades de crescimento para vários países da Europa.

O Banco da Inglaterra, banco central britânico, permaneceu dividido neste mês sobre retomar seu programa de compras de ativos para impulsionar a economia, sem sinais de que as divisões entre as autoridades estão diminuindo. A ata da reunião de política dos dias 3 e 4 de abril do BC mostrou que - assim como em fevereiro e março - o presidente da entidade, Mervyn King, e dois colegas defenderam 25 bilhões de libras extras em compras de títulos, enquanto os outros seis membros quiseram deixar o volume inalterado em 375 bilhões de libras. Todos votaram para manter a taxa de juros na mínima recorde de 0,5 por cento. A maioria dos economistas espera que o BC retome as compras de ativos mais tarde neste ano frente a uma economia estagnada, mas a ata divulgada nesta quarta-feira mostrou poucos sinais de que uma mudança virá em maio, quando a entidade publica novas estimativas econômicas. Aqueles contra mais compras de ativos disseram pela primeira vez que estão preocupados de que mais estímulo possa exacerbar uma recente tendência de alta nas expectativas de inflação, assim como enfraquecer mais a libra.

Fonte: Valor, Exame

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) autorizou a retomada do IPO (Initial Public Offering) da BB Seguridade, braço de seguros, previdência e capitalização do Banco do Brasil (BBAS3), que pode levantar cerca de R$ 12 bilhões - na maior oferta pública inicial de ações de uma estreante em bolsa. A informação foi divulgada pela instituição na manhã desta quarta-feira (17). Com isso, o encerramento do período de reserva ocorrerá em 24 de abril, com a precificação das ações prevista para o dia seguinte. O início dos negócios é esperado para 29 de abril, quatro dias depois da data inicialmente prevista. Na última sexta-feira, a CVM havia suspendido o IPO da BB Seguridade por 30 dias depois que um funcionário do órgão regulador recebeu, por e-mail, informações sobre a oferta de um gerente de contas do banco. Na mensagem, o gerente não fez as devidas ressalvas sobre o risco do investimento. A comissão de licitação do Maracanã abriu a proposta do Consórcio Maracanã, formadas pelas construtura Odebrecht, pela IMX de Eike Batista, e pela AEG do Brasil. O consórcio ofereceu R$ 5,5 milhões anuais. A proposta é de R$ 800 mil acima da feita pelo consórcio Complexo Esportivo e Cultural do Rio de Janeiro, das empresas OAS, Largardere Unlimited e Estádio Amsterdam Arena, que propôs pagar R$ 4,7 milhões de outorga para administrar o estádio do Maracanã. O ágio oferecido pelo consórcio liderado pela Odebrecht é de 22%, enquando o da OAS de 4,4%. Além dos valores referefentes à outorga, o consórcio vencedor ainda terá que custear R$ 594 milhões em obras para construir os novos parques aquático e de atletismo, além de estacionamento e shopping center. Equipe técnica do governo fluminense analisa detalhamento das das duas propostas antes de dar o veredicto sobre a vencedora. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,08% na segunda quadrissemana de abril, ante queda de 0,11% na primeira semana do mês, informou a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O IPC-Fipe mede a inflação na cidade de São Paulo. Dos sete grupos que compõem o indicador, quatro registram taxas mais altas no período. Habitação amenizou a deflação, de -0,65% na primeira semana para -0,12% na segunda. O mesmo aconteceu com despesas pessoais (de -1,05% para -0,80%). Transporte subiu de 0,18% para 0,23% e, saúde, de 0,19% para 0,45%. A inflação do grupo alimentação desacelerou de 0,59% para 0,50%, ainda assim esta foi a classe de despesa que mais pressionou a taxa do período. Também houve queda em vestuário (de 0,52% para 0,45%). O grupo educação repetiu a taxa de 0,18% registrada na primeira semana. Na comparação com o mesmo período em março, quando também houve deflação de 0,11%, houve aumento em três grupos: habitação (de -1,11% para -0,12%), vestuário (de 0,40% para 0,45%), educação (de 0,13% para 0,18%). Alimentação (de 0,64% para 0,50%), transporte (de 0,51% para 0,23%), despesas pessoais (de -0,53% para -0,80%) e saúde (de 0,47% para 0,45%) registraram taxas mais baixas. A OGX Petróleo (OGXP3) atingiu em março produção de 15,1 mil barris de petróleo equivalente por dia, comunicou a empresa ao mercado nesta terça-feira (16). Desse total, a companhia produziu cerca de 8,3 mil barris de petróleo por dia em seus três poços na Bacia de Campos e 6,8 mil barris de petróleo equivalente através de sua participação na produção terrestre do campo de Gavião Real, na Bacia do Parnaíba. Esse número é 10,12% menor do que os 16,8 mil barris de petróleo equivalente extraídos em fevereiro. A companhia teve produção total offshore (no mar) de 256.743 barris e produção de 72,3 milhões de metros cúbicos de gás natural. A média por poço offshore foi de 3,9 mil boe/dia, mostrando uma pequena elevação de produtividade em relação ao mês de fevereiro, quando cada poço produziu 3,8 mil barris de óleo equivalente. A companhia teve problema nos três poços: OGX-68HP ficou 15 dias sem operar por problemas na bomba centrífuga submersa, por problemas operacionais que causaram o superaquecimento da mesma. Ele ficará um mês sem produzir para efetuar reparos na bomba centrífuga, manutenção que foi iniciado no mês de abril.

Fonte: Infomoney, Valor Online

Você tem ação da OGX? Leia este relatório antes de operar. O bastante aguardado relatório de produção mensal da OGX (OGXP3) foi divulgado na terça-feira à noite após o fechamento dos mercados. O resultado mostra uma queda de 10,1% na comparação com o mês anterior. E devido a problemas em dois poços, a empresa iniciou abril com apenas um em produção. CVM autoriza retomada de IPO da BB Seguridade. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou a retomada da oferta pública inicial de ações (IPO, em inglês) da BB Seguridade, que pode levantar cerca de 12 bilhões de reais, quatro dias depois de ter suspendido a operação por irregularidades em sua divulgação. Banco Central decide hoje se sobe ou não os juros. Na noite de hoje, o Comitê de Política Econômica (Copom) encerra sua terceira reunião do ano. No mercado, há projeções de que a Selic vai encerrar o ano em 8,50%, de acordo com o Boletim Focus dessa semana, e há quem espere um aumento na taxa básica de juros já nessa reunião de abril. Netshoes se prepara para ser global, considera IPO. Com pouco mais de uma década de existência, a Netshoes decidiu apostar na paixão mundial por futebol para cumprir o plano ambicioso de se tornar uma empresa global especializada em artigos esportivos, plano que pode incluir uma potencial oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). EBX diz que dívida com BNDES é de R$ 109 mi e não R$ 10 bi. O grupo EBX, controlado pelo bilionário brasileiro Eike Batista, afirma que sua dívida direta com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é de 109 milhões de reais e não de 10 bilhões de reais, como afirmava uma reportagem divulgada pela Revista Veja neste final de semana. Diretores da OGX ganharão menos com "opções de ações". A diretoria da OGX verá os ganhos com o programa de opções de ações (Stock Options) encolherem em 82,9% este ano frente a remuneração paga em 2012. A petroleira informou nesta terça-feira, 16, que o valor a ser desembolsado com Stock Options será de R$ 4,4 milhões, ante R$ 25,9 milhões. Lucro da Localiza cresce 22,1% no 1o tri, a R$ 88,8 mi. A Localiza teve lucro líquido de 88,8 milhões de reais no primeiro trimestre, um avanço de 22,1 % motivado principalmente pela redução das despesas financeiras. O avanço de 3,4 % do Ebitda (sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização), para 217,2 milhões de reais no período, também contribuiu para a melhora na última linha do resultado da Localiza. Lucro do Yahoo Inc. sobe no 1º tri para US$ 390,3 mi. O lucro do Yahoo Inc. subiu 36% no primeiro trimestre, para US$ 390,3 milhões, ou US$ 0,35 por ação, de um lucro de US$ 286,3 milhões, ou US$ 0,23 por ação, no mesmo período do ano passado. Lucro da Intel cai 25% no primeiro trimestre. O lucro da Intel Corp. recuou 25% no primeiro trimestre, para US$ 2,05 bilhões, ou US$ 0,40 por ação, do lucro de US$ 2,74 bilhões, ou US$ 0,53 por ação, em igual período do ano passado. Analistas tinham projetado um lucro de US$ 0,41 por ação. A queda do lucro foi resultado da queda da demanda por computadores pessoais. Bolsas asiáticas fecham majoritariamente em alta. Os mercados acionários da Ásia fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira, com uma certa recuperação de algumas ações relacionadas a recursos naturais após uma melhora nos preços das commodities. Os mercados encontraram um certo apoio nos dados econômicos dos EUA divulgados na terça-feira.

Fonte: Exame

mar/13 abril/13 Acumulado em 2013* 2012 12 meses* IPCA (IBGE) 0,47 - 1,94 5,84 6,59 INPC (IBGE) 0,60 - 2,05 6,20 7,22 IPCA-E (IBGE) 0,49 - 2,06 5,78 6,43 IGP-DI (FGV) 0,31 - 0,81 8,10 7,97

2012 2011 2010 2009 2008 2007 PIB (R$ bilhões) * 4.402,5 4.143,0 3.770,1 3.239,4 3.032,2 2.661,3 PIB (US$ bilhões) ** 2.257,6 2.475,1 2.143,9 1.625,6 1.650,9 1.366,5 Taxa de Variação Real (%) 0,9 2,7 7,5 -0,3 5,2 6,1

Agropecuária -2,3 3,9 6,3 -3,1 6,3 4,8 Indústria -0,8 1,6 10,4 -5,6 4,1 5,3

Fonte : Valor Online

Descadastre-se caso não queira receber mais e-mails.

Abr 24, 2013 17:52
Tião Forista Assíduo
Mensagens: 389
Tião
Registrado em:
Mai 20, 2011 13:11
 
 
Minhas principais ações são as BBAS3, por isto fiquei muito preocupado como as recomendações dos analistas do BOFA. Alguém pode me esclarecer se eles estão certos. Os resultados do BB realmente serão impactados com o IPO do BB Seguridade?
Grato.
http://www.infomoney.com.br/bancodobras ... acoes-caem

Abr 24, 2013 17:55
Potuz Forista VIP
Mensagens: 3021
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 29, 2012 18:00
 
 
Tião escreveu:Minhas principais ações são as BBAS3, por isto fiquei muito preocupado como as recomendações dos analistas do BOFA. Alguém pode me esclarecer se eles estão certos. Os resultados do BB realmente serão impactados com o IPO do BB Seguridade?
Grato.
http://www.infomoney.com.br/bancodobras ... acoes-caem

Só direi que eu estou aguardando amanhã meu salário entrar na conta para comprar mais uns lotes. Estava com OC em 26 e não pegou por um centavo. Comprei agora no fechamento por 26,20 e comprarei mais alguns lotes amanhã.

Abr 24, 2013 20:39
Lewis Forista Assíduo
Mensagens: 196
Lewis
Registrado em:
Abr 10, 2012 18:39
 
 
Estou perdido...

O negócio da seguridade, em boa parte pertence ao BB.

Então, este negócio vai sair totalmente do balanço do banco?

Se é um negócio de valor, q pertence ao BB, tem q entrar dinheiro no caixa do BB, certo?

E se este negócio vai ser uma outra empresa, o lucro do banco e a parte dos acionistas então será menor?

Se este negócio está saindo do BB, penso q TODO ACIONISTA DO BB, deveria receber ou ter parte de suas ações BB transformadas para esta nova empresa !!

Abr 24, 2013 21:10
FRAJ0L@ Forista VIP
Mensagens: 138552
FRAJ0L@
Registrado em:
Out 30, 2007 10:44
 
 
Estude

BB Seguridade (IPO)
[ Ir à página: 1, 2, 3 ]
http://forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?t=16302

bons estudos!
procura foi grande!!
sucesso$$$$

Abr 24, 2013 21:14
Potuz Forista VIP
Mensagens: 3021
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 29, 2012 18:00
 
 
Lewis escreveu:Estou perdido...

O negócio da seguridade, em boa parte pertence ao BB.

Então, este negócio vai sair totalmente do balanço do banco?

Se é um negócio de valor, q pertence ao BB, tem q entrar dinheiro no caixa do BB, certo?

E se este negócio vai ser uma outra empresa, o lucro do banco e a parte dos acionistas então será menor?

Se este negócio está saindo do BB, penso q TODO ACIONISTA DO BB, deveria receber ou ter parte de suas ações BB transformadas para esta nova empresa !!

O negócio e assim: o banco do brasil faz uma capitalização para uma empresa BBX. Ele detém digamos ações dessa empresa por 100M de reais e vende ações por 300M. Então temos que o capital social da empresa BBX consiste de 400M de reais, dos cuais 100 pertencem ao BBAS e aparecem por tanto como investimentos nos balanços do BBAS.

Certamente estou simplificando demais a idéia, mas eh a ideia básica de como esse tipo de negócios funcionam.

Abr 24, 2013 22:20
Tião Forista Assíduo
Mensagens: 389
Tião
Registrado em:
Mai 20, 2011 13:11
 
 
Potuz escreveu:
Tião escreveu:Minhas principais ações são as BBAS3, por isto fiquei muito preocupado como as recomendações dos analistas do BOFA. Alguém pode me esclarecer se eles estão certos. Os resultados do BB realmente serão impactados com o IPO do BB Seguridade?
Grato.
http://www.infomoney.com.br/bancodobras ... acoes-caem

Só direi que eu estou aguardando amanhã meu salário entrar na conta para comprar mais uns lotes. Estava com OC em 26 e não pegou por um centavo. Comprei agora no fechamento por 26,20 e comprarei mais alguns lotes amanhã.

Fiz umas pesquisas, não sei se entendi direito, mas acho que a coisa é muito boa para o BB. Ele criou uma empresa e vai realizar a abertura de capital dela. Vai vender 25% das ações, arrecadando 12 bi, e vai ser o majoritário com 75%. Já li em algum lugar que abertura de capital é a forma mais segura de ganhar dinheiro na bolsa. Apesar de a minha carteira ter 50% de ações BBAS3, sendo confirmado o que estou pensando, não vendo nem uma.

Abr 24, 2013 23:56
rodrigoo Forista Assíduo
Mensagens: 325
rodrigoo
Registrado em:
Ago 13, 2009 0:37
 
 
Vendi todas as minhas ações do BB com 90% de lucro por R$ 28,00 e comprei tudo do FII Edifício Galeria a R$ 90,00 com yield de 10% a.a. Acho que fiz ótimo negócio. BB pode até subir mais, mas já garanti excelente negócio.

Abr 25, 2013 10:54
Audita Forista Assíduo
Mensagens: 661
Audita
Registrado em:
Nov 24, 2012 2:26
 
 
rodrigoo escreveu:Vendi todas as minhas ações do BB com 90% de lucro por R$ 28,00 e comprei tudo do FII Edifício Galeria a R$ 90,00 com yield de 10% a.a. Acho que fiz ótimo negócio. BB pode até subir mais, mas já garanti excelente negócio.


Boa. Eu vendi a 27,90, com lucro de 30%, e recomprei em 26,40. Acho que quando sair o IPO e, principalmente, quando o resultado da venda do BB Seguridade for refletido no balanço do BB, as ações vão dar outra disparada.

Valeu.

Abr 25, 2013 10:57
Potuz Forista VIP
Mensagens: 3021
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 29, 2012 18:00
 
 
Audita escreveu:
rodrigoo escreveu:Vendi todas as minhas ações do BB com 90% de lucro por R$ 28,00 e comprei tudo do FII Edifício Galeria a R$ 90,00 com yield de 10% a.a. Acho que fiz ótimo negócio. BB pode até subir mais, mas já garanti excelente negócio.


Boa. Eu vendi a 27,90, com lucro de 30%, e recomprei em 26,40. Acho que quando sair o IPO e, principalmente, quando o resultado da venda do BB Seguridade for refletido no balanço do BB, as ações vão dar outra disparada.

Valeu.

A minha OC está em 26,01... por enquanto chega lá ate 26,02 e volta, acho que hoje pega e vem mais lenha.

Abr 25, 2013 11:54
Buy Stocks;Sell Bonds Forista Assíduo
Mensagens: 836
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 20, 2010 12:12
 
 
AndBroker escreveu:O IPO de BB Seguridade, bom para todos?

A BB Seguridade Participações, seguradora do Banco do Brasil (BB) está em processo de abertura de capital. O preço sugerido é justo? Qual o reflexo deste IPO (oferta inicial de ações, em inglês) para os papéis do banco (BBAS3)?

O Banco do Brasil alienará parte do seu segmento de seguros. A fatia na BB Seguridade que será vendida e o montante a ser arrecadado dependerão do apetite dos investidores. A faixa de preço sugerida vai de R$ 15 a R$ 18 por ação. Trabalhei com base no preço médio de R$ 16,50 e sem a venda de lote adicional e ações suplementares. Portanto, apenas 500 milhões de papéis. Assim, o BB pode arrecadar R$ 8,5 bilhões brutos. A parcela que será incorporada ao seu patrimônio líquido após pagamento de impostos, baixa contábil do ativo de seguridade e a distribuição de dividendos pode alcançar R$ 3,0 bilhões.

Mas o IPO da BB Seguridade não acaba aí. Ele terá reflexo direto sobre as ações do banco. Hoje, estas negociam com grande desconto em termos de múltiplos frente às demais instituições, inclusive muitos bancos médios, vítima do “bull market in politics”. Enquanto BBAS3 apresenta P/L 2012 de 6,3 vezes, Bradesco (BBDC4) está em 12,2 vezes; Itaú Unibanco (ITUB4), 12,1 vezes; ABC Brasil, 9,8 vezes e Pine (PINE4), 8,1 vezes, por exemplo. E o retorno do BB é superior em alguns casos.

A abertura de capital da BB Seguridade pode contribuir para uma melhor avaliação das ações do banco, pois reforça seu capital. Além disso, o objetivo de alguns IPOs é dar maior visibilidade (e precificação) a uma unidade de negócio escondida dentro dos números consolidados. Pode ser o caso. O valor de mercado de BBAS3 pode ser impulsionado pela melhor avaliação da seguradora, pois ainda continuará consolidando 75% desta companhia (segundo meu cenário base). O novo múltiplo P/L de BBAS3 será composto de dois componentes: a do banco isoladamente e a de 75% do indicador da seguradora. Considerando os dados atuais, o múltiplo da instituição sem a seguradora seria ainda menor: 4,3 vezes. O retorno do BB, porém, permanece satisfatório: cai de 19,9% para 17%. Assim, pode se esperar que a parcela do banco continue negociando a 6,2 vezes. Isso, combinado com o múltiplo esticado de BB Seguridade — 21,1 vezes —, pode elevar o P/L de BBAS3 para 7,8 vezes. Logo, tomado por base um lucro de R$ 11,1 bilhões em 2012, o valor de mercado de BBAS3 pode aumentar para R$ 86,5 bilhões, um potencial de valorização de 14,4% comparado ao atual, de R$ 75,6 bilhões.

Usando o mote do comercial do Banco do Brasil, o “bom pra todos”, o IPO de BB Seguridade pode ser bom para o BB e seus acionistas, o governo federal e os minoritários

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:
http://www.valor.com.br/valor-investe/o ... z2Q56zYFD7



BB Seguridade pode valer R$ 34 bi na bolsa

Compartilhar:

.
Por Ana Paula Ragazzi e Carolina Mandl | Do Rio e de São Paulo


Será conhecido hoje o preço da ação da BB Seguridade, empresa que promete fazer a maior abertura de capital na bolsa de valores desde 2009, quando o Santander movimentou R$ 14,1 bilhões.

Ontem estimativas de mercado davam conta de que a ação da companhia de seguros, previdência e capitalização do Banco do Brasil pode estrear no pregão valendo cerca de R$ 17. A cifra deve ficar um pouco acima da média da faixa indicativa sugerida aos investidores, que é de R$ 15 a R$ 18.

Se confirmado o valor de R$ 17, a distribuição poderá alcançar até R$ 11,475 bilhões, considerando também a colocação dos lotes extras, ou seja, a venda de um total de 675 milhões de ações. Com isso, a BB Seguridade chegaria à Bovespa na segunda-feira com valor de mercado de cerca de R$ 34 bilhões.

A demanda dos investidores, segundo o Valor apurou, está em 1,5 vez a oferta inicial, que é de 500 milhões de ações. Hoje, mediante as propostas dos investidores, os bancos coordenadores da oferta vão definir o preço final do papel.

O interesse de investidores de varejo se mostrou grande. De acordo com o prospecto da oferta da BB Seguridade, as pessoas físicas podem ficar com algo entre 18% e 30% dos papéis, o que significa um volume de R$ 2,06 bilhões a R$ 3,44 bilhões.

As reservas do varejo, que se encerraram ontem, alcançaram perto de R$ 3 bilhões, de acordo com informações do mercado. A tendência é que haja um rateio entre esses investidores, mas ainda não havia até ontem uma decisão final sobre o assunto.

Propagandas publicitárias da BB Seguridade com os atores Reynaldo Gianecchini e Maria Fernanda Cândido foram montadas para estimular a participação das pessoas físicas. Para os trabalhadores do Banco do Brasil, a BB Seguridade também oferece incentivos como bônus de até 12% na compra dos papéis ou uso de licença prêmio, folgas e abonos. Por isso busca-se uma equação que não frustre esses investidores.

Ontem, as ações do Banco do Brasil encerraram o dia cotadas a R$ 26,2, em baixa de 2,16%. O Ibovespa terminou em alta de 0,18%.

Em um relatório, o Bank of America Merrill Lynch (BofA) reduziu a recomendação para a ação do banco de "neutra" para "abaixo da média do mercado". Para os analistas, há uma perspectiva de menor expansão do lucro por causa da venda de uma fatia da BB Seguridade. O BofA também enxerga passivos ligados à Previ, o fundo de pensão dos funcionários do banco.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.

Leia mais em:
http://www.valor.com.br/financas/309963 ... z2RUEEfiEX


Para bom entendedor acho que nem precisa de comentários. Só tenho que agradecer mesmo ao BofA pela "excelente analise! Um banco que vale menos que o Itau e Bradesco e um pouco mais que o cambaleado Santander, e que se encontra com os multiplos mais descontados que ABC e Pine, esses caras devem estar brincando só pode!! acabei de pegar uma parte em R$ 25,90 (suporte) e a outra metade vou comprar quando o estocastico devegar cruzar pra cima. Já tá quase!!

Abraços,
BSSB!

Abr 25, 2013 12:00
Buy Stocks;Sell Bonds Forista Assíduo
Mensagens: 836
Avatar do usuário
Registrado em:
Nov 20, 2010 12:12
 
 
Potuz escreveu:
Audita escreveu:
rodrigoo escreveu:Vendi todas as minhas ações do BB com 90% de lucro por R$ 28,00 e comprei tudo do FII Edifício Galeria a R$ 90,00 com yield de 10% a.a. Acho que fiz ótimo negócio. BB pode até subir mais, mas já garanti excelente negócio.


Boa. Eu vendi a 27,90, com lucro de 30%, e recomprei em 26,40. Acho que quando sair o IPO e, principalmente, quando o resultado da venda do BB Seguridade for refletido no balanço do BB, as ações vão dar outra disparada.

Valeu.

A minha OC está em 26,01... por enquanto chega lá ate 26,02 e volta, acho que hoje pega e vem mais lenha.


Acho que nao vem mais lenha nao Potuz! Nao entendo muito de graficos, mas esta com um suporte bem legal nessa regiao de R$ 25,9 e 26! O papel ja ta querendo acumular nos ultimos dias nessa area. O IFR e escocastico já tao quase dando compra e parece que o IPO vira com um preço acima da media. Enfim, tomara que venha mais lenha., pq ai o ativo pode buscar a regiao dos 24,5 para depois ir la pros 23 baixo.

Vamos ver!olho no lance!!

Abraços,
BSSB!

Abr 25, 2013 12:35
Potuz Forista VIP
Mensagens: 3021
Avatar do usuário
Registrado em:
Jan 29, 2012 18:00
 
 
Buy Stocks;Sell Bonds escreveu:
Potuz escreveu:
Audita escreveu:
rodrigoo escreveu:Vendi todas as minhas ações do BB com 90% de lucro por R$ 28,00 e comprei tudo do FII Edifício Galeria a R$ 90,00 com yield de 10% a.a. Acho que fiz ótimo negócio. BB pode até subir mais, mas já garanti excelente negócio.


Boa. Eu vendi a 27,90, com lucro de 30%, e recomprei em 26,40. Acho que quando sair o IPO e, principalmente, quando o resultado da venda do BB Seguridade for refletido no balanço do BB, as ações vão dar outra disparada.

Valeu.

A minha OC está em 26,01... por enquanto chega lá ate 26,02 e volta, acho que hoje pega e vem mais lenha.


Acho que nao vem mais lenha nao Potuz! Nao entendo muito de graficos, mas esta com um suporte bem legal nessa regiao de R$ 25,9 e 26! O papel ja ta querendo acumular nos ultimos dias nessa area. O IFR e escocastico já tao quase dando compra e parece que o IPO vira com um preço acima da media. Enfim, tomara que venha mais lenha., pq ai o ativo pode buscar a regiao dos 24,5 para depois ir la pros 23 baixo.

Vamos ver!olho no lance!!

Abraços,
BSSB!

Pois eh, eu decidi apostar no suporte esse e aumentei pouco posição... a ordem entrou em 26,01, foi até 25,78 mas agora parece segurar ai nos 26... se for o caso acho que me dei bem :)

AnteriorPróximo

Voltar para Ações Ibovespa

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: [Chico] e 3 visitantes